Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

Junho 28, 2023

chamavioleta

Os vossos guias espirituais e os eus superiores trabalham connosco nisto

O Conselho Arcturiano da 9ª Dimensão

Canalizado por Daniel Scranton

Tradução a 28 de junho de 2023

 
 
Saudações. Somos o Conselho Arcturiano. Temos o prazer de nos ligar a todos vós.
 
Temos vindo a desfrutar de vos testemunhar durante este tempo de grande agitação na terra, porque percebemos o quão bem todos têm estado a lidar com as formas como a vossa sociedade tem entrado em colapso de muitas maneiras ao vosso redor. Reparou que as instituições em que depositou grande confiança são, na realidade, castelos de cartas que podem cair a qualquer momento, e tem até muita gente a prever-lo, de alguma forma, Irão desmoronar-se num futuro não muito distante. E, no entanto, vocês ainda estão de pé, ainda estáveis em seu ambiente e em sua vibração, porque escolhem ser Forças estáveis para a humanidade. Você escolhe reconhecer que, à medida que uma instituição ou sistema se desintegra, uma nova é formada para tomar o seu lugar.
 
E vocês são os mostradores do caminho que decidiram que querem ser os criadores desses novos sistemas, dessas novas instituições, dessas novas formas de estar no mundo. Não está apenas a construir abrigos antiaéreos e a rastejar para dentro deles com os seus frutos secos e produtos enlatados. Você é capaz de ver as possibilidades que estão surgindo ao seu redor para um mundo melhor para todos, e você é capaz de imaginar esses mundos e sua parte na co-criação deles. Queremos salientar-vos que indicamos que existem mundos que estão a co-criar. Não é apenas uma terra, e não são apenas duas terras. Vocês estão constantemente co-criando novas experiências de novas versões do seu mundo, porque é assim que vocês realmente são poderosos.
 
É por isso que não temos de prestar tanta atenção ao que está a acontecer nos governos e nos sistemas bancários, e assim por diante. Eles representam a consciência mais antiga, a versão tridimensional de vocês e do resto da humanidade. Já foram necessárias e desempenharam o seu papel para todos vós, mas estão a formar-se para algo novo, algo melhor, e são vocês que orquestram o que serão essas instituições, como serão geridas e como estarão a serviço de todos, e não de apenas alguns.
 
Vocês estão lá agora como os seres que estão muito focados em sua espiritualidade, porque vocês precisavam dessa base mais forte no reino espiritual antes de poderem começar a operar efetivamente no reino físico como os mestres que vocês realmente são de trazer esses dois reinos juntos harmoniosamente. Você está lá para mostrar às pessoas que existe um meio termo entre viver numa caverna e viver numa mansão. Você não precisa meditar e cantar o dia todo para ser uma pessoa espiritual. Você é uma pessoa espiritual, quer reconheça ou não, e você pode viver confortavelmente no mundo físico sem viver em excesso, sem acumular e sem proteger o que você tem contra qualquer coisa e tudo o que possa vir e tirá-lo de si.
 
A fusão do físico e do não físico, do material e do espiritual, do humano e do Divino, da humanidade e do extraterrestre, é disso que se trata como almas despertas. Não é uma escolha entre um ou outro. É sempre ambos, e é na fusão de ambos e de tudo que você se torna um todo harmonioso, que você se torna seu eu superior, e você inaugura o tempo da nova era, a quinta dimensão. Estamos aqui para ajudar. Somos uma consciência não física que vem através dum vaso físico para o fazer, e por isso somos um exemplo de como estes dois mundos, estes dois reinos podem não só coexistir, mas podem prosperar e fazer algum bem sério lá no planeta Terra.
 
Somos o Conselho Arcturiano e gostamos de nos conectar convosco.

Abril 22, 2023

chamavioleta

ATUALIZAÇÃO DA ASCENSÃO

A Federação Galáctica

Canal: Aurora Ray 

Tradução De Coração a Coração

a 21 de abril de 2023

 
 
 
Chegou a hora de você deixar de lado toda a dor que sofreu nesta vida. É hora de você deixar de lado seus apegos a tudo o que você acreditava ter significado em sua vida, mas que agora são apenas ilusões que o impediram de ser quem você realmente é.
 
Para criar sua própria realidade, você precisa saber qual realidade deseja. Para fazer isso, você precisa saber como se alinhar com a frequência da realidade que deseja.
 
A maioria dos humanos está experimentando esta realidade neste momento de separação – separação uns dos outros, separação entre os humanos e o meio ambiente, separação da consciência superior, separação da Fonte. Este não tem que ser o caso.
 
Alguns diriam que isso significa que você está criando sua própria realidade, mas diríamos que significa que não há realidade fora de você. A coisa mais próxima disso seria a energia interdimensional. É sua escolha através do processo de pensamento que cria o reino no qual você existe.
 
Como sabemos, nosso Universo vibra em diferentes frequências. O Universo é um espaço no qual ocorrem vibrações em várias bandas de frequência. O Universo é um espaço no qual as coisas que vibram em uma banda de frequência se opõem às coisas que vibram em outras bandas de frequência.
 
Quem não sintoniza com a frequência deste Universo não existe neste Universo.
Isso é verdade sobre todas as manifestações neste Universo.
 
A velha matriz tridimensional em seu planeta ainda ressoa em uma frequência mais baixa. A mente humana coletiva de seu mundo ainda está presa no passado. Existem algumas vozes discordantes, mas são raras. Pelos números, parece que a maioria da humanidade está pronta para algo novo.
 
Nem todos irão ascender, mas muitos irão. Este é o trabalho que todos vocês concordaram em fazer durante seus acordos de alma antes de nascerem no reino físico.
 
Seu campo de DNA já mudou para uma banda de frequência mais alta, um salto quântico para cima, então você já está mais do que pronto para seguir em frente.
 
Muitas pessoas estão experimentando isso agora, mas ainda há áreas na matriz que ainda mantêm essa vibração baixa. Ainda existem jogos de ego sendo jogados por vários lacaios das forças das trevas em seu planeta, mas no final eles terão que renunciar.
 
Você está localizado em um espaço/tempo único – um momento muito especial dentro do tempo linear. Este não é o seu tempo normal, a realidade cotidiana – este é o tempo da ascensão; este é o começo do fim da grade de controle da matriz; esta é uma oportunidade para você continuar a crescer, evoluir e ascender.
 
Você está começando a entender o quão poderoso você é com este comando absoluto sobre toda a realidade do espaço-tempo. Você veio para reivindicar sua herança divina e recuperou a capacidade de exercer o livre arbítrio em sua forma mais pura. Você sabe que sua consciência é esclarecedora e você é UM.
 
Não importa em que planeta você nasceu, de que espécie você é, de que galáxia você é ou de que parte do Universo – você está aqui nesta realidade tridimensional, certamente não está limitado por sua biologia ou DNA!
 
As energias do Planeta e de seus habitantes continuam se ajustando às novas frequências, e a limpeza e o equilíbrio que estão acontecendo em todo o seu mundo (e além) continuam.
 
Com a limpeza do grupo Chimera vem a limpeza de muitos projetos secretos envolvendo tecnologias altamente avançadas originalmente desenvolvidas por extraterrestres, mas posteriormente corrompidas por esses seres malévolos.
 
E com essa limpeza da consciência, consciências como a sua própria recomeçam de onde você parou antes da queda. Ou, em outras palavras, SE VOCÊ PERCEBEU, você perdeu quase toda a ressonância com a linha do tempo inferior e agora está experimentando emoções e sentimentos que não ressoam mais com essa linha do tempo.
 
Esta é a era do despertar em massa.
 
Centenas de milhões estão passando por um despertar em todo o mundo. Uma vez despertos, eles tendem a ser naturalmente atraídos por pessoas com vibrações semelhantes, deixando para trás aqueles com quem já estiveram ressonantes.
 
Ou isso se deve ao karma que os uniu em primeiro lugar, ou simplesmente porque não havia mais harmonia no antigo relacionamento.
 
A humanidade está em meio a uma profunda transição. Você está no processo de mudar quem você é, onde mora, como vive e os próprios princípios fundamentais nos quais baseia sua existência. O antigo normal não tem mais ressonância com você, e você se sentirá cada vez mais repelido por ele de acordo com as leis do Universo.
 
O Velho Normal, como vocês o conheciam, está chegando ao fim e, como tal, vocês devem se adaptar à nova realidade em que se encontram! É hora de transcender e expandir sua vida e realidade! Isso significa que você deve aprender e praticar todas as novas tecnologias e habilidades psíquicas e se tornar um novo Ser Humano para que possa funcionar e se comunicar com o resto do mundo nas dimensões superiores em breve!
 
Para ter um ser vibracional mais elevado – seu coração e alma, mente e corpo devem estar alinhados ou ressoar com uma consciência maior ou mais harmoniosa, um amor maior interior. E assim, a exigência aqui é pensar, sentir e viver do ponto de vista do amor!
 
O amor é a chave que abre a porta para o mundo da quinta dimensão. O amor é a porta de entrada para entrar neste mundo da quinta dimensão, que manteve todas as possibilidades criativas. Qualquer sucesso vem do poder do amor. Todas as coisas começam sua existência no mundo do amor. Você precisa usar esta chave, ou porta, para entrar na vibração dimensional da 5D superior.
 
Nós os amamos muito.
Estamos aqui com você.
Somos sua família de Luz.
 
A’HO
 
Aurora Ray
Embaixadora da Federação Galáctica
 
Direitos autorais 2023 Aurora Ray – https://thegalacticfederation.com/
Respeite todos os créditos ao compartilhar

Julho 01, 2020

chamavioleta

7 coisas para fazer na Semana do Meio Ambiente

Escrito por Eu Sem Fronteiras.

1 de julho de 2020. 

 
 
 
 


 
 
Anualmente, a Semana Nacional do Meio Ambiente começa no dia 1 de junho e termina no dia 5 de junho, que é a data de comemoração do Dia Mundial do Meio Ambiente. A criação dessa semana conscientizadora por meio do Decreto nº 86.028, de 27 de maio de 1981, teve como objetivo agregar mais participação para a celebração do dia 5 de junho, criada pela Organização das Nações Unidas, em 1972.
 
 
No Brasil, a Semana Nacional do Meio Ambiente deve ser um período destinado à conscientização de crianças e adultos sobre a necessidade de preservar a natureza brasileira. Iniciativas como palestras sobre meio ambiente, campanhas de reciclagem e aulas sobre consumo consciente ganham destaque nesse período.
 
 
A preservação do meio ambiente é um tema alarmante em todo o mundo. As consequências da degradação do Planeta não afetam somente a flora e a fauna, mas também as vidas humanas. Em 2012, a ONU lançou o relatório Meio Ambiente Saudável, Povo Saudável, que revelou que cerca de 12 milhões de pessoas morrem por ano em decorrência da poluição do ar e da insalubridade dos lares.
 
 
Em 2019, a pesquisa que gerou o relatório Meio Ambiente Saudável, Povo Saudável foi realizada novamente. Estima-se que em 2050 a contaminação por bactérias resistentes a antibióticos, que estão presentes em fontes de água não potável, será a segunda maior causa de morte no mundo.
 
 
Imagem de Nico Wall por Pixabay
 
 
 
Embora a maior parte da degradação do Planeta seja proveniente do rápido desenvolvimento industrial e da recusa de grandes potências mundiais de adotar medidas para controlar a emissão de poluentes no ar e nos mares. Para reduzir a intensidade do desmatamento de florestas, cada pessoa deve fazer a sua parte em prol do meio ambiente.
 
Pressionar autoridades que podem determinar leis e regras relacionadas ao controle da exploração da natureza e votar em pessoas comprometidas com a causa ambiental, por exemplo, é uma atitude que um só indivíduo pode tomar e que terá um impacto em toda a sociedade. Uma inspiração é Greta Thunberg, uma ativista ambiental de apenas 17 anos que conquistou o mundo.
 
Além de agir na esfera pública, você também pode começar a mudança em prol do meio ambiente dentro da sua casa, revendo seus hábitos de consumo e seus hábitos alimentares. Para te ajudar nesse processo, separamos 7 atitudes que você pode tomar ao longo da Semana Nacional do Meio Ambiente!
 
 
Imagem de Lutz Peter por Pixabay
 
 
1) Dia sem carne
 
Apesar de os produtos de origem animal serem a base da alimentação de muitas pessoas, esse hábito precisa aos poucos ser repensado. O veganismo é uma forma de vida que prega a liberdade dos animais e parte da compreensão de que eles não existem para servir aos humanos.
 
Sendo assim, alimentar-se de um animal ou de algo que ele produza é uma forma de exploração que não está de acordo com a proteção do meio ambiente. Você não precisa adotar o veganismo do dia para a noite. Comece tirando a carne da sua alimentação por um dia, depois tente fazer a mesma coisa com outros produtos de origem animal (leite, queijo, ovo).
 
Ao se abrir para uma alimentação vegana, além de preservar o meio ambiente e lutar contra a exploração animal, você estará ampliando os seus horizontes gastronômicos. Explore alimentos que podem substituir os produtos de origem animal e enriqueça seu paladar!
 
Para o dia sem carne, você pode preparar uma refeição simples, como arroz, feijão, salada e batata, ou preparar algo mais elaborado, usando berinjela, abobrinha, grão-de-bico, banana ou jaca para cumprir o papel que a carne teria no seu prato. Temperando bem algum desses alimentos, você irá perceber que eles podem ficar até mais saborosos do que a carne!
 
 
2) Dia sem plástico
 
Todos os materiais que são feitos de plástico, mesmo os que forem reciclados, carregam um histórico de exploração. O petróleo usado nesse tipo de produto é extraído de forma agressiva e prejudicial para a fauna e para a flora. Quando não é descartado adequadamente, ainda pode poluir os oceanos e causar problemas para a vida marinha.
 
Mesmo uma pessoa que reconhece os perigos do plástico encontra dificuldades para se livrar desse composto no cotidiano. Por isso, é importante pensar em alternativas para esse material, e que você pode encontrar facilmente ou comprar por valores baixos.
 
No dia sem plástico, você pode recusar um canudo plástico, por exemplo, se não tiver problemas para saborear uma bebida sem ele. Ou então, você pode reaproveitar uma garrafa de vidro para beber água fora de casa, sem precisar se render aos copos descartáveis.
 
Se ainda for muito fora da sua realidade adotar uma dessas mudanças você pode simplesmente garantir que não está usando plástico em excesso, e que está descartando adequadamente o que você usa. Se você tem uma garrafa de plástico que usa para transportar bebidas, assim que ela quebrar tenha certeza de que será enviada para um centro de reciclagem.
 
 
Imagem de Gerd Altmann por Pixabay
 
 
3) Dia da coleta
 
Na maioria dos espaços públicos é possível verificar a presença de lixo que não recebeu o descarte adequado. Bitucas de cigarro, embalagens de alimentos e papéis ocupam praias, ruas e parques. Nesse caso, o ideal seria que as pessoas se conscientizassem e lutassem contra esse tipo de atitude.
 
Porém ainda que elas parassem de espalhar o lixo por locais inadequados, ainda seria preciso recolher o que já foi descartado sem consciência. Por isso, você pode escolher um dia para fazer uma coleta por locais que estão sujos.
 
Você pode colocar luvas e sair pela rua com uma sacola, recolhendo todo tipo de lixo que encontrar. Talvez você acredite que essa atitude não fará tanta diferença, mas uma pessoa que vê você fazendo isso pode se sentir motivada a repetir a ação, ou pode repensar o destino que tem dado para o lixo.
4) Dia da solidariedade
 
Perante grandes desastres ambientais, que podem ser causados por fenômenos da natureza ou por imprudência humana, é comum que muitas pessoas se sintam impotentes, sem a possibilidade de fazer alguma coisa para ajudar. Queimadas em florestas tropicais, por exemplo, não podem ser controladas por pessoas sem preparo para isso.
 
A sugestão para o dia da solidariedade é escolher uma instituição respeitável e fazer uma doação em dinheiro. Você não precisa doar uma quantia grande. Até mesmo vinte reais já podem fazer a diferença. Organizações Não Governamentais que resgatam animais, por exemplo, sempre precisam de ração, se você não quiser doar dinheiro em si.
 
Procure por locais que precisam de ajuda e que estão fazendo mais do que você é capaz de fazer sozinha(o). Apoiando instituições comprometidas com o meio ambiente você também estará fazendo a sua parte.
 
 
Imagem de Alicja por Pixabay
 
 
 
5) Dia da carona
 
Enquanto para muitas pessoas o transporte público é a única forma de chegar ao local de trabalho, para outras é um meio a ser evitado. É compreensível que uma grande parcela da população considere que o transporte público é desconfortável e caótico, principalmente quem precisa dele diariamente.
 
Apesar disso uma pessoa que não precisa de transporte público para se locomover poderia escolher um dia para viver essa experiência. Você pode ir de ônibus para o trabalho, pegar o metrô para uma festa ou se ainda quiser o conforto do carro, pedir carona para alguém que vai para o mesmo lugar que você. Os aplicativos de transporte também são úteis para reduzir a quantidade de carros na rua, e consequentemente, diminuir a poluição do ar.
 
 
6) Dia da limpeza
 
Quando moramos em um ambiente desorganizado e com uma bagunça que nunca parece ter fim, tendemos a perder coisas dentro de casa. Roupas, acessórios, ferramentas, utensílios de cozinha e de banheiro, entre outros, são itens que podem sumir em meio à bagunça. E então, compramos mais daquilo que já está em casa.
 
Em outros casos, acumulamos produtos que não vamos mais usar sem nos atentar para o potencial que eles ainda têm. Reaproveitar um pote, customizar uma roupa ou dar um novo destino para uma ferramenta são formas de reduzir o quanto consumimos e manter em casa somente o que precisamos.
 
Produzindo menos restos, por assim dizer, você também estará fazendo bem para o meio ambiente. É por isso que escolher um dia para fazer uma limpeza em casa é essencial. Separe latas para lixo reciclável, caixas para doação e um setor para reaproveitamento. O que vai para o lixo? O que pode ser usado por outra pessoa? O que pode virar algo totalmente novo? Faça uma avaliação e reduza sua impulsividade por consumir!
 
 
Imagem de Lutz Peter por Pixabay
 
 
7) Dia do plantio
 
A flora é uma parte importante do meio ambiente. É por meio dela que os animais se alimentam e que o planeta respira. O desmatamento torna o cenário das florestas cada vez pior, mas ainda é possível lutar para que o planeta continue verde.
 
Uma opção simples é escolher um dia para plantar uma árvore ou uma flor. Você pode fazer isso em um parque ou em um vaso na sua casa. Ou então, pode até adotar um estilo de vida mais saudável e fazer a sua própria horta. Além de melhorar a qualidade dos temperos e das verduras que irá comer, acrescentará um verdinho no planeta.
 
 
Para todos os dias
 
As atitudes que você tomar na Semana Nacional do Meio Ambiente podem ser estendidas para todo o mês. Comece devagar, reavaliando sua alimentação e seus hábitos de consumo. Perceba como você se sente comprando menos e comendo melhor. Aos poucos você se tornará capaz de praticar essas mudanças durante todo o ano.
 
 
É importante abrir-se para novidades e experiências que farão bem para você, para as outras pessoas e para o Planeta. Lutando pela preservação do meio ambiente você não terá nada a perder, mas terá tudo a ganhar. Faça parte desse movimento pela vida!
 
 

Eu Sem Fronteiras


Sítio Principal: http://achama.biz.ly/
 
 
Para outros artigos espirituais e denúncias por favor visite:
 
Vídeos banidos alternativos




Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
A religião organizada é desnecessária à espiritualidade.
Excelentes ensinamentos dos mestres têm sido contaminados pelo controle dogmático dessas religiões.
Discernimento sim; julgamento não.
Com discernimento é possível alcançar o espírito da letra de qualquer escritura e é também bem mais fácil escutar a voz da alma que vem do coração.
 

 
Por favor, respeitem todos os créditos


Recomenda-se o discernimento.

 
Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores

 

Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.

 

Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

 

 
Atualização diária.
 
Free counters!



geoglobe1


 


 

Março 26, 2020

chamavioleta

ATUALIZAÇÃO DE ENERGIA  

MENSAGEM DOS PLEIADIANOS.

Por Anna Merkaba

Tradução de Vilma Capuano

a 26 de março  de 2020

 
.
 
 
 
 
Saudações Meus Amados Mestres do Universo!

Cintilando nos ventos da mudança, a infinidade de ocorrências sem precedentes se eleva agora no ambiente perturbador de destinações anteriores, o que reafirma que a raiva e a ansiedade do que está por vir está sobrecarregando os circuitos do seu planeta e, portanto, as escalas vibratórias das vibrações internas estão se ajustando para permitir uma capacidade ainda maior a fim de unir os circuitos com os novos paradigmas, mudanças e plataformas – o nível secundário de nutrição é abundante e os apitos da prosperidade são acionados para unir a humanidade com seu nível mais profundo de Benevolência.


A turbulência experimentada por todos os que residem em Gaia é de natureza malévola, que está sendo rapidamente erradicada das margens terrestres, a fim de abrir caminho para uma nova compreensão do ser. Os portais informativos estão abertos para você agora, e a elevação das energias está rendendo aqueles que se opõem ao despertar para se firmar.

Enquanto grande parte do seu mundo está mudando, o cenário da sua realidade está mudando rapidamente para você agora, como lhe foi revelado em nossas mensagens anteriores.

E assim, e então, a co-criação benevolente da nova matriz do Ser está provocando ondas em suas realidades terrenas e trazendo foco para aqueles que ainda precisam compreender a verdadeira natureza do Ser.

A cada momento da sua realidade nasce uma nova compreensão e, através desse entendimento, um novo membro se junta às fileiras dos Benevolentes, às fileiras dos Despertos, liderando o caminho para toda a humanidade.

E assim, e então, nos próximos dias, um grande evento via satélite se tornará conhecido por seu mundo, e através desse satélite muitas outras mudanças começarão a se desdobrar rapidamente em sucessão, como devem ser experimentadas por todos em seu planeta.

O satélite do seu planeta foi reintroduzido na sua exosfera há muitos meses e tem monitorado os padrões naturais, a atividade vulcânica, a atividade oceânica e a poluição do planeta, com as quais seu planeta foi sobrecarregado.

E assim, a referida poluição está realmente diminuindo devido à crescente adesão ao plano diretor por trás da ocorrência, que em seu mundo conhecido é conhecido como Coron…vírus.

Pois o vírus é aquilo que imita o que seus terráqueos trouxeram através de suas táticas de comportamento, a fim de ampliar o que não funciona mais em suas realidades. Embora a verdadeira natureza do vírus, as energias que ele trouxe, tenham sido refletidas naqueles que o trouxeram e utilizaram, a fim de mudar as energias para a marcha certa.

E assim, e então, através da referida programação que chegou às suas margens no tempo, uma grande catástrofe foi de fato evitada, pois a poluição do seu planeta aumentou a atividade vulcânica.

E então, a liberação da programação baseada no medo está permitindo ao seu planeta restaurar o equilíbrio interno e externo, restaurar-se, reequilibrar e recalibrar o fluxo natural da vida, sequenciamento natural para que a sobrevivência de todos os seres e GAIA possam proceder conforme foi invocado e solicitado por aqueles que se chamam Filhos das Estrelas e a quem chamamos de Tripulação da Superfície.

De fato, através de sua presença nas margens terrestres, a interferência benevolente era realmente possível, solicitada e necessária a fim de recalibrar os caminhos energéticos do seu planeta, para que o processo de ascensão possa continuar, avançar e alcançar novas alturas.

De fato, muitos em seu planeta começaram a despertar para a compreensão do eu, a compreensão do Ser e a verdadeira realidade do Ser.

E assim, e então, o satélite de que falamos se tornará conhecido por vocês nos próximos dias e dará início a uma compreensão revolucionária do seu mundo. Pois através do referido satélite, muitas mudanças necessárias começarão a se desdobrar não apenas em sua realidade atual, mas em todas as realidades que atualmente ocupam seu tempo -espaço contínuum.

O feedback recebido e os dados coletados mostram a flutuação e o aumento das pessoas despertadas, elevando o total de almas a um número desejado, a fim de continuar o processo de despertar sem maiores perturbações e com a participação, através da energia coletiva de positividade, a magnetosfera do seu planeta está se tornando mais forte, a cada segundo.

O campo de energia está se fortalecendo, o que, por sua vez, permite que muitos eventos catastróficos ultrapassem seu mundo …

Nota: enquanto eu estava canalizando, foram mostrados alguns asteróides que estavam prestes a colidir com a Terra, mas devido aos eventos recentes, a poluição diminuir, GAIA foi capaz de restaurar o campo de energia protetora, proteger-se dos asteroides, com as orações coletivas que enviaram muita energia positiva à consciência coletiva.

De fato, o aparente caos do seu mundo permitiu muito mais luz entrar em cada fibra do seu ser, o que resulta na liberação e purificação de energias que permanecem nas fibras de seus caminhos energéticos, permitindo uma tremenda mudança que influencia não apenas o seu ambiente, mas o ambiente de tudo o que existe mudar para uma “engrenagem” positiva e impulsionar a humanidade para uma nova Oitava do Ser.

E apesar do aparente caos e vibrações indesejáveis, a energia do seu plano está numa escalada e as vibrações se elevam cada vez mais devido ao alinhamento de cada uma delas com o seu eu superior e às orações que são como vibrações positivas de energia e que de fato permitiram que seu planeta se movesse em alta velocidade e saltasse uma Oitava.

E assim, e então, não obstante a turbulência e os obstáculos que ainda precisam ser superados por todos em seu planeta, eventos recentes permitiram evitar uma verdadeira catástrofe.

Por isso, parabenizamos você mais uma vez, por um trabalho bem feito, pois é através de suas intenções que você foi capaz de influenciar as pessoas a sua volta na purificação do ser.

E assim, e então, conforme a situação continuar se desenrolando e se intensificando na arena geopolítica do seu mundo, as energias do coração começarão a despertar cada vez mais nos que estão ali colocados, e se multiplicarão à medida que a luta entre as polaridades duais continuar a se desenrolar em suas fronteiras.

Tenha certeza de que a turbulência passará, permaneça no momento do AGORA e permita que apenas as vibrações positivas o banhem nas vibrações eternas do AMOR, Benevolência e verdade, co-criação, e adesão aos verdadeiros princípios do Ser.

Permaneça fiel ao que você é, sabendo que está sendo apoiado por tudo o que É.

Isso é tudo o que temos para você agora. Nós estamos com você. Nós o amamos. Até breve.
Anna Merkaba –
 
Canalizadora, Trabalhadora da Luz, Curadora e Mensageira das CHAVES para ajudá-lo em sua jornada de despertar para o seu verdadeiro eu.
Anna Merkaba
 



 

Arquivos deste escritor em português:  
 
 
Para outros artigos espirituais e denúncias por favor visite:



Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
A religião organizada é desnecessária à espiritualidade.
Excelentes ensinamentos dos mestres têm sido contaminados pelo controle dogmático dessas religiões.
Discernimento sim; julgamento não.
Com discernimento é possível alcançar o espírito da letra de qualquer escritura e é também bem mais fácil escutar a voz da alma que vem do coração.
 

 
Por favor, respeitem todos os créditos


Recomenda-se o discernimento.

 
Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores

 

Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.

 

Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

 

 
Atualização diária.
 
Free counters!



geoglobe1


 


Julho 16, 2015

chamavioleta

Os seres humanos contra o meio ambiente.

 Final

Posted by Thoth3126 on 24/01/2015




“O globo é um ser vivo, com poder, vida e consciência encarnados. A Terra respira. Seu coração bate. É o corpo de uma Deusa que é o Espírito da Terra. Os rios são seus nervos, os oceanos, grandes centros nervosos. As montanhas são as estruturas mais densas do gigante, cuja forma é o campo evolucionário do homem, e cuja vida interna e energias potentes são a moradia permanente dos deuses.” – “O Reino de Deus” – Geoffrey Hodson.

Tradução e imagens: Thoth3126@gmail.com

Por Mike Adams, um pesquisador da Saúde Natural – Editor de NaturalNews.com

Fonte:
 http://naturalnews.com/029056_environmental_protection_population_control.html

NaturalNews: “Proteger o ambiente não é uma “idéia” liberal, tem que ser de todos. Liberal ou conservador, democrata ou republicano, (brasileiro ou americano) o meio ambiente e a natureza é quem oferece suporte de vida para todos nós, e se não conseguirmos reconhecer esse fato, estaremos verdadeiramente condenados como uma civilização”.

A máquina de ganância corporativa

Eu realmente não tinha aceitado este resultado como uma realidade até há pouco tempo. Eu sempre mantive uma atitude mais otimista, pensando que nós poderíamos encontrar maneiras inovadoras para reverter a mudança climática, reduzir o consumo, educar as pessoas e inventar novas tecnologias para limpar a bagunça planetária que fizemos. Mas eu posso ver agora que a nossa espécie esta em guerra contra os monstros das empresas e a ganância que estão empurrando inexoravelmente para nossa destruição coletiva.

Eles estão destruindo nossas sementes e genes (somente pelo lucro, nem mais nem menos), os nossos solos, rios, atmosfera, oceanos e terras. Eles estão corrompendo nossas mentes com propaganda pró-negócios e consumismo, os nossos corpos com seus venenos químicos. E eles absolutamente não vão parar até que todos os recursos exploráveis no planeta tenham sido utilizados e vendidos a um consumidor qualquer.



Quando o nosso mundo (a sociedade planetária) “moderno e civilizado” é dominado pela Monsanto, DuPont, Bayer, as grandes companhias petrolíferas, os grandes grupos financeiros, as companhias farmacêuticas e fabricantes de armas, junk food como McDonald’s e gigantes empresas químicas, não há muita esperança para uma mudança significativa a curto prazo, que possam servir a humanidade em um novo curso de conservação e proteção da vida.

Infelizmente, não há nenhuma parada da máquina gerada pela grande ganância corporativa. Vão continuar jogando para a frente, apontando para mais crescimento, mais consumo e mais exploração até que a última gota de petróleo seja espremida para fora das areias de alcatrão e todas as árvores pertençam ao passado e tenham sido cortadas para dar espaço para a pecuária, agricultura e fornecimento de madeira combustível ou para construção.

Um modelo econômico baseado no lucro não pode coexistir com a proteção ambiental , pois os dois conceitos são opostos. O Big Business depende do crescimento infinito, expansão, exploração e consumo. Mas o ambiente só pode ser protegido por um consumo mais racional e menor. E isso não faz parte mesmo do vocabulário de executivos de negócios de hoje. A idéia de consumir menos é a antítese do lucro das empresas em expansão contínua.

Você já viu um anúncio da Coca-Cola (um produto completamente supérfluo, um dos ícones de nossa “civilização”) em que seja pedido para você “beber menos” Coca-Cola?

É por isso que, enquanto as corporações governam nosso mundo (e não se enganem, eles já o fazem há muito tempo), não há salvação do meio ambiente. Eu penso que não há como nos salvarmos de um completo desastre de nossa civilização que acabará por ver a destruição quase natural do nosso mundo …com o colapso total de nossa civilização humana em breve.

A experiência de pensamento – SimEarth

Imagine que você está jogando um jogo chamado software SimEarth. (Esse jogo realmente existe, eu acredito, mas eu não estou me referindo a todo o jogo real. Este é um exercício de ficção.)

Neste jogo SimEarth, você ganha 1 ponto por cada ano em que um ser humano permanece vivo no planeta Terra. A simulação é executada por 1000 anos e começa no ano que conhecemos como 1500 AD

No game, assim como no mundo real, a sobrevivência dos seres humanos depende das pessoas terem acesso a alimentos, água, abrigo, segurança e outros itens essenciais. Quando o jogo começa, você tem uma lousa em branco no planeta SimEarth, com enormes recursos de petróleo inexplorado, água puríssima, do velho-crescimento das florestas, grandes rios piscosos, uma variedade imensa de aves e animais, vida marinha abundante e incrível biodiversidade na terra e no mar. A população humana é relativamente pequena, talvez apenas alguns milhões de pessoas.




Conforme o jogo avança e os anos vão passando, você começa a ganhar mais e mais pontos, permitindo que a população humana possa se multiplicar. Em um ponto, você tem a invenção do motor de combustão interna juntamente com a descoberta de petróleo, e então as coisas realmente começam a acelerar na produção de alimentos, que de repente se multiplica, fazendo com que os recursos alimentares sejam incrivelmente baratos e abundantes, levando a uma explosão populacional.

Como o manter acumulando pontos, você vê como o seu mundo SimEarth se torna cada vez mais habitado por seres humanos. As florestas antigas são derrubadas e substituídas por terras agrícolas e fazendas de gado e grandes cidades. As populações outrora abundantes de animais selvagens são substituídos por estradas de asfalto e concreto e mais urbanizações. O abastecimento de água potável começa a cair fortemente e plataformas de perfuração de petróleo já estão bombeando para fora uma parcela grande dos recursos do planeta do petróleo restante.

Seus pontos estão realmente se acelerando agora assim como você vê o golpe da população humana dos últimos quatro bilhões de pessoas, depois cinco, e depois seis e sempre crescendo. Nesse ponto, as estatísticas sobre a tela começará a piscar em vermelho, avisando que o petróleo do mundo, a água, alimentos, solo e saúde do oceano e dos rios estão atingindo níveis críticos de deficiência. Embora você esteja ganhando e fazendo grande pontuação de toda a atividade humana no jogo, o custo ambiental de apoiar a civilização que você criou, todos aqueles que agora ameaçam a estabilidade ecológica do ecossistema planetário, é muito elevado.

É neste momento que você percebe que, para bater o recorde do jogo, você precisa manter a sua população humana viva, em algum nível para os próximos 500 anos, e também ainda os recursos do planeta que estão se esgotando, chegando a exaustão em apenas mais 50 anos ou em até menos tempo. O que você deve fazer?

Você decide apenas observar e ver o que acontece. Com os seus olhos fixados na tela, os anos passando rápido. Vinte e cinco anos adicionais na simulação, o petróleo se esgota, empurrando sua simulada sociedade-civilização em uma crise energética. Sem abundante óleo barato, a produção de alimentos cai e tritura o sistema criando um impasse. A produção, geração e distribuição de energia entram em colapso, a fome em massa toma conta de todos em apenas um ano, levando às doenças e o desencadeamento de uma pandemia global, não há mais água potável. Ao longo dos próximos cinco anos, a população humana sofre uma enorme e catastrófica redução, caindo para menos de um bilhão de pessoas. Sua pontuação no jogo que uma vez foi incrivelmente grande agora parece lamentável: a civilização humana que você criou cai e entrou em colapso e agora você nunca irá ganhar a simulação. Game over. O JOGO ACABOU, VOCE PERDEU!!!!

Este é o resultado que a nossa moderna e tecnológica civilização humana vai ter que enfrentar muito, mas muito em breve mesmo… e não é nenhum jogo, na REALIDADE É UM PESADELO. A possibilidade é muito real. A menos que algo drástico seja feito (o que é muitíssimo improvável, pelo atavismo humano) para encontrar um equilíbrio entre consumo humano (que está diretamente ligado ao número da população) e para o cuidado com o ambiente natural que suporta a todos nós, a nossa civilização vai falhar, também. É uma simples questão de biologia.



O problema da superpopulação que ninguém se atreve a falar

Não há de nenhum modo um pensamento refletindo em torno deste tópico: A Superpopulação é o problema. Há muitas pessoas que também consomem muitas coisas. O sistema de consumo atual não tem como ser sustentado – especialmente não nas muito altas taxas de consumo em que nosso mundo ocidental cresceu acostumado. E se esse modelo de consumo que também esta sendo implantado na China, for também implantado na Índia, pelo modelo capitalista ocidental, terá mais quase 2,5 bilhões de habitantes na soma dos dois países que irão aumentar drasticamente a necessidade de extração e produção de mais bens de consumo, acelerando o processo de colapso do meio ambiente do planeta.

Para resolver esse dilema, você pode reduzir a população ao longo do tempo (através de políticas de um filho, por exemplo, como já é feito na China) ou reduzir o consumo (através de uma variedade de meios), mas você tem que fazer alguma coisa. De nenhuma maneira eu apoio a idéia de uma política do filho único, por sinal. Eu não apoio a intervenção governamental em nossas vidas privadas, e também não apoiaria os governos na obrigatoriedade de limites pessoais sobre o nosso consumo de carbono. Mas, novamente, se algo radical não for feito, é bastante óbvio que a população humana vai apenas continuar expandindo o consumo dos recursos-chave até que se esgotem. E isso, naturalmente, irá resultar em uma queda devastadora da população humana.

Portanto, nós temos isso: o preço de nosso estilo de vida expansionista, de alto consumo esta hoje indo para causar a explosão da civilização humana no futuro, seguido por uma queda acentuada do número da população. A única coisa que pode realmente impedi-lo é forçar o controle populaçional pelo governo, uma pandemia global, ou alguma outra catástrofe generalizada que eliminasse uma enorme percentagem da população mundial. Nenhum desses parece particularmente desejável.

Ou, talvez, o mundo poderia ser salvo com uma súbita explosão de educação global, que ensinasse as pessoas a pensar sobre as consequências a longo prazo de suas próprias ações, mas não estou apostando que isso aconteça dentro em breve. Mesmo as pessoas realmente inteligentes no mundo das principais nações ainda vão queimar óleo e usar os recursos como se não houvesse conseqüências pelo futuro à frente.

Educação por si só não pode salvar a civilização humana de se autodestruir. As pessoas inteligentes não são necessariamente pessoas ecologicamente conscientes. Na verdade, você poderia argumentar que a maioria das pessoas altamente instruídas no planeta são justamente aqueles que estão consumindo mais recursos naturais “E SÃO OS MAIORES RESPONSÁVEIS PELA CRIAÇÃO DO SISTEMA QUE SUSTENTA A NOSSA “CIVILIZAÇÃO”. (As pobres, e ignorantes populações, como os africanos, indígenas sul-americanos, não consomem muito, pela simples razão de que não se pode permitir.(ELES SÃO POBRES, NÃO TEM DINHEIRO) (N.T.- Mas talvez sejam pessoas desse TIPO que herdarão o Planeta).




Não há nenhuma maneira de solucionar esse impasse: Nós estamos em uma pista em uma corrida indo direto para a nossa própria destruição. Um colapso do planeta inteiro está chegando em algum momento (N.T. – prazo limite: 2032) deste século XXI.

Se você acha que eu estou errado, eu gostaria de ouvir de você. Espero que eu esteja errado, e eu estou procurando um argumento racional que possa oferecer uma solução para o problema da população – de preferência sem recorrer a iniciativas de controle estatal da população ou políticas forçada de se ter só um filho.

Sério: Como é que a espécie humana agora se salva da sua própria destruição? Mesmo a energia livre de tecnologias não é a resposta, pois não resolvem os problemas de ficar sem água potável, solo, habitat natural ou metais de terras raras usadas em processos industriais. A energia livre só fará com que a população humana atual atinja o ponto de explodir ainda mais rapidamente, agravando o problema atual do excesso de população.

Eu desafio qualquer pessoa que leia este artigo a fazer os cálculos matemáticos. Execute o mesmo número. Olhe para os recursos limitados do nosso planeta e compare-os com os fatos do consumo per capita-diários e dos consumidores modernos. Então considere o que acontece quando a população continua em expansão … e adicione a isso o desejo que as nações mais pobres e populosas (China e Ìndia) têm para “alcançar” as taxas de consumo de países de primeiro (!!!!) mundo como os E.U.A. e da Europa.

Se fizer as contas, você verá rapidamente que não se acrescenta nada. Os projetos contemplam a uma parada brusca nos próximos cem anos (se não mais cedo)de nossa civilização. As taxas de crescimento populacional ainda em curso conduzem a um fim literal da linha, dada as atuais taxas de consumo.

Isto pode não ser um tema popular para se escrever sobre. A maioria das pessoas preferem fingir que esse (e eu acrescentaria muitos outros fatos) problema não existe (como a dívida nacional dos E.U.A.). Mas é, na realidade, o maior problema que enfrenta o futuro da civilização humana: Como é que vamos encontrar uma maneira de viver em equilíbrio com o nosso ambiente natural, enquanto manter uma população estável … sem transformar nosso mundo em um estado policial de controle populacional?

Eu, pessoalmente, não consigo pensar em nenhuma solução aceitável para este problema que não envolva algum tipo de medida de controle de crescimento da massa populacional … e que a solução é, em si mesma, inconcebível.

Para saber mais: 



Por favor, respeitem todos os créditos
Arquivos em português:

 Atualização diária


 

Julho 13, 2015

chamavioleta

Os seres humanos contra o meio ambiente

Posted by Thoth3126 on 22/01/2015

sereshumanos-ambiente.02



NaturalNews : “Proteger o meio ambiente do planeta inteiro não é uma “idéia” liberal, tem que ser de todos, Liberal ou conservador, democrata ou republicano, (brasileiro ou americano).

O meio ambiente e a natureza é quem oferece suporte de vida para todos nós, e se não conseguirmos reconhecer esse fato, estaremos verdadeiramente condenados como uma civilização”.

Tradução, edição e imagens: Thoth3126@gmail.com

Por Mike Adams, um pesquisador da Saúde Natural – Editor de NaturalNews.com

Fonte:  
http://naturalnews.com/029056_environmental_protection_population_control.html

MIKE ADAMS: Para ajudar a explicar isso, eu coloquei um experimento simples em pensamento. Ela começa com três verdades incontestáveis sobre o homem e o meio ambiente planetário:

Verdade 1 – Os recursos da Terra são LIMITADOS.

Isto deveria ser auto-evidente, mas algumas (a imensa maioria) pessoas ainda não entendem dessa forma. Os recursos da Terra – o petróleo, florestas, água, energia, e assim por diante – são finitos. Eles não existem em quantidade infinita. Se eles assim fossem, seriam obviamente maiores do que a própria Terra (e que, de fato, preencheriam o universo). Mas eles não preenchem o universo. Eles estão contidos dentro dos limites do planeta Terra e, portanto, eles são limitados.

Naturalmente, muitos dos recursos da Terra podem ser regenerados ou reciclados, mas isso só acontece ao longo do tempo – geralmente um tempo muito longo. No caso do petróleo, que é de centenas de milhares, ou milhões de anos. Para a água subterrânea doce e potável para consumo humano é a mesma coisa. A taxa na qual a civilização humana moderna está usando (e desperdiçando) esses recursos é de ordens de grandeza mais rápida do que a taxa na qual eles podem ser naturalmente regenerados e repostos. Isso vale para o petróleo, água, solo, florestas, os minerais e tudo o mais.


Verdade 2 – Cada pessoa que vive na civilização moderna CONSOME uma certa quantidade de recursos limitados do planeta.

Isto também deveria ser auto-evidente: Pessoas consomem recursos. Quando você dirige seu carro, você está, obviamente, consumindo os recursos naturais limitados. Quando você comprar um carro, você está consumindo muitos outros recursos naturais (todos os elementos que entraram na produção de um carro são oriundos do planeta), também. Isso é verdade mesmo quando você comprar um painel solar.

Toda vez que você ligar um interruptor de luz ou abrir um pacote de comida, ou engolir um pedaço de comida, você está consumindo uma certa quantidade de recursos limitados do planeta. A soma de seu consumo é chamado de “pegada ecológica”, e sua “pegada ecológica” é muito maior do que o espaço imediato que você poderia chamar de sua casa. As coisas que você consome em sua casa exigem os recursos de uma área muito maior agora fora de sua casa.

Uma criança que nasce nos Estados Unidos hoje, por exemplo, vai consumir 45.000 lbs (20.412 quilos) de metal em sua vida (através dos produtos que compra). Ou seja, 20.412 quilos de metal que deve ser extraído, transformado, transportado e fabricado em produtos consumíveis, metal e mineração é um negócio muito sujo, pelo seu caminho de produção, mesmo que o metal vá ser usado em dispositivos de energia limpa, como turbinas de vento (eólicas) {n.t. Esta quantidade de metal gasta por indivíduo multiplicada pela população total dos EUA, de 310 milhões de habitantes, significa que já foi gasto cerca de 6.327.720.000 de toneladas somente de minério em 20 anos).


Verdade 3 – Humanos estão alterando o ambiente

Você não pode argumentar com isso (embora algumas pessoas ridiculamente tentem). A atividade humana está alterando o nosso ambiente de forma ampla, a partir do intenso desmatamento do planeta à liberação de gases para a atmosfera. Nós envenenamos os rios, destruímos os habitats naturais de várias espécies, poluição dos oceanos (Golfo do México, alguém ainda lembra?) E alteramos a composição química da atmosfera do planeta. Estas são inegáveis verdades científicas. Nenhuma pessoa em sã consciência é razoável argumentar que os seres humanos não alteraram radicalmente o ambiente do nosso planeta ao longo dos últimos 200 anos, com o início do processo de industrialização de nossa sociedade planetária.

Se você visitasse a América do Norte 200 anos atrás, por exemplo, você não teria sequer reconhecido ela como o mesmo continente dominado por seres humanos de hoje. A poucas centenas de anos atrás, a América do Norte era cheia de vida, com grandes florestas do ciclo velho-crescimento, rios e planícies intactas e abundantes. Hoje estão relativamente mortos, tendo sido mais desenvolvidos e explorados, ao longo do tempo e com o excesso de população a um ponto tão extremo que os nossos antepassados, em grande medida o considerariam um ambiente “morto”.


Verdade 4 – Os seres humanos realmente gostam de ter bebês

Esta questão é também auto-evidente: As pessoas gostam de procriar. Cada família, ao que parece, quer as crianças, e as crianças querem os seus próprios filhos, também, mais tarde. Em geral, os seres humanos querem procriar, sem limitação. Isto, naturalmente, leva a uma explosão do crescimento populacional. Nós vimos essa explosão nos últimos duzentos anos, na Terra a população cresceu de menos de um bilhão de pessoas em 1800, para quase sete bilhões nos dias de hoje.

Os seres humanos não consideram seu impacto sobre a população mundial quando se reproduzem. A decisão de ter filhos é feita em privado, de modo egoísta, sem levar em conta o impacto sobre o planeta. Ter mais uma criança parece que não é grande coisa do ponto de vista de um casal que deseja para ter um filho ou filha, mas multiplicado por milhares, milhões, esta decisão de procriar em massa leva a superpopulação, o que leva ao consumo excessivo de todos os recursos limitados do planeta, em um ciclo que se retroalimenta em proporções geométricas .

O efeito da ilha de Páscoa

Agora vamos trabalhar a nossa experiência de pensamento pequeno. Tendo em conta as quatro verdades simples acima descritas, é apenas uma questão de tempo antes que a geração contínua de seres humanos se choque com a realidade dos recursos naturais limitados, causando uma crise de insustentabilidade.

Em algum momento, em outras palavras, a expansão e crescimento contínuo do ser humano vai destruir tanto do ambiente natural (e usar tantos recursos naturais) que não haverá recursos suficientes para apoiar a continuação da população existente.


Eu chamo isso de “efeito Ilha da Páscoa”, em referência à forma pela qual os nativos da Ilha de Páscoa cortaram todas as árvores para construir monumentos cada vez maiores para si, e ao fazê-lo destruíram todo o seu ecossistema que logo morreu, acabou. Toda a civilização humana esta agora forçando para duplicar o “Efeito Ilha da Páscoa” em uma escala global.

Nossas duas opções

Dado que a expansão ilimitada da população humana deve necessariamente usar todos os recursos essenciais necessários para sustentar a vida humana, é lógico que existem apenas duas opções para saber como os seres humanos podem escolher para lidar com a situação:

Escolha nº 1 - Podemos reconhecer o impacto ecológico dos seres humanos em nosso planeta e fazer escolhas conscientes para viver dentro dos limites do equilíbrio sustentável com o nosso planeta (ou seja, mantendo o tamanho da nossa população relativamente estável, limitando o crescimento da população, reduzir a nossa pegada ecológica, respeitando o meio ambiente natural que sustenta a vida no nosso planeta, etc.)


Escolha nº 2 - Não podemos continuar a nossa expansão populacional e exploração irracional de recursos, ignorando qualquer prazo, e as consequências por muito tempo. Esta é a definição de estupidez e, no entanto, é precisamente o caminho que a civilização humana moderna está escolhendo agora. Parece também ter escolhido o caminho do “anti-ambientalismo” – pessoas que resistem à idéia de que precisamos proteger o meio ambiente em tudo e por todos os meios.

Infelizmente, a civilização humana decidiu ir com a escolha nº 2. Acredito que o futuro da civilização moderna está agora definido. População em expansão e esgotamento de recursos, em breve colidem com as limitações de nosso planeta e provocará um colapso cataclísmico de nossa civilização. Nós, seres humanos estamos forçando para um cenário Ilha da Páscoa, mas com mais do que apenas árvores: Nós estamos fazendo-o com petróleo, água, recursos minerais extraídos do solo e o habitat. Estamos destruindo o único planeta que pode nos manter vivos, e agora parece que nada pode parar esta tendência auto-destrutiva da espécie humana.

Eu pessoalmente não tenho visto nenhuma evidência de que a espécie humana atual é capaz de buscar um equilíbrio de longo prazo, sustentável, com todo o ecossistema planetário. Falta-lhe a visão inteligente necessária para antecipar esses resultados e fazer ajustes bem antes de eles se tornarem realidade. Algumas pessoas entre nós mesmos argumentam contra a proteção do ambiente, não percebendo que eles estão, essencialmente, defendendo a sua própria auto-destruição.

Outros que são mais atentos argumentam apenas contra o medo de um governo mundial e a aplicação de normas ambientais em detrimento da perda de liberdades individuais. Esta é uma preocupação legítima, e eu concordo com estas preocupações. “Proteger o meio ambiente” pode facilmente tornar-se um mantra escorregadio para a dominação mundial sobre a liberdade individual. A melhor maneira de evitar a perda de liberdade, poupando o meio ambiente é através da educação do público, que incita e educa as pessoas a tomar as melhores decisões, sem transformá-los em criminosos se não tomar essas decisões.


A humanidade pode salvar-se?

Salvar a civilização humana a partir de sua própria ignorância não é uma tarefa fácil. Exigirá inteligência, líderes empresariais e governantes com visão de futuro que vêem o cenário de longo prazo e que realmente se preocupam com o futuro. Mas, infelizmente, não existe tal coisa. Os líderes empresariais estão, por definição, com foco no próximo trimestre fiscal, com os resultados de suas empresas (O LUCRO) e não no próximo século. Eles sempre hipotecam o nosso futuro coletivo para aumentar seus lucros imediatos.

Não há quase nenhuma coisa como uma pessoa de negócios bem sucedida e que é, simultaneamente, um administrador eficiente dos recursos naturais do nosso planeta. O simples ato de gerar mais negócios – em qualquer negócio – sempre se traduz em mais consumo, porque todo o nosso sistema econômico é baseado no consumo. E o mesmo também é verdade sobre empresas de internet, pelo caminho. Todos os bits e bytes que você consome através da Internet tem um custo indireto ambiental devido ao consumo de eletricidade dos CPUs, entrega de conteúdo para que você, assim como, e mais importante, a enorme demanda de refrigeração em centros de dados que gastam fortunas apenas em sistemas de arrefecimento para todos os computadores existentes.

O fato de que a nossa atividade econômica é, fundamentalmente, com base no consumo em vez de conservação demonstra porque a humanidade está fadada a se destruir. Depois de ver o fracasso de tantas reuniões de cúpula ambiental, estou convencido disso. Eu não vejo nenhuma maneira possível que os seres humanos, de repente ganharem a inteligência e visão necessárias para viver em equilíbrio com o nosso mundo natural. Não sem uma crise para ensinar a todos algumas lições, de qualquer maneira. Mas até mesmo acho que os desastres como o do Golfo do México não está mudando fundamentalmente a maneira que os líderes empresariais tem sobre o consumo. Pensam que é só um problema do petróleo e “não” um problema global com os modelos de negócios que dirigem o nosso mundo em um ciclo auto-destrutivo do consumo irracional.


O que pode estar chegando nos próximos anos

Como a população continua a se expandir e a maior parte dos recursos do mundo é eliminada pelo consumo, a população humana irá mergulhar em uma época de grande escuridão. A perda de vidas será imensa – talvez tanto quanto uma futura redução de 90% da população planetária. Os ecossistemas irão falhar, vai falhar as culturas na produção de alimentos e a civilização em si mesma será posta de joelhos. Não vai demorar muito para travar e entrar em colapso o atual sistema global. Uma vez que o fornecimento de energia elétrica está reduzido (nos EUA) em tão pouco tempo como cinco dias, não há quase nenhum modo de trazer a civilização de volta – pelo menos não a civilização moderna como a conhecemos.

E uma vez que a população mundial for drasticamente reduzida, o ambiente natural do planeta terá uma chance de se recuperar (é terrível constatar que nosso comportamento atual é semelhante ao de um vírus mortal para o corpo de nossa mãe Terra, e se formos removidos, o planeta vai se recuperar rapidamente). Plantas e animais vão repovoar as áreas que uma vez foram perdidas para a alta densidade da população humana. E uma vez que o retorno da abundância aconteça, o homem terá novamente a capacidade necessária para se reiniciar em uma nova civilização também. Esperamos que as futuras gerações de seres humanos aprendam com nossos erros presentes e não prossigam no mesmo caminho que nós estamos trilhando- o caminho do consumo interminável de todos os recursos do planeta ao ponto de provocar a sua destruição.

Em uma escala de tempo, você verá provavelmente a população humana crescente, em seguida, se reduzindo drasticamente, para de novo voltar a ressurgir a partir das cinzas de uma civilização que entrou em colapso (esse padrão se repete, já houve eventos no planeta em nosso passado, de extinção em massa, como relatado no último dilúvio ( n.T. Evento do afundamento final do continente de Atlântida). Este é o fluxo e o refluxo do futuro da vida na Terra.

Você poderia até chamá-lo de um “ciclo” de expansão natural da população humana, em seguida, entrando em colapso, seguido de expansão e ainda mais uma vez em colapso. É muito semelhante à maneira de como um vírus invade o corpo humano e se multiplica até que mata o hospedeiro que uma vez lhe deu vida. Em termos de comportamento, olhando em um quadro maior, os seres humanos são muito parecidos com um vírus para o nosso planeta.


Este ciclo de destruição e renascimento poderia ser equilibrado, porém por uma espécie humana suficientemente inteligente, dotada de visão o bastante para ver o que está vindo e fazendo os ajustes iniciais para evitar o colapso da população planetária. Nossa espécie humana atual, infelizmente, não é suficientemente inteligente para fazer isso.

“E Ela(e) muda os tempos e as estações; Ela(e) remove os reis e estabelece os reis (os governantes); Ela(e) dá sabedoria aos sábios e conhecimento aos entendidos“. Daniel 2:21

Continua …

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

www.thoth3126.com.br



Por favor, respeitem todos os créditos
Arquivos em português:

 Atualização diária


 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub