Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

Julho 06, 2015

chamavioleta

Cientistas acham resquícios de planeta que colidiu com a Terra e formou a Lua

Posted by Thoth3126 on 28/12/2014

 



terra-lua-01
A explicação é simples, mas está de acordo com simulações feitas em computador. O único porém era que ninguém havia encontrado evidências da existência do planeta, chamado de Theia em rochas lunares. Agora os cientistas encontraram evidências do mundo que teria colidido com a Terra há bilhões de anos e, assim, se teria formado a Lua, como resultado desta colisão.

Edição e imagens: 
Thoth3126@gmail.com

Cientistas encontram evidências da existência de planeta que colidiu com a Terra e formou a Lua.

Atualizado em 6 de junho, 2014 – 20:46 (Brasília) 23:46 GMT

Fonte: http://www.bbc.co.uk

Análises recentes de rochas lunares recolhidas pelos astronautas da missão Apollo identificaram resquícios do “planeta”, chamado pelos cientistas de Theia. Os pesquisadores afirmam que sua descoberta confirma a teoria de que a Lua foi criada pela colisão cataclísmica. O estudo foi publicado na revista Science.

A teoria criada nos anos 1980 diz que Lua teria sido criada pelo choque entre a Terra e o planeta Theia há 4,5 bilhões de anos. O nome Theia vem da deusa da mitologia grega, mãe de Selene, a deusa da Lua. O planeta teria se desintegrado no impacto, e seus destroços teriam se misturado com os da Terra para formar a Lua.


A explicação é simples, mas está de acordo com simulações feitas em computador. O único porém era que ninguém havia encontrado evidências de Theia em rochas lunares.

Análises anteriores de rochas lunares haviam mostrado que elas haviam se originado completamente a partir da Terra, enquanto simulações de computadores haviam demonstrado que a Lua era derivada principalmente de Theia.
Origem alienígena

Agora, uma análise mais refinada de rochas lunares encontrou evidências de um material de origem alienígena. Segundo o cientista-chefe do estudo, Daniel Herwartz, da Universidade de Goettingen, não haviam sido encontradas evidências definitivas da teoria da colisão – até agora.

“Estava chegando ao ponto de algumas pessoas sugerirem que a colisão não ocorreu”, ele disse à BBC News. “Mas agora encontramos pequenas diferenças entre a Terra e a Lua. Isso confirma a hipótese do impacto.”


Hewartz mediu a diferença na composição isotópica do oxigênio contido nas rochas da Lua e da Terra. Esta é a medida das diferentes formas de oxigênio existentes.
Diferença pequena

No entanto, alguns dizem que a diferença pode ser explicada pela absorção de materiais pela Terra após a formação da Lua. Muitos cientistas se surpreenderam com o fato da diferença entre o material de Theia e da Terra encontrados na rocha lunar seja tão pequena. Entre eles, está Alex Halliday, da Universidade Oxford.

“A diferença deveria ser bem maior, porque é assim no resto do Sistema Solar segundo medições feitas em meteoritos”, ele disse.

Estudos de meteoritos de Marte e de fora do Sistema Solar mostram uma diferença significativa na composição isotópica – que funciona como uma impressão digital. Por isso, Halliday e outros cientistas questionam por que as impressões digitais da Terra e de Theia parecem ser idênticas.


“A LUA que acompanha o planeta Terra foi trazida para o seu Sistema Solar, para orbitar a Terra, há cerca de 1,7 bilhões dos seus anos. A sua Lua dá a volta no seu planeta em 655,719 horas, e também gira em seu eixo, uma volta completa a cada 655,719 horas, portanto vocês só vêem um lado dela. Mas não foi sempre assim, há cerca de um milhão de anos, quatro balanceadores foram instalados na sua Lua pra sincronizar os movimentos dela com a velocidade de rotação do seu planeta. A sua Lua é tão antiga quanto o seu Sistema Solar, ela foi produzida por uma raça altamente inteligente e foi trazida para a órbita da Terra com o propósito de diminuir a velocidade de rotação do seu planeta“. 
Texto extraído de:
http://thoth3126.com.br/emmanuel-a-lua-e-nao-espere-por-outro-dia/
Composição similar

Uma possibilidade é que Theia tenha se formado muito próximo da Terra e, por este motivo, sua composição seja muito similar a do nosso planeta. Se for este o caso, diz Halliday, existe a possibilidade de que tenha que ser revista a crença de que cada planeta do Sistema Solar tem uma impressão digital diferente.

Mahesh Anand, da Open University, descreve a pesquisa como “animadora”, mas ressalta que os dados foram coletados a partir de apenas três rochas lunares. “Temos que ter cautela ao dizer que elas representam toda a Lua, então, novas análises de mais rochas são necessárias para confirmar a teoria”, disse ele.

Para saber mais:
http://thoth3126.com.br/apolo-xx-missao-secreta-nave-mae-gigantesca-e-cidade-alienigena-na-lua/
http://thoth3126.com.br/nos-descobrimos-bases-alienigenas-na-lua/
http://thoth3126.com.br/lua-da-terra-quem-a-construiu/
http://thoth3126.com.br/a-presenca-extraterrestre-na-lua/
http://thoth3126.com.br/emmanuel-origens-da-humanidade-racas-de-ets-arcanjos/
http://thoth3126.com.br/iapetus-nave-mae-abandonada-em-orbita-de-saturno/
http://thoth3126.com.br/ufo-ou-base-alien-fotografada-na-lua/


Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

www.thoth3126.com.br


Por favor, respeitem todos os créditos
Arquivos em português:

 Atualização diária


 

Maio 09, 2015

chamavioleta

Bolas de fogo entrando na atmosfera são vistas no interior de S. Paulo

Posted by Thoth3126 on 08/05/2015

Objetos incandescente são vistos no céu na região de Bauru; especialistas comentam


Moradores enviaram imagens registradas em Jaú e Santa Maria da Serra, no interior de São Paulo. Segundo astronauta Marcos Pontes, pode ter ligação com nave russa. Objetos brilhantes e incandescentes foram vistos no céu da região de Bauru (SP) nesta semana. Dois moradores registraram o momento e ficaram curiosos, ainda mais com a informação sobre a aeronave espacial russa Progress, que cairia na Terra nessa quinta-feira (7).

Edição e imagens: Thoth3126@gmail.com

Residentes da região enviaram imagens registradas em Jaú e Santa Maria da Serra, no interior de São Paulo. Segundo astronauta Marcos Pontes, o fenômeno pode ter ligação com a queda da nave russa Progress.

http://g1.globo.com/

Renata Marconi – Do G1 Bauru e Marília

Segundo agências, a aeronave espacial Progress se desintegrou completamente ao reentrar na atmosfera da Terra sobre o Oceano Pacífico na noite de quinta, às 22h04, horário de Brasília.

Dois registros foram feitos na região, um em Jaú (SP) e outro em Santa Maria da Serra (SP). A moradora de Jaú, Mariana Silva, registrou um objeto brilhante no céu no final da tarde de quinta-feira (7). Ela enviou a imagem por meio da ferramenta colaborativa VC no G1. “Achei a imagem parecida com as mostradas no Jornal Nacional, sobre a nave Russa, e registrei para algum especialista informar se é realmente isso”, informou.


Objeto brilhante no céu chamou a atenção de moradores (Foto: Mariana Silva / VC no G1)

Já em Santa Maria da Serra (SP), uma bola de fogo foi vista por um casal, por volta das 17h30, na quarta-feira (6). Carlos Augusto Medeiros Mousinho e sua esposa Sandra Pinese Bizeto estavam na frente da loja deles, quando viram o objeto, que segundo Carlos, demorou para desaparecer.

“Ele demorou uns 20 minutos até sumir atrás do morro em direção à Barra Bonita. Ainda deu tempo da minha esposa entrar pegar a câmera”, afirma. O casal ficou curioso sobre o fenômeno. “Era muito brilhante, não parecia um avião”, alega Carlos, que contou que o objeto estava se afastando da cidade.

Fragmentos da Nave russa
O astronauta brasileiro Marcos Pontes, em entrevista ao G1 nesta sexta-feira (8), comentou sobre as imagens. Pontes observou as fotos feitas dos objetos e disse que poderia ser tanto um meteoro, quanto lixo espacial. “Na terra caem meteoros todos os dias e essa é uma possibilidade. Pode ser também um resíduo dessa aeronave [russa, que caiu na Terra], que fica com nuvens de destroços ao lado. Parte desse material poderia cair em qualquer lugar da terra, menos nos polos”, afirma.

Pontes explica que a aeronave espacial russa não era tripulada. “A espaçonave era de carga, não tinha ninguém dentro”, afirma.


O astronauta Marcos Pontes.

O astronauta brasileiro disse ainda que os objetos vistos na região poderiam ser parte da nave russa caindo por causa da órbita da Terra, já que nas horas que foram vistos pelos moradores, seria o momento que a órbita estaria passando pelo Brasil no fim da tarde, principalmente na quinta-feira, porque estava mais perto. “Pode ser pela órbita da Terra, que passou no mesmo horário na quarta e quinta-feira sobre o Brasil, mas não é possível afirmar que seja a nave. Pode ser qualquer outro lixo espacial ou meteoro”, explica.

Lixo espacial
O Professor Rodolfo Langhi, responsável pelo Observatório Didático de Astronomia da UNESPBauru, analisou as fotos tiradas na quarta-feira e disse não ser possível afirmar o que era o fenômeno, mas acredita que o bólido – bola de fogo – não seja um avião. “Isso pode ser um pedaço de um satélite fabricado pelo homem que foi atraído pela gravidade da Terra ou um meteoro. Tem 70% de chance de ser lixo espacial”, afirma.

O professor explicou que quando esses objetos caem na terra, eles costumam ser totalmente desintegrados. Pontes e Langhi concordam que o fenômeno não duraria 20 minutos. “É muito tempo, mas as pessoas podem se confundir”, explica Langhi.

Avião
O professor do Departamento de Astronomia da USP de São Paulo, Roberto D. Dias da Costa, acredita que as fotos tiradas na quarta-feira e o vídeo feito na quinta-feira sejam aviões. “As fotos parecem muito com trilhas de condensação de aviões a jato pois são bem simétricas. Como o ar está frio, aviões a jato em grandes altitudes deixam trilhas de condensação exatamente com essa aparência”, afirma.


Sandra Pinese Bizeto registrou o objeto em Santa Maria da Serra (Foto: Sandra Bizeto / arquivo pessoal)

Costa também acredita que não seja parte da aeronave russa. “A nave russa passou várias vezes sobre a América do Sul ontem (7) durante o dia, porém em altitude muito grande, acima de 100 km, e durante a noite caiu no sul do oceano Pacífico. É difícil que essas fotos estejam relacionados com ela”, acredita.

O astrônomo Júlio Lobo também acredita que os objetos sejam aviões, que não parecem meteoros caindo na Terra.

* Com informações da TV TEM.

Mais informações em:
  1. http://thoth3126.com.br/inedito-meteoro-na-russia-foi-explodido-por-um-ufo-filme/
  2. http://thoth3126.com.br/explosao-e-queda-de-meteoro-na-russia-destruicao-e-feridos/
  3. http://thoth3126.com.br/cometa-ison-podera-causar-imensa-chuva-de-meteoros/
  4. http://thoth3126.com.br/meteoro-na-argentina-explosao-em-novas-imagens/
  5. http://thoth3126.com.br/nasa-chuva-de-meteoros-e-estrelas-cadentes-imagens/
  6. http://thoth3126.com.br/meteoro-explode-sobre-a-espanha/
  7. http://thoth3126.com.br/meteoro-da-russia-enorme-fragmento-com-570-quilos-foi-resgatado/
  8. http://thoth3126.com.br/russia-meteoro-explode-sobre-murmansk-video/
  9. http://thoth3126.com.br/meteoro-russo-mostra-que-20-milhoes-de-rochas-espaciais-ameacam-a-terra/
  10. http://thoth3126.com.br/russia-diz-que-espaconave-progress-entrara-na-atmosfera-nesta-quinta/


Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

www.thoth3126.com.br

Compartilhe:

16Share on Facebook (Opens in new window)16
1Click to share on Twitter (Opens in new window)1
Click to share on Reddit (Opens in new window)
Click to email this to a friend (Opens in new window)


URL: http://wp.me/p2Fgqo-8vF



Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.

Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

Por favor, respeitem todos os créditos

Arquivos em português:
http://rayviolet2.blogspot.com/search?q=meteoritos

Atualização diária

Se gostou! Por favor RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly 

   
Israel ou Cazária!?

achama.biz.ly email: nai@achama.biz.ly 


EN: VioletFlame * The Illuminati * Alternative Media * North Atlantic Islands * Indian Ocean Islands * South Atlantic Ocean Islands * Alternative Media * Creator's Map * ESU IMMANUEL * Exposing Media DesInformation * Galactic Federation * Indians, Prophecies and UFOs * Illuminati, The * Infinite Being * Israel (!?) * Jews..., the Real ones! * Khazars Jews are converted, not jenuine * Meditation * Media News * NESARA (!?) * SCIENCE, SPIRIT, Free Energy!... * UFO CONTACTS * UFOs (MORE) * USA The 4th NAZI Reich!? * Zionism Lies and The Illuminati * Light a Candle for PEACE * The Red Pill * The True Shadow Government

Janeiro 19, 2015

chamavioleta

Uma bola de fogo (um meteorito?) explodiu e se desintegrou em uma série de pedaços menores com um flash deslumbrante.

Posted by Thoth3126 on 19/01/2015

russia-meteorite-amur-region



A cauda branca reluzente permaneceu por duas horas nos céus e foi capturada em filme e fotos por vários residentes da região de Amur, cidades de Belogorsk e Blagoveshchensk no leste da Rússia. “Parecia a trilha de um avião, mas muito maior e mais brilhante”, uma testemunha local afirmou.

Tradução, edição e imagens: Thoth3126@gmail.com

Os moradores da região de Amur da Rússia acordaram domingo de manhã para observar um fenômeno celeste incomum – um objeto brilhante voando pelo céu, deixando um rastro branco, após explodir

http://sputniknews.com e http://rt.com/news/223771-russia-meteorite-far-east/

MOSCOU, 18 de janeiro (Sputnik) – Um objeto não identificado sobrevoou a cidade de Blagoveshchensk, no extremo oriente russo, se partindo em pedaços após explodir e deixando um rastro de ardência através do céu no domingo.




“O som da explosão foi alto … o vestígio dela foi visto no céu por pelo menos mais duas horas”, disse uma pessoa residente na região”. “Foi uma trilha absolutamente branca”.

Um suposto meteoro ou cometa, como alguns moradores sugerem, iluminou o céu entre 6 e 7 horas (9-10 pm GMT – 19:00/20:00 horas de Brasilia, de 17 de janeiro) na Região Amur.

“Parecia a trilha de um avião, mas muito maior e mais brilhante”, uma testemunha afirmou.

Depois de riscar através do céu, o objeto explodiu, desintegrando-se em uma série de pedaços menores com um flash deslumbrante.


 


“Às 06:40 [21:40 GMT, em 17 de janeiro] o objeto explodiu, mas o som só veio oito minutos depois. O barulho foi bastante alto “, disse um morador local.

Funcionários do governo local não forneceram qualquer comentário sobre o evento. A bola de fogo causou uma tempestade na mídia social russa, com alguns afirmando que ele seria um corpo celeste que caiu e outros dizendo que era um foguete.




Depois de riscar através do céu, o objeto explodiu, desintegrando-se em uma série de pedaços menores com um flash deslumbrante.

Alguns brincaram que era um “irmão do meteorito de Chelyabinsk”.

Em 15 de fevereiro de 2013, um enorme meteoro com cerca de 10.000 toneladas de peso atingiu a atmosfera da Terra, explodindo nos céus acima da cidade russa de Chelyabinsk, na região dos Montes Urais.




O meteoro que explodiu nos céus de Chelyabinsk, causando danos e ferimentos aos habitantes da região dos montes Urais, na Rússia, em 15 de fevereiro de 2013.

Sua explosão infligiu danos na infra-estrutura local e feriu cerca de 1.500 pessoas com vidro estilhaçado de milhares de janelas e vidraças quebrados pela onda de choque da explosão.

Ao entardecer, dizeis: haverá bom tempo porque o céu está rubro. E pela manhã: hoje haverá tempestade porque o céu esta vermelho-escuro. Hipócritas ! Sabeis, portanto discernir os aspectos do céu e não podeis reconhecer  OS SINAIS DOS TEMPOS?”  Mateus 16: 2 e 3

Mais informações em:
  1. http://thoth3126.com.br/explosao-e-queda-de-meteoro-na-russia-destruicao-e-feridos/
  2. http://thoth3126.com.br/inedito-meteoro-na-russia-foi-explodido-por-um-ufo-filme/
  3. http://thoth3126.com.br/meteoro-da-russia-enorme-fragmento-com-570-quilos-foi-resgatado/
  4. http://thoth3126.com.br/meteoro-explodiu-nos-ceus-dos-eua/
  5. http://thoth3126.com.br/nasa-chuva-de-meteoros-e-estrelas-cadentes-imagens/
  6. http://thoth3126.com.br/meteoro-russo-mostra-que-20-milhoes-de-rochas-espaciais-ameacam-a-terra/
  7. http://thoth3126.com.br/licoes-do-impacto-de-meteoro-na-russia/
  8. http://thoth3126.com.br/meteoros-podem-estar-a-caminho-da-terra/
  9. http://thoth3126.com.br/meteoros-a-quantidade-desse-fenomeno-esta-aumentando/
Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub