Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

Março 27, 2024

chamavioleta

‘Hospício do Ocidente’ está mentindo sobre Ataque Terrorista em Moscou, acusa parlamentar britânico

Por Rússia Today

Posto por Thoth3126 a 27 de março de 2024


 

Washington e Londres foram muito rápidos em atribuir a culpa aos “terroristas islâmicos”, disse disse no domingo o deputado britânico George Galloway. A alegação dos EUA, do Reino Unido e dos seus aliados ocidentais [OTAN/G-7] de que o ataque terrorista mortal na Câmara Municipal de Crocus, nos arredores de Moscou, foi perpetrado pelo Estado Islâmico (EI, antigo ISIS) é muito provavelmente uma “grande mentira”.

 

Em seus programas de entrevistas Mother of All (MOATS), ele questionou a narrativa propagada por Washington e seus aliados imediatamente depois que quatro homens armados invadiram o local de concertos nos arredores da capital russa, matando mais de 130 pessoas e deixando mais de 180 feridas.

O porta-voz do Conselho de Segurança Nacional dos EUA, John Kirby, que comentou a tragédia quase imediatamente após o ataque, disse que Washington não viu “nenhuma indicação” de que ucranianos estivessem envolvidos. Mais tarde, algumas PRE$$TITUTA$ dos meios de comunicação ocidentais, incluindo a Reuters e a CNN, relataram que o EI-DAESH-ISIS [escolha uma das sopas de letras] assumiu a responsabilidade pelo ataque terrorista.

“Quando os EUA, o Reino Unido e outros rapidamente tentaram tranquilizar-me de que foi apenas o ISIS [que] executou este assassinato em massa em Moscou, eu soube automaticamente que eles estavam a mentir”, disse Galloway.

Ele então apontou para o que chamou de atividades suspeitas e “inexplicáveis” de alguns políticos e autoridades ocidentais, incluindo a declaração do Conselheiro de Segurança Nacional dos EUA, John Kirby.

O legislador britânico chamou particularmente a atenção para o fato de o responsável norte-americano ter confirmado que Washington tinha apelado aos seus cidadãos para se manterem longe de locais lotados em Moscou ainda no início de março.

Kirby disse que a embaixada dos EUA na Rússia emitiu um alerta de segurança em 7 de Março, alertando que “extremistas” estavam a planejando um ataque iminente em Moscou. Ele ainda negou que tenha algo a ver com a agressão da última sexta-feira. “Não creio que isso tenha relação com este ataque específico”, disse ele.

Galloway também destacou o fato de o antigo presidente dos EUA, Barack Obama, ter feito uma visita surpresa a Downing Street 10, sede do governo britânico em Londres, poucos dias antes do ataque em Moscou. “Ninguém, ninguém explicou a visita não anunciada”, disse ele.

As PRE$$TITUTA$ da mídia do Reino Unido informou no momento da visita que o ex-líder dos EUA teria discutido uma ampla gama de tópicos, incluindo IA, com o primeiro-ministro Rishi Sunak durante uma “visita de cortesia” de uma hora de duração. 

Há um mês (até hoje!) no Centro de Estudos Estratégicos e Internacionais, Victoria “Fuck a UE” Nuland prometeu que a Ucrânia permitiria “acelerar a Guerra Assimétrica que tem sido mais eficaz” e que Putin pode ter “certeza de enfrentar algumas surpresas desagradáveis”. Nuland deixou o cargo de Vice-Secretária de Estado 10 dias antes deste vídeo. Civis de Moscou foram mortos hoje num ato de terrorismo (a Guerra “Assimétrica“)”.

Outro episódio mencionado por Galloway envolveu a subsecretária de Estado para Assuntos Políticos dos EUA, Victoria Nuland, que prometeu algumas “boas surpresas ASSIMÉTRICAS no campo de batalha” para Moscou este ano. “A Ucrânia terá um grande sucesso”, disse ela em janeiro, sem fazer mais comentários sobre o assunto, duas semanas antes de ser demitida do cargo.

 

Galloway citou estes fatos como “peças de prova” sugerindo que “os EUA, os seus aliados da OTAN e o seu marionete… [o] estado da Ucrânia… foram de fato responsáveis ​​por este assassinato em massa em solo russo”.
 
 
O Google apagou meus antigos blogs rayviolet.blogspot.com e
rayviolet2.blogspot.com, sem aviso prévio e apenas 10 horas depois de eu postar o relatório de Benjamin Fulford de 6 de fevereiro de 2023, acusando-me de publicar pornografia infantil.
(Uma Grande Mentira)

Free counters!Visitor Map
 

Março 07, 2024

chamavioleta

BRICS+5 criará Sistema de Pagamento Baseado em Blockchain – assessor de Putin

Por Rússia Today

Posto por Thoth3126 a 6 de março de 2024

 

 

O grupo BRICS de economias emergentes planeja criar um sistema de pagamento baseado em tecnologias digitais, disse Yury Ushakov, assessor sênior de política externa do presidente russo Vladimir Putin, à TASS em entrevista publicada na terça-feira. Segundo Ushakov, o sistema estaria “fora da política” e não dependeria de agendas nacionais ou das moedas fiduciárias de países ao redor do mundo.

A medida estaria em linha com os planos do grupo de países do BRICS+5 para reduzir a dependência de moedas e mecanismos financeiros ocidentais, especialmente o ‘armado’ dólar dos EUA.

Fonte: Rússia Today

“Acreditamos que um objetivo importante para o futuro é a criação, no âmbito do BRICS+5, de um sistema de liquidação de pagamentos independente que seja baseado nas tecnologias mais modernas, como moedas digitais e blockchain”, afirmou Ushakov. “Seria confortável para qualquer estado, pessoa e empresa e não exigiria custos significativos.” O assessor presidencial de Putin não especificou os detalhes nem o prazo para o desenvolvimento do novo sistema.

Ushakov observou que o BRICS+5 pretende concentrar-se em 2024 no aumento do seu papel nos sistemas monetários e financeiros internacionais. A Rússia detém atualmente a presidência rotativa do grupo e Moscou tem sublinhado repetidamente que a sua prioridade é aumentar os pagamentos em moedas nacionais dentro do bloco em detrimento do dólar dos EUA.

“Continuaremos a trabalhar no desenvolvimento do Arranjo Contingente de Reservas (CRA), principalmente em termos da utilização de moedas alternativas ao dólar americano”, afirmou Ushakov. O CRA dos BRICS+5 é essencialmente uma reserva comum de moedas à disposição dos membros em caso de crise de liquidez, concebida para lhes proporcionar os meios para negociarem sem problemas, mesmo sob intensa pressão, como sanções internacionais.

Os BRICS+5, que anteriormente incluíam Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul, registaram uma grande expansão este ano, quando a Arábia Saudita, o Irã, a Etiópia, o Egito e os Emirados Árabes Unidos aderiram em Janeiro ao bloco. Ao longo do ano passado, os países BRICS abandonaram rapidamente a utilização do dólar e do euro em liquidações entre países dentro do bloco.

 

Em vez disso, impulsionaram a utilização de suas próprias moedas nacionais, especialmente porque as sanções ocidentais relacionadas com a guerra na Ucrânia tornaram quase impossível para a Rússia realizar transações transfronteiriças utilizando dinheiro ocidental e sistemas de pagamento como o SWIFT e com o Irã, também sancionado, acontece o mesmo. A participação das moedas nacionais nos acordos da Rússia com os países BRICS+5 saltou para 85% no final de 2023, contra apenas 26% há dois anos.

 

As minhas notas:
Deus, a Fonte da vida é puro amor incondicional, não um deus zeloso de [algumas das] religiões dogmáticas.
O Google apagou meus antigos blogs rayviolet.blogspot.com e
rayviolet2.blogspot.com, sem aviso prévio e apenas 10 horas depois de eu postar o relatório de Benjamin Fulford de 6 de fevereiro de 2023, acusando-me de publicar pornografia infantil.
(Uma Grande Mentira)

Free counters!Visitor Map
 

Fevereiro 17, 2023

chamavioleta

Investigadores afirmam que Grupo judeu khazar (cazar) supostamente manipulou Mais de 30 Eleições em todo o mundo

Por Rússia Today

Posto por Thoth3126 a 15/02/2023

 
Investigadores afirmam que grupo israelense está se Intrometendo em Eleições em países por todo o mundo. ‘Team Jorge’ teria implantado milhares de bots para mudar a opinião pública em favor de um candidato. Um grupo secreto israelense supostamente manipulou mais de 30 eleições em todo o mundo usando hacking e técnicas de desinformação de última geração, de acordo com uma investigação conduzida por um consórcio internacional de jornalistas.
 

Vários meios de comunicação, incluindo o Guardian, Le Monde, ZDF, Der Spiegel e El Pais, investigaram uma equipe de empreiteiros conhecida como ‘Team Jorge’, dirigida por Tal Hanan, um ex-agente dos serviços secretos israelenses de 50 anos. Este último negou qualquer irregularidade.

Para expor as supostas operações clandestinas do grupo, os repórteres se fizeram passar por clientes em potencial enquanto gravavam secretamente várias horas de filmagens dentro das reuniões com os membros da unidade

Tal Hanan teria dito aos repórteres que seus serviços poderiam ser usados ​​tanto por empresas privadas quanto por agências de inteligência, com operações ocorrendo na Europa e na África, bem como nas Américas do Norte, Central e do Sul.

Em um videoclipe divulgado pelo The Guardian na quarta-feira, o próprio Hanan parece se gabar de que seu grupo completou “33 campanhas presidenciais … 27 das quais foram bem-sucedidas”. Ele também disse que participou de dois “grandes projetos” nos EUA, acrescentando que não se envolve diretamente na política do país.

De acordo com a investigação, o ‘Team Jorge’ cobraria de seus clientes entre € 6 e € 15 milhões (US$ 6,4–a $ 16 milhões de dólares) para interferir nas eleições.

Durante as reuniões com os kornalistas disfarçados, a equipe judeu khazar teria demonstrado seus métodos para influenciar as eleições, que incluíam hacking cibernético e operações especiais

A ferramenta-chave no arsenal do grupo, no entanto, parece ser um pacote de software chamado Advanced Impact Media Solutions, ou Aims. Com sua ajuda, acredita-se que o grupo esteja controlando cerca de 30.000 bots sofisticados em várias plataformas de mídia social.

A equipe também alegou que plantou as informações necessárias em novos canais legítimos. Diante desse cenário, o canal de TV francês BFM suspendeu um de seus âncoras, Rachid M’Barki, depois que jornalistas disfarçados foram informados por um dos membros do ‘Team Jorge’ de que o grupo estava por trás de uma reportagem transmitida pelo canal. 

O próprio M’Barki disse ao Politico que “usou informações que [ele] recebeu de fontes” e que “elas não seguiram necessariamente o processo editorial usual”.

 
 

 
Transcrito por achama.biz.ly com agradecimentos a: 
 

 

Julho 16, 2022

chamavioleta

Mais Três Países, Arábia Saudita, Turquia e o Egito devem se afiliar ao BRICS
Fonte: Russia Today

rayviolet2.blogspot.com/2022/07/mais-tres-pai

O reino saudita, junto com a Turquia e o Egito, podem se inscrever na organização no próximo ano, disse o presidente do Fórum BRICS à mídia russa. As possíveis propostas de adesão dos três países podem ser discutidas e respondidas na cúpula do próximo ano na África do Sul, disse Purnima Anand, presidente da organização, à mídia russa nessa quinta-feira.

Mais Três Países, Arábia Saudita, Turquia e o Egito devem se afiliar ao BRICS

Fonte: Rússia Today

A Arábia Saudita, a Turquia e Egito planejam ingressar no BRICS, e suas possíveis propostas de adesão podem ser discutidas e respondidas na cúpula do próximo ano na África do Sul, disse Purnima Anand, a presidente da organização, à mídia russa na quinta-feira.

“Todos esses países demonstraram interesse em ingressar no [BRICS] e estão se preparando para se candidatar. Acredito que seja um bom passo, porque a expansão é sempre vista com bons olhos; isso definitivamente reforçará a influência global do BRICS”, disse ela ao jornal russo Izvestia.

As nações originais, criadoras do BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) representam mais de 40% da população global e quase 25% do PIB mundial. Os propósitos declarados do bloco incluem promover a paz, segurança, desenvolvimento e cooperação globalmente e contribuir para o desenvolvimento da humanidade...+
rayviolet2.blogspot.com/2022/07/mais-tres-pai

Julho 15, 2022

chamavioleta

EUA Buscam Guerra Direta contra a Rússia e a Bielorrússia
Fonte: Russia Today
https://rayviolet2.blogspot.com/2022/07/mais-tres-paises-arabia-saudita-turquia.html

O reino saudita, junto com a Turquia e o Egito, podem se inscrever na organização no próximo ano, disse o presidente do Fórum BRICS à mídia russa. As possíveis propostas de adesão dos três países podem ser discutidas e respondidas na cúpula do próximo ano na África do Sul, disse Purnima Anand, presidente da organização, à mídia russa nessa quinta-feira.

Mais Três Países, Arábia Saudita, Turquia e o Egito devem se afiliar ao BRICS

Fonte: Rússia Today

A Arábia Saudita, a Turquia e Egito planejam ingressar no BRICS, e suas possíveis propostas de adesão podem ser discutidas e respondidas na cúpula do próximo ano na África do Sul, disse Purnima Anand, a presidente da organização, à mídia russa na quinta-feira.

“Todos esses países demonstraram interesse em ingressar no [BRICS] e estão se preparando para se candidatar. Acredito que seja um bom passo, porque a expansão é sempre vista com bons olhos; isso definitivamente reforçará a influência global do BRICS”, disse ela ao jornal russo Izvestia.

As nações originais, criadoras do BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) representam mais de 40% da população global e quase 25% do PIB mundial. Os propósitos declarados do bloco incluem promover a paz, segurança, desenvolvimento e cooperação globalmente e contribuir para o desenvolvimento da humanidade...+
https://rayviolet2.blogspot.com/2022/07/mais-tres-paises-arabia-saudita-turquia.html

Outubro 22, 2019

chamavioleta



Gantz vai formar novo governo em 28 dias.

https://www.rt.com/ – https://www.nytimes.com.

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

 
 
.
 
 
 

 
 

O primeiro-ministro Benjamin Netanyahu, de Israel, abandonou sua última tentativa de formar um governo na segunda-feira, abrindo caminho para seu principal rival, mas deixando um país dividido não mais perto de saber quem seria seu próximo líder. Resta saber se a decisão foi o começo do fim do primeiro ministro mais antigo de Israel, Netanyahu ou apenas mais uma reviravolta no impasse político que paralisa o governo há seis meses. O presidente Reuven Rivlin disse que daria a Benny Gantz o ex-chefe do exército (IDF) de Israel cujo partido ganhou mais um assento no parlamento do que o de Netanyahu nas eleições do mês passado, com o mandato de tentar se tornar o próximo líder do país.
 
 
Netanyahu falha em formar governo Israel recorre a Gantz. O presidente de Israel Reuven Rivlin oferecerá a chance de formar um governo para Benny Gantz. 
 
O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, disse que não conseguiu formar uma coalização para montar um novo governo. O presidente Reuven Rivlin deve conceder ao seu rival Benny Gantz 28 dias para formar uma coalizão depois que nenhum deles conseguiu maioria nas últimas eleições de setembro.

O momento pode marcar o fim da influência de um grande instrumento das trevas no Oriente Médio. Resta saber como será o novo governo
 
Netanyahu informou Rivlin na noite de segunda-feira que estava devolvendo o mandato para formar um governo. Em um vídeo no Facebook, Netanyahu disse que trabalhou incansavelmente para estabelecer um amplo governo de unidade nacional que é o que as pessoas querem em Israel.
Em comunicado, Rivlin disse que concederá a Gantz 28 dias para a tarefa de formar uma coalizão de governo. A decisão deve ser formalmente anunciada nos próximos dias.
Benny Gantz, cujo Partido Azul e Branco conquistou o maior número de cadeiras nas eleições de setembro, havia anteriormente rejeitado pedidos de Netanyahu para formar um governo de unidade envolvendo o seu partido Azul e Branco.
O partido Blue e White conquistou 33 cadeiras, enquanto o partido Likud, de Netanyahu, conquistou 32, ficando muito abaixo dos 61 necessários para formar um governo majoritário no Knesset, de 120 lugares (o parlamento israelense).
A admissão de Netanyahu vem antes do prazo de quarta-feira para formar um governo de coalizão e manter o seu cargo de Primeiro Ministro de Israel. Em sua declaração, Rivlin disse que conversaria com outras facções políticas sobre sua intenção de chamar Gantz para formar um novo governo.
Mas Gantz, um recém-chegado político que capitalizou os casos de corrupção pendentes contra Netanyahu, não tem um caminho claro para reunir a necessária maioria de 61 cadeiras no Parlamento de Israel. Ele tem 28 dias para tentar. Se ele falhar, Israel pode ser forçado a uma terceira eleição sem precedentes, uma perspectiva que poucos israelenses gostariam.
Dois dias antes do término do prazo de 28 dias, Netanyahu 70, que é primeiro-ministro desde 2009, disse a Rivlin que não conseguiu reunir a maioria parlamentar. “O tempo da rodada terminou e agora é hora de agir”, disse o partido Azul e Branco de Gantz em comunicado. “O azul e branco está determinado a formar o governo de unidade liberal liderado por Benny Gantz que o povo de Israel votou por um mês atrás”
Gantz resistiu aos pedidos de Netanyahu para se juntar a ele em um governo de unidade nacional, dizendo que ele não atuaria sob um primeiro-ministro enfrentando acusações de corrupção. Isso deixou em aberto a possibilidade de Netanyahu prevalecer sobre alguns parlamentares centristas para lhe dar a maioria. Agora ele terá a chance de tentar reunir a maioria argumentando que 80% dos israelenses concordam com 80% das questões que prometeu buscar um governo amplo com parceiros conservadores trabalhando “de fora para fora”
Benny Gantz, 60, leader of the centrist Blue and White party, will get the mandate to try and form a new Israeli government.
Benny Gantz, 60, líder do partido azul e branco centrista, terá o mandato de tentar formar um novo governo israelense – Crédito: Sergey Ponomarev para o New York Times
Mas conseguir o que Netanyahu não teve exito, poderia ser um grande feito, Gantz precisaria recrutar desertores da direita política, talvez dentro do partido Likud de Netanyahu, ou convencer o líder Avigdor Liberman do partido de direita Yisrael Beiteinu a fazer o que até agora parece impensável, colaborar com políticos árabes.
Netanyahu, que permanece primeiro-ministro até a formação de um novo governo, conta com Gantz para não forçar uma nova eleição. Em um vídeo postado em sua conta do Twitter na segunda-feira, logo após o fim do feriado de Sucot em Israel, Netanyahu disse que “trabalhou incansavelmente ao ar livre, mas também em segredo, em um esforço para formar um amplo governo de unidade nacional” com Gantz
“É isso que as pessoas querem”, escreveu Netanyahu. “É também isso que Israel precisa diante dos “desafios de segurança” que crescem dia após dia”.
 




Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
A religião organizada é desnecessária à espiritualidade.
Excelentes ensinamentos dos mestres têm sido contaminados pelo controle dogmático dessas religiões.
Discernimento sim; julgamento não.
Com discernimento é possível alcansar o espírito da letra de qualquer escritura e é também bem mais fácil escutar a voz da alma que vem do coração.
 

 
Por favor, respeitem todos os créditos


 
 


Recomenda-se o discernimento.

 


Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.


 

 

Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.

 

 

Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

 

 
Atualização diária.
 
Free counters!



geoglobe1


 


 

Outubro 15, 2019

chamavioleta


https://www.washingtonexaminer.com/

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

 
 
.
 
 
 

 
 

Você desconfia da cobertura da “Mídia Mainstream” (média convencional) sobre o que está acontecendo agora no norte da Síria entre os curdos e o exército turco? Você tem um bom motivo para estar desconfiado. A rede ABC exibiu imagens de vídeo supostamente chocantes na segunda e no domingo, alegando ser de uma batalha da linha de frente entre os curdos sírios e os turcos invasores. O único problema é que as imagens parecem vir de uma demonstração noturna de metralhadoras e outras armas na Knob Creek Gun Range, em West Point Kentucky, dentro dos EUA.
 
 

FAKE NEWS descarado na rede ABC ao afirmar que imagens de vídeo de Kentucky mostram ataque turco em “massacre” a civis curdos.

 
 
Em uma exibição quase inacreditável de extrema incompetência ou fake news proposital desmascarada, a rede de televisão ABC News transmitiu imagens de um show de armas no Kentucky, alegando que seria de massacre em ataque turco a civis curdos no norte da Síria, aliados que Donald Trump teria entregado à sua própria sorte ao retirar as tropas dos EUA da Síria.

A (des)organização de notícias fez a incrível, notável e humilhante confusão em seu programa World News Tonight no domingo e, pasmem, novamente no dia seguinte, no programa Good Morning America na segunda-feira. Ele foi apresentado em um pacote que foi fortemente crítico à decisão do presidente dos EUA, Donald Trump, de retirar tropas militares dos EUA do norte da Síria.
Com o impactante título “Abate na Síria”, o gráfico na tela gritou quando o âncora (palhaço) Tom Llamas apresentou a filmagem “Este vídeo aqui parece mostrar os militares da Turquia bombardeando civis curdos em uma cidade fronteiriça síria”, disse Llamas enquanto a fita rolava na tela, em um pseudo massacre na Síria.
“Este vídeo “obtido” pela ABC News parece mostrar a fúria do ataque turco à cidade fronteiriça de Tal Abyad”, disse o correspondente sênior estrangeiro Ian Pannell (com forte sotaque britânico), que está na Síria, na segunda-feira no Good Morning America. Enquanto ele falava, a ABC exibiu imagens mostrando militares não revelados disparando balas de grosso calibre (.50) em alvos não revelados, causando explosões maciças de fogo, de fato um pesado fogo de artilharia.
No início deste domingo, o âncora da ABC News, Tom Llamas, também transmitiu as imagens supostamente chocantes, alegando que mostrava um ataque feroz da Turquia a civis curdos. “A situação rapidamente descontrolada no norte da Síria. Uma semana desde que o presidente Trump ordenou que as forças americanas saíssem dessa região efetivamente abandonando os aliados dos EUA na luta contra [o Estado Islâmico]”, disse ele.
E Lhamas descreve o vídeo como foi ao ar na tela:
“Este vídeo parece mostrar aqui o bombardeio militar de civis curdos da Turquia em uma cidade fronteiriça síria. Os curdos que lutaram ao lado dos EUA contra o ISIS. Agora, relatos horríveis de atrocidades cometidas por combatentes turcos contra esses mesmos aliados”, acrescentou.
A introdução ao programa que ele ancorou, o ABC World News Tonight também alegou a filmagem como sendo de “Uma cidade fronteiriça bombardeada pelos militares da Turquia”
As filmagens seriam realmente impressionantes se realmente fossem do norte da Síria Seria horrível se mostrasse um ataque turco a civis curdos. Mas não mostra os fatos que os (pseudo) jornalistas narram, pois que as filmagens mostram entusiastas de armas norte americanos fazendo um show de pirotecnia fantástico. para uma audiência em Kentucky. De fato, o Machine Gun Shoot e o Military Gun Show, que envolvem as filmagens noturnas muito populares, são um evento semestral na faixa de armas de Kentucky. As pessoas adoram o show. 
Então houve apenas um sério e grande problema: o vídeo não era do norte da Síria, nem da invasão e massacre dos turcos na Síria e foi filmado a cerca de 10.000 km de distância durante o show de armas na Knob Creek Gun Range, perto de West Point Kentucky, nos Estados Unidos da América !!!!
A uso de armas ao ar livre é uma realização de shows dramáticos duas vezes por ano e eles foram imortalizados em vários vídeos do YouTube. A rede ABC reproduziu nacionalmente um vídeo de 2017 do show em seu caótico FAKE NEWS de domingo com direito à repetição na segunda pela manhã.
A exibição dos clipes mostra claramente que é a mesma cena, mas o vídeo foi editado PROPOSITALMENTE para cortar o público assistindo em primeiro plano.
ASSISTA AO VÍDEO ORIGINAL:
Depois de transmitir as imagens com as noticias falsas para a maioria das residências nos EUA, a ABC também enviou o vídeo para o YouTube. O vídeo foi excluído posteriormente quando a manipulação foi completa e vergonhosamente desmascarada pelo público.
O World News Tonight emitiu uma correção na segunda-feira dizendo que a ABC News “lamentava o erro”.
“Nós gravamos o vídeo que foi ao ar no ‘World News Tonight’ domingo e no ‘Good Morning America’ nesta manhã que “pareciam ser da fronteira síria” imediatamente depois que perguntas foram levantadas sobre sua precisão”, twittou a desmascarada rede de televisão.
O erro da ABC é ainda mais flagrante pelo fato de as imagens do show de armas de Kentucky terem se viralizado anteriormente em outra notícia falsa, quando foi alegado, em outra tentativa de FAKE NEWS,  que mostrava pseudo forças curdas destruindo tanques turcos em janeiro de 2018.
Parece que a ABC não emprega nenhum fato real no seu jogo de tentar iludir seus espectadores com noticias manipuladas, falsas e que são desmascaradas, deixando os seus apresentadores bem próximo da realidade, jornalistas transformados em meros marionetes, simples palhaços, noticiando FAKE NEWS.
Voce acreditaria em qualquer “notícia, informação, fatos” que esses jornalistas Fakes vomitam em suas telas de TV? … Bem-vindo ao show de horrores!




Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
A religião organizada é desnecessária à espiritualidade.
Excelentes ensinamentos dos mestres têm sido contaminados pelo controle dogmático dessas religiões.
Discernimento sim; julgamento não.
Com discernimento é possível alcansar o espírito da letra de qualquer escritura e é também bem mais fácil escutar a voz da alma que vem do coração.
 

 
Por favor, respeitem todos os créditos


 
 


Recomenda-se o discernimento.

 


Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.


 

 

Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.

 

 

Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

 

 
Atualização diária.
 
Free counters!



geoglobe1


 


 

Setembro 13, 2019

chamavioleta


www.rt.com.

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

2019/09/13

 
.
A primeira vítima da guerra é sempre a verdade.


Nos últimos 2 anos, espiões israelenses podem ter plantado dispositivos de interceptação de telefones celulares perto da Casa Branca e outros “locais sensíveis” em torno de Washington, DC, de acordo com um recente relatório explosivo. Eles provavelmente foram plantados para ouvir as comunicações do presidente Donald Trump e de seus assessores mais próximos, disse um ex-funcionário da Casa Branca ao Politico. O primeiro (um mentiroso contumaz) ministro israelense, Benjamin Netanyahu  nega que isso tenha acontecido.
 
 
Israel foi pego espionando mais uma vez a Casa Branca e o governo dos EUA?

Os dispositivos – comumente conhecidos como ‘StingRays’ – foram descobertos pelo Departamento de Segurança Interna em 2018, informa o Politico. Eles podem induzir as torres de telefones celulares a revelar dados de localização e outras informações de identificação, bem como o conteúdo das chamadas telefônicas.
 
 
“Deve ser o novo jardineiro… ele disse que estava “PLANTANDO” algumas coisas …
 
Eles provavelmente foram plantados para ouvir as comunicações do presidente Donald Trump e de seus assessores mais próximos, disse um ex-funcionário ao Politico.  Embora não esteja claro se a operação de espionagem foi bem-sucedida, um ex-alto funcionário da inteligência disse que era “bastante claro que os israelenses eram responsáveis pelos equipamentos”.
 
A revelação está longe de ser a primeira (e a última) operação de agentes de Israel desse tipo: operações de espionagem israelense direcionadas aos Estados Unidos têm sido um incômodo constante para as agências de inteligência americanas ao longo das décadas em que o estado judeu foi criado, com Washington chegando a nomear Israel como a principal ameaça de espionagem interna, segundo documentos divulgados pelo denunciante Edward Snowden.
Talvez o maior escândalo de espionagem entre EUA e Israel seja o de Jonathan Pollard, analista de inteligência norte americano que foi condenado sob a Lei de Espionagem em 1987 por passar material confidencial ao governo de Israel e condenado à prisão perpétua. Devido às diretrizes federais em vigor no momento de sua sentença, no entanto, Pollard foi liberado e posto em liberdade condicional após passar quase 30 anos atrás das grades, mas seu caso persiste como uma das poucas vezes em que bisbilhoteiros israelenses foram punidos.
No final dos anos 90, os israelenses também ouviram conversas diplomáticas sensíveis entre o presidente dos EUA Bill Clinton e o líder sírio Hafez Assad, de acordo com o autor britânico-israelense Ahron Bregman, que obteve transcrições das conversas confidenciais.
 
 
Nm episódio cômico, se não desconcertante, durante o “reinado” de Bill Clinton –narrado por Jeff Stein da Newsweek – um agente do Serviço Secreto sobre os detalhes de segurança do então vice-presidente Al Gore, disse que durante uma varredura no quarto de hotel do vice-presidente, ele ouviu um “som metálico de raspagem” vindo do teto do apartamento. Para sua surpresa, um homem logo saiu de um duto de aquecimento para o quarto de hotel – era um espião israelense.
“Ele meio que tossiu e o cara simplesmente voltou aos respiradouros”, disse o agente a Stein, acrescentando que, embora ache que o incidente “cruzou a linha” por comportamento condizente com aliados (alguém que os judeus consideram como seus vassalos), os israelenses não enfrentaram consequências.
Mais recentemente, os agentes israelenses voltaram seus interesses de espionagem para as negociações sobre o Irã a portas fechadas do governo Barack Obama, de acordo com um relatório de 2015 no Wall Street Journal, com os espiões de Israel ajudando o governo do primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu a obter os termos do acordo antes deles serem divulgados.
Assim como praticamente todas as revelações anteriores sobre espionagem, Netanyahu negou o relatório Politico inequivocamente na quinta-feira, sugerindo que eram ‘notícias falsas’, usando, como sempre, muitas palavras.
“Temos uma diretiva, eu tenho uma diretiva: nenhum trabalho de inteligência nos Estados Unidos, nenhum espião” , disse (um mentiroso psicopata) ele a uma multidão de repórteres na Rússia. “E é implementado vigorosamente, sem nenhuma exceção. [O relatório] é uma fabricação completa, uma fabricação completa”.
Um porta-voz da Embaixada de Israel nos EUA, Elad Strohmayer, também negou qualquer envolvimento de Israel, chamando o relatório de “absurdo”.  “Israel não realiza operações de espionagem nos Estados Unidos”, disse ele.
O presidente dos EUA, Donald Trump, disse que acha difícil acreditar que Israel possa ter espionado a Casa Branca usando dispositivos de espionagem de celulares depois de tudo o que ele fez por Israel – mas deixou em aberto a possibilidade de as acusações serem verdadeiras. “Eu não acho que os israelenses estejam nos espionando, eu realmente acharia isso difícil de acreditar”, disse Trump a repórteres do lado de fora da Casa Branca nessa quinta-feira, acrescentando que “meu relacionamento com Israel tem sido ótimo”.
A título de ilustração, o presidente dos EUA acatou o reconhecimento de Jerusalém como capital de Israel, bem como a reivindicação de Israel pela posse das Colinas de Golã (tomadas da Síria em 1967) e a saída do acordo nuclear de 2015 com o Irã, como queria o primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu.
“Tudo é possível, mas eu não acredito nisso”, disse Trump !!
 




Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
A religião organizada é desnecessária à espiritualidade.
Excelentes ensinamentos dos mestres têm sido contaminados pelo controle dogmático dessas religiões.
Discernimento sim; julgamento não.
Com discernimento é possível alcansar o espírito da letra de qualquer escritura e é também bem mais fácil escutar a voz da alma que vem do coração.
 

 
Por favor, respeitem todos os créditos

 
 

Recomenda-se o discernimento.

 

Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.

 

 

Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.

 

 

Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.
 


Para outros artigos espirituais e denúncias por favor visite:


 
Atualização diária.
 
Free counters!



geoglobe1

 


 

Fevereiro 15, 2019

chamavioleta



Satélites russos detectam rajadas de luz acima da TERRA que a ciência não consegue explicar.

Fonte: https://www.rt.com/.

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

 
 
Space Star GIF.
 
 
 
 

Cientistas russos dizem que um de seus satélites detectou fortes e excepcionais “explosões de luz” de alta potência enquanto sobrevoava orbitando dezenas de quilômetros acima da Terra. Eles dizem que o fenômeno misterioso não pode ser explicado por algo conhecido pela atual física moderna. “Ainda não sabemos sua natureza física” , disse à mídia Mikhail Panasyuk, chefe do Instituto de Pesquisa de Física Nuclear da Universidade Estadual de Moscou (Moscovo).
 
Fenômenos espaciais incomuns foram detectados na atmosfera da Terra antes, mas uma equipe que opera o satélite Lomonosov – em homenagem ao renomado cientista russo – diz que essas explosões são algo inteiramente novo.
“Ainda não sabemos sua natureza física” , disse à mídia Mikhail Panasyuk, chefe do Instituto de Pesquisa de Física Nuclear da Universidade Estadual de Moscou.


Flashes luminosos como esses são normalmente explicados por eventos climáticos, mas os céus sob o satélite estavam claros e limpos, sem tempestades, relâmpagos ou nuvens à vista. “O que causou estas explosões é uma questão ainda em aberto”,disse Panasyuk.

Fenômenos espaciais incomuns foram detectados na atmosfera da Terra por uma equipe que opera o satélite Lomonosov russo.  Enfraquecimento do campo magnético terrestre já vem afetando satélites
A atmosfera da Terra pode ser iluminada por flashes Ultra Violeta e explosões de eletricidade, mas estes são geralmente associados a nuvens de tempestade.  O escopo U.V. do satélite Lomonosov é projetado para estudar poderosos raios cósmicos, incluindo vários fenômenos de luz, raios gama e partículas magnetosféricas na atmosfera superior da Terra.
No entanto, isso provou ser uma tarefa desafiadora, já que a atmosfera está fortemente “infestada” com fontes de luz diversos, como luzes da cidade ou balizas de aeroportos, segundo Panasyuk.
A história surge menos de um ano depois que os astrônomos descobriram dezenas de potentes flashes de luz excepcionalmente rápidos que são diferentes de qualquer coisa observada no espaço pela astronomia moderna.
Os eventos se assemelham a criação de uma supernova – a explosão de grandes estrelas-sois no final de suas vidas – mas são muito mais fugazes, visíveis por apenas uma semana a um mês, disse Miika Pursiainen, da Universidade de Southampton, à RT.



Pode haver relação com mudanças no Campo Eletromagnético do planeta
Uma teoria por trás dessa descoberta dos astrônomos russos foi que uma estrela-sol quase no final de sua vida estava liberando grandes quantidades de material antes de sua explosão em um evento supernova, mas os cientistas precisarão de mais dados para chegar a uma conclusão definitiva.
 

artigo anterior - Todos os artigos
 

*


 
Por favor, respeitem todos os créditos


Recomenda-se o discernimento.






Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.


Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.


Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.


 


Atualização diária.


Free counters!


 
 
 
 
geoglobe1

 


 

Janeiro 25, 2019

chamavioleta



Trump anuncia acordo encerrando a mais longa paralisação do governo dos EUA.

Fonte:  https://www.rt.com/.

Tradução, edição e imagens:  

Thoth3126@protonmail.ch

 
 
.
 

 
 

O presidente dos EUA, Donald Trump, anunciou um acordo para reabrir o governo depois de mais de 34 dias de paralisação parcial, o mais longo fechamento (Shutdown) da história dos EUA – sem comprometer-se com a construção do muro de (da discórdia) fronteira sul com o México proposto por ele. Trump disse acreditar que os democratas e os republicanos estão dispostos a colocar seu partidarismo de lado para “colocar a segurança do povo americano em primeiro lugar”.
 
“Em pouco tempo, assinarei uma lei para abrir nosso governo por três semanas” , disse ele nesta sexta-feira no Jardim das Rosas da Casa Branca, acrescentando que os parlamentares trabalharão, desta vez, em uma solução mais permanente para a crise na fronteira sul com o México.
Trump disse acreditar que os democratas e os republicanos estão dispostos a colocar seu partidarismo de lado para “colocar a segurança do povo americano em primeiro lugar”.
Donald J. Trump@realDonaldTrump
 
https://www.
TFJub1dwUXd8MXluS09PVnJnUG5LUorosZ44o0IFavviVimZj0zbMXvAXZvt3NqDBpZIxyiU?t=1s 

The White House @WhiteHouse

President Trump Delivers Remarks Regarding the Shutdown
pscp.tv
30,8 mil pessoas estão falando sobre isso
 
 
 
O presidente agradeceu aos trabalhadores federais e suas famílias por “sua devoção diante das dificuldades”. Cerca de 800 mil funcionários do governo foram deixados sem seu contracheque por um mês, e muitos ainda precisam trabalhar. Embora Trump não tenha revelado nenhum detalhe do acordo, ele falou extensivamente em seu discurso sobre o muro fronteiriço ao México proposto por ele, dando argumentos para sua construção.
O presidente ampliou os atos que podem ser cometidos por criminosos que chegam ao país através da fronteira, desde tráfico de drogas até assaltos a mulheres. Ele disse que os cartéis, as gangues transnacionais e os traficantes de pessoas estão “descaradamente violando as leis americanas e aterrorizando comunidades inocentes”.
Se o Congresso não produzir um acordo justo nas próximas três semanas, disse Trump, o governo vai fechar novamente em 15 de fevereiro, ou usará os poderes de emergência dados a ele pela Constituição para tratar da emergência na fronteira.
 
Após o discurso do presidente, tanto o líder da maioria na Câmara, Mitch McConnell (R-Kentucky) quanto o líder da minoria Chuck Schumer (D-Nova York) disseram no Senado que trabalharão juntos, concentrando-se em áreas onde ambas as partes concordam.
 
 
Trump disse que  seria o dono da paralisação” durante as negociações com os congressistas democratas em dezembro. Depois que os democratas do Senado bloquearam a proposta aprovada pela Casa Republicana de doar US $ 5,7 bilhões para a construção do polêmico muro, o governo entrou em uma paralisação parcial em 22 de dezembro. Em mais de 34 dias, é a mais longa interrupção dos serviços governamentais na história dos EUA.
Durante o fechamento, Trump percorreu a fronteira, dirigiu-se ao país a partir do Salão Oval e até mesmo preparou um rascunho da declaração de situação de emergência nacional – de acordo com relatórios – mas decidiu não usá-lo.
 
Os democratas têm repetidamente prometido que nunca autorizarão qualquer financiamento para o muro da fronteira, nunca. A presidente da Câmara dos Deputados Nancy Pelosi (D-Califórnia) foi tão longe a ponto de des-convidar Trump a fazer o discurso do Estado da União (State of the Union) até que o governo reabra. O acordo proposto por Trump, que incluiria um “pagamento inicial” em troca de algumas proteções para imigrantes trazidos para os EUA ilegalmente, foi abatido antes de ser tornado público.

artigo anterior

*
Todos os artigos



 
Por favor, respeitem todos os créditos


Recomenda-se o discernimento.






Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.


Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.


Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.


 


Atualização diária.


Free counters!


 
 
 
 
geoglobe1

 


 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub