Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

Natal 2020!

Natal 2020!Por Talita Rebello.a 15 de dezembro de 2020.    Acordei com algumas mensagens de Natal, votos de renascimento, de tempos melhores. Mas eu só conseguia pensar no quanto Jesus foi um revolucionário. Um homem de carne e osso que caminhou mostrando às pessoas que, sim, podemos ser melhores. Mostrando que não existe nada que nos marque definitivamente: sempre podemos escolher uma nova estrada. Mostrando que algumas coisas não deixam de ser erradas, só porque todo mundo (...)

Estrada de tijolos amarelos

Estrada de tijolos amarelosPor Talita Rebello.a 15 de dezembro de 2020.      A curiosidade sempre foi minha companheira. Sempre questionei, sempre fui sedenta por novos horizontes, novas possibilidades, novas habilidades. Caminho sobre a Terra como se em busca (...)

Eu, lírio

Eu, lírioPor Talita Rebello.a 28 de setembro de 2020.      Há dois anos venho regando um lírio que nunca floresceu. Lembro-me do dia em que o ganhei de presente. Lembro-me do pequeno bulbo nas mãos da Carmen, envolto em um tule branco. Plantei-o imediatamente. Rapidamente (...)

Eu, babosa

Eu, babosaPor Talita Rebello.a 19 de setembro de 2020.       Eu tenho uma babosa especial. Folhas largas, longas, carnudas. Um verde difícil de descrever. Pura potência. Ela ficou grande demais para o vaso em que estava e, depois de anos, decidi transferí-la a um vaso (...)

Profundamente

ProfundamentePor Talita Rebello.a 14 de setembro de 2020.    .       Tempos difíceis nos permitem explorar as nossas fraquezas. Quando não há distrações, quando não há para onde fugir, encarar as verdades por trás das aparências é obrigatório. Podemos passar a vida (...)

O Dia Fora do Tempo

O Dia Fora do TempoPor Talita Rebello.a 25 de Julho de 2020.   .       Minutos antes do nascer do sol do dia 26 de julho, Sirius retorna aos céus em todo o seu esplendor, abrindo o Portal de Leão e trazendo o ano novo para os Maias e para os Egípcios. O dia que antecede o ano novo é chamado de Dia Fora do Tempo. Tem esse nome porque não pertence ao passado, nem ao futuro: é um hiato no tempo. Completamente fora da linearidade, um dia cheio de significado para os povos que (...)

Minha primeira Maria

Minha primeira MariaPor Talita Rebello.a 2 de Junho de 2020.   .       A minha Vó, minha primeira Maria, nasceu em 1920.   Até casar - aos 16 anos - estudou em um colégio interno que ficava a quase 300 km da cidade em que moravam os pais. Duas vezes por ano o seu pai organizava uma comitiva para busca-la e leva-la para a escola. Iam a cavalo, entre cobras e jaguatiricas. Dormiam em pousos distribuídos ao longo do caminho, atravessavam rios, tomavam chuva (abençoada memória, (...)

Aos homens da minha vida

Aos homens da minha vidaPor Talita Rebello.a 2 de Junho de 2020.   .       Aos homens da minha vida: Carl Jung escreveu: "A imagem do pai possui um poder extraordinário. Ela influencia a vida psíquica da criança de maneira tão forte que convém perguntar se podemos atribuir tal força mágica a um simples ser humano. Obviamente ele a possui, mas a questão é se ela realmente é sua propriedade. O homem “possui” muitas coisas que ele nunca adquiriu, mas herdou dos (...)

Para voar.

Para voar.Por Talita Rebello.a 23 de maio de 2020.   .       Em uma propaganda, ouvi:  Nosso foco era o espaço, queríamos conquistá-lo, mas, quanto mais alto subíamos, mais bonita era a visão da Terra. Era o que havia de mais bonito para se ver lá de cima. De qualquer ângulo, a qualquer momento. Os mares, as nuvens, os continentes se iluminando com o cair da noite.  Qualquer que seja a busca exterior, em algum momento, ela vai nos direcionar ao interior.  Podemos (...)

Um sonho. Uma chance.

Um sonho. Uma chance.Por Talita Rebello.a 16 de maio de 2020.   .       Eu estava em pé naquela colina... e era a única.   Lembro que eu vestia uma espécie de armadura, segurava uma espada e estava em posição de defesa.   Cansada, mas disposta a lutar.   Não havia mais ninguém lá. Apenas corpos caídos por todos os lados.  Um olhar mais demorado mostrou-me que aqueles corpos deitados eram todos meus.  Cada um deles.  À esquerda havia um portão. Ele (...)