Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

Outubro 14, 2019

chamavioleta


por Tyler Durden.

zerohedge.com.

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

 
 
.
 
 
 

 
 
 
Agora já não são apenas os “blogs de papel alumínio” que (nos últimos 11 anos ) vem alertando que uma redefinição monetária é inevitável e a única opção viável de recuperação do sistema financeiro internacional depois que a confiança e a fé no atual sistema de “fiat money” forem perdidos é a volta do padrão-ouro (algo que até Mark Carney sugeriu recentemente): agora os bancos centrais também estão se juntando à essa conclusão inevitável da desgraça no horizonte.
 
 
Banco Central da Holanda emite alerta impressionante: 
“Se todo o sistema entrar em colapso, será necessário ouro para recomeçar”
Um artigo publicado pelo De Nederlandsche Bank (DNB), ou Banco Central Holandês, chocou muitos com a alegação de que ” se o sistema financeiro internacional entrar em colapso, o estoque de ouro poderá servir de base para sua reiniciação . O ouro reforça a confiança na estabilidade do balanço do banco central e cria uma sensação de segurança” (porque é um ativo real e não um “mero pedaço de papel impresso e colorido”).
willem middelkoop@wmiddelkoop
 
 
 
Wow
 
Dutch National Bank goes 'Big Reset':
 
'Aandelen, obligaties en ander waardepapier: aan alles zit een risico [..] Als het hele systeem instort, biedt de goudvoorraad een onderpand om opnieuw te beginnen. Goud geeft vertrouwen in de kracht van de balans van de centrale bank'.

Ver imagem no Twitter
 
309 pessoas estão falando sobre isso
 
 
 
 
Embora as previsões sombrias de um recomeço monetário não sejam novas, tradicionalmente elas foram relegadas à margem do pensamento financeiro convencional – afinal, como Mario Draghi afirmou em várias ocasiões nos últimos anos, a mera contemplação de um “cenário do dia do juízo final” é suficiente para criar a profecia auto-realizável que a materializa. 
Como tal, é impressionante ver uma instituição financeira convencional se abrir sobre o valor superior da oferta limitada, não monetária, de ativos financeiros sólidos e real. Também é hipócrita, dadas as práticas keynesianas diametralmente opostas, adotadas regularmente pelos bancos centrais e instituições oficiais em todo o mundo: afinal, apenas alguns meses atrás, o FMI publicou um artigo atacando a adoção alemã do padrão-ouro na década de 1870 como catalisador da instabilidade no sistema monetário global.
Avanço rápido de hoje, quando o Banco Central holandês está admitindo não apenas o ouro não desestabilizou o sistema monetário, mas também será seu único salvador quando tudo o mais falhar.
O artigo, intitulado “ Ouro do DNB “, afirma:
“Uma barra de ouro retém seu valor, mesmo em tempos de crise. Isso o torna o oposto do valor de meros papéis como as “ações, títulos e outros valores mobiliários”, todos com risco inerente e com os seus preços podendo cair, mesmo a zero.
De acordo com os dados mais recentes do FMI, o DNB detém 615 toneladas (15.000 barras) de ouro principalmente em Amsterdã, com outras lojas no Reino Unido e na América do Norte; o valor dessa reserva de ouro é superior a 6 bilhões de euros (US$ 6,62 bilhões). Chamando o ouro de “âncora de confiança”, o artigo detalha brevemente por que o ativo real é tão importante para a criação de riqueza e garantir a saúde da economia global, afirmando:
“O ouro é … a (única) âncora de confiança do sistema financeiro. Se todo o sistema entrar em colapso, o estoque de ouro fornecerá uma garantia para recomeçar. O ouro dá confiança no poder do balanço do banco central que o possuir”.
“O preço do ouro explodirá e o dólar será eliminado” – adverte o investidor Peter Schiff:
 
Por que essa súbita admissão do que os defensores da volta do padrão ouro vêm dizendo há anos? Talvez isso tenha a ver com o fato de que, em 7 de outubro, o banco anunciou que em breve moveria grande parte de suas reservas de ouro para ” o novo DNB Cash Center em instalações militares em Zeist “.
Quase como se a Holanda estivesse se preparando para o grande (e inevitável) reajuste global de todo o sistema financeiro internacional e transferindo seu bem mais valioso para uma instalação “militar” apenas para esse fim de ser capaz de reiniciar seu sistema, quando o crash acontecer.
Como observa o bitcoin.com, “não é estranho o DNB (Banco Central) da Holanda em jogar junto com os jogos inflacionários keynesianos do sistema monetário global. Um sistema que, segundo alguns, agora é mais um esquema Ponzi (sistema fraudulento de criar dinheiro impresso sem valor e lastro real) baseado na força e fé cega do mercado do que num sólido princípio econômico.
Não obstante, os poderes financeiros (os bancos centrais) centralizados do mundo conhecem a situação real, e é por isso que ativos reais como o ouro são acumulados e bloqueados enquanto todos os dias, residentes individuais dessas jurisdições geopolíticas são incentivados a gastar e gastar, endividar-se ainda mais para sustentar economias nacionais falidas como um doente terminal.
 
Uma descoberta fundamental – em outubro de 2009 – foi completa e obviamente suprimida pela grande mídia (controlada) mainstream, pelos principais veículos de informação dos EUA, mas tem circulado e sido sussurrada entre os “big money”, os corretores e chefões financeiros e só agora está sendo revelada ao público, lentamente. Ela envolve o ouro depositado em Fort Knox – o local do (teoricamente, deveria ser o maior depósito de ouro do mundo) TESOURO em Barras de Ouro dos EUA (assim se pensava…) – que é o patrimônio de nossa riqueza nacional, da nação. Em suma, milhões (com um “m”) de barras de ouro são falsas! –
FONTE
Não é coincidência que, em sua preparação para o dia do juízo final monetário, o Banco Central da Holanda também comece a reprimir as trocas e carteiras de criptografia, afirmando que “as empresas que oferecem serviços de troca entre criptos e dinheiro comum e os fornecedores de carteiras de criptografia precisam registrar-se no DNB – De Nederlandsche Bank “.
Embora o esforço por uma maior transparência KYC / AML seja uma tendência global crescente, e não surpreenda em um mundo em que trilhões de ativos residam na jurisdição offshore “iludida por impostos”, o aspecto marcante dessa última repressão contra a moeda criptografica – que muitos vêem como uma forma moderna e mais eficiente de “ouro” (mas que também não nenhuma base real, nem mesmo como a de uma cédula de papel) – é o fato de que as regulamentações e restrições invasivas dos bancos centrais podem ser vistas como mais um meio de estocar ativos preciosos. Desta vez, não barras de ouro, mas bitcoin e criptomoedas.
 
“Pois hoje a América (EUA) é o país maior devedor do mundo, e de fato está à beira da falência. Por isso, os países europeus acreditam que é mais prudente manter seu ouro em casa”, disse Mark O’Byrne à Sputnik.
FONTE
Quanto ao momento do “grande reajuste monetário”, que outros bancos centrais já sugeriram “discretamente”, em meio ao repatriamento maciço de ouro físico do Fed retirados dos cofres de Nova York e enviados para vários bancos centrais europeus, como a Alemanha, Holanda, França, Turquia e Áustria, estamos “confiantes” de que a confiança das instituições que mantêm o atual sistema (falido) – como os outros bancos centrais, Banco Mundial, BIS e o FMI – terão a gentileza de “fornecer um aviso prévio amplo” aos cidadãos do mundo “desenvolvido” (ludibriado) para trocar seu falido sistema ponzi  para uma nova ordem adotando o padrão ouro. 
Ou então, novamente, talvez nada aconteça, até que o caos total se estabeleça em todos os mercados.

  • Os norte americanos estão no seu momento mais vulnerável;
  • Eles estão vulneráveis porque são preguiçosos mentalmente;
  • Eles são preguiçosos mentalmente porque são ingênuos;
  • Eles são ingênuos, porque eles são ignorantes; 
  • Eles são ignorantes porque são desinformados deliberadamente; 
  • Eles são desinformados deliberadamente porque acreditam em seu governo e mídia nacional !!! 
  • ASSIM COMO TODOS OS DEMAIS POVOS DA TERRA …
 




Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
A religião organizada é desnecessária à espiritualidade.
Excelentes ensinamentos dos mestres têm sido contaminados pelo controle dogmático dessas religiões.
Discernimento sim; julgamento não.
Com discernimento é possível alcansar o espírito da letra de qualquer escritura e é também bem mais fácil escutar a voz da alma que vem do coração.
 

 
Por favor, respeitem todos os créditos


 
 


Recomenda-se o discernimento.

 


Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.


 

 

Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.

 

 

Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

 

 
Atualização diária.
 
Free counters!



geoglobe1


 


 

Julho 14, 2019

chamavioleta



O mundo compra mais ouro enquanto China está se desfazendo de títulos do Tesouro dos EUA.

Fonte: https://thedailycoin.org/.

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

 
 
.
 
 
 
 
 
 

Somos informados diariamente pelos veículos da mídia mainstream de que a economia chinesa está sofrendo, as “guerras comerciais” estão funcionando e colocando a China de joelhos. De onde observo, nada poderia estar mais longe da verdade. Por outro lado lemos que a participação do dólar nas reservas internacionais globais atingiu seu mínimo em 20 anos, informa o último relatório do Banco Central Europeu (BCE). A Sputnik explica o que significa essa tendência e por que cada vez mais bancos centrais de vários países decidiram reduzir seus investimentos em títulos americanos e estão comprando ouro.
 
 
Atualmente, a China mantém bem guardado em seus cofres o valor de US$ 1 TRILHÃO em títulos do Tesouro dos EUA – da dívida pública norte americana – que você e eu, os contribuintes deste país, enviamos pagamentos de juros mês após mês à China para que eles continuem com papéis de nossa dívida em estoque. É como a hipoteca da sua casa, empréstimo estudantil ou financiamento do carro que você tem, mas em vez de obter qualquer coisa em retorno pelo pagamento da dívida, você fica sabendo que os belicistas warmongers de Washington DC vão comprar mais bombas, mais armas de todos os tipos e criar mais destruição e morte. 
A China, por outro lado, aceita o pagamento dos juros e está construindo a BRI-Belt and Road Iniciative (Nova Rota da Seda) ao redor do mundo. Então, enquanto estamos trabalhando como escravos para pagar nossos impostos, que serão usados para gerar mais caos, a China está usando o fruto do nosso trabalho (impostos que pagamos) pagos a eles para construir um sistema econômico e financeiro global melhor que não inclui você e eu. Muito legal, sim?

Enquanto isso está acontecendo em um lado no registro da contabilidade nacional da China, do outro lado algo completamente diferente está acontecendo. A China entrou novamente no mercado de ouro há sete meses, em dezembro de 2018, e adicionou a compra de pouco menos de 74 toneladas às suas participações oficiais em ouro de aproximadamente 1.935+ toneladas de ouro. 
Por favor, tenha em mente que isto não conta as 80-100 toneladas conhecidas por ano que a Rússia também compra. Enquanto isso não é um grande volume de ouro no grande esquema, isso vem acontecendo desde 2016, então estamos falando de mais de 240 – 300 toneladas adicionais. Isso muda sua participação “oficial” de ouro de aproximadamente 1.935 toneladas para algum lugar ao norte de 2.175+ toneladas. Poderia ser tão alto quanto 2,235 ou mais toneladas de ouro.
Com mais e mais bancos centrais dos principais países continuando a aumentar seus estoques de ouro, a China viu o aperto do gasoduto? A China fez a sua saída do mercado em outubro de 2016, o mesmo mês em que o yuan / renminbi foi adicionado à cesta de moedas do FMI responsável pela nota de comércio global SDR. Então, quatorze meses depois, decidiram saltar de volta e foram adicionando mais ouro em seus cofres desde então.
“No ano passado, os bancos centrais compraram 651,5 toneladas, 74% acima do ano anterior, disse o Conselho Mundial do Ouro em janeiro. As compras oficiais do setor podem chegar a 700 toneladas neste ano, supondo que a tendência da China continue e que a Rússia corresponda a pelo menos os volumes de compra de 2018 que foi de cerca de 275 toneladas, disse o Citigroup em abril. A compra de bancos centrais nos primeiros cinco meses deste ano é 73% maior do que um ano antes, com a Turquia e o Cazaquistão também se unindo a China e a Rússia como os quatro maiores compradores, de acordo com dados divulgados na segunda-feira pelo WGC”. Fonte

Na mesma medida em que caiu os investimentos em papeis da “dívida” do Tesouro dos EUA, aumentou a compra de ouro no mercado internacional.
Se 2018 viu os bancos nacionais / centrais adquirirem mais ouro desde 1968 e estes volumes estão ultrapassando o volume do ano passado em 73%, será este o maior ano para aquisições de ouro em bancos centrais / nacionais na história? Se não for da história, teria que ser muito anterior a 1968, já que esse registro já foi ultrapassado.
Com as mudanças econômicas globais que estão ocorrendo, temos chamado por algum tipo de acordo de comércio de ouro por vários anos. Acreditamos que a Rússia e a China estão à beira de fazer essa mudança. Não temos provas de que isso aconteça neste ano ou no próximo, mas todos os sinais estão apontando nessa direção. Acreditamos, especialmente se a China continuar adquirindo mais ouro “oficial” no mercado aberto, haverá uma declaração de acordo de comércio de ouro anunciada antes de 2025.
Possivelmente muito mais cedo se os belicistas warmongers (mercadores da morte) em Washington DC continuarem com os tambores de guerra contra o Irã (para atender os interesses de Israel). Se o presidente Trump ouve os porcos da guerra no Pentágono, isso não será uma boa opção para a economia dos EUA, e o ouro será muito mais procurado em todos os níveis – do varejo aos governos e tudo o mais. Oramos para que isso não aconteça, caso contrário a economia dos EUA vai quebrar.

A cota-parte do dólar nas reservas internacionais globais atingiu seu mínimo em 20 anos, informa o último relatório do Banco Central Europeu (BCE). A Sputnik explica o que significa essa tendência e por que cada vez mais bancos centrais de vários países decidiram reduzir seus investimentos em títulos americanos.
Segundo o último relatório do BCE dedicado ao papel do euro nas transações internacionais, em 2018 a cota-parte (participação) do dólar nas reservas dos bancos centrais em todo o mundo foi de apenas 61,7% – um mínimo histórico desde a criação União Econômica e Monetária da UE em 1999, enquanto a cota-parte das outras moedas está crescendo gradualmente.
O BCE enumera três razões para a queda do interesse pelos ativos denominados em dólares.
Volatilidade e reversão de fluxos de capitais
A primeira é a volatilidade nos mercados financeiros e a reversão de fluxos de capitais transfronteiriços, que fez com que os países emergentes com grandes reservas internacionais (incluindo Argentina, Índia e Turquia) realizassem intervenções no mercado cambial para estabilizar suas divisas nacionais.
Vendendo dólares, os bancos centrais reduzem a cotação do dólar frente a suas moedas nacionais, seguindo o princípio da oferta e da demanda: quanto mais dólares há à disposição, mais baratos eles ficam.
Entre março e setembro de 2018 eles venderam reservas no valor de cerca de $ 200 bilhões de dólares (cerca de R$ 770 bilhões), denominadas principalmente em dólares, reduzindo assim a cota-parte da moeda estadunidense nas suas reservas.
Diversificação para reduzir riscos
A diversificação é o princípio fundamental da teoria moderna do portfólio. Não é de surpreender que os bancos centrais por todo o mundo também queiram diversificar suas reservas para se protegerem dos fatores negativos. Nos últimos tempos, o problema que mais preocupa alguns grandes países é a introdução de sanções unilaterais por parte de Washington.

Poder de compra do dólar dos EUA evaporou nos últimos cem anos.
Por exemplo, após a introdução de vários pacotes de sanções, contra vários países, a Rússia, que já no início do ano passado foi um dos maiores detentores de títulos do Tesouro dos EUA, decidiu se livrar da maioria dos seus ativos em dólares, apostando em euros e yuans, mas especialmente em OURO.

– Circo de Marionetes reunido em Osaka: Reunião dos países do G-20 no Japão

Apenas em um ano (de abril de 2018 a abril de 2019), Moscou vendeu cerca de 87% dos seus títulos do Tesouro dos EUA e ficou fora da lista dos 30 maiores detentores de dívida pública estadunidense publicada pelo Departamento do Tesouro dos EUA.
As Tensões com a China em meio à guerra comercial
A China, o maior detentor estrangeiro de títulos do Tesouro dos EUA, também reduziu seus investimentos nesse ativo em meio à escalada da disputa comercial com Washington.
Vale ressaltar que em abril de 2019 o volume dos títulos da dívida pública estadunidense nas reservas internacionais chinesas atingiu seu mínimo, desde maio de 2017, de $ 1,11 trilhão de dólares (cerca de R$ 4,26 trilhões) em comparação com $ 1,12 trilhão de dólares (R$ 4,3 trilhões) no mês anterior.
Até os países ‘aliados’ dos EUA apostam na desdolarização de suas reservas
Os últimos dados do Departamento do Tesouro dos EUA revelaram uma tendência absolutamente nova e preocupante para os EUA: mesmo os aliados mais próximos de Washington estão se livrando dos títulos da dívida pública dos EUA. Por exemplo, em abril de 2019, o Reino Unido encabeçou a lista de maiores vendedores dos títulos estadunidenses, se livrando de títulos no valor de $ 16,3 bilhões de dólares (R$ 62,6 bilhões).
Além disso, o Japão, o segundo maior credor dos EUA, também vendeu títulos no valor de $ 11,07 bilhões de dólares (R$ 42,5 bilhões). Em geral, os investidores estrangeiros estão vendendo seus títulos da dívida pública dos EUA por 12 meses consecutivos – um prazo recorde nos tempos modernos.
Alternativas à ordem financeira existente
De acordo com o BCE, ao se livrarem do dólar os bancos centrais e fundos soberanos de vários países estão aumentando o volume dos ativos denominados em outras moedas de reservas tradicionais: euro, iene japonês e libra esterlina. Mais uma tendência importante é o interesse crescente nos investimentos em moedas não tradicionais: o dólar australiano, o dólar canadense e, principalmente, o yuan chinês.

– Os 85 mais ricos tem mais do que 50% da população mundial

Outra tendência é a compra massiva de ouro pelos bancos centrais por todo o mundo: em 2018 eles compraram 74% mais ouro que em 2017 (as compras somaram 651,5 toneladas), enquanto no primeiro trimestre de 2019 os bancos centrais já compraram mais 145,5 toneladas de ouro, ou seja, 68% a mais do que no mesmo período de 2018.
Tudo isso significa que o nosso mundo está se tornando cada vez mais multipolar: se há 10 anos o dólar dominava incontestavelmente o sistema financeiro global, hoje em dia a situação está mudando, e rápido: a divisa estadunidense enfrenta concorrência por parte dos novos adversários e em breve, possivelmente, iremos testemunhar o aparecimento de uma nova ordem econômica global.





Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
A religião organizada é desnecessária à espiritualidade.
Excelentes ensinamentos dos mestres têm sido contaminados pelo controle dogmático dessas religiões.
Discernimento sim; julgamento não.
Com discernimento é possível alcansar o espírito da letra de qualquer escritura e é também bem mais fácil escutar a voz da alma que vem do coração.
 

 
Por favor, respeitem todos os créditos

 
 

Recomenda-se o discernimento.

 

Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.

 

 

Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.

 

 
Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

 
 

 
Atualização diária.
 
Free counters!



geoglobe1

 


 

Abril 16, 2019

chamavioleta


WASHINGTON/DC SOFRE DE INSANIDADE POLÍTICA, NA MEDIDA EM QUE SUA FALÊNCIA SE APROXIMA

Relatório completo de Benjamin Fulford,

15 de abril de 2019. 

Tradução: Candido Pedro Jorge

 
.
 
 
 
 

 
 
A política corporativa dos EUA degenerou-se para ameaças vazias e sem sentido, já que a falência e o colapso, agora, são uma certeza matemática. Isso porque o Brexit de 29 de Março fez com que “a cidade de Londres não seja mais a capital financeira da cabala”, confirmam fontes da Inteligência Britânica e do Pentágono.
 
Quando perguntado, “Como o Presidente Donald Trump está respondendo a tudo isso?” Um importante oficial  da Inteligência Britânica disse: “Para ser muito honesto, provavelmente, a esta altura  num pânico cego”.
 
Acham isso difícil de acreditar? Vamos recuar um pouco e ver o que aconteceu, neste ano, até agora no governo dos EUA. Primeiramente, a partir de 1º de Janeiro, todos os veteranos militares se retiraram da presidência de Trump. Então, o governo dos EUA fechou por 35 dias, mesmo enquanto as forças armadas dos EUA permaneciam totalmente financiadas.
 
Quando o governo dos EUA reabriu, Trump lotou seu gabinete com furiosos neocons Sionistas. Eles conseguiram manter as operações roubando as restituições de impostos das pessoas americanas e aumentando os preços dos combustíveis nos EUA. Enquanto isso deram a Washington, outra dependência de açúcar, começando a matar a recuperação econômica dos EUA.
 
Enquanto isso, Trump tem falado como um viciado falido tentando convencer todo mundo de que grandes eventos estavam acontecendo, dizendo coisas como: “A Arábia Saudita vai comprar US $ 450 bilhões em armas, etc.” ou “A China vai comprar mais de US $ 1 trilhão bens dos EUA” em dinheiro. A realidade é que a Arábia Saudita só concordou em comprar US $ 14,5 bilhões em exportações dos EUA. Além disso, mesmo que a China tenha concordado em comprar US $ 1 trilhão em produtos americanos superfaturados, o fato é que a economia dos EUA não tem capacidade para criar esses bens. Em qualquer caso, de acordo com fontes da sociedade secreta asiática, a China está pensando seriamente em declarar a falência de Washington, DC.  
 
 
  1. https://www.politifact.com/truth-o-meter/statements/2018/oct/23/donald-trump/donald-trump-touts-nonexistent-450-billion-saudi-o/
  2. https://www.bloomberg.com/news/articles/2019-01-18/china-is-said-to-offer-path-to-eliminate-u-s-trade-imbalance
 
Agora, a Administração Trump está tentando se manter à tona forçando os países a comprar seu caro petróleo e gás de xisto. Essa é a verdadeira razão pelas sanções dos EUA ao Irã, Venezuela e Rússia, bem como pelos ataques à Síria e ao Iêmen. Mas essa estratégia está fracassando porque os principais importadores de petróleo – Europa, China, Japão e Índia – não têm interesse no caro petróleo e gás americanos e esses países não estão aceitando as “sanções” dos EUA. Para uma boa análise dessa situação, recomendo o artigo abaixo de Thierry Meyssan, a pessoa que primeiro captou a verdade sobre 11 de Setembro. 
 
 
  1. https://www.voltairenet.org/article205987.html
 
Fontes do Pentágono observam que “a prisão, na Espanha, do ex-chefe da inteligência militar venezuelana, General Hugo Carvajal, tornou as forças militares ainda mais leais ao presidente venezuelano Nicolas Maduro, já que o golpe neocon reprovado é real”. Isso significa que as maiores reservas de petróleo do mundo permanecem de fora do controle do sistema petrodólar da cabala.
 
O arquicabalista Henry Kissinger tem desesperada e inutilmente tentado salvar o establishment de DC e seu sistema de petrodólares, descontando títulos que valem "quatrilhões de dólares", segundo fontes da família imperial japonesa. Esses títulos jamais serão sacados, dizem as fontes.
 
Em vez disso, algo chamado de Sistema Financeiro Quântico (SFQ) está sendo implementado, concordam várias fontes. Quando os mercados financeiros do Japão estiverem fechados por seis dias, entre 27 de Abril e 6 de Maio, no que seria o maior fechamento de mercado financeiro e de bancos, desde o final da Segunda Guerra Mundial, é uma boa aposta que uma transição seja implementada neste momento.
 
 
  1. https://www.bloomberg.com/news/articles/2019-04-13/why-japan-s-10-day-break-has-markets-worried-quicktake
 
A pessoa que criou o Sistema Financeiro Quântico (SFQ) informou que ele teve suas origens numa Teoria de Transição do  “War College Power” e que foi  “usado com grande precisão na libertação da Grã-Bretanha”.
 
Por sua vez, Fontes da CIA dizem que “o Brexit não é apenas sobre a Europa ou sobre o Reino Unido. É um enorme jogo satânico, com alguns principais membros do Parlamento sendo ameaçados, caso deixem o Clube de Roma. As coisas estão tentando mudar, mas a Velha Guarda, literalmente, os comerá vivos se tentarem escapar”.
 
De acordo com uma fonte do MI6, as “forças armadas e seus braços de inteligência” estão usando esse modelo de transição de poderem para criar “uma aliança global de estados-nações soberanos”, em substituição à Nova Ordem Mundial, em colapso. A aliança de estados-nações soberanos, também, apoiaria “a criação de uma força global, como uma Agência de Planejamento Futuro Mundial”, diz essa fonte, que é um dos principais membros  das tradicionais 13 linhagens dominantes.
 
Essa fonte foi um dos principais planejadores por trás da “operação de contrainteligência militar,  fundamental para a recente libertação da Grã-Bretanha”.
 
A operação para libertação do Reino Unido foi desencadeada por denúncias de parte dessa pessoa, quando trabalhou em “Mercados de Dívida Soberana na mesa italiana e no Vaticano”, no Banco Barclays. Essas denúncias levaram ao escândalo da taxa LIBOR.
 
Eis o resumo da importância desse escândalo: “A manipulação das taxas usando um fórum de bate-papo na Bloomberg tornou-se a maior e complexa fraude financeira da história e que, no final do jogo, faliu com quase toda indústria e alterou totalmente a trajetória da geopolítica, tanto aberta quanto encoberta ”.
 
Agora ele diz que o BIS, o FMI e o Banco Mundial “serão completamente liquidados”, porque “falharam fundamentalmente com a humanidade e, também, cometeram crimes muito sérios contra ela”.
 
É claro que a máfia khazariana não vai desistir do controle dessas instituições e dos sistemas políticos corruptos sem  lutar. Na semana passada, eles, provavelmente, roubaram uma eleição em Israel para manter o satânico assassino em massa  Benjamin Netanyahu no poder.
 
Então, para distrair a atenção do público dessa fraude eleitoral, organizaram uma série de fake news. Em Israel, promoveram um falso pouso na Lua. A foto abaixo foi enviada por uma fonte da CIA judaica com o seguinte comentário: “Anexa, a falsa foto do fake lunar israelense. Observe a perfeição da foto com a foto da ‘Estrela de Satã’ claramente evidenciada”.
 
 
 
Também publicaram uma falsa “primeira imagem de um buraco negro” que foi amplamente ridicularizada, assim que foi divulgada. Isso não impediu que os escritores escravos de khazarianos em publicações como The Guardian ou The New York Times usassem este lançamento de “foto” como uma pista para descrever o Brexit como um “buraco negro”.
 
 
  1. https://www.theguardian.com/media/2019/apr/10/saurons-eye-or-brexit-metaphor-tweets-joke-about-black-hole-image
 
Então, é claro, organizaram a chamada detenção do fundador do WikiLeaks, Julian Assange. Não vamos escrever muito sobre isso, já que essa farsa foi amplamente exposta em outros lugares. No entanto, notamos que todos os vídeos e imagens do evento vieram de uma única fonte, Russia Today, que é um sinal revelador de uma falsa imagem gráfica. Também notamos que Julian Assange não apareceu nenhuma vez em sua varanda, na embaixada equatoriana, em Londres, depois de ter sido visitado em 2016 por Pamela Anderson.
 
Abaixo, está a linha do tempo do WikiLeaks de Jim Stone:
 
 
  1. http://82.221.129.208/.wn6.html
 
23 de outubro de 2016 - O diretor do WikiLeaks, Gavey Macfadyen, morreu. 16 de Abril de 2016 - O advogado do WikiLeaks, John Jones morreu (“saltou na frente de um trem”) (suicídio) em 11 de Maio de 2016 - Michael Ratner, diretor do WikiLeaks, morto em 16 de outubro de 2016 - Pamela Anderson que leva “almoço” para Assange, alega que ele não estava se sentindo bem depois de comer e, em 17 de Outubro, quando Assange teve seu “corte na Internet”.
 
Também, falsificaram um “banco de dados” do Wikileaks que não continha divulgações realmente importantes. Nesse despejo, tenham certeza de que  não mencionaram a verdade sobre o 11 de Setembro, Fukushima ou outros crimes contra a humanidade.
 
Fukushima foi "um ataque terrorista e um incidente internacional muito sério, grosseiramente sub-relatado pela imprensa mundial", disse a fonte do MI6. Ela acrescentou que esse "caso extremamente sério" seria um importante assunto para os tribunais de crimes de guerra.
 
De qualquer forma, o interessante de todos esses eventos encenados é como eles, agora, estão sendo imediatamente desmascarados, mostrando o quanto a máfia khazariana perdeu seu poder de manipular a opinião pública.
 
Apesar desses esforços histéricos para desviar a atenção de seus crimes, a rede está se aproximando da máfia khazariana e, especialmente, de sua base de operações em Israel.
 
Nesta frente, fontes do Pentágono observam o que “Trump twittou: 'Nunca esqueceremos' com o que Nancy Pelosi chamou de 'dolorosas imagens do 11 de Setembro', em resposta à congressista Ilhan Omar que disse que 'algumas pessoas fizeram algo' no 11 de Setembro que, agora, se torna uma conversa nacional politicamente correta, antes das bombas da verdade caírem sobre Israel ”.
 
Agora, o ex-comandante do Comando Central dos EUA, General de Exército John Abizaid, foi "confirmado 92-7 como embaixador dos EUA na Arábia Saudita, fazendo dele o governador militar de fato do Oriente Médio", disseram as fontes.
 
Isso aconteceu quando o presidente egípcio Abdel Fattah el-Sisi "disse a Trump na Casa Branca que o Egito não fará parte da OTAN árabe, tornando o Irã o líder indiscutível na região", acrescentaram as fontes do Pentágono.
 
As mudanças de regime que aconteceram ou estão prestes a acontecer na Líbia, no Sudão e na Argélia estão todas ligadas a esse ressurgimento da unidade do Oriente Médio e dos Muçulmanos.
 
Parece que Benjamin Netanyahu enfrentará a justiça histórica ao ter o projeto satânico sionista em colapso sob seu controle.
 
Numa nota final desta semana, uma fonte dominante me confirmou que a máfia khazariana usa programação preditiva. Isso quer dizer que ela faz coisas como lançar ao ar programas de TV sobre aviões a jato colidindo com os prédios do World Trade Center, antes de encenar o evento real.
 
Isso me lembrou de quando eu estava trabalhando para a revista Forbes, um romance foi publicado em que o chefe do departamento de Tóquio da revista Forbes foi morto com uma arma que causava ataques cardíacos. Alguns anos depois, fui atacado por um indivíduo portando um dispositivo cilíndrico branco, na estação de trem Nagata-Cho, em Tóquio. O dispositivo se encaixa na descrição da arma de ataque cardíaco descrita no romance.
 
Bem, eis aqui algumas programações preditivas: Vejo Benjamin Netanyahu algemado, perante um tribunal militar, ouvindo sua sentença de morte ser lida para ele. Também prevejo que a polícia militar israelense irá prendê-lo e negociar uma solução de dois estados, enquanto ainda têm a chance de fazê-lo. Caso contrário, a alternativa será os judeus de Israel acabarem em algum gueto turco.
 
 
 

 
Agradecimentos a: 
 

 

 
Por favor, respeitem todos os créditos


Recomenda-se o discernimento.






Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.


Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.


Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.






Atualização diária.



 
 
 
Free counters!
geoglobe1
 
 
 
 

Abril 11, 2019

chamavioleta



GUERRA ANGLO-ALEMÃ NÃO DECLARADA GRASSA DENTRO DO G7

Relatório completo de Benjamin Fulford,

8 de abril de 2019. 

Tradução: Candido Pedro Jorge

 
.
 
 
 
 

 
 
A liderança da aliança do G7 Ocidental está no meio de uma guerra civil que coloca uma aliança inglesa contra uma aliança germânica, afirmam várias fontes. A chegada de um novo imperador educado no Reino Unido no Japão e o retorno à prisão, na semana passada, do ex-presidente da Nissan/Renault Carlos Ghosn são parte dessa guerra, de acordo com fontes da inteligência militar japonesas.
 
A possibilidade do Japão voltar a ser um país independente, abala de forma clara a máfia khazariana. Na semana passada recebemos a seguinte mensagem de um gângster perpetuamente bêbado e amplamente desrespeitado chamado Morita: “Suas palavras levarão à morte de 100.000 japoneses, em 11 de Maio.” Morita, aparentemente estava se referindo a um chamado para nacionalizar o Banco do Japão, de propriedade khazariana. A polícia militar precisa prendê-lo o mais rapidamente possível e forçá-lo a revelar quem lhe pagou para transmitir essa ameaça.
 
Também, podemos apontar que a Sociedade Dragão Branco (SDB) possui opção de usar até três ogivas nucleares de 500 kilotons. Isso significa que poderíamos retaliar qualquer novo ataque ao Japão com a destruição, digamos, de Frankfurt, Tel Aviv e Zug, na Suíça. No entanto, ao contrário dos satanistas, a SDB não concorda com a prática de assassinato em massa de inocentes para alcançar fins políticos. Em vez disso, usamos o assassinato do culpado. Caso você pense que estamos blefando, vale a pena ressaltar que mais de 200 pessoas envolvidas no assassinato em massa de Fukushima já foram executadas, incluindo o chamado "embaixador" Christopher Stevens e o papa negro Peter Hans Kolvenbach.
 
Desta vez, quaisquer novas punições incluiriam o Führer do continuum DVD Nazista da máfia khazariana, dizem as fontes da SDB. O novo Führer e chefe da organização Black Sun que substituiu o George Bush Pai, executado, de acordo com a inteligência militar japonesa é Donatus, o Langrave de Hesse. Ele é descendente da rainha Vitória e parente de Adolf Hitler, assim como do imperador italiano Victor Emmanuel, segundo o MI6 e outras fontes. Seus primos britânicos já enviaram uma mensagem para ele parar e desistir. Esta é uma mensagem para ele da SDB: “Entregue-se enquanto ainda tem a chance de usar seus consideráveis talentos para ajudar a salvar o planeta, ou toda a sua linhagem genocida será permanentemente excluída do genoma humano”.
 
 
Ok, agora  vamos ver quais são os sinais de guerra secreta entre facções anglo-alemãs na elite Ocidental.
 
É claro que a coisa mais óbvia é o tumulto sobre o Brexit. Fontes da inteligência britânica dizem que o Brexit já foi legalmente exigido em 29 de Março, apesar de posturas de políticos que fingem o contrário. Um visível sinal disso é o fato dos passaportes britânicos emitidos, após essa data não incluem uma menção à União Europeia. A Primeira-Ministra Theresa May, ainda, em vão, está tentando aprovar um acordo que cederia o controle do aparato da inteligência militar britânica para os alemães, dizem elas.
 
Como mencionamos na semana passada, os alemães já haviam revertido os resultados da Segunda Guerra Mundial ao reocuparem a França.
 
 
Líderes do movimento francês dos coletes amarelos apontam que o Presidente da França, Emmanuel Macron foi funcionário da família alemã Rothschild/Saxe Gotha/Hesse e é protegido por guarda-costas estrangeiros. Eles também notaram que veículos blindados alemães com estrelas da UE (em vez de suásticas) estão sendo usados para reprimir os manifestantes do colete amarelo.
 
 
Agora, naquilo que pode ou não ser uma coincidência, um navio que transportava automóveis alemães exportados afundou no Canal Britânico.
 
 
E, então, o filho do chefe britânico do MI6, Sir Alex Younger, morreu num misterioso acidente de carro.
 
 
Fontes da inteligência britânica dizem que, em breve, tomarão drásticas medidas contra os quintas colunas apoiados pelos alemães. É por isso que prepararam uma prisão remota na Ilha de Natal, como sua versão da Baía de Guantánamo para abrigar traidores mais velhos como Tony Blair, dizem eles.
 
 
Como mencionado anteriormente, essa guerra por procuração também está acontecendo no Japão. A prisão de Carlos Ghosn, na semana passada, foi uma ação especificamente voltada para o Landgrave Donatus, disseram fontes da inteligência militar japonesa. Os alemães estavam usando Ghosn para tentar obter segredos militares japoneses da Mitsubishi Heavy Industries, dizem. A Mitsubishi, agora, está se fundindo com a Boeing e a Lockheed Martin, e a facção militar alemã estava tentando penetrar nessa crescente aliança, explicams.
 
Agora, a ajuda japonesa é especialmente importante para a Boeing, uma vez que as compras das companhias aéreas japonesas estão mantendo-a no azul, disseram fontes japonesas. No entanto, muita ajuda será necessária. “Na medida em que a Boeing enfrenta o estigma global do seu modelo 737, podendo haver uma campanha global de 'boicote, desinvestimento e sanções' (BDS) não apenas contra seus aviões comerciais, mas, também, contra seus produtos militares”, elaboraram  fontes do Pentágono.
 
Agora, fontes do Pentágono estão nos dizendo que a investigação sobre a recente queda da aeronave Boeing 737 da Ethiopian Air, indica que  foi executada por sequestro remoto das Inteligências francesa e alemã. Os franceses e seus mestres alemães conseguiram matar funcionários da ONU que trabalhavam contra interesses franceses na África, ao mesmo tempo em que ajudavam a vender aviões da Airbus, arruinando a reputação de seus rivais da Boeing, revelaram.
 
O fato é que, agora, como resultado das consequências desse incidente, a Boeing está removendo os equipamentos de sequestro remotos de todos os seus aviões, enquanto os aviões da Airbus ainda possuem esses dispositivos instalados. Uma rápida pesquisa revelou pelo menos três falhas que parecem ter sido resultado de sequestro remoto afetaram  aviões da Airbus.
 
 
"O mundo precisa que a China e o Japão se esforcem em quebrar o duopólio da Airbus e da Boeing", disseram fontes do Pentágono. "Agora, os aviões serão certificados não apenas pela FAA, mas em conjunto com a UE e a China, para proteger o público em geral", acrescentam.
 
Os militares dos EUA também estão se preparando para se distanciar dos “inchados e gananciosos” fabricantes de equipamentos militares dos Estados Unidos,  dizem. “A Turquia pode ser recompensada por ficar com a Rússia no acordo dos S-400 [míssil antiaéreo] com aviões de 5ª geração Sukhoi Su-57, em vez dos “superfaturados F35 da Lockheed”, observam. "A Sukhoi pode, também, vendê-los  essas armas para a Índia, a China, o Irã, a Venezuela e até mesmo a Arábia Saudita depois de despejar seus petrodólares", continuam eles.
 
A menção sobre a Arábia Saudita estar despejando o petrdólares é um sinal claro de que o governo, de fato, controlado pelos militares dos EUA está se preparando para deixar a Arábia Saudita longe do controle da máfia khazariana, disseram fontes da CIA.
 
A rotulagem do presidente dos EUA, Donald Trump, da Guarda Revolucionária do Irã como Organização Terrorista Estrangeira/Foreign Terrorist Organization (FTO) pode ser um esquema para rotular as forças de defesa israelenses Mossad, Shin Bet e Aman (inteligência militar) como FTO quando a verdade do 11 de Setembro for exposta”, acrescentam fontes do Pentágono. As fontes do Pentágono estão plenamente conscientes de que tanto os líderes iranianos quanto israelenses receberam ordens para tentar iniciar a Terceira Guerra Mundial com seus senhores em Zug, na Suíça.
 
Agora, quando Israel se dirige paraa uma eleição geral esta semana, este é um lembrete para os cidadãos de Israel que ainda não entendem: Benjamin Netanyahu trabalha para os mesmos nazistas que realizaram o Holocausto ou holocausto a Moleq, Baal, Set, Satan, etc., a fim de forçar os Judeus Ashkenazes a saírem de suas terras ancestrais europeias e entrarem em Israel. O povo israelense tem uma escolha: Podem fazer a paz em seus próprios termos e chegar a uma solução de dois Estados, ou pode enfrentar uma guerra contra as forças combinadas da Turquia, Irã, Síria, Jordânia, Iraque, Líbano e Catar. Um lembrete para aqueles fanáticos supersticiosos que são controlados por antigas falsificações: Os militares dos EUA não entrarão na luta para defender o estado pária no qual Israel se degenerou. Acorde e enfrente a realidade. Não haverá guerra entre Gog e Magog. Acabou; é hora de começar uma nova era.
 
Existem muitos sinais de que esta nova era já começou. Por exemplo, no que definitivamente é um divisor de águas para o planeta, a visita à Europa do presidente chinês Xi Jinping resultou num acordo entre o BIS (Banco Central dos Bancos Centrais) e a China para reconhecer o ouro asiático como dinheiro. Como reconhecimento de fundo, os asiáticos controlam cerca de 85% do ouro mundial conhecido, todavia, a maior parte deste ouro esteja na lista negra do sistema financeiro Ocidental, desde o choque de Nixon, em 1971. Reintegrar esse ouro no sistema financeiro mundial será  uma enorme mudança de poder financeiro, longe dos Rothschilds, etc.
 
 
Num desenvolvimento relacionado, fontes mexicanas dizem que o encontro entre o bilionário mexicano Carlos Slim e o imperador japonês Naruhito, sobre o qual, na semana passada, a NSA nos informou, foi discutida a fundação de um banco central mexicano independente. O presidente mexicano Andres Manuel López Obrador (Amlo) está estabelecendo um Banco Asteca, em cooperação com  Slim, para contornar o sistema bancário existente e distribuir benefícios sociais diretamente aos pobres, dizem eles.
 
 
Observamos que a Itália, também, está se mobilizando para nacionalizar seu banco central e aproveitar seu ouro. Muitos outros países  a seguirão.
 
 
Finalmente, num sinal de que a nova era está se tornando interessante, notamos que a China está se preparando para vender cogumelos mágicos.
 
 
 
 

 
Agradecimentos a: 
 


Vídeos 
 

 

 
Por favor, respeitem todos os créditos


Recomenda-se o discernimento.






Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.


Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.


Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.






Atualização diária.

 
 
 
 
Free counters!
geoglobe1
 
 
 
 

Outubro 30, 2015

chamavioleta

Ucrânia

 EUA “confiscou” as reservas de ouro do pais.

 Por Prof Michel Chossudovsky,

 Global Research.

Tradução, edição e imagens: Thoth3126@gmail.com 

 Publicado antes a 21/03/2015

tiosam-ladrão-ouro

As Reservas totais de ouro da Ucrânia foram “evacuadas” para os EUA secretamente  ainda no começo do mês de Março.



Sorrateiramente, às 2 horas da manhã [do dia 7 de Março] um avião de transporte de cargas não identificado estava na pista do Boryspil International Airport em Kiev.

Segundo a equipe do aeroporto, antes da vinda do avião chegaram ao local quatro caminhões e dois miniônibus Volkwagen, todos eles sem matrícula de identificação…

Tradução, edição e imagens: Thoth3126@gmail.com

UCRÂNIA: Despojos de guerra (eufemismo para roubo) na mudança de regime


By Prof Michel Chossudovsky – Global Research

Fonte: http://www.globalresearch.ca e http://www.gata.org/node/13754

Um site russo de notícias na internet, o Iskra (Fagulha) com base na cidade de Zaporozhye, na Ucrânia do Leste, informou em 7 de Março que:

“as reservas de ouro da Ucrânia haviam sido apressadamente transportadas por via aérea para os Estados Unidos embarcadas a partir do Aeroporto de Borispol, a Leste de Kiev”.



Esta alegada remoção aérea e confisco das reservas em ouro físico da Ucrânia pelo New York Federal Reserve não foi confirmada pelos meios de imprensa ocidentais. Segundo o Iskra News :


Às 2 horas da manhã [do dia 7 de Março] um avião de transporte de cargas não identificado estava na pista do Aeroporto de Boryspil International Airport em Kiev. Segundo a equipe do aeroporto, antes da vinda do avião chegaram ao local quatro caminhões e dois miniônibus Volkwagen, todos eles sem matrícula de identificação.

Quinze pessoas com uniformes negros, usando máscaras e armadura corporal saíram, alguns pesadamente armados com metralhadoras. Eles carregaram o avião com mais de 40 pesadas caixas.

Depois disso chegou um homem misterioso que entrou no avião. Todo o carregamento foi feito às pressas. O avião decolou numa condição em base de emergência (emergency basis).

Aqueles que assistiram esta misteriosa operação especial imediatamente notificaram os responsáveis do aeroporto, os quais lhes disseram para não se meterem nos assuntos dos outros.

Posteriormente um telefonema de resposta de um alto responsável do antigo Ministério das Receitas Fiscais informou naquela noite que, por ordens de um dos “novos líderes” da Ucrânia, os Estados Unidos haviam tomado a custódia de todas as reservas em ouro da Ucrânia. iskra-news.info. Zaporozhye, Ukraine, March 7, 2014, traduzido do russo pelo Gold Anti-Trust Action Committee Inc (GATA) , ênfase acrescentada)


Para um país que não tem mais reservas em ouro e tecnicamente esta falido, sair pilhando todo o ouro que for possível é um ato de desespero, saiba mais em http://thoth3126.com.br/eua-barras-de-ouro-falsas-em-fort-knox/

A seguir a esta revelação, o secretário tesoureiro do GATA, Chris Powell, requereu ao New York Federal Reserve e ao Departamento de Estado dos EUA para que indicassem se o NY Fed havia “tomado em custódia” todo ouro da Ucrânia.


Um porta-voz do New York Fed disse simplesmente: “Qualquer indagação a respeito do ouro deveria ser dirigida ao possuidor da conta. Você pode contactar o Banco Nacional da Ucrânia para discutir esta informação”.

Uma indagação semelhante do GATA, na noite passada, ao Departamento de Estado dos EUA ainda não teve qualquer resposta.

Na noite passada o GATA chamou a atenção sobre este assunto a cerca de 30 jornalistas financeiros e redatores de newsletters “principais”(mainstream) na esperança bizarra de que pudessem também questionar a respeito.

1) A primeira regra do jornalismo financeiro “de referência” e particularmente do jornalismo financeiro acerca de ouro é nunca apresentar uma pergunta específica acerca do metal monetário a qualquer dos participantes primários no mercado do ouro, os bancos centrais. Ou seja, quase toda a informação sobre o mercado do ouro é, intencionalmente, na melhor das hipóteses distração irrelevante e na pior pura desinformação.

2) A verdadeira localização e disposição das reservas nacionais em ouro são segredos muito mais sensíveis do que a localização e disposição de armas nucleares. Chris Powell, Secretary/Treasurer
Gold Anti-Trust Action Committee Inc.

Apesar da informação não confirmada sobre às reservas de ouro da Ucrânia não ter sido objeto de cobertura pelos noticiários financeiros “de referência”, a história no entanto foi levantada pelo Shanghai Metals Market, em Metal.com, o qual declara, citando uma informação do governo ucraniano, que as reservas em ouro da Ucrânia haviam sido “removidas num avião … de Kiev para os Estados Unidos… em cerca de 40 caixas seladas” carregadas numa aeronave não identificada.


Em breve explodirá uma absoluta falta de paciência com os sucessivos desastres de governos corruptos, políticos e funcionários incompetentes compostos por salafrários, literalmente ladrões, que visam apenas o próprio enriquecimento pessoal por meios ilícitos e muitas vezes são apenas marionetes de interesses ocultos e escusos. Isso não é “privilégio” de nenhum país, É ASSIM em todo o planeta.

A fonte não confirmada citada pelo Metal.com diz que a operação de remoção aérea do ouro da Ucrânia foi ordenada pelo primeiro-ministro “interino” Arseny Yatsenyuk tendo em vista manter seguras no NY Fed as reservas em ouro da Ucrânia, prevenindo uma possível invasão russa a qual levaria ao confisco das mesmas.

No dia 10 de Março, o kingworldnews , um importante blog financeiro online publicou uma entrevista incisiva de William Kaye, administrador do hedge fund Pacific Group Ltd., com sede em Hong Kong, o qual anteriormente trabalhou para a Goldman Sachs em fusões e aquisições relatando o fato da transferência de todo o ouro da Ucrânia para os EUA.



Os despojos de guerra e a mudança de regime

É significativo nesta entrevista com William Kaye a analogia entre a Ucrânia, o Iraque e a Líbia. Não se deve esquecer: tanto o Iraque como a Líbia tiveram as suas reservas de ouro “confiscadas” pelos EUA.


Kaye: Há agora informações vindas da Ucrânia de que todo o ouro ucraniano foi removido por via aérea, às 2 horas da madrugada, a partir do aeroporto principal, Boryspil, em Kiev, e foi transportado para Nova York – sendo o presumível destino o New York Fed…

Verifica-se que estas 33 toneladas de ouro valem algo entre US$1,5 e US$2 Bilhões. Essa quantia seria um pagamento inicial (down payment) muito rápido para os alegados US$ 5 bilhões que a secretária de Estado Assistente Victoria Nuland gabou-se dos Estados Unidos terem gasto nos seus esforços para desestabilizar a Ucrânia e instalar ali o seu próprio governo fantoche não eleito.




Eric King: “Se os Estados Unidos derrubam Saddam Hussein no Iraque ou Muhamar Kadafi na Líbia, parece que há sempre ouro no fim do arco-íris, do qual então os EUA apropriam-se”.

Kaye: “Essa é uma boa observação, Eric. Os Estados Unidos instalaram no poder um antigo banqueiro na Ucrânia o qual é muito amistoso para com o ocidente. Ele é também um profissional com experiência de banco central. Esta teria sido a sua primeira “grande decisão”: transportar aquele ouro todo para fora da Ucrânia, para os Estados Unidos.

Você pode recordar que “exigências alegadamente logísticas“ impediram o New York Fed de devolver à Alemanha as 300 toneladas de ouro que os Estados Unidos armazenam. Após um ano de espera, o New York Fed devolveu apenas 5 toneladas de ouro à Alemanha. Só 5 toneladas de ouro foram enviadas do Fed para a Alemanha e não eram as mesmas BARRAS, as 5 toneladas que haviam sido originalmente armazenadas no Fed.

Mesmo o Bundesbank admitiu que o ouro que lhes fora enviado pelo New York Fed tinha de ser fundido e testado quanto à pureza porque não eram as barras originais da Alemanha. Se isso é assim, uma vez que exigências logísticas supostamente são uma questão tão impeditivas, como é que num simples voo, assumindo que esta informação é correta, todo o ouro que a Ucrânia possuía no seu cofre foi retirado do país e entregue ao New York Fed? (n.t. Parece que ouro quando é para ser levado para os EUA não existe nenhum impedimento logístico!!)

Penso que qualquer um com massa cinzenta ativa sabe que tal como a Alemanha, a Ucrânia terá de esperar um tempo muito longo e provavelmente nunca MAIS verá aquele ouro outra vez . Significa que o ouro se foi, PARA NUNCA MAIS VOLTAR”. ( KingsWorldNews , March 10, 2014, ênfase acrescentada)



Ver no site oficial do Banco Nacional da Ucrânia sobre a omissão da informação quanto as suas reservas em ouro físico:  


Saiba MUITO mais em: 
  1. http://thoth3126.com.br/profecia-de-1912-sobre-fim-dos-eua-e-obama/
  2. http://thoth3126.com.br/o-ouro-dos-eua-nao-existe-mais/
  3. http://thoth3126.com.br/eua-golpe-de-estado-a-vista-obama-um-ditador/
  4. http://thoth3126.com.br/obama-seria-muculmano/
  5. http://thoth3126.com.br/algo-muito-grande-e-definitivo-esta-para-acontecer/
  6. http://thoth3126.com.br/obama-o-fantoche/
  7. http://thoth3126.com.br/barack-obama-segredos-e-mentiras-sem-fim/
  8. http://thoth3126.com.br/obama-comunista/
  9. http://thoth3126.com.br/o-projeto-comunista-nos-eua-nwo-nova-ordem-mundial/
  10. http://thoth3126.com.br/o-futuro-colapso-dos-e-u-a-previsto-por-jornal-da-russia/
  11. http://thoth3126.com.br/obama-nasceu-em-mombasa-no-quenia/
  12. http://thoth3126.com.br/eua-a-beira-da-falencia/
  13. http://thoth3126.com.br/obama-nao-nasceu-nos-eua/


Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.
www.thoth3126.com.br

Posted by Thoth3126 on 21/03/2015



URL: http://wp.me/p2Fgqo-6iF

Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.

Por favor, respeitem todos os créditos

Arquivos em português:
http://rayviolet2.blogspot.com/search?q=Michel Chossudovsky

Atualização diária

Se gostou! Por favor RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly 

Israel ou Cazária!?

achama.biz.ly email: nai@achama.biz.ly 


EN: VioletFlame * The Illuminati * Alternative Media * North Atlantic Islands * Indian Ocean Islands * South Atlantic Ocean Islands * Alternative Media * Creator's Map * ESU IMMANUEL * Exposing Media DesInformation * Galactic Federation * Indians, Prophecies and UFOs * Illuminati, The * Infinite Being * Israel (!?) * Jews..., the Real ones! * Khazars Jews are converted, not jenuine * Meditation * Media News * NESARA (!?) * SCIENCE, SPIRIT, Free Energy!... * UFO CONTACTS * UFOs (MORE) * USA The 4th NAZI Reich!? * Zionism Lies and The Illuminati * Light a Candle for PEACE * The Red Pill * The True Shadow Government

Agosto 23, 2015

chamavioleta

O ouro e o “Fim do Mundo”

Posted by Thoth3126 on 10/02/2015

 


Há muito que o público e membros do Congresso dos EUA começaram a por em dúvida quanto resta de ouro nas reservas oficiais estado-unidenses e, mesmo se houver, se tem algo a ver com ouro verdadeiro.

Durante o ano de 2012 houve um fluxo de publicações nos veículos de comunicação de todo o mundo que apresentavam evidências irrefutáveis de que o mercado mundial esta inundado com ligas metálicas imitando ouro em barras (goldbricks) e que o metal tungsténio, que tem a mesma densidade (specific gravity), é utilizado para imitar o valioso metal amarelo…

Tradução, edição e imagens: Thoth3126@gmail.com

Há muito que o público e membros do Congresso dos EUA começaram a por em dúvida quanto resta de ouro nas reservas oficiais estado-unidenses e, mesmo se houver, se tem algo a ver com ouro verdadeiro.

Fonte: http://www.strategic-culture.org/
por Valentin Katasonov

… Há um monte de sinais indiretos de que os banksters (=gansgters do mercado financeiro) meteram a mão nas reservas de ouro do Tesouro dos EUA já há muito tempo.

A última vez que “representantes eleitos” dos EUA viram algum ouro em Fort Knox (o maior depósito de ouro da reserva oficial) com os seus próprios olhos foi no princípio da década de 1950, ou seja, há seis dúzias de anos atrás. Em 2012 a pressão do congressista Ron Paul, um crítico irreconciliável do Federal Reserve Systems-Fed (o “pseudo” banco Central dos EUA, controlado por bancos privados), pôs em vigor uma decisão de auditoria por amostragem.

A auditoria acabou de ser feita. Pouco se soube dela. Houve algumas informações vazando quanto ao cofre-forte subterrâneo do Reserve Bank of New York, em Manhattan. O processo envolveu cerca de meia dúzia de empregados da Cunhagem, o gabinete do inspetor-geral do Tesouro e o Fed de Nova York. Ela foi monitorada por empregados do Government Accountability Office, o braço de investigação do Congresso.

Lá dentro, uma báscula é circundada por 122 gaiolas azuis que manteriam cerca de 530 mil barras de ouro – 34.021 das quais pertencem ao Tio Sam (o resto pertencem a outros países, se elas ainda existirem). A equipe de auditoria contou o estoque estado-unidense, selecionando mais de 350 barras a fim de extrair amostras para análise.

A auditoria verificou-se ser demasiado “seletiva” – só uma amostra entre cada 100 [barras] foi testada. E o grosso da reserva é mantido em outros lugares tais como Fort Knox, West Point e o U.S. Mint em Denver, no Colorado.

Estas três localizações juntas mantêm 95% das barras de ouro do país. Pessoalmente, não encontrei qualquer informação confirmando que a auditoria e os testes tenham sido feitos também nestes outros lugares. Assim, a análise do tesouro pode não ser de 1:100 e sim de 1:1000. É bastante estranho que toda a auditoria reduza-se a falsificações com tungsténio.

Para este objetivo basta o ultra-som, não há necessidade de furar as barras. Toda a reserva do Tesouro podia ter sido rapidamente testada com ultra-som para reduzir a despesa. Na minha opinião, os poderes estado-unidenses simularam (put on) um show que poderia durar algumas dúzias de anos e custar um bocado (cada vez que um furo é feito há ouro perdido e as consequentes despesas).

Realmente, a perfuração e o ultra-som constituem uma parte importante da auditoria, mas não a decisiva. A questão principal é o estudo de documentos para compreender que transações financeiras e comerciais com ouro dos EUA tiveram lugar. É isto o que ninguém sequer sugere, nem mesmo Ron Paul. Então, que relação tem a auditoria “limitada” com o “fim do mundo”? Eles dizem que a perfuração dos lingotes já estava acabada no Verão, mas nenhum resultado veio à luz.

Naqueles dias houve uma frase que relampejou nos jornais e tvs dos EUA dizendo que: “o Departamento do Tesouro recusou-se a divulgar o que a auditoria descobriu até o momento, dizendo que os resultados serão anunciados no fim do ano”… Deixem-nos observar: não se trata de Janeiro do ano de 2013, mas o fim do ano, aquilo foi em Dezembro de 2012. Será que isso significa alguma coisa? Muito já foi dito acerca da decisão e insistência da Alemanha de transferir o seu ouro depositado nos EUA e Inglaterra para o seu próprio território, os cofres do Busdesbank.

A Alemanha é o segundo maior possuidor de reservas de ouro do mundo com cerca de 3.400 toneladas (3.396 para sermos mais precisos), com um valor de mercado estimado de US$ 312 bilhões de dólares às taxas atuais. O grosso do “metal amarelo” é mantido no exterior.

Em torno de 31% é armazenado internamente, enquanto 45% é mantido nos EUA (este ouro DESAPARECEU), 13% na Grã-Bretanha e 11% na França. O Bundestag sugeriu o retorno das reservas já em Janeiro, mas inesperadamente os planos bateram num muro de resistência ardente. Há alguém importante a quem desagrada fortemente a ideia de ter o ouro alemão retirado dos EUA e repatriado de volta para a Alemanha.

{Apesar de Fort Knox ser o mais famoso depósito de ouro dos EUA (e talvez do mundo), há ainda mais ouro no Federal Reserve Bank, no subsolo de Nova York. De longe, os Estados Unidos têm mais ouro que qualquer outro país. Na verdade, ali estão 25% das 31.500 toneladas declaradas pelos tesouros nacionais. Ranking de depósitos de ouro dos EUA: 1º lugar, com 8.133,5 toneladas (fonte: World Gold Council, fevereiro de 2013).}

O Bundesbank (Banco Federal da Alemanha), o possuidor das reservas oficiais de ouro da Alemanha, estava na primeira linha de defesa. O parlamento não tinha suficiente autoridade para lançar os procedimentos de repatriação do metal. Ele relutantemente começou a fazê-lo só depois que o Tribunal Federal Alemão tomou a decisão e fez uma auditoria das reservas mantidas no exterior pela transferência de pequenas partes do metal de volta para casa a fim de serem fundidas e reformadas para barras padrão para testar a sua autenticidade.

Na totalidade os planos pedem a repatriação de 150 toneladas ao longo dos próximos três anos para verificar a qualidade e o peso das barras de ouro. O Federal Reserve System-Fed, que guarda o ouro nacional alemão em cofres-fortes, tornou-se a segunda linha de resistência para repatriar o ouro da Alemanha. A princípio a oposição foi verbal. A CNBC, por exemplo, um veículo de informação influenciável (e controlado), foi utilizado. John Carney, Editor Sénior da CNBC.com, publicou um editorial que continha uma declaração que dizia:

“Não importa nem um pouco se o Federal Reserve Bank of New York realmente tem ouro do banco central alemão ou se o ouro é puro. Desde que o Fed diga que o metal está ali, isto é tão bom como se estivesse lá para todas as finalidades práticas para as quais possa ser colocado. Ele pode ser vendido, alugado (lease out), utilizado como colateral, empregado para eliminar passivos e contado como capital bancário da mesma forma quer exista ou não“. E acrescentou:

“Como mencionei acima, para quase todas as finalidades operacionais imagináveis, a existência real do ouro em Fort Knox ou no cofre-forte por baixo da sede do FRBNY na Liberty Street em N. York é irrelevante. Aqui a contabilidade (papel) é o que realmente importa. Desde que o Fed diga que o Bundesbank possui X toneladas de ouro, o Bundesbank pode atuar como se possuísse o ouro – mesmo se o ouro tiver sido engolido no buraco de um verme galáctico comedor de ouro”.

Segundo ele continua em sua declaração:

“Estou certo de que os responsáveis pelo Bundesbank entendem isto bastante bem, muito embora o Tribunal de Contas Alemão não entenda. Não há nada a ser ganho com a inspeção do ouro. Se ele está todo ali e puro, não há diferença em relação a uma ausência não descoberta. Mas se o ouro não estiver ali, bem, poderia seguir-se a calamidade quando a confiança nos depósitos de ouro do banco central (FRBNY) de N. York se evaporasse instantaneamente”.

A “recusa” torna impossível para os alemães descontinuarem seus insistentes pedidos sobre o retorno do ouro. A seguir, seguiram-se argumentos mais significativos, como por exemplo até mesmo “a força da natureza”. Em Outubro de 2012 a Costa Leste continental dos EUA foi assolada pelo furacão Sandy. Nova York também foi atingida.

Os adeptos da teoria da conspiração começaram a fazer sugestões de que o furacão foi “feito pelo homem”, de que alguém precisava disso e de que para este alguém era importante o cofre-forte subterrâneo do Federal Reserve Bank of New York (FRBNY), em Manhattan, era o principal alvo a ser demolido, destruído ou inundado.

As reportagens da mídia dos EUA referentes ao assunto são um tanto confusas. Exemplo: o Daily Bail, que faz parte do império CNBC, publicou em 30/Outubro/2012:

“Numa conferência de imprensa convocada às pressas, o presidente do Fed, Ben Bernanke, anunciou segunda-feira à noite que a explosão da Con Edison (Cia de fornecimento de energia elétrica) em NYCity (convenientemente) havia destruído completamente o cofre-forte subterrâneo que mantinha todas as reservas de ouro da Alemanha, anulando dessa forma todas as recentes tentativas alemãs de repatriação do seu ouro… Jon Hilsenrath, do WSF, informa que as reservas de ouro não estavam seguradas”.

Além disso, alguns peritos dizem que não houve a perfuração das barras. A mídia sob o controle do Federal Reserve criaram uma “imagem de informação” (“information image”) do desastre natural do furacão Sandy. Na realidade, segunda-feira houve apenas rajadas de vento misturadas com vento e chuva fina em Nova York enquanto o furacão continuava a comportar-se violentamente alhures. A Internet apresenta múltiplas fotografias cômicas feitas por amadores americanos a mostrarem a “natureza tornada selvagem”.

Segundo informação oficial as baixas mortais foram 13 nos EUA e Canadá. Tente verificar isso, especialmente se outro país estiver envolvido! Exemplo: na pequena cidade russa de Krymsk as baixas mortais de um desastre natural foram 150-170. Por falar na explosão da Con Edison e das milhões de pessoas deixadas sem eletricidade, há base sólida para acreditar que foi “fabricada pelo homem”. Uma espécie de cópia do atentado de 11 de Setembro às torres gêmeas do New World Trade Center em “miniatura”.

É uma pena que nenhum novo pormenor relativos ao cofre-forte de Manhattan e ao ouro que pertence a Alemanha tenham sido divulgados. Mesmo o Federal Reserve System nunca anunciou pormenores reconfortantes a dizer que estava tudo certo, que os cofres-fortes foram reparados, que o ouro seria devolvido. Um silêncio cúmplice e agourento. A Alemanha tão pouco disse uma palavra. Há alguma coisa no ar. Aparentemente Benjamim Bernanke não tem intenção de devolver o ouro aos alemães. Ou, talvez, não haja nada para devolver?

Que outros “desastres naturais” podem estar na forja? Alguém nos EUA parece ser experiente em encenar “desastres” desta espécie. Por exemplo: o 11/Set de 2001. Este evento pode indiretamente influenciar a questão do ouro alemão, bem como a manutenção nos cofres-fortes do Federal Reserve New York. Primeiro, depois de as torres gémeas do World Trade Center terem sido destruídas abaixo, umas poucas toneladas de ouro armazenadas nos cofres em seu subterrâneo desvaneceram-se, sumiram por encanto (eram privadas, não pertenciam a qualquer estado).

Segundo, mesmo sob as ruínas alguns documentos, relativos à investigação de transações ilegais de ouro do Federal Reserve e da CIA, desapareceram misteriosamente. Qualquer subsequente investigação foi travada em consequência. Finalmente, um ano após o 11/Set/2001, o Neue Züricher Zeitung (jornal) alemão citou a previsão do famoso bilionário Warren Edward Buffett de que o primeiro ataque nuclear terrorista sobre solo dos EUA verificar-se-ia nos dez anos seguintes. Isso caiu em 2012, que se foram!

Se um dispositivo nuclear atingir Nova York então o ouro tornar-se-ia radioativo e a Alemanha (e qualquer outro país na mesma situação) perderá o desejo de repatriá-lo. Neste caso isso dá algum significado à previsão de Warren Buffett. O fim do mundo pode tornar-se uma realidade – se não para toda a humanidade, então pelo menos para os nova-iorquinos. Estar na vizinhança do Federal Reserve começa a ficar perigoso.

Parece que o buraco para a economia dos EUA e do globo é sem fim e continua crescendo… Em Tempo: Voce sabia que a primeira providência Os americanos estão no seu momento mais vulnerável;

Eles estão vulneráveis porque são preguiçosos mentalmente;

Eles são preguiçosos mentalmente porque são ingênuos; Eles são ingênuos, porque eles são ignorantes; Eles são ignorantes porque são desinformados deliberadamente; Eles são desinformados deliberadamente porque acreditam em seu governo e mídia nacional !!! Assim como todos os demais povos do planeta Terra…

Saiba MUITO mais em:
http://thoth3126.com.br/eua-barras-de-ouro-falsas-em-fort-knox/
http://thoth3126.com.br/profecia-de-1912-sobre-fim-dos-eua-e-obama/
http://thoth3126.com.br/o-ouro-dos-eua-nao-existe-mais/
http://thoth3126.com.br/alemanha-ouro-depositado-nos-eua-desapareceu/
http://thoth3126.com.br/alemanha-pede-para-entrar-no-brics-grandes-mudancas/
http://thoth3126.com.br/obama-seria-muculmano/
http://thoth3126.com.br/algo-muito-grande-e-definitivo-esta-para-acontecer/
http://thoth3126.com.br/obama-o-fantoche/
http://thoth3126.com.br/barack-obama-segredos-e-mentiras-sem-fim/
http://thoth3126.com.br/obama-comunista/
http://thoth3126.com.br/o-projeto-comunista-nos-eua-nwo-nova-ordem-mundial/
http://thoth3126.com.br/o-futuro-colapso-dos-e-u-a-previsto-por-jornal-da-russia/
http://thoth3126.com.br/obama-nasceu-em-mombasa-no-quenia/
http://thoth3126.com.br/eua-a-beira-da-falencia/
http://thoth3126.com.br/obama-nao-nasceu-nos-eua/

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

www.thoth3126.com.br

Compartilhe:

57Share on Facebook (Opens in new window)57
8Click to share on Twitter (Opens in new window)8
Click to share on Reddit (Opens in new window)
Click to email this to a friend (Opens in new window)



Por favor, respeitem todos os créditos


Arquivos em português:


http://rayviolet2.blogspot.com/search?q=ouro



Atualização diária


Se gostou! Por favor RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly 

Agosto 21, 2015

chamavioleta


EUA: barras de OURO FALSAS em Fort Knox !!

O Que virá a seguir nos EUA?


Posted by Thoth3126 on 17/02/2015




“Existem três coisas que não podem ser escondidas por muito tempo: a Lua, o Sol e a VERDADE” – Sidhartha Gautama (o Buddha)

E devemos acrescentar mais uma: barras de ouro falsas… É uma coisa falsificar uma nota de vinte ou de cem dólares. O montante do prejuízo financeiro é geralmente limitado a uma região específica e só afeta dezenas de pessoas e milhares de dólares …

Tradução, edição e imagens: Thoth3126@gmail.com

BARRAS DE OURO FALSAS EM FORT KNOX !! O Que virá a seguir nos EUA ?

Fonte: http://www.viewzone.com/fakegold.html

Por Dan Eden exclusivamente para www.viewzone.com


… Agentes do Serviço Secreto Federal notificam rapidamente os bancos sobre como reconhecer estas cédulas falsas, as lojas de varejo em geral têm em vigor procedimentos (como canetas especiais para testar o papel) para parar a sua proliferação e decretar a sua apreensão.

Mas o que fazer sobre o ouro, quando ele é completamente falso? Esta é a mais sagrada de todas as mercadorias, pois é tido e havido para ser o meio mais confiável e valioso de se salvar riquezas, especialmente em momentos de crise aguda, como em guerras e grandes crises econômico-financeira.


Uma descoberta fundamental – em outubro de 2009 – foi completa e obviamente suprimida pela grande mídia (controlada) mainstream, pelos principais veículos de informação dos EUA, mas tem circulado e sido sussurrada entre os “big money”, os corretores e chefões financeiros e só agora está sendo revelada ao público, lentamente. Ela envolve o ouro depositado em Fort Knox – o local do (teoricamente, deveria ser o maior depósito de ouro do mundo) TESOURO em Barras de Ouro dos EUA (assim se pensava…) – que é o patrimônio de nossa riqueza nacional, da nação. Em suma, milhões (com um “m”) de barras de ouro são falsas!

Quem fez isso? Aparentemente, o nosso próprio (des)governo (n.t. Ou o verdadeiro governo que governa o ”aparente governo” não só dos EUA, mas das principais nações do planeta. O sinistro governo secreto, que serve a elite que quer uma Nova Ordem Mundial.)

Antecedentes

Em outubro de 2009, a CHINA recebeu um carregamento de barras de ouro. O ouro regula as trocas entre os países para pagar dívidas e para liquidar os chamados saldos de comércio efetuado em um determinado período entre países.

A maior parte do ouro é trocada e armazenada nos cofres sob a supervisão de uma organização mundial especial com sede em Londres, que regula e fiscaliza o mercado, o London Bullion Market Association (ou LBMA).

Quando a remessa foi recebida na CHINA, o governo chinês pediu que os testes especiais fossem realizados para garantir a pureza e peso das barras de ouro. Neste teste, quatro pequenos furos são perfurados nas barras de ouro e a composição e nível de pureza do metal é então analisado.


Nesse caso do ouro da China os funcionários ficaram chocados ao saber que as barras eram falsas. Elas continham núcleos de tungstênio, com apenas uma fina camada superficial exterior de ouro. Além do mais, essas barras de ouro falso, contendo números de série para identificação de origem e rastreamento, tinha como origem os EUA e haviam sido guardadas em Fort Knox durante anos.

Foram relatadas nessa falsificação entre 5.600 a 5.700 barras de ouro oriundas dos EUA, pesando 400 onças-oz cada uma (1,134 quilos cada barra – total de 6.463,8 quilos de ouro), nessa transferência! (n.t.- A cotação do ouro em 04/03/13 estava em R$ 100,50 a GRAMA.

O prejuízo da CHINA com essa falsificação das barras de ouro tem um valor aproximado pela cotação atual do ouro de cerca de $ 650 milhões em barras de ouro falsas que saíram do maior depósito de ouro do mundo, o Fort Knox, nos EUA!!!

No primeiro momento, muitos especialistas em negociar ouro assumiram que o ouro falso havia se originado na própria China, o melhor local do mundo para produção de produtos falsos. Os chineses foram rápidos em investigar a falsificação e emitiram um comunicado de que o governo dos EUA estava envolvido no esquema.

O QUE OS CHINESES DESCOBRIRAM:


Aproximadamente 15 anos atrás (em torno de 1994) – durante a administração Bill Clinton [acho que Robert Rubin, o senhor Alan Greenspan e Lawrence Summers participaram] – entre 1,3 e 1,5 milhões de barras de tungstênio pesando 400 onças-oz foram supostamente produzidas por uma empresa muito hightech, uma refinaria sofisticada dos EUA [foram refinadas mais de 16 milhares de toneladas métricas]. Posteriormente 640 mil destas barras de tungstênio receberam seus chapeamento de ouro e foram enviadas à FORT KNOX como se fossem ouro puro e permanecem lá até hoje.


Acima: Em vez de ouro, tungstênio.

De acordo com a investigação dos chineses, o saldo destas barras de tungstênio de 1.3 a 1.5 milhões, com peso de 400 onças-oz cada, também foi banhado a ouro e, em seguida, teriam sido “vendidas” no mercado internacional como ouro real. Aparentemente, o mercado global esta, literalmente abarrotado, “cheio de barras de ouro de 400 oz FALSAS”. Talvez com um valor de mercado aproximado de US$ 1 trilhão de dólares.

Uma notícia obscura original e discretamente publicada no NY Post [escrito por Jennifer Anderson] no dia de 04 janeiro de 2009, talvez agora faça sentido:


DA investiga executivo da NYMEX

Manhattan, Nova York – fevereiro 2, 2004. Um alto executivo da NYMEX-New York Mercantile Exchange está sendo investigado pelo promotor público de Manhattan. Fontes próximas ao câmbio disse que Stuart Smith, vice-presidente sênior de operações na bolsa, foi intimado com um mandado de busca pelo escritório da promotoria na semana passada. Os detalhes da investigação não foram divulgados, mas uma porta-voz da NYMEX disse que era estranho a qualquer dos mercados da Bolsa. Ela se recusou a comentar mais, além de dizer que as acusações não tinham sido citadas. Um porta-voz do escritório do promotor distrital de Manhattan, também não quis comentar o assunto”


Acima: Fort Knox é uma pequena cidade americana e base do Exército dos Estados Unidos, localizada no estado de Kentucky, ao longo do rio Ohio. Ela abriga importantes unidades de treinamento e comando de recrutamento do exército, o Museu George S. Patton, em homenagem ao general da II Guerra Mundial e o United States Bullion Depository, (Depósito de Ouro dos Estados Unidos) pelo qual o lugar é mais conhecido, como depósito de grande parte do ouro guardado pelo governo do país.

Os escritórios do Vice-Presidente Sênior de Operações da NYMEX é exatamente aonde você iria para localizar os registros [número de série e fundição de origem] para cada barra de ouro que foram fisicamente negociadas/liquidadas em bolsa. Eles são obrigados a manter esses registros. Esses registros precisos mostram a linhagem (a autenticidade e procedência) de todo o ouro físico liquidados na bolsa de mercadorias (NYMEX) e, portanto, “prova” que a quantidade de ouro em questão não poderia ter vindo das operações de mineração nos EUA – porque os montantes em causa provenientes de fundições nos EUA seria sem dúvida, muito maior do que a produção doméstica do país.

Ninguém sabe o que aconteceu com Stuart Smith. Depois que seus escritórios foram invadidos, ele tirou “licença administrativa” da NYMEX e ele nunca mais foi ouvido e visto desde então. Por incrível que pareça, nunca mais houve qualquer menção ou seguimento do assunto e seus desdobramentos na mídia sobre a história original, bem como a evolução ZERO decorrentes da ação da D.A. Morgenthauer, o escritório de advocacia que executou o mandado de busca nos escritórios da NYMEX. Será que devemos acreditar que os escritórios da NYMEX foram invadidos, escritórios do seu vice-presidente sênior de operações, então, agora de licença – tudo por nada?

As revelações de barras de ouro falso também explicam outra história incomum, que também aconteceu em 2004:



LONDRES, 14 abr 2004 (Reuters) – NM Rothschild & Sons Ltd., baseada em Londres, unidade do Banco de Investimento Rothschild [ROT.UL], vai se retirar do mecado de commodities, incluindo o ouro, em Londres, disse na quarta-feira.

Curiosamente, Bill Murphy, do GATA (Gold Antitrust Action Committee-GATA) especulou sobre isso em 2004;


“Porque é que a FAMÍLIA Rothschild esta deixando o negócio MUNDIAL do ouro, neste momento eu e meus colegas conjeturamos hoje? Apenas um palpite da minha parte, mas [Eu] suspeito que algo está muito errado. Eles sabem de que um grande escândalo está chegando e não querem ser uma parte dele … Os Rothschild querem sair antes da proverbial “M” bater no ventilador. “ - Bill Murphy, LEMETROPOLE, 2004/04/18



O Que é o GATA?


A Gold Antitrust Action Committee (GATA) é uma organização que tem sempre beliscado o calcanhar da Reserva Federal do Tesouro dos EUA há vários anos. A base das acusações do GATA é que estas instituições, em coordenação com outros bancos centrais cúmplices e os grandes bancos comerciais e com grandes investimentos em ouro nos EUA, têm sido a fonte da manipulação do preço do ouro durante décadas.

O Que é o G.L.D. (Good London Delivery)?


G.L.D. é uma forma abreviada de (EM PORTUGUÊS) Boas entregas de Londres.

O London Bullion Market Association (LBMA) definiu uma “boa entrega” de Barras de ouro negociadas como uma entrega a partir de uma entidade que está listada na sua lista de entrega ou que cumpre com as normas para a referida lista e cujas barras passaram nos testes de requisitos estabelecidos pela associação e é atualizada de tempos em tempo.

As barras têm de ser puras em teor para AU-Ouro em uma área entre 995,0-999,9/1000. O Peso, forma, aparência, marcas e selos de peso são regulados da seguinte forma:

Peso: mínimo de 350 UA onças finas; máximo 430 onça finas AU (Aurum/Ouro puro), o peso bruto de uma barra é expresso em onças troy, em múltiplos de 0,025, arredondado para o mais próximo de 0,025 a onça troy.

Dimensões: as dimensões recomendadas para um boa barra de entrega do ouro são: superfície: 255 x 81 mm; superfície inferior: 236 x 57 mm, espessura: 37 mm.

Espessura: o mínimo 995,0 partes por mil ouro fino. Marcas: número de série, selo Ensaio do fundidor; Finura (para quatro algarismos significativos); Ano de fabricação (expresso em quatro dígitos).


Depois de rever os seus prospectos mais uma vez, torna-se bastante claro que o G.L.D. foi criado propositadamente para desviar dólares de investimento fora de ouro legítimo e criar uma fossa invisível/ catar tudo, fundo de lama e um destino provável para muitas destas falsas barras de ouro de tungstênio, onde nunca veriam a luz do dia – escondidas atrás do seguinte linguajar juridiquês ao “escudo” da lei:

[Trecho do prospecto G.L.D., na página 11]:

“Barras de ouro alocados para o Fundo no âmbito da criação de uma dúvida pode não satisfazer as boas normas da London Delivery e, se uma dúvida é emitida contra o ouro, a confiança pode sofrer uma perda. Nem o administrador, nem o Custodiante independente confirma a espessura das barras de ouro atribuídas à confiança no âmbito da criação de uma cesta. As barras de ouro atribuídas ao fiduciário pelo Custodiante pode ser diferente da espessura relatados ou peso exigido pela LBMA e normas de barras de ouro entregues na resolução do comércio de ouro, ou as normas da London Good Delivery, as normas exigidas pela confiança. Se o mandatário, no entanto, tiver problemas contra uma tal cesta de ouro, e se o Depositário não cumprir a obrigação do crédito de confiança a quantia de qualquer deficiência, o Fundo poderá sofrer uma perda. “


O FED-Federal Reserve (Banco Central dos EUA) sabe, mas ele aparentemente é parte do esquema:

No início deste ano o GATA entrou com um pedido de acesso de informações através do Ato de Liberdade de Informação (FOIA) com pedido para o Sistema da Reserva Federal dos documentos de 1990, e a data tem a ver com swaps de ouro, trocas de ouro, ou propostas de swaps de ouro.

Em 05 de agosto, o Federal Reserve respondeu a este pedido FOIA, adicionando mais dois documentos para aqueles divulgados a GATA em abril de 2008 a partir do pedido FOIA anterior. Estes documentos totalizaram 173 páginas, muitas partes que foram redigidas (foram rasuradas). A resposta do Fed também observou que havia 137 páginas de documentos não divulgados, que foram supostamente isentos de divulgação.

O GATA recorreu desta deliberação de 20 de agosto. O recurso pede mais informações para fundamentar a legitimidade das isenções reivindicadas de divulgação e uma explicação sobre por que alguns documentos, como um publicado no site do Federal Reserve Web que discute swaps de ouro, não foram incluídos na versão do documento de 05 de agosto.

Em uma carta de 17 de setembro de 2009, em papel timbrado do Sistema Federal Reserve, o governador do Federal Reserve, Kevin M. Warsh negou completamente o recurso ao Gata. O texto integral da carta pode ser examinado na http://www.gata.org/files/GATAFedResponse-09-17-2009.pdf.

O primeiro parágrafo da terceira página é a mais reveladora.


“Em conexão com o seu recurso, que confirmaram que a informação retida em exoneração 4 consiste de informações comerciais ou financeiras confidenciais relativos às operações dos Bancos da Reserva Federal que foi obtido, na acepção da isenção 4. Isto inclui informações sobre operações de swap com bancos estrangeiros em nome do Sistema da Reserva Federal, e não é o tipo de informação que é habitualmente divulgada ao público. Esta informação foi devidamente retida de vocês.”


Benjamin Shalom Bernanke (Augusta, 13 de Dezembro de 1953) é um economista estadunidense, de origem judaica, atual presidente do Federal Reserve (FED), o banco central dos Estados Unidos.

A declaração acima é uma admissão tácita ao mercado de que o Federal Reserve dos EUA tem se envolvido com negócios de swaps de ouro falso e que se recusa a divulgar qualquer informação sobre as suas atividades!

Por que usar o tungstênio?


Se você estiver planejando imprimir dinheiro falso você precisa ter o papel especial, caso contrário, as cédulas não se parecerão reais e podem ser facilmente detectadas por canetas especiais que a maioria dos comerciantes e os bancos utilizam. Da mesma forma, se você estiver produzindo barras de ouro falsas é melhor você ter certeza que o metal utilizado tenha o mesmo peso e as propriedades do ouro verdadeiro.

No início de 2008, milhões de dólares em ouro no Banco Central da Etiópia, na África revelou-se falso. Aquilo que deveria ser as barras de ouro maciço acabou por ser nada mais do que aço banhado a ouro. Eles tentaram vender o material para a África do Sul que descobriu e lhes foi enviado de volta, quando os sul-africanos notaram esse “pequeno problema“.



O problema com a tomada de boa qualidade de ouro falso é que o ouro é extremamente denso. É quase o dobro da densidade do chumbo, e duas vezes e meia mais denso que o aço. Você não costuma perceber isso porque os anéis de ouro são pequenos e como não pesam o suficiente para torná-lo óbvio a sua massa, mas se você já pegou em uma grande barra de ouro, ele é absolutamente inconfundível: O material é muito, muito denso.

O “padrão ouro” das barras para negócios banco para banco, são conhecidas como “London Good Delivery Bar” e pesa 400 onças troy (mais de £ 33-libras), ainda não é maior que um livro de bolso. Uma barra de aço do mesmo tamanho, pesa apenas treze e meio pounds. Segundo o especialista em ouro, Theo Gray, o problema é que existem muito poucos metais que são tão densos como o ouro, com apenas duas exceções:

A primeira exceção é o urânio empobrecido, que é barato se você for um governo para obtê-lo, mas é difícil para os indivíduos usarem-no. É também muito radioativo, o que poderia ser um “grande problema”.

A segunda exceção é um verdadeiro vencedor: o tungstênio, o tungstênio é muito mais barato do que o ouro (talvez $ 30 dólares por libra (0,453 quilogramas, quase meio quilo) em comparação com US$ 12.000 uma libra de ouro agora). E, notavelmente, ele tem exatamente a mesma densidade do ouro, com três casas decimais. As principais diferenças são que é a cor errada, e que é muito, muito mais duro do que ouro. (ouro puro é muito mole, pode ser marcado com uma dentada e com a unha).

Uma barra de ouro top-of-the-line falsa deve combinar com a cor, dureza, densidade e propriedades químicas e nucleares de ouro perfeitamente. Para fazer isso, você poderia começar com uma barra de tungstênio sobre 1/8-de polegadas menores em cada dimensão do que a barra de ouro que você quer produzir, para então colocar um banho de fina camada de ouro puro a 1/16 polega real ao seu redor e voila….

Esta barra me cairia bem na mão, teria um anel morto quando bater a barra como o ouro deveria, iria testar direito quimicamente, pesaria exatamente a quantidade certa, e embora eu não saiba ao certo, acho que também passaria por exame de fluorescência de raio-x de digitalização, a 1 / 16″ camada de ouro puro ser suficiente para parar os raios-x de chegar a qualquer tungstênio abaixo. Você poderia muito bem ter que perfurá-lo para descobrir que é falso.

Essa barra de ouro falsa de alta qualidade pelo padrão de Londres, custaria uns trocados para ser produzida porque tem um pouco de ouro de verdade nisso (encobrindo o tungstênio), mas você ainda vai fazer um bom lucro, considerando que uma BARRA REAL DE OURO PURO vale 80 vezes mais. Voce teria um ótimo lucro.

O que vai acontecer então?


Políticos como o Deputado republicano Ron Paul tem exigido que o Federal Reserve seja mais transparente e abra seus registros para o escrutínio público. Mas o Fed sempre se recusou, afirmando que estas divulgações pudessem prejudicar o seu funcionamento. Sim, certamente que sim, na medida que a verdade for descoberta ele certamente seria até mesmo FECHADO !



UPDATE: Emenda para Auditoria do Federal Reserve, o Fed, passa na Câmara!

Em uma derrota sem precedentes para a Reserva Federal, uma emenda à auditoria da instituição multi trilionária de dólares foi aprovado pela Comissão de Finanças da Câmara dos Representantes, com uma esmagadora e bipartidária votação por 43-26 votos na tarde de quinta-feira, apesar do pesado lobby de última hora de altos funcionários do Fed e da oposição surpresa do presidente Barney Frank (democrata de Massachusetts), que anteriormente tinha sido um apoiante da causa.

A medida, co-patrocinada pela Representante Ron Paul (R-Texas) e Alan Grayson (D-Fla.), autoriza o Government Accountability Office para realizar uma auditoria ampla, variando de ofertas do Fed com bancos centrais estrangeiros à grandes instituições financeiras dos EUA. O Fed nunca teve uma verdadeira auditoria na sua história e pouco se sabe sobre o que ele faz com os trilhões de dólares à sua disposição.


O fabrico de barras de ouro falso vem de anos atrás e, por isso, não é provável que o criador deste sistema venha a ser revelado ou levado à justiça algum dia. Enquanto isso o mundo está apenas começando a aprender que a maior parte das suas reservas nacionais de ouro pode ser falsa. Se mais testes revelar que este ouro que foi garantido pela ”segurança” do FORT KNOX e do Tesouro dos EUA, talvez eles venham exigir uma troca POR ouro “real” – não é?


Isso tudo está acontecendo num momento em que a economia dos EUA e da Europa está em sua mais vulnerável condição, e piorando cada vez mais. Os efeitos poderiam ser devastadores (E FINAIS).

Alguns investidores já estão vendendo mercadorias de ouro antes que estes fatos sejam bem conhecidos. Eles estão investindo em vez disso em prata – o metal valioso mais próximo do OURO REAL. Isto provocará, sem dúvida a um aumento do preço da prata para cima.

De acordo com Jim Willie, analista de mercado há 24 anos e doutorado em estatística, “O estouro virá, e vai ser espetacular. As histórias contadas na imprensa (totalmente controlada) serão peculiares, uma vez que não dirão nada objetivamente. As manchetes poderão ser uma comédia, com falsos relatórios usando o subterfúgio de culpar estrangeiros, quando os verdadeiros agressores e ladrões são cultivados em casa (estão dentro, infiltrados). “

Esta é uma outra história para o declínio da América e do mundo do capitalismo – um declínio baseado em decepção, ganância, manipulação, controle e muita fraude.

———————————————————————————–

UPDATE – Maior refinaria privada DE OURO descobre FALSAS barras de ouro FEITAS COM TUNGSTÊNIO:

Fonte: http://heraeus-precious-metals.com/en/home/heraeus-precious-metals.aspx

Por Patrick A. Heller

Gold Plated Tungsten Bar Recently scandal: A emissora de televisão alemã ProSieben publicou uma notícia que abrange a empresa refinadora de ouro, a W.C. Heraeus em Hanau, na Alemanha, a maior refinaria de propriedade privada do mundo.

Na história, Wilfried Harner, o chefe da fundição de ouro, mostra uma barra de 500 gramas (16,0755 onças troy), recebida de um banco não identificado. A barra tinha as dimensões físicas correta para ser uma barra de ouro autêntica, mas um dos empregados da Heraeus suspeitou de algo engraçado. Depois que a barra foi cortada ao meio, você pode ver que o interior é de tungstênio, com apenas uma fina camada de ouro REAL no exterior.
Please respect all credits.


Archives:


http://rayviolet.blogspot.com/search?q=


Like this! please bookmark. It is updated daily: http://violetflame.biz.ly

(email:nai@violetflame.biz.ly)


PT: a chama ~ Israel ou Cazária!? ~ http://achama.webs.com/

ES: LLAMA VIOLETA

EN: VioletFlame ; CPLP ; Light a Candle for PEACE ; Alternative Media ; Creator's Map ; ESU IMMANUEL ; Exposing Media DesInformation ; Galactic Federation ;; Hopi Indians, Prophecies and UFOs ; Illuminati, The ; Infinite Being ; Israel (or Khazaria!?) ; Jews..., the Real! ; The Khazars, or converted (Ashkenazi) Jews are'nt real ; Meditation ; Media News ; NESARA (!) ; SCIENCE, SPIRIT, Free Energy!... ; UFO CONTACTS ; UFOs (MORE) ;; USA The 4th NAZI Reich!? ; Zionism Lies and The Illuminati ; The Red Pill ; The True Shadow


North Atlantic Islands

Agosto 11, 2015

chamavioleta

Alemanha desiste de plano para repatriar seu ouro dos EUA. O Fed roubou ouro da Alemanha. Recusou a devolução pedida pelo Bundesbank, o Banco Central da Alemanha.

Posted by Thoth3126 on 02/02/2015




Após dois anos de lutas diplomáticas e escândalos financeiros envolvendo o “Fed-Banco Central (Reserva Federal) dos EUA”, a Alemanha desistiu de suas tentativas de repatriar seu ouro depositado nos EUA para casa. A fim de se salvar do escândalo (ou simplesmente roubo), o Bundesbank emitiu uma declaração oficial que destaca a sua “confiança” em seus parceiros, os banqueiros norte americanos de New York…

Tradução, edição e imagens: Thoth3126@gmail.com

Alemanha desiste de plano para repatriar seu ouro dos EUA

Fontes: http://nsnbc.me/ e http://voiceofrussia.com

… A saga da tentativa de repatriação do ouro alemão começou no rescaldo da crise da dívida europeia, quando uma campanha de base começou a pressionar o governo em Berlim para trazer o ouro para casa depositado em Nova York e Londres.

Fed roubou ouro da Alemanha. Recusou a devolução pedida pelo Bundesbank, o Banco Central da Alemanha. Veja o vídeo:


Depois de uma campanha de mídia longa e difícil, o Bundesbank superou sua relutância inicial e exigiu uma repatriação completa de todas as barras depositadas no valor aproximado de US$ 141 bilhões pertencentes à reserva nacional de ouro da Alemanha (São 1.536 toneladas métricas de ouro).

A reação do Fed foi extremamente grosseira e demonstrando irritação com a questão do “ouro alemão”, que tornou-se um dos problemas mais difíceis nas relações diplomáticas entre EUA e a Alemanha. Cada atraso e todas as desculpas inventadas pelo Fed, a Reserva (Bco Central) Federal dos EUA, fez com que a campanha na Alemanha para a repatriação do ouro ficasse ainda mais forte, levando a uma desconfiança ainda mais profunda entre as partes envolvidas no “negócio”.



Finalmente, foi dito pelo Fed ao Bundesbank que ele vai ter o seu ouro de volta somente daqui a MAIS seis anos (em 2020 apenas), mostrando claramente que o cartel bancário central dos EUA fez algo nefasto com o metal que lhe foi confiado em salvaguarda. Muito provavelmente, o ouro alemão ou foi vendido (portanto roubado da Alemanha) há muito tempo ou foi dado em “garantia hipotecária” durante a negociação dos bancos americanos em derivativos de ouro. De acordo com a Bloomberg, depois de repatriar apenas 5 toneladas de ouro, a Alemanha desistiu de continuar pressionando o Fed.

A Bloomberg citou Norbert Barthle, o porta-voz do orçamento para o partido democrata cristão de Merkel no parlamento da Alemanha, que disse que “os norte americanos estão cuidando bem de nosso ouro. Objetivamente, não há absolutamente nenhuma razão para desconfiança”.




O Deputado republicano Ron Paul esta tão preocupado com as reservas legais de ouro do governo dos EUA e de que o Federal Reserve esta escondendo a verdade sobre as reservas americanas de ouro, que ele apresentou um projeto de lei no final de 2010 para forçar uma auditoria externa nesses dois orgãos que detém o ouro dos EUA, mas que posteriormente foi derrotado em votação na Câmera dos deputados pelas forças que sustentam o regime de Barack H. Obama. Quando diretamente questionado pelos repórteres se ele acreditava que não havia mais ouro em Fort Knox ou na Reserva Federal, o deputado Ron Paul deu a resposta incrível, “Eu acho que é uma possibilidade”.

Os críticos apontam que há uma série de razões muito objetivas para desconfiança total. Uma dessas razões é que nunca houve uma auditoria alemã ou independente sobre a existência do ouro alemão em Nova York ou Londres.

Além disso, o Bundesbank nunca foi capaz de fornecer uma razão para a falta de auditorias, alegando que ele armazena ouro “apenas com os bancos centrais da “mais alta reputação internacional” e, portanto, uma auditoria independente não é necessária.

Sobre o sumiço do ouro nos EUA saiba mais:
http://thoth3126.com.br/eua-barras-de-ouro-falsas-em-fort-knox/
http://thoth3126.com.br/o-ouro-dos-eua-nao-existe-mais/




Acima: Fort Knox é uma pequena cidade americana e base do Exército dos Estados Unidos, localizada no estado de Kentucky, ao longo do rio Ohio. Ela abriga importantes unidades de treinamento e comando de recrutamento do exército, o Museu George S. Patton, em homenagem ao general da II Guerra Mundial e o United States Bullion Depository, (Depósito de Ouro dos Estados Unidos) pelo qual o lugar é mais conhecido, como depósito de grande parte do ouro guardado pelo governo do país.

A decisão de suspender as tentativas de repatriação suportam as características de uma concessão política para Washington. É muito provável que na longa guerra de Berlim para reaver o seu metal precioso, o país vai se arrepender desta decisão porque suas chances de nunca mais recuperar o controle do seu ouro agora estão muito próximas de zero.

No entanto, ainda há alguma esperança para a recuperação do ouro alemão. Horas depois de Bloomberg publicar a história sobre a Alemanha finalmente desistir suas tentativas de repatriação do metal, Peter Boehringer, o líder da campanha “repatriar o nosso ouro”, divulgou um comunicado, chamando a publicação da peça da Bloomberg como “um artigo de “não-notícia” com um título errado, com estranhos entrevistados, notícia velha, e com uma abordagem ideológica claramente apologética”.

Ele também disse que a luta para trazer de volta o ouro alemão que deveria existir depositado no Fed-Bco Central Reserva Federal dos EUA, vai continuar.



{n.t. O QUE OS CHINESES DESCOBRIRAM: Aproximadamente 20 anos atrás (em torno de 1994) – durante a administração Bill Clinton [acho que Robert Rubin, o senhor Alan Greenspan e Lawrence Summers participaram] – entre 1,3 e 1,5 milhões de barras de tungstênio pesando 400 onças-oz foram supostamente produzidas por uma empresa muito hightech, uma refinaria sofisticada dos EUA [foram refinadas mais de 16 milhares de toneladas métricas]. Posteriormente 640 mil destas barras de tungstênio receberam seus chapeamento de ouro e foram enviadas à FORT KNOX como se fossem ouro puro e permanecem lá até hoje… – Saiba muito mais.}


Saiba MUITO mais em:
http://thoth3126.com.br/profecia-de-1912-sobre-fim-dos-eua-e-obama/
http://thoth3126.com.br/obama-seria-muculmano/
http://thoth3126.com.br/obama-o-fantoche/
http://thoth3126.com.br/barack-obama-segredos-e-mentiras-sem-fim/
http://thoth3126.com.br/obama-comunista/
http://thoth3126.com.br/o-projeto-comunista-nos-eua-nwo-nova-ordem-mundial/
http://thoth3126.com.br/o-futuro-colapso-dos-e-u-a-previsto-por-jornal-da-russia/
http://thoth3126.com.br/obama-nasceu-em-mombasa-no-quenia/
http://thoth3126.com.br/eua-a-beira-da-falencia/
http://thoth3126.com.br/obama-nao-nasceu-nos-eua/

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

www.thoth3126.com.br

Compartilhe:

489Share on Facebook (Opens in new window)489
27Click to share on Twitter (Opens in new window)27
Click to share on Reddit (Opens in new window)
Click to email this to a friend (Opens in new window)


Por favor, respeitem todos os créditos


Arquivos em português:


http://rayviolet2.blogspot.com/search?q=ouro



Atualização diária


Se gostou! Por favor RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly 

Março 20, 2015

chamavioleta

Russia também investe pesado na compra de OURO…

Posted by Thoth3126 on 20/03/2015


Vladimir Putin transforma Petróleo (ouro negro) em barras de OURO para a Rússia, que já é o maior comprador mundial do metal.


Quando Vladimir Putin diz que os EUA está colocando em risco toda a economia mundial por abusar do seu monopólio do dólar (n.T. e continuar emitindo a moeda sem lastro nenhum) , ele não está só falando. Ele está apostando nisso.


“SE ME PERMITIREM IMPRIMIR E CONTROLAR O DINHEIRO DE UMA NAÇÃO, EU NÃO ME IMPORTO COM QUEM ESCREVE, COM QUEM FAZ ÀS SUAS LEIS” – Amschel Mayer Rothschild

Tradução, edição e imagens: Thoth3126@gmail.com

Vladimir Putin transforma Petróleo (ouro negro) em barras de OURO para a Rússia, que já é o maior comprador mundial do metal.

Fonte: www.moneynews.com





Não só Vladimir Putin fez da Rússia o maior produtor mundial de petróleo, ele também fez de seu país o maior comprador de ouro do planeta. Seu banco central adicionou aos estoques mais 570 toneladas do metal OURO na última década, mais de um quarto da vice-campeão em compras, a China, de acordo com dados do FMI compilados pela Bloomberg. O peso do ouro acrescentado aos cofres russos também é quase o triplo do peso da Estátua da Liberdade.

“Quanto mais ouro um país tem, mais soberania ele terá se houver um cataclismo com o dólar, com o euro, a libra ou qualquer outra moeda de reserva“ (n.t e é exatamente isso que a elite que controla o sistema vem procurando provocar, um colapso financeiro e econômico global, para adotar medidas restritivas e implantar um governo mundial totalitário estilo NWO-Nova Ordem Mundial, um fato que Vladimir Putin, o presidente russo tem plena consciência), declarou Evgeny Fedorov, um parlamentar do Partido Para Rússia Unida, de Vladimir Putin na câmara baixa do parlamento, disse em uma entrevista por telefone desde Moscou.

O OURO, metal muito cobiçado pelos governantes russos, incluindo o czar Nicolau II e o líder bolchevique Vladimir Lenin, cujas forças revolucionárias o assassinaram, aumentou de preço quase 400% no período de compras de Putin. Os bancos centrais (dos países ditos de 1º mundo) de todo o mundo imprimiram dinheiro para escapar da crise financeira global, minando o apetite dos investidores por dólares e euros e desencadeando uma corrida de compras para a segurança do metal mais precioso, o OURO.

Em 1998, o ano da moratória (quebra) da Rússia de $ 40 bilhões de dólares da dívida interna, custava até 28 barris de petróleo para comprar uma onça de ouro (equivalente a 31,104 gramas), conforme mostram dados da Bloomberg. Essa proporção caiu para 11,5 no momento em que Putin chegou ao poder um ano depois em 1999, em 2005, depois de ter tocado 6,5 barris de petróleo por onça – menos de metade do que é agora – o presidente russo disse ao seu banco central para comprar mais ouro.

Durante uma turnê em novembro na região de Magadan no Extremo Oriente, onde as companhias Polyus Ouro International Ltd. e Polymetal International Plc tem operações, Putin disse ao Bank Rossii (*) para não “fugir” do metal. “Afinal, o metal é chamado de reservas de ouro e moeda por uma razão“, disse Putin, de acordo com uma transcrição do Kremlin.



(*) O Banco Rossii ( em russo Банк России ), é o Banco Central da Federação Russa (Центральный банк Российской Федерации ) chamado como o Banco Central da Rússia , com sede em Moscou. Os deveres e funções do Banco Rossii na Constituição russa descrita no artigo 75 e na lei especial federal da Rússia. O banco central foi fundado em 13 julho de 1990, mas historicamente e legalmente é o sucessor do Banco do Estado do Império Russo e do Gosbank da antiga URSS-União Soviética .

Cara de sorte

Na época, o ouro era negociado em alta já há 18 anos de $ 495 dólares a onça (Onça Troy = 31,104 gramas) e o Banco Central da Rússia com sede em Moscou possuía 387 toneladas de ouro, ou 2,2 % de suas reservas totais de $ 165 bilhões de dólares. A participação do ouro nas reservas russas atingiu 3,5 % no prazo de apenas mais um mês, de acordo com dados compilados pela Bloomberg.

Uma onça de ouro para entrega imediata era negociada a $ 1.670 dólares (cerca de R$ 3.340,00 a onça, mais de R$ 100 reais a grama) a partir das 7:24 pm, no horário de Moscou em 08 de fevereiro de 2013. A cotação do metal subiu 7% no ano passado, o 12º ano consecutivo de ganhos. Os analistas do mercado de ouro esperam que o metal possa avançar novamente em 2013, para $ 1.825 dólares até o final do ano, segundo a mediana de 26 previsões em uma pesquisa da Bloomberg.

A “Estratégia de aquisição de ouro de Putin se encaixa com a sua agenda estatista (n.T. Ou de proteção contra especuladores sem escrúpulos) de nacionalização dos recursos”, disse Tim Ash, diretor de pesquisa de mercados emergentes da Standard Bank Plc em Londres. “É um tipo de jogo defensivo, mas funcionou, certo?” Ash disse em uma entrevista em Moscou. “Você precisa de sorte na política e nos negócios, e claramente o cara (Putin) tem muita.”

Gordon Brown se afundou na venda de ouro inglês

Outros líderes mundiais não foram assim tão afortunados. Gordon Brown, como ministro das Finanças do Reino Unido, vendeu quase 400 toneladas de ouro nos 30 meses até março de 2002, quando os preços estavam em baixa a duas décadas. Os Tablóides de Londres têm referido o período como o “poço” fundo de Brown.





“Quanto mais ouro um país tem, mais soberania ele terá se houver um cataclismo com o dólar, com o euro, a libra ou qualquer outra moeda de reserva“. E é exatamente isso que a elite (a serviço dos Illuminatis) que controla o sistema financeiro global vem procurando provocar, um colapso financeiro e econômico global, para adotar medidas restritivas e implantar um governo mundial totalitário estilo NWO-Nova Ordem Mundial, um fato que Vladimir Putin, o presidente russo tem plena consciência.

A adoção do Quantitative easing (n.T. – eufemismo anglo-saxão criado para justificar a emissão pura e simples de moeda sem lastro efetivo-Fiat Money) pelas grandes economias para apoiar os preços dos ativos financeiros está impulsionando a demanda por ouro no mundo emergente, disse Marcus Grubb, diretor de pesquisa de investimento no Conselho Mundial do Ouro. Antes da crise, os bancos centrais foram vendedores líquidos de 400 a 500 toneladas de ouro por ano. Agora, liderada pela Rússia e pela China, eles são compradores líquidos por cerca de 450 toneladas, Grubb disse por telefone, de Londres, onde seu grupo da indústria do metal se baseia.


Enquanto a Rússia/Putin está liderando a corrida da compra de ouro nos mercados emergentes, os países desenvolvidos estão liquidando. A Suíça descarregou mais na última década, 877 toneladas, um valor que hoje vale cerca de US $ 48 bilhões, de acordo com dados do Fundo Monetário Internacional através de novembro. A França ficou em segundo com 589 toneladas, enquanto a Espanha, os Países Baixos e Portugal cada um vendeu mais de 200 toneladas.

Rússia, o Número Oito

Mesmo depois de frenesi de compras da Rússia/Putin, no entanto, o cache total da Rússia atual é de cerca de 958 toneladas, é apenas a oitava maior reserva, conforme o Conselho Mundial do Ouro, publicado em um relatório de 08 de fevereiro. Os EUA é o número 1, com cerca de 8.134 toneladas do metal, seguida pela Alemanha, com 3.391 toneladas e do FMI, sediado em Washington, com 2.814 toneladas. A Itália, França, China e Suíça são quarto até o sétimo. Embora os depósitos de ouro representem 9,5% do total de reservas da Rússia, nos EUA, na Alemanha, Itália e França representam mais de 70 % das reversas.

A Rússia mantém cerca de dois terços de suas reservas de ouro em um edifício de pedra esverdeada e vidro cinza em Ulitsa Pravdy, ou Rua Verdade, no centro de Moscou. A rua tem o nome de Pravda (verdade), o jornal oficial do Partido Comunista, que também tinha sua sede lá.

O então primeiro-ministro Putin tornou-se o primeiro líder russo a visitar o complexo em 24 de janeiro de 2011, segundo o site do governo. Ele visitou a instalação de 17.000 metros quadrados, que inclui 1.500 metros quadrados de armazenagem, com o primeiro vice-presidente Georgy Luntovsky, posando para fotos levantando um lingote/barra de ouro. A maioria das barras de ouro pesam entre 10 a 14 kg (22 a 31 libras) e são acondicionados em caixas de plástico ou de madeira ao lado de um suprimento de emergência de cédulas.



Banco comprando

Tecnicamente, o depositário de metais do estado Gokhran tem o direito exclusivo de comprar todo o ouro extraído no país. Na prática, ela permite que os bancos comerciais comprem de produtores diretamente, geralmente sob a forma de financiamento de projeto, disse Sergey Kashuba, presidente da União Russa de Produtores de Ouro em Moscou.

Quando o banco central compra ouro, é a partir desses bancos comerciais, liderado no ano passado pela OAO Sberbank, OAO Nomos Bank, Grupo VTB e OAO Gazprombank, declarou Kashuba. A Rússia produziu 205 toneladas de ouro no ano passado, tornando-se o quarto produtor mundial, depois da China, a Austrália e dos EUA, de acordo com estimativas do US Geological Survey.

A segurança é muito apertada ao longo de toda a cadeia produtiva, Sergey Kashuba disse. Apenas duas organizações estão autorizados a transportar ouro parcialmente refinado, a partir de mineiração no Extremo Oriente e na Sibéria do norte para instalações de processamento em outras partes do país, disse ele. Um deles é a FeldSvyaz, um serviço de correio que se reporta diretamente a Putin. O outro, a SpetsSvyaz, foi separada da polícia secreta NKVD de Stalin em 1939 para o transporte de metais preciosos e segredos de estado, de acordo com seu website.

As compras do Czar

A Rússia já passou por crises de reservas antes. O czar Alexandre II ordenou a seu governo para começar a acumular ouro em 1867, poucos meses depois de vender a região do atual estado norte americano do Alasca, agora o 2º estado maior produtor de ouro dos EUA, por US $ 7,3 milhões. Seu neto, Nicolau II, introduziu o padrão-ouro na economia russa em 1897, quando então precisou de um empréstimo da França para afastar os especuladores e salvar o sistema em 1906.

Nicholas, o último czar da Rússia foi obrigado a libertar o rublo em 1914 assim que a 1º Guerra Mundial estourou na Europa. Em 1917 o governo revolucionário de Lênin restabeleceu a ligação de ouro junto com uma nova moeda em 1922. Enquanto os rublos soviéticos foram nominalmente garantidos pelo ouro (padrão ouro), as vendas do metal para os cidadãos da Rússia foram interrompidas em 1930, fazendo a “raspagem das moedas” sem sentido.

Quando os bolcheviques de Lênin tomaram o poder em Petrogrado, como São Petersburgo era então conhecida, em 1917, um de seus primeiros alvos foi o Banco do Estado e o seu ouro, que eles capturaram às 6 da manhã em 7 de novembro de 1917, segundo o site do Banco Rossii. Eles logo nacionalizaram todos os bancos, confiscando todo o ouro encontrado em cofres e caixas de depósito que pertenciam ao povo russo.



Sem reservas ocultas

O sigilo comunista em relação a quantidade de reservas de ouro do país alimentou especulações de que as elites do partido tinha acumulado um enorme tesouro de ouro que eles sorrateiramente tiraram do país antes que a União Soviética se desintegrasse em 1991.

Viktor Gerashchenko, o último presidente do Banco Central soviético e um presidente por duas vezes do Banco Rossii, tem repetidamente negado tais especulações, inclusive em fevereiro passado. “Quando as pessoas perguntam sobre o ouro do partido comunista, a minha resposta é sempre: Você é um idiota ou algo assim?” Gerashchenko, 75, disse a revista Afisha.

Por enquanto, com mais de cinco anos que restam no mandato de Putin, a Rússia planeja continuar comprando.

“O ritmo vai ser determinado pelo mercado“, disse em uma entrevista o primeiro vice-presidente Alexei Ulyukayev, em Davos, na Suíça, em 25 de janeiro de 2013. “Seja para acelerar ou retardar as compras é uma decisão de mercado e eu não vou discutir isso.“

© Copyright Bloomberg News. Todos os direitos reservados. 

Mais informações em:
  1. http://thoth3126.com.br/grupo-bilderberg-misterios-e-controle-alienigena/
  2. http://thoth3126.com.br/h-s-b-c-opio-e-drogas-a-origem-do-banco-ingles/
  3. http://thoth3126.com.br/a-verdade-sobre-os-grandes-bancos-ocidentais/
  4. http://thoth3126.com.br/grupo-bilderberg-entrevista-com-banqueiro-suico/
  5. http://thoth3126.com.br/h-s-b-c-opio-e-drogas-a-origem-do-banco-ingles/
  6. http://thoth3126.com.br/illuminati-hierarquia-dos-conspiradores-o-comite-dos-300/
  7. http://thoth3126.com.br/reptilianos-livro-body-snatchers-cap-11-e-12/
  8. http://thoth3126.com.br/confissoes-de-um-assassino-economico/
  9. http://thoth3126.com.br/illuminati-revelacoes-de-um-membro-no-topo-da-elite-explosivo/
  10. http://http//thoth3126.com.br/apenas-dez-grandes-companhias-controlam-a-industria-de-alimentos-no-mundo/


Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e a citação das fontes.


www.thoth3126.com.br

 URL: http://wp.me/p2Fgqo-20k

Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.


Por favor, respeitem todos os créditos

Arquivos em português:
http://rayviolet2.blogspot.com/search?q=ouro

Atualização diária

Se gostou! Por favor RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly 

Israel ou Cazária!?

achama.biz.ly email: nai@achama.biz.ly 


EN: VioletFlame * The Illuminati * Alternative Media * North Atlantic Islands * Indian Ocean Islands * South Atlantic Ocean Islands * Alternative Media * Creator's Map * ESU IMMANUEL * Exposing Media DesInformation * Galactic Federation * Indians, Prophecies and UFOs * Illuminati, The * Infinite Being * Israel (!?) * Jews..., the Real ones! * Khazars Jews are converted, not jenuine * Meditation * Media News * NESARA (!?) * SCIENCE, SPIRIT, Free Energy!... * UFO CONTACTS * UFOs (MORE) * USA The 4th NAZI Reich!? * Zionism Lies and The Illuminati * Light a Candle for PEACE * The Red Pill * The True Shadow Government

Março 18, 2015

chamavioleta

China: Um golpe no mercado mundial de OURO

Posted by Thoth3126 on 18/03/2015

O que isso significa para os proprietários de ouro de todo o planeta

Nota do Editor: Esta edição da Review & Outlook é baseada em uma série de posts que fiz no blogu USAGOLD ao longo do mês de setembro.

A China importou uma quantidade sem precedentes de barras de ouro em 2013. Tanto assim, que, se fosse para manter o ritmo atual, seria importar quase o equivalente da produção mundial durante um ano.



Tradução, edição e imagens: Thoth3126@gmail.com

China: Um golpe de estado no mercado mundial de OURO

Relatório Especial – por Michael J. Kosares

Fonte: http://news.goldseek.com/GoldSeek/1383244196.php

Quando essa notícia primeiro vazou para fora da China sobre as quantidades de ouro que está sendo imobilizada por meio de sua trade Shanghai Gold Exchange, os números pareciam muito grandes para ser verdade. A pergunta óbvia se tornou “Qual é a fonte dessa extraordinária quantidade de barras de ouro que a China comprou?”



Foi somente em outubro, quando a Reuters informou que grande parte desse ouro tinha sido enviado para a China desde fundos negociados em bolsa com sede em Londres para a Suíça para a refinação para as tradicionais pequenas barras de ouro da Ásia e depois para Hong Kong e Xangai, que a imagem completa entrou em foco e os extraordinários números ganharam credibilidade.

Mais abaixo, detalhes de como o mecanismo de comércio de ouro da China trabalha, as razões para isso, e por que o interesse da China em ouro deverá manter-se de suma importância para o mercado global de ouro por muitos anos vindouros. Eu atualizei as estatísticas originais de relatórios recentemente publicados no site da Koos Jansen com sede na Holanda – uma fonte de pesquisa especializada no comércio de ouro na China. Para ficar a par da situação da China, bem como de outros desenvolvimentos no mercado de ouro em uma base diária, eu convido você para visitar a nossa página do blog no link acima.

Parte Um – O Conduto de ouro de London-Zurich-Hong Kong-Xangai

De acordo com um relatório recente da agência Reuters, as exportações de ouro do Reino Unido para a Suíça passou de 85 toneladas para 1.016 toneladas nos primeiros oito meses de 2013 – um aumento de doze vezes. Alguns observadores do mercado de ouro atribuem o enorme aumento de compra e venda de ouro aos fundos negociados em bolsa (exchange traded funds-ETFs) – uma explicação que cobre apenas metade da história ……. se tanto. Quando se descobre e se aprende para onde esse ouro se destinou e por que foi para aquele destino (CHINA), a verdadeira importância dessa negociação extraordinariamente grande de ouro começa a tomar forma.



A Suíça, de acordo com o site da Koos Jansen, exportou mais de 600 toneladas de ouro para Hong Kong até agosto de 2013. Hong Kong, por sua vez, exportou mais de 700 toneladas de ouro para o continente chinês no mesmo período através da Shanghai Gold Exchange. Até agosto de 2013 a Koos Jansen coloca o total de mobilização de ouro chinês através da SGE em um volume impressionante de 1.672 toneladas.

Agora, com este relatório de exportações do extraordinário aumento de compra de ouro a partir do Reino Unido, outra peça do quebra-cabeça se encaixa e começamos a ter uma visão bastante clara do que essas enormes aquisições de ouro acarretam. A Suíça e Hong Kong estão agindo como um canal intermediário do ouro ocidental (europeu) em seu caminho para a China – e, provavelmente, pelo menos em parte, até chegar às reservas chinesas em seu Banco Central.

Até que ponto essa mobilização de compra maciça de ouro pela CHINA é o resultado de algo para ainda ser identificado na pressão externa sobre os depósitos de ouro de Londres, ou, se simplesmente são negócios como de costume, isso ainda não foi determinado, mas os movimentos de ouro desse porte geralmente não ocorrem em um vácuo. Os fundos de hedge estavam em movimento de modo de liquidação, de venda de ouro ETF desde abril, a pedido, ao que parece, de alguns negociantes de ouro que emitiram recomendações de venda generalizada para seus clientes (que inclui os fundos).



A venda de certificados ETF (exchange traded funds-ETFs) de ouro tem sido acusada repetidamente para a rápida queda no preço do metal. Se tudo isso foi uma manobra para baixar o preço do metal no papel e canalizar quantidades substanciais de ouro físico para a China, quem é o vencedor neste jogo e quem é o perdedor? E por que isso está sendo feito?

O mercado de ouro é incuravelmente sem transparência (não importa o quão diligente ou persistente sejam os argumentos em contrário), e é provavelmente por isso que muitos estão intrigados com ele. No entanto, ao mesmo tempo, aqueles que inocentemente compram seu próprio ouro para fins de preservação de valor dos seus ativos pode ter certeza que eles nunca sofrerão perdas e danos colaterais nestes casos, desde que não se permitam perder a paciência com o mercado ou, em primeiro lugar, esquecer as razões pelas quais eles compraram ouro.

Começando a ter dúvidas sobre o REAL VALOR das moedas nacionais?

Ouro nunca é possuído e/ou procurado por aqueles que (por pura ignorância) pensam que tudo está bem com o mundo e as moedas dos seus países. Ele é procurado por aqueles que acreditam que as coisas podem dar errado, ou de fato, que as coisas já passaram do ponto de dar tudo errado. Que verdadeiro crente pode ser alguém de posse de uma incrível riqueza, como foi o caso de Bernard Baruch em 1930, ou pode ser uma grande nação como a Alemanha ou a China de hoje. Quando o Secretário de Estado do Tesouro perguntou a Bernard Baruch por que ele estava comprando muito ouro, a resposta veio rapidamente de que ele “estava começando a ter dúvidas sobre o valor REAL da moeda.”



A China e Alemanha – a primeira, uma nação responsável por comprar quase todo o ouro no mercado aberto e a segunda nação, a mais rica da Europa, através do seu extensivo programa de repatriamento do estrangeiro de todo o seu ouro – sem dúvida, estão agindo duvidando até mesmo de suas próprias moedas. Até agora, nós não sabíamos ainda o grau em que essas dúvidas estavam se manifestando nos corredores ocultos do mercado de ouro do mundo inteiro. . . .Agora sabemos.

Nos primeiros oito meses de 2013 a China também PRODUZIU 270 toneladas de ouro de suas minas e, teoricamente, quase mais quatro vezes esse volume por meio de seu conduto dourado de compra de ouro entre Londres – Zurique – Hong Kong – Shanghai. Nos próximos anos, as operações de importação de ouro da China provavelmente vão ser consideradas um grande golpe de estado financeiro.

Andrew Critchlow, Business News Editor do The Daily Telegraph, explica que o consumo de matérias-primas da China faz com que:

“Seja apenas uma questão de tempo antes que a moeda chinesa o renminbi substitua o dólar como moeda internacional principal para comercialização de commodities (soja, milho, arroz, trigo, e outros alimentos tais como a carne), recursos energéticos como gás e petróleo e minério de ferro em TODO O PLANETA.”Ele chega a uma conclusão sinistra:


“A farsa do teto da dívida do GOVERNO DOS EUA em Washington e a crescente relutância da China em continuar financiando a economia dos EUA através da compra de seus títulos da dívida pública do Tesouro dos EUA (Treasury Security- Bill, Notes, Bonds e TIPS [Treasury Inflation Protected Securities],) e somando para a dívida da América algo próximo a US$ 17 trilhões de dólares (£ 10,5 trilhões de libras) uma enorme montanha de débito sugere que esta mudança tectônica no sistema internacional de comércio global pode estar tão próximo como virar uma esquina.”

Enquanto a atenção dos (especulativos) mercados financeiros ficou anexada na discussão teatral no congresso dos EUA do orçamento de Washington, o Reino Unido e a China entraram discretamente em uma mudança de jogo de acordo de swap de moedas que vai permitir que os dois países efetuem o comércio de bens e serviços diretamente em suas próprias moedas, reduzindo assim a UTILIZAÇÃO do dólar. “De repente”, disse Kathleen Brooks, diretora de pesquisa da Forex.com, “potencialmente não há mais nenhum risco em dólar.“



Os dois países seguiram rapidamente o acordo de swap (trocas comerciais) com um acesso mais fácil aos mercados financeiros chineses para os investidores britânicos, incluindo, podemos supor, as empresas financeiras de Londres, e o mesmo foi permitido para os bancos chineses em seu acesso ao mercado do Reino Unido. Contornando (ABANDONANDO) o dólar, deste modo o Reino Unido e a China estão enviando uma mensagem forte sobre o futuro do dólar como moeda de reserva (até aqui) única do mundo – tudo tomando o rumo de uma des-dolarização dos negócios internacionais no mundo”, como a agência de notícias estatal Xinhua da China publicou.

Zhu Baoliang, economista no Centro Estatal de Informação da China, uma unidade do Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma, a poderosa agência de planejamento estatal de pesquisa, disse ao Financial Times: “Nós precisamos continuar a diversificar. Mesmo sem este debate da dívida mais recente dos EUA, ainda seria necessário para a CHINA diversificar.”

Com este esforço, parece que a China e a Europa têm atravessado uma espécie de Rubicão e mudando o campo de atuação nos mercados financeiros. É uma coisa países como o Irã ou a Líbia desafiar a primazia do dólar, mas é outra coisa completamente diferente quando a China e a Europa resolvem fazê-lo.


Para saber mais sobre manipulação e fabricação de crises:
  1. http://thoth3126.com.br/o-ouro-e-o-fim-do-mundo/
  2. http://thoth3126.com.br/eua-barras-de-ouro-falsas-em-fort-knox
  3. http://thoth3126.com.br/o-ouro-dos-eua-nao-existe-mais/
  4. http://thoth3126.com.br/russia-investe-pesado-em-ouro/
  5. http://thoth3126.com.br/a-visao-das-provacoes-dos-estados-unidos-por-george-washington/
  6. http://thoth3126.com.br/eua-golpe-de-estado-a-vista-obama-um-ditador/
  7. http://thoth3126.com.br/algo-muito-grande-e-definitivo-esta-para-acontecer/
  8. http://thoth3126.com.br/barack-obama-segredos-e-mentiras-sem-fim/
  9. http://thoth3126.com.br/o-futuro-colapso-dos-e-u-a-previsto-por-jornal-da-russia/
  10. http://thoth3126.com.br/eua-a-beira-da-falencia/
  11. http://thoth3126.com.br/a-maior-fraude-financeira-da-historia-mundial/
Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

www.thoth3126.com.br



Por favor, respeitem todos os créditos

Arquivos em português:
http://rayviolet2.blogspot.com/search?q=ouro

Atualização diária

Se gostou! Por favor RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly 

Israel ou Cazária!?

achama.biz.ly email: nai@achama.biz.ly 


EN: VioletFlame * The Illuminati * Alternative Media * North Atlantic Islands * Indian Ocean Islands * South Atlantic Ocean Islands * Alternative Media * Creator's Map * ESU IMMANUEL * Exposing Media DesInformation * Galactic Federation * Indians, Prophecies and UFOs * Illuminati, The * Infinite Being * Israel (!?) * Jews..., the Real ones! * Khazars Jews are converted, not jenuine * Meditation * Media News * NESARA (!?) * SCIENCE, SPIRIT, Free Energy!... * UFO CONTACTS * UFOs (MORE) * USA The 4th NAZI Reich!? * Zionism Lies and The Illuminati * Light a Candle for PEACE * The Red Pill * The True Shadow Government

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub