Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

Janeiro 02, 2024

chamavioleta

COMEÇA UM NOVO RENASCIMENTO

PREVISÃO DA ENERGIA PARA DEZEMBRO DE 2023

Mensagem de Emmanuel Dagher

Tradução: Regina Drumond

a 1 de janeiro de 2024

 
 
 
 
 

Que 2024 seja o ano mais feliz, saudável e próspero de todos!

2024 é um  ano 8 na numerologia (2 + 0 + 2 + 4 = 8).

8 é o número do humanitário e do curador. É também o número da prosperidade, do fluxo e da abundância em sua forma mais elevada, que é o amor.

 

COMEÇA UM NOVO RENASCIMENTO

Acontece também que é o aniversário de 15 anos desde que iniciamos nossa jornada de Previsão de Energia juntos!

Comecei a escrever as previsões com a intenção de trazer conforto, clareza e apoio durante esses tempos de mudança, e para lembrá-lo de que não está sozinho. Sou imensamente grato por você e pelo seu apoio.

Antes de comentarmos sobre as bênçãos que 2024 nos reserva, vamos refletir sobre os presentes que o ano passado nos trouxe.

2023 foi o ano em que a nossa jornada de despertar pessoal e coletivo foi impulsionada para novos patamares sem paralelo.

Por mais fortalecedor e libertador que um despertar possa ser, ele é muitas vezes precedido e seguido por intensos ciclos de integração que destacam traumas, hábitos e padrões de enfrentamento profundamente enraizados com os quais a mente tem se identificado durante vidas.

Esses padrões incluem medo, caos, carência, preocupação, vergonha, ressentimento, controle, culpa, sofrimento e julgamento.

2023 trouxe-nos a compreensão de que quaisquer que sejam os padrões de enfrentamento familiares que a nossa mente possa ter adotado para se proteger, é imperativo que honremos e abracemos esses padrões com compaixão e neutralidade.

O obstáculo a que muitas pessoas no caminho espiritual muitas vezes são desafiadas é que elas acreditam que devem sempre pensar positivamente e que precisam se apresentar de uma certa maneira que não abranja totalmente todos os aspectos de si mesmas, incluindo o eu sombrio. 

Essa abordagem mantém a pessoa em uma roda de luta e a afasta ainda mais da paz, da felicidade e do sentimento de conexão.

Quando nós, como seres espiritualmente conscientes, podemos oferecer à mente bondade e o direito de existir exatamente como ela é, sem tentar entorpecê-la, puni-la ou corrigi-la de qualquer forma, coisas extraordinárias acontecem.

Esta abordagem tem o poder de curar padrões, hábitos, doenças e traumas não só para nós, mas para todos os antepassados que nos precederam.

 

A ASSINATURA ENERGÉTICA DE 2024

2024 é um  ano 8 na numerologia (2 + 0 + 2 + 4 = 8).

8 é o número do humanitário e do curador. É também o número da prosperidade, do fluxo e da abundância em sua forma mais elevada, que é o amor.

A humanidade percorreu um longo e tortuoso caminho para chegar a este momento.

O caminho tem sido desafiador e acidentado, para dizer o mínimo, mas algo dentro de nós sabia que chegaríamos aqui e nunca nos permitiu desistir.

 

UM ANO DE ABUNDÂNCIA

Quando nos permitimos reconhecê-la verdadeiramente, a energia da abundância está ao nosso redor, pronta para ser recebida. Ela vive e respira dentro de nossas células, em toda a Natureza e nos corpos celestes, nos éteres.

Como podemos acolher a abundância de uma forma mais intencional?

Alinhar-se com maior abundância em toda a sua glória é compreender o que a abundância realmente significa.

Abundância é liberdade e se materializa através do abraço do Amor Divino.

Para criar maior abundância, devemos nos dar total permissão para sermos livres.

Agora, isso pode ser um processo para a mente, porque ela aprendeu a encontrar segurança e conforto por meio de formas de ser controladas e estruturadas.

Portanto, embora nosso Espírito tenha sido e sempre seja livre, a mente pode não se sentir confortável em aceitar o poder incomensurável que advém da liberdade.

A chave é mostrar gentilmente à mente como encontrar conforto ao acolher a liberdade, para que ela possa florescer, em vez de se restringir e se tornar rígida com a autoproteção.

Quando encontramos maneiras de afirmar que a mente não está perdendo nada ao aceitar o nosso eu livre, mas na verdade ganhando tudo. . . então poderemos criar o tipo de realidade abundante que nosso Espírito deseja que experimentemos.

Ao entrarmos no Ano Novo, vamos refletir se estamos nos permitindo ser livres de todas as maneiras ou não.

Estamos nos permitindo brilhar intensamente? Estamos expressando a nossa verdade plenamente?

Estamos nos tornando uma prioridade máxima? Estamos vivendo a nossa paixão? Aceitando e compartilhando nossos dons?

Estamos reservando um tempo para nos amarmos, mimarmos e cuidarmos de nós mesmos e dos outros com frequência?

Liberamos a necessidade de nos provarmos e de sermos apreciados pelos outros?

Estamos em comunhão com a natureza e com o Universo frequentemente?

Se respondermos sim a essas perguntas, então provavelmente estamos vivenciando muita abundância desejada em nossas vidas.

Se você estiver se sentindo preso ou ainda lutando, use isso como um feedback para saber que um aspecto importante de você ainda deseja ser libertado.

2024 é o ano para nos libertarmos em todos os sentidos!

 

BASES PARA UM NOVO RENASCIMENTO

Nos últimos 80 anos ou mais, e especialmente recentemente, o véu da ilusão no nosso planeta esteve se dissolvendo.

Viver atrás do véu da ilusão é um acordo que a maioria dos humanos fez antes de entrar neste mundo.

Este véu tem feito parte do compromisso pessoal de cada pessoa para aprender sobre a dualidade, através do processo de esquecer quem somos.

Esquecer quem realmente somos nos permitiu aprender mais sobre nós mesmos – como extensões físicas do Universo, como expressões da vida e como expressões de todas as nossas experiências de feedback, quer elas ressoem com a nossa essência ou não.

Concordamos com este esquecimento, porque as nossas Almas acreditaram em nós o suficiente para saber que eventualmente voltaríamos a lembrar da magnificência de quem realmente somos.

Essa era do esquecimento durou milhares de anos.

Fomos abençoados por muitos mostradores do caminho (conhecidos e desconhecidos) ao longo da história que plantaram sementes de lembranças para toda a humanidade, para nos ajudar a voltar para casa quando estivermos prontos.

A hora de voltarmos para o nosso eu mais autêntico e expandido finalmente chegou.

O ano de 2024 servirá como um grande ponto de viragem para muitos de nós, especialmente para aqueles que têm trabalhado com eles mesmos para se curarem.

Isso nos permitirá testemunhar a expansão, a cura, a abundância e a mudança em nossas vidas pessoais e no mundo de maneiras incomparáveis.

Chegou o momento de dissolvermos individual e coletivamente o véu da ilusão.

É isso, meu amigo! É o início de uma realidade completamente nova!

Todo o caos, medo, separação, corrupção e controle que estamos vendo no mundo agora é uma manifestação da dissolução dos véus.

Podemos optar por continuar a nos permitirmos estar apegados a este véu, o que tornará as coisas ainda mais desafiadoras para nós. Ou podemos optar por abandoná-lo e entrar em um novo paradigma de paz, integridade, prosperidade, liberdade e amor por todos.

Há muito medo, preocupação e sentimentos de caos circulando agora, o que está obscurecendo a visão de muitas pessoas.

Isto os está impedindo de ver as novas bênçãos e mudanças notáveis que agora aparecem no horizonte.

Se você estiver sendo pego pelo medo, seja extremamente gentil e amável consigo mesmo e saiba que não está sozinho.

A maneira como resolvemos o medo é nos permitir honrá-lo totalmente. Honramos o medo permitindo-nos reconhecer e sentir o que precisa ser sentido.

Somos seres energéticos sensíveis e aprendemos a armazenar o medo em algum lugar no fundo do nosso corpo e mente, porque simplesmente não queremos senti-lo.

No entanto, assim que dedicamos aos nossos sentimentos o tempo e a atenção necessários para que sejam sentidos e reconhecidos completamente, esses sentimentos já não se tornam um fardo que nos controla.

Em vez disso, algo extraordinário acontece.

Os sentimentos nos suavizam e nos trazem de volta a um estado de graça e paz.

Imagine como seria a vida para você, uma vez que você criasse/manifestasse intencionalmente a partir de um espaço de facilidade, graça e paz!

Você se libertaria instantaneamente para receber bênçãos e mais bênçãos, porque não estaria mais operando em um espaço de necessidade e desespero.

Isso é o que é possível para nós agora.

A transmutação de pensamentos, crenças e emoções pesadas e densas que estamos vendo agora em nossas próprias vidas e no mundo ao nosso redor é absolutamente uma parte normal deste processo.

A transmutação é necessária, porque a nossa mente pessoal e coletiva tem utilizado todos os mecanismos de adaptação que adquiriu durante a era do esquecimento para se agarrar firmemente às velhas estruturas.

A mente há muito se apega a antigas crenças, hábitos, ideologias, tradições e outros apegos com os quais se identifica, de modo que nunca precise mudar a forma como opera.

A mente não gosta de mudanças porque pensa que, como resultado, perderá algo – ela mesma.

No entanto, aqueles que têm feito o trabalho interior sabem que isto não é absolutamente verdade!

Eles sabem que, de fato, ao retreinar a mente para aceitar e honrar a mudança, ela será capaz de ganhar e prosperar mais plenamente do que alguma vez poderia ter, permanecendo leal aos velhos padrões de caos, medo, separação, carência, etc.

Aqueles que têm feito o trabalho interno entendem que a única maneira de superar os velhos padrões que agora vêm à tona é primeiro reconhecer quaisquer emoções que precisem ser sentidas.

Especialmente no corpo, porque é onde a energia estagnada é mantida.

Isso ajuda a mente a se sentir segura o suficiente para permitir que velhas emoções presas venham à tona, sejam sentidas e reconhecidas.

As velhas feridas e padrões de medo podem então se permitir serem vistos, ouvidos e honrados por nós.

A partir deste espaço, a mente é então capaz de compreender que não estamos tentando nos livrar ou de “corrigir” nenhuma parte dela.

Pode então compreender que estamos simplesmente permitindo que o que precisa ser visto seja reconhecido por nós.

Isto significa que nos amamos de tal maneira que somos capazes de nos curarmos através do nosso próprio amor e compaixão. Que é o que nossa mente sempre desejou de nós.

Nossa mente, através de todas as suas resistências, histórias, julgamentos e desconfortos, esteve sempre tentando nos fazer saber da melhor maneira que sabia, que ela apenas desejava nosso amor e carinho.

Agora é hora de sermos a presença compassiva e amorosa para nós mesmos e para o mundo que nossa criança interior sempre desejou experienciar.

Nenhum adulto jamais nos ensinou como ser essa presença amorosa e compassiva para nós mesmos, porque eles próprios nunca aprenderam isso.

Mas tudo isso está mudando agora.

2024 é diferente da maioria dos anos dos tempos modernos.

A última vez que algo tão grande aconteceu foi no final do período medieval, de 1300 a 1600, quando a humanidade fez a transição para o que ficou conhecido como a era do Renascimento.

Os últimos 100 anos nos têm preparado para o nosso próximo e grande renascimento.

Do cenário global às nossas vidas pessoais, todos nós estaremos vivenciando uma transformação interna e externa.

A chave para avançar suavemente através desta linha do tempo da transição é tornar-se mais flexível e aberto quando se trata de abraçar a mudança.

O que está por vir na próxima década tem o potencial de abençoar cada um de nós, o nosso planeta como um todo e toda a vida tal como a conhecemos, além de qualquer medida.

As energias estão propícias agora para um salto quântico em nossa consciência.

Como isso aparecerá em nossas vidas pessoais e no cenário mundial?

Já estamos vendo alguns vislumbres disso e continuaremos a ver outros desenvolvimentos, como:

Novas invenções contínuas – tecnologias e descobertas que servirão para nos unir, despertar e nos inspirar, trazendo grande cura para a humanidade e para o nosso planeta de formas que anteriormente remetíamos a filmes de ficção científica aparentemente “rebuscados”.

Grandes progressos nas áreas da medicina, educação, negócios, câmbio global de dinheiro, governos e outras instituições. Estes serão reformados, refinados e atualizados para servir a todos, não apenas a um grupo seleto que pensa que esteve no comando do show o tempo todo.

Um movimento contínuo do afastamento das crenças nas antigas estruturas patriarcais para novas formas de coexistência, permitindo um equilíbrio das energias do Feminino Divino e do Masculino Divino em nossas co-criações.

A mudança na forma como as estruturas humanas funcionarão em um futuro próximo criará mudanças a tal ponto que serão irreconhecíveis.

Serão fundamentados em princípios de integridade e transparência e beneficiarão todas as pessoas.

Qualquer outra coisa simplesmente não poderá continuar à medida que avançamos.

Há uma energia muito maior do que qualquer uma das antigas formas baseadas na separação, que está e continuará a estar na vanguarda da mudança radical em que estamos prestes a embarcar.

Esta energia está dentro de cada célula e fibra de cada ser vivo do Universo. Essa energia é o amor.

Continuaremos a ver causas sociais que nos pedem para honrar todos os seres humanos, animais e seres vivos e tratá-los com amor, dignidade e igualdade.

A cura holística e as artes criativas também ocuparão um lugar central na próxima década.

As pessoas estão e continuarão a escolher formas inovadoras de cura e expressão criativa que sirvam para elevá-las, capacitá-las e lembrá-las de seu eu mais Divino e extraordinário.

Também ocorrerá uma espécie de equilíbrio energético que ajudará a humanidade a experimentar maiores estados de amor, paz, alegria, bem-estar, criatividade, realização, prosperidade e muito mais!

Esta é a década que irá mudar tudo! É disto que falavam os nossos antigos antepassados (embora as suas mensagens tenham sido mal interpretadas por muitas religiões e estruturas sociais).

Bem-vindo ao próximo renascimento, meu amigo! Seus antepassados, seus guias e sua presença EU SOU estão muito gratos por você ter chegado!

Que todos estejamos abertos e prontos para ancorar um novo mundo que honre, ame e apoie todos os seres vivos igualmente.

Que todos possamos permitir que a paz, o amor e a compaixão sejam a configuração padrão do nosso coração, para que todas as escolhas que fizermos venham a partir deste espaço.

Que todos possamos prosperar e nunca “querer” nada, pois já nos sentimos muito nutridos e mimados pelo Universo.

E que o nosso belo planeta e todos os seus cidadãos sejam restaurados aos seus estados mais primitivos de saúde e bem-estar, para que o céu possa ser plenamente realizado em TODA a nossa realidade presente.

Estamos muito gratos por saber que isso agora está disponível para todos nós e escolhemos isso agora. Isto ou algo maior. E assim é!

Estamos em tempos emocionantes e temos muito o que esperar.

E estamos todos juntos nisso.

Até a próxima,

Com amor,

 


Emmanuel
 
 
© 2009-2024 Emmanuel Dagher 
Todos os Direitos Reservados emmanueldagher.com

Você é absolutamente bem-vindo para compartilhar e distribuir essas previsões com os outros como você se sentir guiado. Certifique-se de manter a integridade deste artigo incluindo o link do site do autor e da fonte.
 

 
 
Transcrito por achama.biz.ly, com agradecimentos, de: 
 
Arquivos:
 

As minhas notas:
Deus, a Fonte da vida é puro amor incondicional, não um deus zeloso de [algumas das] religiões dogmáticas.
O Google apagou meus antigos blogs rayviolet.blogspot.com e
rayviolet2.blogspot.com, sem aviso prévio e apenas 10 horas depois de eu postar o relatório de Benjamin Fulford de 6 de fevereiro de 2023, acusando-me de publicar pornografia infantil.
(Uma Grande Mentira)
 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub