Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

Novembro 08, 2023

chamavioleta

Uma visão para a concepção, gravidez e nascimento

Pelo Projecto Vision Alignment 

(Alinhamento da Visão)

Tradução a 7 de novembro de 2023

 

 
 
A seguinte visão para a concepção, gravidez e nascimento chega-nos de Jaynie Beard, da Central PA. Tudo o que podemos dizer é " uau! "Obrigado, Jaynie.
 
 
Vemos um mundo onde as pessoas entendem que as crianças são almas preciosas que vêm aqui para partilhar e abençoar as nossas vidas. Percebemos que nosso propósito é amar, guiar e apoiar essas almas em sua jornada de vida, e desistimos de qualquer necessidade de controlá-las ou moldá-las no que pensamos que deveriam ser. Celebramos a individualidade e os dons únicos de cada criança.
 
Vemos um mundo em que os pais entendem que criar um filho é o trabalho mais importante e gratificante que poderiam ter. Vemos um mundo onde todas as crianças são concebidas conscientemente, por pais que se preparam física, mental, emocional e espiritualmente. Vemos um mundo onde a concepção, a gravidez e o parto são processos normais e naturais que não criam doenças, lesões ou dores. Os bebés são facilmente concebidos e as gravidezes são seguras e fáceis. Vemos mães grávidas cuidando de si mesmas, exercitando-se regularmente e consumindo apenas os alimentos mais puros e nutritivos. Vemos um mundo em que os futuros pais percebem que o seu filho ainda não nascido está consciente do seu ambiente e esforçam-se por garantir que o seu bebé se sinta bem-vindo e amado.
 
Vemos pais e bebês experimentando nascimentos naturais calmos, gentis, confortáveis e alegres no conforto e na privacidade de suas próprias casas. Vemos bebés recém-nascidos a serem tratados com o máximo cuidado e amor. Vemos um mundo onde todos os bebés são nutridos e nutridos pelos seios das suas mães. Vemos todas as crianças crescerem fortes e saudáveis. Vemos os pais dando livre e alegremente aos filhos o seu tempo, a sua atenção e o seu amor. Vemos um mundo onde todos se reúnem para amar e guiar cada nova alma que se junta a nós no nosso caminho terreno.
 
 
Nós encorajamos você a encaminhar esta mensagem para seus amigos diretamente de sua caixa de entrada. Se esta visão lhe foi enviada por um amigo, você pode ir para www.visionalignmentproject.com para se inscrever no projecto Vision Alignment. É grátis!
 
O projecto Vision Alignment é patrocinado pelos pretendentes do bem mais elevado. Se você tem uma visão que gostaria de compartilhar com o mundo, envie um e-mail para [office@intenders.com]. a sua visão pode ser publicada aqui!
 
O projeto de alinhamento da visão Intenders é financiado por suas doações.
Para dar o dízimo / Doar ao projecto Vision Alignment, Clique aqui.
Muito obrigado!
 

 
Transcrito por  http://achama.biz.ly  com agradecimentos a: 
 

As minhas notas:
Deus, a Fonte da vida é puro amor incondicional, não um deus zeloso de [algumas das] religiões dogmáticas.
O Google apagou meus antigos blogs rayviolet.blogspot.com e
rayviolet2.blogspot.com, sem aviso prévio e apenas 10 horas depois de eu postar o relatório de Benjamin Fulford de 6 de fevereiro de 2023, acusando-me de publicar pornografia infantil.
(Uma Grande Mentira)
Free counters!Visitor Map
 
 

Março 01, 2023

chamavioleta

O ARQUÉTIPO DOS AMANTES

Mensagem de Saint Germain

Canal: Jennifer Crokaert

Tradução: De Coração a Coração?

a 1 de março de 2023

 
 
 
Jennifer me convidou para compartilhar meus pensamentos sobre o Novo Amanhecer nos relacionamentos. Conforme vocês e Gaia entram nos lances finais do nascimento da Era Dourada, vocês experimentarão constrição em todas as áreas de sua vida onde estiverem resistindo às mudanças que precisam evoluir através de vocês. Não pode ser de outra forma: como você pode expandir se está contraído, se sua energia está retida, se você vive com alguém com quem não está alinhado?
 
Você está entrando na era da expansão, então qualquer área de sua vida em que você esteja vivendo de forma contraída se tornará intolerável, porque você será forçado a mudar se não o fizer voluntariamente. Em nenhum lugar isso é mais assustador do que em seu relacionamento íntimo; se você teve a coragem de sentir a falta de alinhamento, de honrar essa discórdia e expressá-la, eu o saúdo. Você é realmente um pensador ousado e livre. Você tem a paixão dos Amantes.
 
Se você sente que algo não está certo, se está se segurando porque anseia por algo mais profundo, verdadeiro, mais alinhado com quem você é, eu o saúdo, porque você está no seu caminho. É um caminho de exploração, traga curiosidade para a evolução do seu caminho, pois isso permitirá que uma expressão mais criativa flua através de seus relacionamentos íntimos.
 
Você tem estado, na maior parte, limpando relacionamentos cármicos. À medida que os ciclos cármicos se completam, esses relacionamentos não são mais necessários, eles não têm mais a energia ou a centelha para mantê-los funcionando. Você saberá se o seu carma acabou e o relacionamento não serve mais ao seu bem maior quando não houver centelha, nenhuma razão para ficarem juntos além de desculpas como ‘os filhos’, ‘a casa’, ‘as finanças’, ‘o amigos’, o que ‘os outros vão dizer’…
 
Você escolheu, no nível da alma, entrar em um relacionamento que termina neste momento, sabendo antecipadamente todas as maneiras pelas quais isso afetaria sua vida. Seja gentil consigo mesmo, com os que estão ao seu redor, tenha coragem. Você é digno de uma vida de expansão e realização.
 
Agora, para a notícia edificante! O arco-íris dos Amantes está varrendo seu planeta, trazendo uma energia nova, vibrante e apaixonada que só crescerá e se expandirá. Esses novos relacionamentos, ou relacionamentos enriquecidos – pois nem todos os relacionamentos terminarão, muitos serão renovados e rejuvenescidos – são mais vivos, vibrantes e gratificantes.
 
A energia do nascimento e do rejuvenescimento que inunda Gaia está trazendo paixão e luz a um aspecto da vida que já foi governado por dever, comércio e contrato. Ainda outro aspecto da matriz invertida. Com as energias alinhadas vêm os relacionamentos alinhados: os desejos imaginados de um amor mais profundo que você acalentava em seu coração eram os murmúrios de seu Eu Superior lembrando a você como um relacionamento completo seria para você.
 
Você é digno de ser amado, apreciado, valorizado, admirado… Juntamente com as grandes mudanças que verá em todos os aspectos da vida humana, verá um renascimento do amor, não guiado com regras ou dever, mas como uma expressão expandida e aprimorada de quem você é.
 
Considere a energia do sol, a energia da criação, a energia da Mãe Divina Pai Um. É uma energia extremamente expansiva, terna, nutritiva, solidária, criativa, curativa e sagrada que eleva e inspira; é a energia da transformação.
 
Ao aproveitar essa energia em sua vida, independentemente de estar ou não em um relacionamento, você pode se alinhar com a energia do Arquétipo dos Amantes que está inundando Gaia agora. Deixe-o inundar você também: deixe-se levar pelo dinamismo e vibração desta energia criativa do Amor.
 
 

 
Transcrito por achama.biz.ly com agradecimentos a: 
 

 

Setembro 07, 2020

chamavioleta

Morte simbólica, saiba o momento de se transformar.

Por Gabriella Hausen.

7 de setembro de 2020. 

 
 
Rosa pequena ao lado de um muro de cimento.
 
 
 
 
 
 
 
 
A morte é uma das grandes forças da natureza, aliás, ela ajuda a compor a vida, pois, para algo ganhar vida, precisa antes da morte, não necessariamente a física, mas também a simbólica. Essa morte figurada é também representada pela transformação, pelo descanso, pela pausa antes do impulso.
A morte, se formos analisar de uma forma mais profunda, não existe, tão somente, isolada, mas sim, em conjunto com o (re)nascimento. Um exemplo disso, é o próprio bebê, que antes de nascer para o plano físico, morre no astral, simbolicamente claro. Pois, deixa para traz sua antiga vida, para viver uma outra, ou então, a natureza que se deixa morrer no inverno, para renascer de forma intensa na primavera e verão.
 
O que não se transforma, passa a viver estagnado, tomamos o exemplo de uma água, que ao ser deixada parada, passa a apodrecer. O mesmo ocorre conosco, quando ficamos muito tempo sem nos reinventarmos, a vida passa a nos mostrar padrões de repetições, que nem sempre são tão agradáveis, que muitas vezes nos travam a vida e até mesmo o organismo.
Se você está vivendo uma fase meio travada na sua vida, sentindo os mesmos conflitos e sentimentos, percebendo padrões repetitivos que não consegue compreender, ou se você perdeu o tesão pela vida, se anda sem vitalidade, sem vontade, sem criatividade, é bem provável de que esteja na hora de você se transformar.


Mulher sentada em um banco de madeira olhando para o pôr do sol
Sage Friedman/Unsplash

Deixar a vida fluir, com a morte, nem sempre é uma tarefa fácil, porém, é necessária. Todavia, esse movimento nos convida ao desapego. Soltura do que já não nos serve mais.
Na cultura e filosofia hindu, existe um deus chamado Shiva, esse deus, em conjunto com a sua polaridade feminina Kali, carrega a energia da destruição, da renovação. Shiva, com sua dança cósmica, mata e destrói tudo o que vê pela frente, ele, literalmente, dança com a morte. Em analogia, devemos aprender com Shiva e Kali como destruir tudo aquilo que nos consome, que nos tira a vitalidade; utilizando da nossa criatividade.
A psicologia Junguiana nos explica que quando utilizamos da arte, da dança, da poesia, da expressão seja ela qual for e da criatividade no geral, conseguimos “expurgar” algumas energias estocadas, em conjunto, damos voz a nossa alma, ao nosso Eu maior (Self) e, portanto, conseguimos nos transmutar, transformar padrões “não mais necessários”. Todavia, podemos fazer isso da nossa forma e diariamente.


Livro aberto em uma mesa de madeira
Ergita Sela/Unsplash

Quando temos sonhos envolvendo morte, brigas, medos, conselhos; quando nos encontramos sem rumo, com tédio e conflitos internos; quando estamos à beira de desistir de nós mesmos, cansados e com desânimo; quando nos entregamos a vícios, a entretenimentos que já não nos servem, a queixas e fofocas, então é hora de fazer a dança cósmica; quando a sua rotina já não o satisfazer, quando os seus pensamentos rotineiros o levarem a ansiedade, quando a solidão bater a sua porta, então é hora de se deixar morrer e se deixar fluir ao rio da vida. Como fazer isso? Encontrando o que lhe traz sentido, o que lhe ajuda a seguir em frente. Descobrindo o que o ajuda a desapegar de pensamentos, sentimentos e ações não mais desejados. Ouvindo a voz do silêncio que habita em todos nós. Olhando para o seu lado sombrio, vazio e sentindo o que você vem evitando há tanto tempo. Aceitando quem você é e começando a agir de uma forma diferente. Enfim, a morte se apresenta de diversas formas.
Perceba quais são as folhas que precisam ser renovadas de sua árvore, quais as águas que estão paradas e se encoraje a mudar a rota. Se acolha. Dance com a morte para poder renascer de forma florida. Convoque a sua plateia interna e dance. Por último, lembre-se de se deixar morrer, antes que a vida o mate sem mesmo você ter tempo para viver.
 
Gabriella Hausen
 
Gabriella Hausen
 
Email: terapias.psiholistica@gmail.com
Youtube: Psique Holística l Espiritualidade e Psicologia
Instagram: @linguagem_novaera
 


Sítio (site) Principal: http://achama.biz.ly/
e-mail: site@achama.biz.ly
 
 
Para outros artigos espirituais e denúncias por favor visite:
 
Vídeos banidos alternativos




Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
A religião organizada é desnecessária à espiritualidade.
Excelentes ensinamentos dos mestres têm sido contaminados pelo controle dogmático dessas religiões.
Discernimento sim; julgamento não.
Com discernimento é possível alcançar o espírito da letra de qualquer escritura e é também bem mais fácil escutar a voz da alma que vem do coração.
 

 
Por favor, respeitem todos os créditos


Recomenda-se o discernimento.

 
Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores

 

Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.

 

Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

 

 
Atualização diária.
 
Free counters!


 

Setembro 07, 2020

chamavioleta

Morte simbólica, saiba o momento de se transformar.

Por Gabriella Hausen.

7 de setembro de 2020. 

 
 
Rosa pequena ao lado de um muro de cimento.
 
 
 
 
 
 
 
 
A morte é uma das grandes forças da natureza, aliás, ela ajuda a compor a vida, pois, para algo ganhar vida, precisa antes da morte, não necessariamente a física, mas também a simbólica. Essa morte figurada é também representada pela transformação, pelo descanso, pela pausa antes do impulso.
A morte, se formos analisar de uma forma mais profunda, não existe, tão somente, isolada, mas sim, em conjunto com o (re)nascimento. Um exemplo disso, é o próprio bebê, que antes de nascer para o plano físico, morre no astral, simbolicamente claro. Pois, deixa para traz sua antiga vida, para viver uma outra, ou então, a natureza que se deixa morrer no inverno, para renascer de forma intensa na primavera e verão.
 
O que não se transforma, passa a viver estagnado, tomamos o exemplo de uma água, que ao ser deixada parada, passa a apodrecer. O mesmo ocorre conosco, quando ficamos muito tempo sem nos reinventarmos, a vida passa a nos mostrar padrões de repetições, que nem sempre são tão agradáveis, que muitas vezes nos travam a vida e até mesmo o organismo.
Se você está vivendo uma fase meio travada na sua vida, sentindo os mesmos conflitos e sentimentos, percebendo padrões repetitivos que não consegue compreender, ou se você perdeu o tesão pela vida, se anda sem vitalidade, sem vontade, sem criatividade, é bem provável de que esteja na hora de você se transformar.
Mulher sentada em um banco de madeira olhando para o pôr do sol
Sage Friedman/Unsplash
Deixar a vida fluir, com a morte, nem sempre é uma tarefa fácil, porém, é necessária. Todavia, esse movimento nos convida ao desapego. Soltura do que já não nos serve mais.
Na cultura e filosofia hindu, existe um deus chamado Shiva, esse deus, em conjunto com a sua polaridade feminina Kali, carrega a energia da destruição, da renovação. Shiva, com sua dança cósmica, mata e destrói tudo o que vê pela frente, ele, literalmente, dança com a morte. Em analogia, devemos aprender com Shiva e Kali como destruir tudo aquilo que nos consome, que nos tira a vitalidade; utilizando da nossa criatividade.
A psicologia Junguiana nos explica que quando utilizamos da arte, da dança, da poesia, da expressão seja ela qual for e da criatividade no geral, conseguimos “expurgar” algumas energias estocadas, em conjunto, damos voz a nossa alma, ao nosso Eu maior (Self) e, portanto, conseguimos nos transmutar, transformar padrões “não mais necessários”. Todavia, podemos fazer isso da nossa forma e diariamente.
Livro aberto em uma mesa de madeira
Ergita Sela/Unsplash
Quando temos sonhos envolvendo morte, brigas, medos, conselhos; quando nos encontramos sem rumo, com tédio e conflitos internos; quando estamos à beira de desistir de nós mesmos, cansados e com desânimo; quando nos entregamos a vícios, a entretenimentos que já não nos servem, a queixas e fofocas, então é hora de fazer a dança cósmica; quando a sua rotina já não o satisfazer, quando os seus pensamentos rotineiros o levarem a ansiedade, quando a solidão bater a sua porta, então é hora de se deixar morrer e se deixar fluir ao rio da vida. Como fazer isso? Encontrando o que lhe traz sentido, o que lhe ajuda a seguir em frente. Descobrindo o que o ajuda a desapegar de pensamentos, sentimentos e ações não mais desejados. Ouvindo a voz do silêncio que habita em todos nós. Olhando para o seu lado sombrio, vazio e sentindo o que você vem evitando há tanto tempo. Aceitando quem você é e começando a agir de uma forma diferente. Enfim, a morte se apresenta de diversas formas.
Perceba quais são as folhas que precisam ser renovadas de sua árvore, quais as águas que estão paradas e se encoraje a mudar a rota. Se acolha. Dance com a morte para poder renascer de forma florida. Convoque a sua plateia interna e dance. Por último, lembre-se de se deixar morrer, antes que a vida o mate sem mesmo você ter tempo para viver.
 
Gabriella Hausen
 
Gabriella Hausen
 
Email: terapias.psiholistica@gmail.com
Youtube: Psique Holística l Espiritualidade e Psicologia
Instagram: @linguagem_novaera
 




Sítio (site) Principal: http://achama.biz.ly/
e-mail: site@achama.biz.ly
 
 
Para outros artigos espirituais e denúncias por favor visite:
 
Vídeos banidos alternativos




Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
A religião organizada é desnecessária à espiritualidade.
Excelentes ensinamentos dos mestres têm sido contaminados pelo controle dogmático dessas religiões.
Discernimento sim; julgamento não.
Com discernimento é possível alcançar o espírito da letra de qualquer escritura e é também bem mais fácil escutar a voz da alma que vem do coração.
 

 
Por favor, respeitem todos os créditos


Recomenda-se o discernimento.

 
Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores

 

Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.

 

Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

 

 
Atualização diária.
 
Free counters!


 

Agosto 28, 2020

chamavioleta

ZODÍACO INDÍGENA NORTE-AMERICANO.

Totem de Nascimento.

Tradução resumida Vilma Capuano 

a 28 de agosto de 2020. 

 
 
.
 
 
 
 
 
 
 
 
O que sua alma deve aprender nesta viagem?
 
Que contribuições seu espírito quer dar à Mãe Terra e todos os seus filhos?
 
A intenção dessa astrologia é dar uma maior compreensão de seu propósito e dos contratos que aceitou como um ser espiritual neste mundo.
Este propósito original é um arquétipo escrito no DNA, porque o nascimento é uma iniciação.
 
Como Caminhante é a Jornada, não o destino, que importa.
 
Confie no seu Animal-Espírito como um amigo-guia.
Descubra qual o seu conforme o seu dia de nascimento.



 
❖ URSO – 22 agosto – 21 de setembro
Está ligado ao elemento Terra e à direção cardeal do Oeste.
Pessoas que nascem com este totem têm características masculinas, o que fornece uma força interior equilibrada com veracidade, aceitação, sinceridade, curiosidade, praticidade, discrição.
O seu espaço pessoal é muito importante, como uma caverna segura e acolhedora. É um lugar onde você pode explorar com segurança todos os aspectos do seu mundo interior. Você vai sempre para este lugar sagrado para uma revitalização silenciosa.
Pedra: ametista

❖ CASTOR – 20 de abril – 20 de maio
Está ligado ao elemento Terra e à direção cardeal do Leste.
Você tem ansiedade e tenacidade natural para finalizar qualquer projeto, com talentos incríveis para criar grande beleza e bases sólidas.
Costuma se preocupar com as finanças, trabalha arduamente para criar segurança para si e para aqueles que ama. Traga diversão e relaxamento para equilíbrio e alegria na vida.
Pedra: Jaspe

❖ CERVO – 21 de maio – 20 de junho
Tem o elemento Terra e a direção cardeal é Leste.
É tímido e carismático, o que o torna querido por muitos. Compassivo e carinhoso, o Cervo aprecia socializar com pessoas de mente semelhante. Tem o dom da palavra. Sua mente inteligente e perspicaz mantém as conversas envolventes. Não tem problemas em falar em público.
 
É um pacificador. Detesta conflitos, fará todo o possível para restaurar a ordem.
 
Sua aptidão maior é esconder-se para preservar-se.
 
Pedra: ágata
❖ FALCÃO – 21 de março – 19 de abril
O elemento é o Fogo e a direção cardeal é Leste.
Mantém a calma mesmo no meio de um furacão, e tem liderança natural e boas habilidades para tomar decisões. Não tem medo de desafio, inspirado por um desejo de aventura.
Você tem olhos e sentidos aguçados, um forte senso de autoconfiança que algumas pessoas interpretam como egoísmo. Porém, isso simplesmente é um núcleo firme de verdade pessoal que raramente vacila. Nos relacionamentos, é um parceiro apaixonado.
Um dos desafios é entrar em contato com seu mundo interior. Você tende a ignorá-lo, preferindo onde possa ver facilmente o fruto de seus esforços. Mas precisa dessa conexão mais profunda para descobrir toda a sua glória.
Pedra: opala

❖ LONTRA – 20 de janeiro – 18 de fevereiro
Tem o elemento Ar e a direção cardeal Norte-Nordeste.
Você não é previsível nem sente a necessidade de fazer as coisas de maneira convencional. A criatividade corre em suas veias. É inteligente, intuitivo, honesto, brincalhão, carinhoso e amigo de todos.
A mente da Lontra é insaciavelmente curiosa quando se trata das crenças e pontos de vista profundamente arraigados das pessoas. Explorar esses conceitos atua como alimento para o cérebro. Você guarda tudo o que aprende em arquivos mentais organizados e compartilha esses dados com entusiasmo.
Pedra: turquesa

❖ CORUJA – 23 de novembro – 21 de dezembro
É governado pelo elemento Fogo e pela direção cardeal do Noroeste.
Um tanto enigmático. Tem uma natureza muito expansiva, otimista e flexível. É ótimo ouvinte, não interrompe, e processa tudo o que ouve com cuidado, e dá uma opinião honesta sem rodeios.
Você honra sua natureza espiritual e se esforça para integrá-la às experiências do dia a dia para permanecer fiel ao propósito de sua alma, o que pode ser uma luta em uma sociedade caótica.
As pessoas-coruja veem as coisas com muita clareza e preferem observar antes de interagir. Dessa forma, seus olhos estão bem abertos antes de entrar em uma situação. Você é um buscador de conhecimento, mas agrega 100 experiências ao invés de ter uma que seja verdadeiramente transformadora, perdendo a mensagem mais profunda que poderia satisfazer seus desejos interiores.
Pedra: obsidiana

❖ CORVO – 22 de setembro – 22 de outubro
Governado pelo elemento Ar e a direção cardeal do Oeste.
Adora desenvolver projetos e empresas – é carismático, e baseado em princípios. É ideal para representar alguém em uma negociação, pois dará mais do que foi pedido. Permanece sereno mesmo em negociações difíceis e têm uma perspicácia aguda.
 
Eles querem estar rodeados de beleza e focar em novos projetos.
 
Os corvos não criam raízes profundas, preferindo seguir para onde o vento os leva.
 
Pedra: azurita

❖ SALMÃO – 22 de julho – 21 de agosto
Tem o elemento Fogo e a direção cardeal do Sul-Sudoeste.
É rápido nas ações, tem entusiasmo e paixão, atraindo as pessoas para “pularem no rio” com ele, geralmente terminando como um sucesso. Não tem ganância, são zelosos, e nada é feito sem pensar na necessidade do objetivo.
Você é criativo, artístico. É atraído por lugares com água, da qual sua mente e espírito podem beber plenamente.
Pedra: cornalina

❖ COBRA – 23 de outubro – 22 de novembro
Está associado ao elemento Água e à direção cardeal do Noroeste.
É o totem mais comum entre os xamãs porque são os curadores e guias. Eles deslizam friamente e lidam com o drama com a cabeça fria. Gosta de desvendar enigmas e segredos, e honra os segredos. Em ambientes sociais mostra grande humor, inventividade e adaptabilidade.
É multitarefa. Sempre extrovertido e astuto, leva a vida de frente, mas revelar o passado é difícil. Tem uma afinidade natural com assuntos místicos e espirituais, com um forte foco e sensibilidade, e não precisa de elogios.
Metal: cobre

❖ GANSO DA NEVE – 22 de dezembro – 19 de janeiro
Tem o Elemento Terra e a direção cardeal do Norte.
Quando você estiver procurando por alguém com motivação e vontade, ele possui uma estratégia passo a passo para conseguir o seu objetivo, sem pressa, e estabelece um padrão muito alto para si mesmo. Aceita contratempos com bom humor, ri de si mesmo, o que é muito curativo.
Prefere dedicar sua energia a esforços positivos para um bem maior. Adora criar um refúgio acolhedor e belo. Esse brilho de sua casa reflete a verdadeira alma, especialmente com parentes próximos, e oferece sempre apoio se observa alguém sofrendo.
Pedra: quartzo branco (cristal)

❖ LOBO – 19 de fevereiro – 20 de março
Tem o elemento água e a direção cardeal do Nordeste.
Precisa de solidão regularmente. Infelizmente, algumas pessoas se aproveitam dele. Quando está entre um grupo de pessoas de confiança, atua como protetor e guardião, com mente aguçada, generosidade e lealdade.
Outras pessoas podem segui-lo por confiança simplesmente porque ele parece saber para onde está indo. Sabe caminhar entre mundos e equilibrar os dois em sua vida diária. O Lobo ensina sem esforço, com filosofia e espiritualidade, muitas vezes sem perceber que seu “andar” fala por si.
Pedra: Jade

❖ PICA PAU – 21 de junho – 21 de julho
Tem o Elemento Água e a direção cardeal do Sul.
É a força nutridora da Mãe Sagrada. Sabe instintivamente quando oferecer ajuda e de que tipo. Nos relacionamentos, mostra grande devoção. Leva seu tempo para encontrar o parceiro certo, e depois dedica toda sua energia para fazer aquela pessoa feliz.
Sabe lidar com o dinheiro. Tem paixão pela natureza – ecologia ou outras ciências ambientais. Ficar conectado à terra firme alimenta sua alma com potentes vibrações.
O maior desafio é equilibrar mente e coração, e ter amor próprio para a harmonia dos relacionamentos. É muito sensível e facilmente dominado pela emoção.
 
Pedra: quartzo rosa
 


Agradecimentos a:  



Sítio (site) Principal: http://achama.biz.ly/
e-mail: site@achama.biz.ly
 
 
Para outros artigos espirituais e denúncias por favor visite:
 
Vídeos banidos alternativos




Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
A religião organizada é desnecessária à espiritualidade.
Excelentes ensinamentos dos mestres têm sido contaminados pelo controle dogmático dessas religiões.
Discernimento sim; julgamento não.
Com discernimento é possível alcançar o espírito da letra de qualquer escritura e é também bem mais fácil escutar a voz da alma que vem do coração.
 

 
Por favor, respeitem todos os créditos


Recomenda-se o discernimento.

 
Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores

 

Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.

 

Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

 

 
Atualização diária.
 
Free counters!


 

Agosto 11, 2020

chamavioleta

COLAPSO DO VELHO, 

NASCIMENTO DO NOVO. 

Inspiração de Kate Spreckley.

Tradução Regina Drumond

a 11 de agosto de 2020.

 
day 134 on the big mother planet.


Durante séculos, a humanidade explorou o que significa estar na dualidade e na separação. Como resultado, temos, como um coletivo, séculos acumulados de trauma, dor, desconexão e desequilíbrio. Estas energias distorcidas formaram a base de nosso velho mundo e são essas energias que estamos liberando agora. Com esta liberação, estamos reavaliando e reexaminando nossa experiência pessoal e coletiva, tornando possível enfrentarmos algumas verdades duras, que resultarão em algumas realizações significativas. Sua jornada interior ainda continua, o que pode dificultar o direcionamento de sua vida, ou mesmo a compreensão de seu propósito neste momento. Você pode saber e sentir que a mudança é necessária, mas não tem energia, desejo ou habilidade para tentar. Lembre-se de que atualmente você está sendo chamado a concentrar sua atenção conscientemente em sua alma, em despertar e ativar a energia, o poder e a criatividade dela. Ao fazer isso, você terá certeza de que está de fato despertando para a luz de uma nova era e que tudo o que ocorre no mundo hoje é um plano divinamente orquestrado que garantirá o colapso do velho mundo e o nascimento de um novo . 
Muito amor


Kate Spreckley
Como coach, a praticante de energia, palestrante e facilitadora Kate Spreckley permite que suas habilidades e habilidades naturais guiem e apoiem aqueles que estão em busca de despertar, cura, crescimento e transformação. Ao longo dos anos, Kate permitiu que sua orientação interior formasse o modo como ela trabalha. Isso permite que ela agora ofereça uma mistura criativa de tudo o que ela descobriu ser o mais útil e eficaz ... Leia mais em inglês.


Esta publicação pode ser republicada como está, sem alterações e todos os links ativos.
© 2020 Kate Spreckley http://www.spiritpathways.co.za


Agradecimentos a:  
  • Regina Drumond - reginamadrumond@yahoo.com.br

Para outros artigos espirituais e denúncias por favor visite:



Vídeos banidos alternativos
 




Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
A religião organizada é desnecessária à espiritualidade.
Excelentes ensinamentos dos mestres têm sido contaminados pelo controle dogmático dessas religiões.
Discernimento sim; julgamento não.
Com discernimento é possível alcançar o espírito da letra de qualquer escritura e é também bem mais fácil escutar a voz da alma que vem do coração.
 

 
Por favor, respeitem todos os créditos

 
 

Recomenda-se o discernimento.

 

Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.

 

 

Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.

 

 

Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

 
 
 
Atualização diária.
 
Free counters!



geoglobe1

 


esoterismo


Nestes tempos de profunda cura e transformação, somos chamados a reexaminar e revisar nossos caminhos. Como resultado, está sendo acessada uma nova maneira de ser, de consciência e de percepção expandidas, transformando-nos individual e coletivamente em um novo paradigma. Para muitos, isso está resultando em caos e confusão, pois o que funcionou no passado não tem mais relevância. No entanto, podemos ter certeza de que, após esse período de escuridão, haverá a luz. Não é fácil entrar nos espaços internos calmos e sombrios e enfrentar as relíquias de sua sombra para transformar seus medos mais terríveis em seus aliados. É preciso muita coragem para permitir que a luz ilumine sua verdade e descubra seu destino. Mas, ao resolver todas as situações internas, você é capaz de tecer a sabedoria e a verdade de sua alma em sua vida. Intuição, inspiração e criatividade surgem, revelando as muitas oportunidades novas e inesperadas que esperam por você.
 

Maio 03, 2020

chamavioleta

NASCIMENTO.

Escritos do Criador.

Através de Jennifer Farley

Tradução de Adriano Pereira

2 de maio de 2020. 

 
 
.
 
 
 


Minha querida e linda criança; O Universo sabe que pode ser um desafio manter-se centrado e fundamentado quando parece que tudo está caindo ao seu redor.
 
Por favor, saiba que, embora grandes mudanças tenham sido feitas em suas estruturas sociais e modo de vida, mais mudanças estão a caminho.
 
Algumas podem ser quase imperceptíveis, e outras podem balançar o próprio fundamento sobre o qual você está.
 
Muitos de vocês estão se preparando para este momento há um tempo excepcionalmente longo!
 
Em pé e juntos, vocês possuem o conhecimento, as habilidades e a coragem para ajudar a mover seu plano terrestre para o próximo nível.
 
O Universo sempre os guiará e apoiará. 


O Criador.


Jennifer Farley



 

Site Pincipal: http://achama.biz.ly/
 
 
 
 
Para outros artigos espirituais e denúncias por favor visite:
 
BitChute Channel do Jordan Sather




Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
A religião organizada é desnecessária à espiritualidade.
Excelentes ensinamentos dos mestres têm sido contaminados pelo controle dogmático dessas religiões.
Discernimento sim; julgamento não.
Com discernimento é possível alcançar o espírito da letra de qualquer escritura e é também bem mais fácil escutar a voz da alma que vem do coração.
 

 
Por favor, respeitem todos os créditos


Recomenda-se o discernimento.

 
Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores

 

Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.

 

Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

 

 
Atualização diária.
 
Free counters!



geoglobe1


 


 

Fevereiro 01, 2020

chamavioleta


EU NÃO ACREDITO MAIS EM NADA

Transcrição de Podcast de

Ramina El Shadai.

1 de fevereiro de 2020

 
.
 
 
 
 
 
Áudio 5! (Transcrição)



Durante muito tempo… anos… durante toda nossa vida, de certa forma, aprendemos a ser condicionais. Aprendemos a reagir aos estímulos, emocionalmente e, portanto, todos os nossos comportamentos e escolhas tiveram suas origens em nossos pensamentos sobre todas as coisas. É muito interessante como passamos a sentir, a partir do que pensamos. E nos tornamos tão intolerantes!

Tanto foi assim que até hoje, um dos mais comuns discursos para se tentar mudar uma situação é a tentativa de se mudar o pensamento sobre a situação. E, a respeito disso, a nossa mente tem sido massacrada, sendo que todo esse comportamento de eliminar a mente, ao invés de resignificá-la é também um pensamento sobre todos os outros pensamentos. É pensamento sobre pensamento. Sendo que a origem de todos os seus pensamentos foi uma só.

Tenho trazido, aos poucos, insistentemente, o exercício de perceber a origem dos pensamentos, a estrutura de energia que sustentou todos eles e a concepção de que não se muda realidade nenhuma sem transformar, internamente, a energia que sustenta tudo.

Sendo, então, toda vivência, uma manifestação do que produzimos, sutilmente em nós, estamos sendo chamados para a consciência do que, finalmente, temos produzido até agora. Manifestar é algo natural. Manifestamos o que vibramos.

Mas esse “somos chamados” não é um convite brando! É um movimento de um cenário maior que, tendo consciência dele ou não, tudo que mantinha nossa velha forma de ser, de agir, de pensar sobre tudo não se sustenta mais em velhos padrões.

A partir disso, se a estrutura se rompe, tudo sustentado por ela, tende a se romper. É disso que estou falando: de todas as velhas e sólidas estruturas que estão se rompendo e levando com elas tudo que se relacionava a elas.

Estamos sendo desmoronados internamente e presenciando nossas histórias se desmoronarem, nossos sistemas, cidades, culturas, enfim… poderíamos nos dedicar a infinitos encontros para reconhecermos todas as formas de desmoronamentos de tudo sustentado por velhos padrões.

Só que isso tudo só está acontecendo porque está sustentado por uma nobre frequência amorosa que rompe toda frequência do medo e desamor. “Rompe” é uma forma clara de dizer que o que está acontecendo é uma frequência de energia integrando a outra. Isso tudo é integração. O que está passando a ser.

Quando se tem consciência disso, um fluxo acontece e novos alinhamentos se fortalecem. Quando não se tem consciência, há uma intensa tentativa de se manter tudo que era conhecido e seguro, porém num gigantesco esforço, por não haver mais o que possa garantir, sustentar, assegurar a permanência do que não se alinha ao que chega.

Na tentativa de controlar todas as situações, deixamos de reconhecer o propósito em tudo que tem acontecido. Tudo tem um propósito. Em tudo tem uma nova construção.

Para quem ainda não se conectou com o Despertar da Terra, essa seria a hora de reagir, claro que numa concepção limitada de ser. E uma das expressões que mais tenho ouvido é: “Eu não acredito mais em nada!”

Ontem mesmo, uma seguidora do Instagram @ramina.despertar me enviou uma mensagem que dizia: “Ramina, me ajuda. Eu me sinto sem desejos, me sinto vazia e não acredito mais em nada.”

Sozinha, essa frase não traria muito sentido, mas quando se insere o seu próprio sentido, a sua percepção da vida, a sua consciência do todo, muda tudo. Quando o sentido é a velha concepção de vazio, é a desconexão de todo movimento de transformação, quando o sentido é o “não reconhecimento do Amor presente”, o que sustenta essa frase é um profundo sentimento originado das frequências do medo.

É quase que uma briga com tudo que você está dizendo que não acredita mais. Porque é uma decepção com tudo que você esperava que fosse a solução para você. Que fizesse tudo ficar bem, sabe! Mas um “bem” definido pela sua mente polarizada. Complementar.

Veja: aprendemos que todo vazio em nós poderia ser preenchido com tudo que buscamos. Fomos fazendo escolhas e nos sentimos completados e, por tanto, preenchidos, temporariamente.

Quando a conexão é com o agora, com o comprometimento com uma nova forma de preenchimento, vamos nos descamando dessas “crostas” de sentimentos acumulados, vindos dessas conquistas temporárias, por isso, sentimos esse vazio… mas um vazio de tudo que não era nosso e que está saindo de nós. Um novo vazio! Importante! Uma oportunidade para um novo tipo de conexão.

Quando você deixa de acreditar, isso precisa ser um sinal de uma nova conexão. Porque realmente, esse novo tempo de expandir a consciência, exige uma plena integração ao Agora, uma profunda integração a todos os aspectos de você, uma intensa integração a uma nova concepção de Unidade que permite você se enxergar em tudo e enxergar tudo em você também, sabe?!

Esse processo, realmente, te faz não acreditar em mais nada, mas por reconhecer que tudo externo a você era o que fortalecia todas as suas crenças e era também sustentado pelas crenças. Um ciclo frágil! E o processo de confiar na sua existência, de confiar num propósito Divino, de confiar no que você produz, internamente… isso te liberta, totalmente, da necessidade de ter que acreditar em qualquer coisa para fazer escolhas.

Acreditar te conecta com um futuro possível e esperado. Acreditar é uma conexão com suas referências, com seu conhecimento, com o que já foi garantido no passado. Agora, confiar te conecta ao presente, te conecta com possibilidades. Sai do controle! É uma entrega! Confiar é uma entrega!

Estamos vivendo um grandioso processo de aprendermos a viver a partir da nossa essência para a manifestação em fluxo amoroso. Isso é diferente de toda a nossa história vivida a partir da nossa mente isolada para a manifestação controlada por crenças.

Um forte exercício de soltar, ao mesmo tempo, se reconhecer.

Hoje, num abraço amoroso, se você começou a perceber que não consegue acreditar em mais nada, observa se isso te deixa paralisado por perder essas velhas referências ou se você não acredita, porque já se sente livre das velhas crenças e dos padrões de ilusão e já consegue confiar na Unidade da nossa existência! Tenha consciência disso em você.

Nós realmente não precisamos acreditar em mais nada. A nossa natureza precisa estar conectada com toda natureza, com toda natureza de tudo, com o que é natural, essencial. Então, percebermos tudo em essência. Aí sim, podemos confiar! No nosso potencial, nos propósitos e na providência Divina!

Sempre, o que sustenta os nossos pensamentos é o que sustenta a nossa realidade!

Eu Sou Ramina El Shadai





 
 


Para outros artigos espirituais e denúncias por favor visite:
 

 
No religious or political creed is advocated here.

Organised religion is unnecessary to spirituality.

Excellent teachings of the masters have been contaminated by the dogmatic control of these religions.

Discernment yes; judgement does not.
If you use discernment you are free to research with an open mind. 

With discernment it is possible to reach the spirit of the letter of any writing and it is also much easier to listen to the voice of the soul that comes from the heart.
Individually you can be helped to find your Truth that is different of everyone. 


Please respect all credits.

 
Discernment is recommended.
 

All articles are of the respective authors and/or publishers responsibility. 
 
 



 

Like this! please bookmark. It is updated daily

 


 
 
 
Free counters!

  geoglobe1
 

 

 

Janeiro 28, 2020

chamavioleta


Transcrição de Podcast de

Ramina El Shadai.

28 de janeiro de 2020

 
.
 
 
 
 
 
Áudio 4! (Transcrição)



Coração curado…

É tão curioso esse tempo nosso de limpeza, de purificação, de nascimento de tudo a partir de uma nova fonte sagrada. E o mais curioso é o quanto tantos de nós ainda não estão entendendo nada do que está acontecendo e, mais que isso, enxergando tudo a partir de velhas fontes.

O que eu chamo de velhas fontes? Fonte de aprendizagem! Usando os processos mentais em pura interação, sendo que a nossa mente pode ser e deve ser apenas um instrumento alinhado à alma, e não nosso guia.


O que aprendemos foi a usar a mente isolada como criadora independente… e agora, de repente, temos que mudar a forma de aprender. E isso está exigindo passar por tudo que estamos passando.

Não tem como a alma seguir a mente, porque a alma já é. É uma essência. Está completa. Então estamos sofrendo vários rompimentos que nos levam a enxergar que somos uma Unidade e que essa unidade se inicia lá no centro, numa essência única e a partir daí, para se manifestar, se alinha a um novo processo mental…

E nesse novo processo, tudo que era relacionado a tudo que experimentamos, a todas as nossas velhas formas de experimentar está saindo de nós.

Eu tenho descrito sempre duas formas de sentir. Uma forma de sentir é a mais comum que está condicionada ao que pensamos. E a outra forma de sentir, posso dizer que seria uma percepção, mas relacionada à própria existência. Uma espécie de comunicação. O próprio reconhecimento. Quando se desperta para tudo que constitui aquilo que está na sua frente e você simplesmente reconhece.

É desse sentir que falo quando me refiro aos alinhamentos conscientes. Você enxerga tudo em você e enxerga tudo que vive. Então, está tudo certo. Está tudo no seu devido lugar. Esse sentir é muito diferente do velho sentir condicional que jamais te permite enxergar tudo no seu devido lugar, já que ele te mostra sempre que o que você pensou era algo completamente diferente daquilo que está acontecendo.

Você pensou em algo seguro, que não te assustasse, que não saísse do seu controle, que fizesse valer o seu esforço, que te trouxesse alegria, que te preenchesse. Se isso tudo acontecesse, você estaria bem. Nosso pensamento determina e controla tudo para que aconteça daquele jeito único e limitado.

Está vendo a diferença? E todos esses sentimentos que acumulamos a vida inteira ficaram guardadinhos em nós.

Quando trazemos cura do coração é importante enxergar todo esse movimento! De chegar naquele lugar mais profundo, central, fonte amorosa, inteiro…e que te permite sentir tudo na existência, no propósito de tudo. E como nenhuma cura está na própria cura, nenhuma cura está em solucionar um problema, fica bem mais leve, tudo.

Voltamos para o agora, para tudo que acontece agora e, ao invés do sentimento reativo e condicional ao que pensamos, inicia um novo processo de enxergar tudo que forma, tudo que envolve, tudo que constitui nossa experiência.

E a cada entrega amorosa, a cada nova percepção, a cada despertar para algo novo, você vai se aproximando desse lugar sagrado que te mostra um novo caminho. A cura desse coração vai acontecendo assim… aos poucos, aprofundando, alcançando novos níveis.

A cada vez que você se solta de uma referência passada que te leva a fazer escolhas, uma cura vai acontecendo. E tendo a consciência do lugar desse medo. Porque a consciência do lugar do medo mostra tudo que ele criou. Então, tudo se rompe…

Eu gosto de contar sobre um telefonema que eu atendi e uma pessoa me dizia: me ajuda porque eu perdi tudo… tudo… não tenho nada… e, claro que eu esperei o momento mais acolhedor, mas eu sempre digo: é um presente pra recomeçar… do zero… uma oportunidade de liberar esse coração de todo sentimento de busca que te trouxe até aqui.

Nosso coração é amoroso. Nossa alma é completa. Quando chegamos em nós, deixamos a alma manifestar em amor. É isso que estamos vivendo. Todas as oportunidades possíveis para nos descamarmos dos condicionamentos e vivermos só a partir da nossa essência!

Tudo que é para acontecer tem muita força. Tem muito potencial de expansão. E toda vez que aquilo não acontece significa que estamos fazendo mais força ainda para barrar esse fluxo. Nós aprendemos a nos esforçarmos. Aprendemos a fazer força, por isso viver o fluxo tem sido tão desafiador. E temos essa força em nós. Só fazemos mais força do que o necessário e nos esforçamos porque não reconhecemos qual força podemos usar.

Então, estamos em cura!

Estamos em reconhecimento de todos os nossos potenciais.

Hoje, o que eu tenho a te dizer, simplesmente é: Experimenta! Soltar um esforço e deixar seu coração curado, nem que seja um pouquinho curado, te guiar. É, no mínimo, mais leve. Além de libertador.

Ramina El Shadai





 
 


Para outros artigos espirituais e denúncias por favor visite:
 

 
No religious or political creed is advocated here.

Organised religion is unnecessary to spirituality.

Excellent teachings of the masters have been contaminated by the dogmatic control of these religions.

Discernment yes; judgement does not.
If you use discernment you are free to research with an open mind. 

With discernment it is possible to reach the spirit of the letter of any writing and it is also much easier to listen to the voice of the soul that comes from the heart.
Individually you can be helped to find your Truth that is different of everyone. 


Please respect all credits.

 
Discernment is recommended.
 

All articles are of the respective authors and/or publishers responsibility. 
 
 



 

Like this! please bookmark. It is updated daily

 


 
 
 
Free counters!

  geoglobe1
 

 

 

Janeiro 23, 2020

chamavioleta


2020! UMA TELA EM ZOOM!

Ramina El Shadai.

9 de janeiro de 2020

 
.
 
 
 
 
 
Áudio 3! (Transcrição)



Como mensagens escritas são postadas diariamente, é natural que em algum momento, seja necessário um aprofundamento. E a mensagem de ontem mexeu com algumas pessoas, de forma que eu recebi alguns pedidos de aprofundamento. Então, vamos lá.

O que dizia a mensagem:

HOJE, SE OBSERVE. VOCÊ TEM CONSCIÊNCIA DO QUE FAZ PARA ELEVAR A SUA FREQUÊNCIA VIBRACIONAL? EXPERIMENTE NÃO FAZER NADA COM ESSE OBJETIVO. FAÇA TUDO, ENCONTRANDO EM VOCÊ PROPÓSITOS. SUA VIBRAÇÃO ESTARÁ MAIS ELEVADA.


Olha só! Todas essas mensagens postadas no instagram @ramina.despertar vêm com propostas de exercícios, de experimentos, propostas de alguma entrega. E todas essas propostas já se fundamentam numa vida a partir de uma percepção mais amorosa, mais ampla, uma percepção mais expansiva em termos de dimensões. Uma forma de ver além de como estamos acostumados a ver. E quanto mais exercitamos, mais vamos usando recursos mais nobres, mais profundos, mais elevados de nós.

E eu gosto muito de trazer a observação e a desconstrução do que foi formatado por algum tipo de padrão, de limite, em nós. E foi o caso desse exercício.

Veja: “Observe. Você tem consciência do que faz para elevar a sua frequência?”

Esse é o nosso ouro aqui. Elevar a frequência, despertar a consciência jamais deve ser seu objetivo de vida. Jamais deve ser sua meta, jamais deve ser aquele lugar que você quer chegar. Por inúmeros motivos.

Primeiro, que sempre, em qualquer situação, metas e objetivos serão pontos fora de você a serem alcançados. Você tem uma meta que está em algum lugar e você vai fazer de tudo para atingir. E você só tem alguma meta porque acredita na importância daquilo, na necessidade…. Acredita que aquilo pertence a você, então, se dedica a atingir.

Consegue perceber uma linha reta? Você aqui, focado lá na frente? Isso é um limite! Isso é uma estratégia de controle totalmente compatível com a vida que levamos até aqui, que aprendemos, enquanto a energia que sustentava a Terra era simplesmente uma energia masculina que buscava complementos. Foi assim e deu certo um dia.

Quando vivemos num tempo expansivo, além dos limites e totalmente desprendido do futuro, do lado de fora, nenhuma meta sustentada por crenças tem como se alinhar a um fluxo de entrega sustentado pelo agora. Então, é importantíssimo você ter clareza se está colocando a sua consciência, a sua frequência energética como objetivo.

Energia vibra. Tudo vibra. Então, o próprio fato de vibrar o “querer chegar”, já é uma vibração de escassez. É você agora, mas olhando lá na frente.

Tudo que fazemos, aqui, juntos, o tempo todo, é exercitar a Presença no Agora. Sempre!

A partir do momento em que começamos a nos desprender do futuro e nos inteiramos plenamente ao agora, tudo começa a mudar. Inclusive as conquistas são surpreendentes porque fogem do nosso controle. Esse controle de tentar atingir uma coisa só.

É isso que temos chamado de magia, de milagres, mas que, na verdade, é apenas a co-criação. É você agora, vibrando com consciência do que está vibrando, enquanto o Universo sai dizendo SIM para tudo. E encontra a sua elevada frequência, se alinha e essa energia e vai tomando novas formas. Novas experiências começam a acontecer também vibrando nessa mesma frequência.

A Presença tem uma frequência. A falta tem outra completamente diferente. Então, todo seu planejamento vem de algum lugar dentro de você. Sempre que vier para suprir alguma coisa, para preencher algo que te falta, vai produzir mais faltas. E assim é com a necessidade de elevar a sua frequência.

A sua forma de perceber o que está acontecendo agora tem uma vibração. Essa vibração é co-criadora de um tanto de coisa que vai acontecer, que você vai observar, que você vai ter uma percepção e essa nova forma de perceber vai vibrar…

Então, nós nunca precisamos fazer nada para resolver algo. Eu falo isso muito, com relação a cura. Não existe cura planejada… existe acolhimento do que causou o desequilíbrio. Sempre, na fonte. Sempre na fonte, dentro de você, que está criando o que você está vivendo.

É muito importante ter clareza da riqueza do Agora! Tudo que é revelado através do que está acontecendo! Nós chamamos de sinais, mas tudo é co-criação. Tudo vibra na mesma sintonia nossa. E não existe forma planejada de mudar a sua energia porque essa mudança não está na sua forma de pensar. Está na sua forma de se perceber com relação ao que está acontecendo. Aí estão propósitos.

Na semana passada eu recebi uma mensagem assim: “Ramina, você acredita na lei do retorno? Ou isso é coisa que falam apenas para acalmar o coração da gente. Para a gente pensar que existe uma justiça.”

Eu não costumo nomear nada, muito menos usar expressões que já são usadas com conceitos pre estabelecidos. Eu vejo a co-criação. Eu vejo você vibrar e viver tudo que vibra como você. Não precisamos de nada para acalmar nosso coração. Precisamos ter a consciência de que nosso coração ficou ferido por não termos conhecido nossos potenciais mais profundos de Amor em essência.

Estamos na libertação do nosso coração. Estamos em cura! Sim! Todos nós! A Terra está em cura, por isso estamos tão afetados! Sentimos tudo, assim como a Terra sentiu tudo que fizemos conosco também. É tudo uma coisa só, né?!

Não precisamos pensar mais nada a partir de nossas velhas referências. O HOJE nos diz tudo! O exercício é observar cada detalhe, cada sentimento, cada lugar de nós onde mora cada ferida que ainda dói, observar o que ainda é difícil, o que flui, o que agarrou. Tudo isso se revela em tudo que está acontecendo.

Não tente fazer nada para elevar a sua frequência. Simplesmente se eleve, em natureza. Para que seja verdadeiro e permanente, use o que é seu, em você! E se permita sair de você! Em libertação e em expansão! Estamos falando de co-criação consciente. Estamos falando do sentido da nossa existência.

Ramina El Shadai





 
 


Para outros artigos espirituais e denúncias por favor visite:
 

 
No religious or political creed is advocated here.

Organised religion is unnecessary to spirituality.

Excellent teachings of the masters have been contaminated by the dogmatic control of these religions.

Discernment yes; judgement does not.
If you use discernment you are free to research with an open mind. 

With discernment it is possible to reach the spirit of the letter of any writing and it is also much easier to listen to the voice of the soul that comes from the heart.
Individually you can be helped to find your Truth that is different of everyone. 


Please respect all credits.

 
Discernment is recommended.
 

All articles are of the respective authors and/or publishers responsibility. 
 
 



 

Like this! please bookmark. It is updated daily

 


 
 
 
Free counters!

  geoglobe1
 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub