Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

Julho 06, 2024

chamavioleta

O Medo

Os Escritos do Criador

Canal Jennifer Farley

 
 
 
Tradução a 5 de julho de 2024
 
 
De todas as emoções, o medo é uma das mais antigas e profundamente enraizadas na psique humana. A sobrevivência de todas as espécies dependeu dela para proteção e segurança. Para aqueles que percorrem o seu caminho, é importante lembrar o papel que desempenha na sua existência quotidiana. Em vez de trabalhar para eliminá-lo completamente, permita que o universo lhe mostre seu lugar em seu mundo. Todas as emoções, incluindo o medo, são tão grandes quanto você permite que elas se tornem.
 
 
 * a censura tem apagado alguns artigos

As minhas notas:
Deus, a Fonte da vida é puro amor incondicional, não um deus zeloso de [algumas das] religiões dogmáticas.
O Google apagou meus antigos blogs rayviolet.blogspot.com e
rayviolet2.blogspot.com, sem aviso prévio e apenas 10 horas depois de eu postar o relatório de Benjamin Fulford de 6 de fevereiro de 2023, acusando-me de publicar pornografia infantil.
(Uma Grande Mentira)

Free counters!Visitor Map
 

Maio 21, 2024

chamavioleta

Técnicas para alcançar a realização consciente

Por Kenneth Schmitt

Traduzido a 18 de maio de 2024

 
créditos: frasesdelavida.com
 
 
Se alguma vez houver uma vibração negativa em nossa presença, temos uma resolução para isso residindo em nossa consciência do coração. Se sentimos alguma ansiedade ou depressão, estamos mantendo energia negativa em nossa psique. Isso nos mantém em desacordo com o que realmente sabemos e queremos sentir no fundo. Ao prestar atenção a cenários de padrões energéticos que amamos apaixonadamente e pelos quais somos gratos, podemos nos alinhar com nosso verdadeiro conhecimento inato. Quando nossas vibrações estão alinhadas com nossa consciência do coração, podemos estar cientes de muitos padrões energéticos que não existiram para nós, porque não percebemos sua realidade em nossa consciência de espécie.
 
Como funciona a nossa realização? Significa tornar algo real na nossa experiência. É uma interação da nossa capacidade perceptiva com entidades subatómicas que se organizam de acordo com a nossa assinatura energética, que é a nossa expressão Vibratória. Em nosso desejo de ter experiências físicas, aceitamos caminhos de vida e dimensões que mantemos em nossa consciência. Muitos mais estão disponíveis para nós, e podemos ter qualquer um deles prestando atenção às suas vibrações energéticas. Não precisamos do conjunto completo de formas, sons e outros sentidos empíricos, mas devemos sentir as qualidades das energias percebidas.
 
Sempre que abrimos nossa consciência para a energia do nosso coração, sentimos vontade de apoiar a vitalidade e o aprimoramento da vida. Podemos encher-nos de gratidão, compaixão, amor e alegria. Isto abre a nossa consciência para a dimensão destes padrões energéticos, permitindo-nos sentir-nos a viver neste ambiente e dando-nos a percepção que cria experiências que ressoam com a nossa consciência do coração. Se nos alinharmos intencionalmente com o espectro da gratidão, do amor e da alegria, podemos estar conscientes da nossa consciência do coração e podemos perceber a realidade de uma vida baseada na aceitação incondicional e no amor.
 
Consistindo de seres energéticos subatômicos, quânticos e localizados, nossos corpos físicos se alinham com nossa assinatura energética, e nossas células expressam as qualidades que acreditamos serem reais. Ao resolver nossas crenças limitantes sobre nós mesmos, podemos abrir nossa realização para uma maior expressão do aprimoramento da vida. Ao abandonar todos os julgamentos e preconceitos sobre a vida, podemos estar cientes de uma maior extensão de consciência. Está tudo dentro da consciência do nosso próprio ser.
 
A nossa essência pessoal é a essência de todos. Somos todos fractais individualizados da consciência infinita. Ao prestar atenção em como nos sentimos profundamente sobre tudo em nossa consciência, podemos escolher inteligentemente com quais vibrações preferimos nos alinhar. Quando estamos claros, estas são as vibrações do nosso coração e estão cheias de amor e melhoria da vida. Ao prestar atenção à natureza fluida do nosso ambiente energético, podemos perceber uma realidade em expansão que está sendo criada em nossa consciência.
 
Kenneth Schmitt
 

As minhas notas:
Deus, a Fonte da vida é puro amor incondicional, não um deus zeloso de [algumas das] religiões dogmáticas.
O Google apagou meus antigos blogs rayviolet.blogspot.com e
rayviolet2.blogspot.com, sem aviso prévio e apenas 10 horas depois de eu postar o relatório de Benjamin Fulford de 6 de fevereiro de 2023, acusando-me de publicar pornografia infantil.
(Uma Grande Mentira)
Free counters!Visitor Map
 
 

Maio 04, 2023

chamavioleta

Consciencialização da orientação interior

Por Kenneth Schmitt

Traduzido a 3 de maio de 2023

 

 

A nossa orientação mais profunda, que vem de dentro, inspira-nos constantemente sobre como sermos seres mais radiantes e alegres em cada momento. Para estarmos conscientes da inspiração de saber tudo, que melhora a vida, temos de desejar estar presentes no seu espectro energético para além da consciência do ego. No nosso conhecimento inato para além do ego, tomamos naturalmente decisões maravilhosas sobre tudo o que experienciamos, e as nossas vidas correm suavemente em ressonância com a nossa força vital inata. Este é um caminho individual, e a sua realização deve vir de dentro de nós próprios.
 
Enquanto reagirmos à negatividade usando-a na nossa psique, criamo-la nas nossas experiências e sofremos as consequências. Isso diminui as nossas vidas. Compartimentámos a nossa consciência ao adoptarmos crenças limitadoras e negativas sobre nós próprios, resultando no medo que criámos. Sem a nossa interacção e força vital, a negatividade desaparece da nossa experiência. Em qualquer altura, podemos resolver e libertar as nossas crenças limitadoras, e podemos prestar atenção às pessoas e às coisas que nos inspiram com as energias do amor, da alegria e da beleza. Se estas energias preencherem a nossa consciência, abrimo-nos à realização em todos os sentidos. 
 
Como somos capazes de transcender a consciência do ego, libertando todos os medos e dúvidas, ganhamos acesso à nossa capacidade de criar o que quisermos e que irá melhorar as nossas vidas e todas as pessoas com quem interagimos. As nossas vidas tornam-se milagrosas e sem stress. Não é credível na consciência do ego, mas acontece a um nível energético e manifesta-se na nossa experiência. No nosso alinhamento mental e emocional apenas com a energia que melhora a vida, podemos viver numa dimensão mais elevada em paralelo com o reino da dualidade.
 
Ao percebermos que vivemos num vasto campo de energia electromagnética, contendo todos os tipos possíveis de expressão, e que somos moduladores dessa energia, podemos reconhecer a nossa capacidade criativa que emana dos nossos processos mentais e emocionais, filtrados pelas nossas crenças sobre nós próprios. Apesar de vivermos sob a influência de poderosas energias de escravização, somos os únicos que podem limitar a nossa capacidade criativa e impedir-nos de conhecer a nossa verdadeira essência.
 
As limitações pessoais são restrições mentais e emocionais artificiais que impusemos a nós mesmos por medo. Elas não têm essência própria e existem apenas porque as criamos com as nossas crenças. Quando penetramos profundamente na nossa essência, para além da consciência do ego, podemos abrir a nossa consciência para a consciência do coração e perceber a nossa presença na consciência universal
 
Kenneth Schmitt
 
 
 

 
Transcrito por  http://achama.biz.ly  com agradecimentos a: 
  

Dezembro 13, 2019

chamavioleta

Teri Wade.

Traduzido por Adriano Pereira

a 13 de dezembro de 2019.

 
 
 
 
 
 
.

 


A estória do pecado original é um jogo mental que as religiões do mundo jogam sobre a nossa psique.

Fazendo com que você se sinta inferior, precisando de orientação de uma fonte exterior.

É tudo uma estratégia brilhante para controlar as massas.

Todas as religiões organizadas são insanas...

 
Teri Wade.
 
 
Fonte: Facebook de Teri Wade
 
 
Teri Wade
 

 
 




Para outros artigos espirituais e denúncias por favor visite:
 


 


Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
A religião organizada é desnecessária à espiritualidade.
Excelentes ensinamentos dos mestres têm sido contaminados pelo controle dogmático dessas religiões.
Discernimento sim; julgamento não.
Com discernimento é possível alcansar o espírito da letra de qualquer escritura e é também bem mais fácil escutar a voz da alma que vem do coração.
 

 
Por favor, respeitem todos os créditos

 
 

Recomenda-se o discernimento.

 

Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.

 

 

Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.

 

 

Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

 
 

 
Atualização diária.
 
Free counters!



geoglobe1

 


 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub