Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

Novembro 03, 2015

chamavioleta

Triângulo das Bermudas e seus mistérios (ecos de Atlântida?)

Tradução, edição e imagens: Thoth3126@gmail.com

O Triângulo das Bermudas e os seus Mistérios. Definido geralmente como uma área triangular cujos vértices se assentam sobre a costa da Flórida-EUA, Puerto Rico e Ilhas Bermudas, respectivamente.


Fonte: http://www.electronicfog.com/

Publicado anteriormente a 15/05/2015





O Triângulo das Bermudas e os seus Mistérios


Definido geralmente como uma área triangular cujos vértices se assentam sobre a costa da Flórida-EUA, Puerto Rico e Ilhas Bermudas, respectivamente.

O Triângulo das Bermudas é um dos mitos modernos mais populares e é tido como um dos mais insondáveis mistérios do nosso planeta ou, pelo menos, assim nos querem fazer crer, havendo também quem o ligue e aos seus fenômenos com o mito da Atlântida, o continente perdido.

Tradução, edição e imagens: Thoth3126@gmail.com

O Triângulo das Bermudas e os seus Mistérios. Definido geralmente como uma área triangular cujos vértices se assentam sobre a costa da Flórida-EUA, Puerto Rico e Ilhas Bermudas, respectivamente.

Fonte: http://www.electronicfog.com/

Diz-se que, neste triângulo, ocorreram fenômenos inexplicáveis, entre os quais o desaparecimento de vários navios e aviões após terem relatado “anomalias no horizonte e no céu e avaria nos seus instrumentos de navegação”.

A região do Triângulo demarcada no mapa, entre Fort Lauderdale, Porto Rico e Bermuda, (Bimini fica dentro dessa área) onde ocorreu a maior incidência de desaparecimentos de pessoas, barcos, navios e aviões com seus tripulantes e cargas.



O início do mistério: desaparecimento de vários navios e de uma esquadrilha de 5 aviões bombardeiros Avenger, o famoso Vôo 19

Foi em 1950 que num artigo da autoria de E.V.W. Jones, o Mundo tinha pela primeira vez conhecimento de que estranhos fenómenos ocorriam naquela zona do Oceano.

Dois anos depois, George Sand, num artigo para a revista Fate, usa pela primeira vez a expressão “Triângulo das Bermudas” para relatar o estranho desaparecimento de vários navios e de uma esquadrilha de 5 aviões bombardeiros Avenger, o Vôo 19, semelhantes ao da foto do lado. Estes aviões teriam desaparecido após uma última comunicação do líder da esquadrilha via rádio com a sua base em terra: “Estamos entrando em águas brancas. Nada parece normal. Não sabemos onde estamos. A água está verde. Não! Branca.” Destes homens nunca mais se voltou a ser encontrado o menor vestígio.

Explicações sobrenaturais

O Triângulo das Bermudas (também conhecido como Triângulo do Diabo) é uma área que varia de tamanho, aproximadamente de 1,1 milhão de km² até 3,95 milhões de km². Essa variação ocorre em virtude de fatores climáticos, geográficos e geofísicos da região, que influem decisivamente no cálculo de sua área, situada no Oceano Atlântico, acima de Cuba, entre as ilhas Bermudas, Porto Rico e Fort Lauderdale (Flórida-EUA). A região notabilizou-se como palco de diversos desaparecimentos de aviões, barcos de passeio e navios, alguns com a tripulação completa também desaparecendo, para os quais se popularizaram explicações extrafísicas e/ou sobrenaturais.

Uma das possíveis explicações para estes fenômenos de desaparecimento são os distúrbios no campo eletromagnético da Terra que esta região sofreria. Um dos casos de desaparecimentos mais famosos é o chamado voo 19 da USAF. Muito embora existam diversos eventos anteriores, os primeiros relatos mais sistemáticos começam a ocorrer entre 1945 e 1950 (n.T. – coincide com o começo das pesquisas do Projeto Philadelphia, da Marinha dos EUA). Alguns traçam o mistério até Colombo. Mesmo assim, os incidentes vão de 200 a não mais de 1000 nos últimos 500 anos. Howard Rosenberg afirma que em 1973 a Guarda Costeira dos EUA respondeu a mais de 8.000 pedidos de ajuda na área e que mais de 50 navios e 20 aviões se perderam na zona, durante o último século.

Muitas teorias foram dadas para explicar o extraordinário mistério dos aviões e navios desaparecidos. Extraterrestres, resíduos de cristais da Atlântida, humanos com armas antigravidade ou outras tecnologias esquisitas, vórtices da quarta dimensão, estão entre os favoritos dos escritores de fantasias. Campos magnéticos estranhos, flatulências oceânicas (gás metano do fundo do oceano) são os favoritos dos mais técnicos. O clima no local (tempestades, furacões, tsunamis, terremotos, ondas, correntes marítimas), e outras causas naturais e humanas são as favoritas entre os investigadores céticos.

História e evolução

Desde a era das Grandes Navegações, nos séculos XV e XVI, as naus que viajavam da Europa para as Américas passavam continuamente por esta área para aproveitar os ventos da Corrente do Golfo. Depois, com o desenvolvimento das máquinas a vapor e dos barcos com motores de combustão interna, grande parte do tráfego do Atlântico Norte já não passava mais por esta área.





A Corrente do Golfo, uma área com clima instável (conhecida por seus furacões), também passa pelo triângulo ao sair do Mar do Caribe em direção ao norte. A combinação de um intenso tráfego marítimo e o clima instável pode ter feito com que alguns barcos entrassem em tempestades e se perdessem sem deixar pistas, principalmente antes do desenvolvimento das telecomunicações, do radar e dos satélites no final do século XX.

A primeira obra documentada sobre os desaparecimentos nesta área foi lançada em 1950, por E. V. W. Jones, jornalista da Associated Press, que escreveu algumas matérias sobre o sistemático desaparecimentos de barcos no triângulo. Jones disse que os desaparecimentos de barcos, aviões e pequenos botes eram “misteriosos”. E deu a esta área o nome de “Triângulo do Diabo”. Em 1952, George X. Sand afirmou em um artigo da Revista do Destino que nesta área aconteciam “estranhos desaparecimentos marinhos”.

Em 1964, o escritor sensacionalista Vincent Gaddis criou o termo “Triângulo das Bermudas” em um artigo da revista Argosy. Um ano depois publicou o livro Invisible Horizons: True Mysteries of the Sea (“Horizontes Invisíveis: os Verdadeiros Mistérios do Mar”), onde incluía um capítulo chamado “O Mortal Triângulo das Bermudas”. Geralmente, Gaddis é considerado o “inventor” do nome Triângulo das Bermudas.

Mas foram dez anos depois, em 1974, que o mistério tornou-se um mito, através de Charles Berlitz e seu livro “O Triângulo das Bermudas”, onde ele pegou alguns textos de Gaddis e recompilou alguns casos de desaparecimentos. Foi depois da publicação desse livro que os eventos foram conhecidos através da imprensa de uma forma mais abrangente. Após acharem a cabeça de um homem no mar todos afirmaram que havia coisas sobrenaturais. Recentemente um canal de TV americano, especializado em ficção científica, produziu uma mini-série com o nome de The Bermuda Triangle: Startling new secrets…(2005).

Possíveis explicações “naturais”

Note que algumas não são ”cientificamente” aceitas.

- Anomalias no campo eletromagnético do planeta Terra; restos de cristais ainda ativos geradores de energia em Atlântida, o continente perdido, que teria afundado naquela região, que ainda poderiam estar ativos; a teoria conspiratória forjada para desenvolver reações no mundo da Guerra Fria EUAxURSS; Alienígenas extraterrestres; monstros marinhos; redemoinhos gigantes no oceano, etc.

Alguns escritores têm usado alguns conceitos sobrenaturais para explicar os eventos no triângulo. Uma explicação é de uma suposta tecnologia do continente perdido de Atlântida. Às vezes conecta-se esta história à formação rochosa submersa conhecida como Bimini Road (“Estrada de Bimini”), perto da ilha de Bimini, nas Bahamas, que está inserida dentro da área do triângulo em alguns casos. Seguidores do médium psíquico Edgar Cayce (o Profeta Adormecido) tiveram a previsão de que a evidência de Atlântida seria encontrada em 1968, referindo-se à descoberta de Bimini Road. Alguns descrevem a formação como uma estrada, uma parede, ou outra estrutura, apesar dos geólogos considerarem isso como sendo de origem natural.





Nesta região o fenômeno UFO também é muito testemunhado, inclusive com grandes espaçonaves entrando, navegando sob as águas do oceano e alçando voo desde o fundo do mar.

Outros escritores atribuíram os eventos aos OVNIs. Esta ideia foi usada por Steven Spielberg em seu filme de ficção científica Contatos Imediatos de Terceiro Grau, que mostra os tripulantes do voo 19 como alienígenas abduzidos. Charles Berlitz, neto de um ilustre poliglota e autor de vários livros de fenômenos anormais, tem deixado em linha com sua extraordinária explicação, e atribuiu os desaparecimentos no triângulo como uma anomalia ou forças inexplicáveis.

Também tem sido pensado que o triângulo é um buraco de minhoca (Wormhole-uma anomalia eletromagnética que criaria um buraco em nosso espaço/tempo)

Variações e defeitos nas bússolas

Os problemas com bússolas são um dos mais citados em vários incidentes no triângulo. Enquanto alguns têm teorizado que anomalias magnéticas locais incomuns podem existir nesta área, tais anomalias não têm sido reveladas como existentes. Também deve ser lembrado que as bússolas têm variações magnéticas naturais em relação aos pólos magnéticos. Por exemplo, nos Estados Unidos os únicos lugares onde o pólo norte magnético e o pólo geográfico são exatamente os mesmos estão em uma linha passando do estado do Wisconsin até o Golfo do México. Navegadores têm sabido disso por séculos. Mas o público pode não estar informado, e as pessoas pensam que lá existe alguma coisa misteriosa sobre a “mudança” na bússola sobre uma área tão larga quanto o triângulo, o que naturalmente pode acontecer.

Listagem de eventos

- 1840 – Rosalie – embarcação francesa encontrada meses após o seu desaparecimento, na área do Triângulo das Bermudas, navegando com as velas recolhidas, a carga intacta, porém sem vestígios de sua tripulação.

- 1872 – Mary Celeste – Apesar do navio ter sido abandonado na costa de Portugal, ele teria antes supostamente batido em um recife perto da costa de Bermuda.

- 1880 – Atlanta – Fragata britânica, desapareceu em Janeiro, com 290 pessoas a bordo.

- 1902 – Freya – embarcação alemã, ficou um dia desaparecida. Saiu de Manzanillo, em Cuba no dia 3 de outubro. Foi encontrada no dia seguinte, no mesmo local de onde havia saído, porém sem nenhuma pessoa a bordo: todos os tripulantes desapareceram.

- 1909 – The Spray – pequeno iate do aventureiro canadense Joshua Slocum, que desapareceu nesta área.

- 1917 – SS Timandra – embarcação que iria para Buenos Aires que tinha partido de Norfolk (Virgínia) com uma carga de carvão, e uma tripulação de 21 passageiros. Não emitiu nenhum sinal de rádio.

- 1918 – Cyclops – embarcação carregada com 19.000 toneladas de aprovisionamentos para a Marinha Norte-americana, com 309 pessoas a bordo. Desapareceu com tripulantes e carga a 4 de março em mar calmo, sem emitir aviso, mesmo dispondo de rádio. Ele partiu do Rio de Janeiro em 16 de fevereiro e, após uma rápida parada em Barbados, entre 3 e 4 de março, nunca mais foi visto. Todos as 306 pessoas, entre passageiros e tripulação, desapareceram sem deixar rastro.





O USS Cyclops ancorado no rio Hudson em 3 de outubro de 1911 Imagem cedida pelo New York Navy Yard/Navy Historical Center

- 1921 – Carroll. A. Deering – cargueiro que afundou no cabo Hatteras, cerca de 1000 km a oeste das ilhas Bermudas.

- 1925 – Raifuku Maru – embarcação que afundou em uma tempestade a cerca de 1000 km ao norte das ilhas Bermudas.

- 1925 – Cotopaxi – embarcação desaparecida próximo a Cuba.

- 1926 – SS Suduffco – embarcação que afundou em um furacão no triângulo.

- 1931 – Stavenger – cargueiro desaparecido com 43 homens a bordo.

- 1932 – John and Mary – embarcação desaparecida em Abril. Foi encontrada posteriormente à deriva, a cerca de 80 quilômetros das ilhas Bermudas.

- 1938 – Anglo-Australian – embarcação desaparecida em Março, com uma tripulação de 39 homens. Pediu socorro quando estava próxima ao Arquipélago dos Açores.

- 1940 – Gloria Colite – embarcação desaparecida em Fevereiro. Foi encontrada com tudo intacto, mas sem a tripulação.

- 1942 – Surcouf – submarino francês que foi atacado pelo cargueiro norte-americano Thompson Lykes perto do Canal do Panamá, cerca de 1800 km do triângulo

- 1944 – Rubicon – cargueiro cubano desaparecido em 22 de outubro. Foi encontrado mais tarde pela Guarda Costeira Norte-americana próximo à costa da Flórida.

- 1945 – Super Constellation – aeronave da Marinha Norte-americana desaparecida em 30 de Outubro, com 42 pessoas a bordo.

- 1945 – Voo 19 ou Missão 19 (“Flight 19″) – esquadrilha de cinco aviões TBF Avenger, desaparecida em 5 de Dezembro.

- 1945 – Martin Mariner – hidroavião enviado na busca do Vôo 19, também desapareceu em 5 de dezembro, após 20 minutos de vôo, com 13 tripulantes a bordo.

- 1947 – C-54 – aeronave do Exército dos Estados Unidos, jamais foi encontrado.

- 1948 – DC-3 – aeronave comercial, desaparecida em 28 de dezembro, com 32 passageiros.





Um Douglas DC-3, o mesmo modelo do avião que desapareceu sobre o Triângulo das Bermudas em 1948

- 1948 – Tudor IV Star Tiger – aeronave que desapareceu com 31 passageiros.

- 1948 – SS Samkey – embarcação que afundou a 4200 km a nordeste do triângulo e a 200 km a nordeste dos Açores.

- 1949 – Tudor IV Star Ariel – aeronave que desapareceu no triângulo.

- 1950 – Sandra – cargueiro transportando inseticida, desapareceu em Junho e jamais foi encontrado.

- 1950 – GLOBEMASTER – Avião desaparecido em março. Era um avião comercial dos Estados Unidos.

- 1952 – YORK – Avião de transporte britânico. Desaparecido em 2 de fevereiro. Tinha 33 passageiros a bordo fora a tripulação. Sumiu ao norte do Triângulo das Bermudas.

- 1954 – Lockheed Constelation – aeronave militar com 42 passageiros a bordo que desapareceu no triângulo.

- 1955 – CONNEMARA IV – Desapareceu em setembro e apareceu 640km distante das bermudas, também sem tripulação.

- 1956 – MARTIN P-5M – Hidroavião desaparecido em 9 de novembro. Fazia a patrulha da costa dos Estados Unidos. Sumiu com 10 tripulantes a bordo nas proximidades do Triângulo das Bermudas.

- 1957 – CHASE YC-122 – Desaparecido em 11 de janeiro. Era um avião cargueiro com 4 passageiros a bordo.

- 1962 – Um avião KB-50 desapareceu em 8 de janeiro. Tratava-se de um avião tanque das Forças Aéreas dos Estados Unidos. Desapareceu quando cruzava o Triângulo.

- 1963 – MARINE SULPHUR QUEEN – Cargueiro que desapareceu em fevereiro sem emitir nenhum pedido de socorro.

- 1963 – SNO’BOY – Desaparecido em 1º de Julho. Era um pesqueiro com 20 homens a bordo. Nunca foi encontrado.

- 1963 – 2 STRATOTANKERS KC-135 desapareceram em 28 de agosto. Eram 2 aviões de quatro motores cada, novos, a serviço das forças aéreas americanas. Iam em missão secreta para uma base no Atlântico, mas nunca chegaram no local.





Um avião KC-135 Stratotanker, avião de reabastecimento igual aos que desapareceram no Triângulo das Bermudas

- 1963 – CARGOMASTER C-132 – Desaparecido em 22 de setembro perto das ilhas Açores.

- 1965 – FLYNG BOXCAR C-119 – Desaparecido em 5 de junho. Era um avião comercial com 10 passageiros a bordo.

- 1967 – WITCHCRAFT – Desaparecido em 24 de dezembro. Considerado um dos casos mais extraordinários do Triângulo. Tratava-se de uma embarcação que realizava cruzeiros marítimos. Estava amarrado a uma bóia em frente ao porto de Miami, Flórida, a cerca de 1600 metros do solo. Simplesmente desapareceu com sua equipe e um passageiro a bordo para nunca mais ser visto assim como as pessoas.

- 1970 – Milton Latrides – cargueiro francês que partiu de Nova Orleans em direção à Cidade do Cabo. Levava uma carga de azeite vegetal e refrigerante. Afundou no triângulo em Abril.

- 1973 – ANITA – Desaparecido em março. Era um cargueiro de 20.000 toneladas que estava circulando próximo ao Triângulo com 32 tripulantes a bordo.

- 1976 – Grand Zenith – petroleiro, afundou com pessoas e bens a bordo. Deixou uma grande mancha de petróleo que, pouco depois, também desapareceu.

- 1976 – SS Sylvia L. Ossa – embarcação que afundou em um furacão a oeste das ilhas Bermudas.

- 1978 – SS Hawarden Bridge – embarcação que foi encontrada abandonada no triângulo.

- 1980 – SS Poet – embarcação que afundou em um furacão no triângulo. Transportava grãos para o Egito.

- 1995 – Jamanic K – cargueiro que afundou no triângulo, depois de sair de Cap-Haïtien.

- 1997 – Iate – É encontrado um iate alemão abandonado.

- 1999 – Genesis – cargueiro que afundou depois de sair do porto de São Vicente; sua carga incluía 465 toneladas de tanques de água, tábuas, concreto e tijolos; informou de problemas com uma bomba um pouco antes de perder o contato. Foi realizada uma busca sem sucesso em uma área de 85.000 km² (33.000 milhas quadradas).Outros eventos:

Um Cessna 172 é “caçado” por uma nuvem, que o persegue o que resulta em funcionamento defeituoso de seus instrumentos, com conseqüente perda de posição e morte do piloto, como informaram os passageiros sobreviventes da queda do avião.

Um 727 da National Airlines fica sem radar durante dez minutos, tempo em que o piloto informa estar voando através de um leve nevoeiro. Na hora de aterrissar, descobre-se que todos os relógios a bordo e o cronômetro do avião perderam exatamente dez minutos, apesar de uma verificação da hora cerca de trinta minutos antes da aterrissagem.

Casos de desaparecimentos mais recentes:
Avião DC-3 N407D, sumiu em 21 de setembro de 1978
Aeronave Fighting Tiger 524, sumiu em 22 de fevereiro de 1978
Avião Beechcraft N9027Q, desaparecido em 11 de fevereiro de 1980
Avião Ercoupe N3808H, sumiu em 28 de junho de 1980
Um Beech Bonanza, sumiu em 5 de janeiro de 1981
Avião Piper Cherokee N3527E, desaparecido em 26 de março de 1986
Avião Grumman Cougar Jet, último contato realizado em 31 de outubro de 1991
Um barco a motor Jamanic K, desaparecido quando ia de Cape Haitian para Miami, em 20 de março de 1995
Um barco a motor Genesis, que sumiu no caminho de Port of Spain, em Trinidad, para St. Vincent, em 21 de abril de 1999
Avião Cessna 210, desapareceu do radar quando ia de Freeport a Nassau, em 14 de junho de 1999.

O incrível Caso Gernon

Um avião monomotor Beechcraft Bonanza voa para dentro de uma monstruosa nuvem cúmulos nimbus ao largo de Andros, perde o contato pelo rádio e logo recupera-o, quatro minutos depois, mas descobre que agora está sobre Miami, com mais vinte e cinco galões de gasolina do que deveria ter-quase exatamente a quantidade de gasolina que seria gasta pelo aparelho numa viagem Andros-Miami. Foi em 4 de dezembro de 1970, Bruce Gernon e seu pai decolaram a bordo de um monomotor Beechcraft Bonanza modelo A 36 do aeroporto da cidade de Andros, Bahamas e voavam para Bimini, uma ilha das Bermudas, mais próxima do continente.



O céu estava claro quando viram uma nuvem estranha com extremidades quase que perfeitamente arredondadas pairando sobre o mar. E conforme voavam em direção a ela, a nuvem começou a se espalhar. A 3.505 metros de altura, notou que ela havia formado um túnel, e a única possibilidade de fuga parecia ser passar por esse túnel. E quando estavam lá dentro, viram linhas nas paredes que giravam no sentido anti-horário, os instrumentos de navegação ficaram descontrolados e a bússola também passou a girar no sentido anti-horário.



Como a nuvem lenticular surgiu a partir do ponto de vista do Gernon enquanto voava sobre Andros Island. Courtesy of Bruce Gernon .

Gernon disse que havia “percebido a ocorrência de algo muito estranho. Em vez do céu azul e limpo que esperávamos no final do túnel, tudo parecia branco-acinzentado.

Além disso, a visibilidade parecia ser de 3 quilômetros, mas não havia absolutamente nada para ver. Não havia oceano, horizonte ou mesmo céu, somente um nevoeiro cinza”, disse ele.

Quando Gernon conseguiu entrar em contato com o controle de tráfego aéreo de Miami para obter uma identificação de radar e saber sua posição, o controlador disse não haver aviões aparecendo no radar entre as regiões de Miami, Bimini e Andros. Após mais alguns instantes, Gernon ouviu o controlador dizer que um avião havia acabado de aparecer diretamente sobre Miami.



Gernon não achou que poderia já estar sobre Miami Beach, já que o tempo normal de viagem é de 75 minutos usando velocidade máxima de seu avião, 300 km/h, para chegar até lá e só tinham se passado uns poucos minutos desde o início do incidente e da decolagem.

Nesse mesmo momento, a névoa cinza começou a se desfazer, os instrumentos começaram a operar normalmente e logo viram Miami Beach abaixo deles. E foi essa passagem de tempo confirmada por seus relógios e pelos instrumentos do avião.

Depois de pousarem em Palm Beach, Gernon conferiu novamente seus instrumentos e constatou que havia gasto menos de 45 minutos numa viagem que levaria quase uma hora e meia e que havia consumido 12 galões a menos de combustível do que seriam necessários para aquele trajeto.



O ” nevoeiro eletrônico” se dissipa e Miami Beach vem à vista. Courtesy of Bruce Gernon

Detalhe interessante é que o pequeno monomotor de Gernon não tinha potência de motor nem resistência estrutural para se deslocar a uma velocidade de mais de 3.000km/h (quase 3 vezes a velocidade do som e mais rápido que a velocidade de cruzeiro de um Concorde). Bruce Gernon talves seja o único sobrevivente do Triângulo das Bermudas.

Explicações científicas para tal fato??? Mais de 40 anos depois do acontecido, continuamos sem elas. O que há são especulações das mais variadas. O fato aconteceu?

Veja o vídeo: Bermuda Triangle, The Bruce Gernon Story, Time Travel ?



Sim…os registros do momento da decolagem de Gernon feitos pelo aeroporto de Andros, até o momento em que surgiu nos céus de Miami comprovam esse vôo impossível.

Mais informações sobre esse caso ver em: http://www.bermuda-triangle.org/html/bruce_gernon.html

Mais informações sobre Atlântida em:
  1. http://thoth3126.com.br/atlantida-e-os-deuses-da-antiguidade/
  2. http://thoth3126.com.br/uma-vida-em-atlantida/
  3. http://thoth3126.com.br/atlantida-e-os-deuses-da-antiguidade/
  4. http://thoth3126.com.br/atlantida-triangulo-das-bermudas/
  5. http://thoth3126.com.br/a-historia-secreta-do-planeta-terra/
  6. http://thoth3126.com.br/atlantida-o-continente-perdido/
  7. http://thoth3126.com.br/bimini-road-atlantida-misterios-nao-resolvidos-do-mundo/
  8. http://thoth3126.com.br/monte-shasta-outra-visita-a-terra-interior/
  9. http://thoth3126.com.br/aghartha-o-reino-da-terra-interior/
  10. http://thoth3126.com.br/grand-canyon-misterios-de-uma-imensa-caverna-revelados/


Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.


www.thoth3126.com.br

Compartilhe:

233Share on Facebook (Opens in new window)233
12Click to share on Twitter (Opens in new window)12
Click to share on Reddit (Opens in new window)
Click to email this to a friend (Opens in new window)


Posted by Thoth3126 on 15/05/2015


URL: http://wp.me/p2Fgqo-2GE



Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.

Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

Por favor, respeitem todos os créditos

Arquivos em português:
http://rayviolet2.blogspot.com/search?q=Triângulo das Bermudas

Atualização diária

Se gostou! Por favor RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly 

   
Israel ou Cazária!?

achama.biz.ly email: nai@achama.biz.ly 


EN: VioletFlame * The Illuminati * Alternative Media * North Atlantic Islands * Indian Ocean Islands * South Atlantic Ocean Islands * Alternative Media * Creator's Map * ESU IMMANUEL * Exposing Media DesInformation * Galactic Federation * Indians, Prophecies and UFOs * Illuminati, The * Infinite Being * Israel (!?) * Jews..., the Real ones! * Khazars Jews are converted, not jenuine * Meditation * Media News * NESARA (!?) * SCIENCE, SPIRIT, Free Energy!... * UFO CONTACTS * UFOs (MORE) * USA The 4th NAZI Reich!? * Zionism Lies and The Illuminati * Light a Candle for PEACE * The Red Pill * The True Shadow Government

Novembro 01, 2015

chamavioleta

Atlântida, ruínas teriam sido encontradas na costa de Cuba.

Talvez a descoberta de Atlântida venha a eclipsar as descobertas de Troia e a tumba do rei Tutancamom. Agora, dois ousados cientistas, Paul Weinzweig e Pauline Zalitzki, afirmam que encontraram Atlântida. Eles descobriram as ruínas submersas da antiga cidade na costa de Cuba.

Tradução, edição e imagens: Thoth3126@gmail.com

Publicado anteriormente a 06/05/2015

 

 


Atlantida (ou partes) teria sido encontrada: esfinges e pirâmides gigantes no fundo do oceano no Triângulo das Bermudas foram encontrados e fotografados

Talvez a descoberta de Atlântida venha a eclipsar as descobertas de Troia e a tumba do rei Tutancamom. Agora, dois ousados cientistas, Paul Weinzweig e Pauline Zalitzki, afirmam que encontraram Atlântida. Eles descobriram as ruínas submersas da antiga cidade na costa de Cuba. 


Tradução, edição e imagens: Thoth3126@gmail.com

Partes de Atlântida teriam sido encontradas na região do Triângulo das Bermudas. No passado distante, a região era terra seca (e conectada com a Península do Yucatan, no México), mas agora só a ilha de Cuba permanece acima da linha d’água.


http://beforeitsnews.com e http://www.utaot.com

A antiga cidade esta a 600 metros abaixo do oceano. A equipe de pesquisadores liderada por Weinzweig e Zalitzki estão convencidos de que é a lendária Atlantis/Atlântida (ou parte dela) – a cidade perdida há mais de 10.000 anos.



As ruínas encontradas seriam finalmente a perdida, mas nunca esquecida Atlântida? Parece que eles tomaram os dados de sonar e com sucesso reconstruída uma imagem 3D da estrutura existente no fundo do oceano ao largo de Cuba. Isto é completamente sólido e muito convincente.

Dois cientistas, Paul Weinzweig e Pauline Zalitzki, trabalhando na costa de Cuba e usando um submarino robô, confirmaram que ruínas de uma cidade gigantesca existe no fundo do oceano. O local da antiga cidade – que inclui várias esfinges e pelo menos quatro pirâmides gigantes, além de outras estruturas , surpreendentemente fica dentro dos limites do lendário “Triângulo das Bermudas”.

De acordo com um relatório da Arclein da Terra Forming Terra, denominado de Cuban Subsea Pyramid Complex , as evidências apontam para a cidade ter sido simultaneamente inundada com a subida das águas e pelo afundamento de terras sob o mar. Isso se correlaciona exatamente como relatado na lenda de Atlântida.

Abaixo: assista o filme Underwater City Off of Cuba Part 1 (The Discovery)

(Vídeo) https://youtu.be/QCxw1jNeyGg


O desastre pode ter ocorrido no final da última Idade do Gelo. Como a calota do Ártico (Polo Norte) derreteu catastroficamente, o que causou para que o nível do mar subisse rapidamente em todo o mundo, afetando especialmente o Hemisfério Norte. Todas as linhas costeiras mudaram; terras foram perdidas; ilhas (continentes até insulares) desapareceram (n.t. mas novas terras também surgiram, como a maior parte da Europa).

 
O filósofo grego Platão escreveu sobre a perdida Atlântida No final da última Idade do gelo os níveis do mar eram cerca de 400 metros mais baixo do que os níveis atuais. Uma vez que as águas começaram a subir, elas se levantaram rapidamente. É concebível, sem tecnologia, então, ou mesmo agora, poder ter salvo a Atlântida de sua sepultura no oceano.

A evidência de que havia terra no que é agora o Mar do Caribe que também afundaram no mar ao mesmo tempo parece bastante certo. Arclein observa: “Na época porções erguidas das montanhas submarinas do Atlântico Médio diminuiram incluindo também a mítica Lyonese, dos contos do Rei Arthur (https://en.wikipedia.org) e as ilhas que a circundavam e a massa de terra ao redor dos Açores. Mesmo que isso não tivesse acontecido, este afundamento foi amplamente grande o suficiente.



A descoberta das ruínas submersas foi publicada pelo jornal Sunday Reader, da Flórida-EUA, em entrevista dada pelos dois cientistas Paul Weinzweig e Pauline Zalitzki

Atlantis, o Continente perdido:

“Isso teria produzido uma pressão ortogonal forçando subsidência a leste e a oeste. Desde que o topo da crista de montanhas submarinas entre Cuba e a Península do Yucatán é o ponto natural de fraqueza entre a bacia de subsidência do Golfo do México e da bacia de subsidência do Mar do Caribe, que naturalmente diminuiu profundamente.

O gatilho para tudo isso foram as mudanças hidrostáticas trazidas pela movimentação da crosta do planeta (deriva continental) de 12.900 anos atrás, que eu chamei de Não Conformidade do Pleistoceno e o soerguimento lento da Bacia do leito do rio Hudson provocada pelo fim da Idade do Gelo “.

Crise dos mísseis cubanos nos anos 60 pararam as pesquisas Segundo o jornalista Luis Mariano Fernandez a cidade foi descoberta décadas atrás, mas todos os acessos ao local da descoberta foi barrado durante e após a crise dos mísseis cubanos durante os anos de 1960.



Uma das pirâmides encontradas no local

“O governo dos EUA teria descoberto o lugar alegadamente durante a crise dos mísseis em Cuba, nos anos sessenta, os submarinos nucleares de cruzeiro no Golfo (em alto mar) encontraram estruturas piramidais. Eles imediatamente desligar o site e tomou o controle dele e dos objetos, a fim de que eles não caíssem nas mãos dos soviéticos russos. “ A equipe científica de especialistas de águas profundas do oceano, arqueólogos e oceanógrafos encontraram ruínas de edifícios antigos 600 metros abaixo do oceano. Eles dizem que a cidade é Atlantis/Atlântida. Olhe com cuidado, na água uma pirâmide gigante é visível .



No destaque o local das descobertas das ruínas submarinas ao largo da costa de Cuba, coordenadas 85º latitude Norte e 22º longitude Oeste.

Pirâmides e esfinges maiores que as do Egito

A prova de que a ilha de Cuba é o vestígio de uma cultura outrora poderosa é suportado pela descoberta de Zalitzki na ilha de símbolos extremamente antigos e pictogramas idênticos aos observados nas estruturas subaquáticas. Usando submersíveis de exploração, eles descobriram estruturas piramidais incrivelmente enormes e muito semelhantes (mas maiores do que) as pirâmides de Gizé, no Egito. Eles estimam que as pirâmides de Atlantis são construídas com pedras pesando centenas de toneladas.


Uma segunda pirâmide gigante foi fotografada pelo veículo R.O.V.

Incrivelmente a cidade antiga também tem esfinges magníficas e “pedras que estão dispostos como em Stonehenge, Inglaterra, e uma linguagem escrita gravada nas pedras”, relata Fernandez.

Pirâmide Atlante de Cristal também foi encontrada no Triângulo das Bermudas. Outra pirâmide gigante encimada com o que parece ser um cristal foi descoberto por mergulhadores no Triângulo das Bermudas [Ver: pirâmide gigante de cristal descoberta no Triângulo das Bermudas ]

A estrutura gigantesca, também, talvez maior do que a Grande Pirâmide de Quéops, no Egito, e inicialmente identificado por um médico na década de 1960, foi verificada independentemente por equipes de mergulho da França e dos EUA

Uma descoberta que reescreveria a história do mundo

Isso poderia ser visto como uma descoberta que provocaria mudança da história da Humanidade? Sim, poderia mudar tudo. Fernandez escreve : “Ele confirmou que as pedras foram cortadas, esculpidas e polidas para fazê-las se encaixarem e, assim, formar estruturas maiores. Sobre as estranhas inscrições, algumas delas semelhantes aos hieróglifos egípcios, muito pouco se sabe, exceto que elas são muito abundantes e encontradas em quase todas as partes do campo de pesquisa. Nele também apareceram símbolos e desenhos cujo significado ainda é desconhecido. “



Robotic Ocean Vehicle (ROV) utilizado nas filmagens.

A exploração da Atlântida, chamado Projeto Exploramar , está se expandindo para descobrir mais sobre os mistérios da mega-cidade encontrada. Falando com um cientista sobre a possibilidade de que as ruínas são realmente Atlantida, Fernandez relata que o perito respondeu: ” … nas culturas indígenas da península do Yucatan, hoje é possível encontrar o que ainda resta dos aborígenes desses lugares, talvez, dos olmecas ou alguma civilização muito primitiva da península do Yucatan, a parte norte da América Central – originada de acordo com suas lendas em uma ilha que afundou por um cataclismo.

Esta ilha é chamada de Atlanticú“. Isso também se encaixa as histórias sobre o súbito desaparecimento das maravilhas de Atlântida. O nome Atlanticú, Atlantis . Os nativos aborígenes ainda a chamam desse nome que é parte de sua história. Durante uma entrevista sobre a exploração do mega-cidade, Fernandez perguntou à cientista Pauline Zalitzki sobre o civiização que a construiu.

“Quando publicamos a primeira notícia desta descoberta”, disse ela, “a Universidade de Veracruz ficou interessada em nosso trabalho e nós haviamos gravado imagens destas estruturas no fundo do mar. Especificamente, o Instituto de Antropologia da Universidade das escavações me convidou. Eles estavam fazendo [estudos] em peças e ruínas da civilização olmeca.



Outra imagem de uma mega-estrutura Atlante [Imagem: LMF ]

“Quando eles viram estas imagens submarinas [eles] encontraram semelhanças e paralelos com as ruínas encontradas em escavações que o Instituto estava empreendendo. “Os olmecas e outros povos nativos têm morfologia primária marcando a sua chegada vindos deste continente. Isso significa vindo da direção de Cuba, e teve que ocorrer após um terremoto muito grande, quando sua terra afundou. A sua morfologia indica que eles pertencem a três famílias que foram salvas.

Uma dessas famílias vieram para a costa de Veracruz, que supostamente são os olmecas. Outros vieram para a América Central e viajaram para a costa do Pacífico, e essas famílias criaram a civilização das Américas como a conhecemos hoje, porque eles distribuíram todo o seu conhecimento. “Quando esses antropólogos viram imagens subaquáticas desta cidade , e viram alguns monólitos de pedra, alguns símbolos e inscrições, eles identificaram com motivos olmecas. Eles ficaram muito surpresos. “

Abaixo: Parte dois do filme Underwater City Off Cuba Part 2 (Atualizado) 

Endereço do vídeo: https://youtu.be/78SZzZZaHzc

Os olmecas eram autônomos dos sobreviventes da Atlântida, uma cultura muito superior que foi destruída por inundações no fim da Idade do Gelo . O mundo foi reformulado e uma super civilização foi destruída, sendo lembrada por milênios somente pelas lendas e uma referencia pelo filósofo Platão. Mas a Atlântida era real, é real: os cientistas Paul Weinzweig e Pauline Zalitzki alegam tê-la encontrado.

Mais informações sobre Atlântida em:
  1. http://thoth3126.com.br/uma-vida-em-atlantida/
  2. http://thoth3126.com.br/atlantida-e-os-deuses-da-antiguidade/
  3. http://thoth3126.com.br/atlantida-triangulo-das-bermudas/
  4. http://thoth3126.com.br/a-historia-secreta-do-planeta-terra/
  5. http://thoth3126.com.br/atlantida-o-continente-perdido/
  6. http://thoth3126.com.br/bimini-road-atlantida-misterios-nao-resolvidos-do-mundo/
  7. http://thoth3126.com.br/atlantida-um-habitante-de-dois-planetas/
  8. http://thoth3126.com.br/atlantida-um-habitante-de-dois-planetas-parte-2/


Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

www.thoth3126.com.br

Compartilhe:

1K+Share on Facebook (Opens in new window)1K+
11Click to share on Twitter (Opens in new window)11
Click to share on Reddit (Opens in new window)
Click to email this to a friend (Opens in new window)

Posted by Thoth3126 on 06/05/2015


URL: http://wp.me/p2Fgqo-11X



Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.

Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

Por favor, respeitem todos os créditos

Arquivos em português:
http://rayviolet2.blogspot.com/search?q=Atlântida

Atualização diária

Se gostou! Por favor RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly 

   
Israel ou Cazária!?

achama.biz.ly email: nai@achama.biz.ly 


EN: VioletFlame * The Illuminati * Alternative Media * North Atlantic Islands * Indian Ocean Islands * South Atlantic Ocean Islands * Alternative Media * Creator's Map * ESU IMMANUEL * Exposing Media DesInformation * Galactic Federation * Indians, Prophecies and UFOs * Illuminati, The * Infinite Being * Israel (!?) * Jews..., the Real ones! * Khazars Jews are converted, not jenuine * Meditation * Media News * NESARA (!?) * SCIENCE, SPIRIT, Free Energy!... * UFO CONTACTS * UFOs (MORE) * USA The 4th NAZI Reich!? * Zionism Lies and The Illuminati * Light a Candle for PEACE * The Red Pill * The True Shadow Government

Outubro 13, 2015

chamavioleta

Triângulo das Bermudas

  Descobertas imensas PIRÂMIDES de CRISTAL submersas

 Publicado anteriormente a31/10/2014

Tradução, edição e imagens: Thoth3126@gmail.com

por By Terrence Aym (Reporter)



O Triângulo das Bermudas: misterioso, irreal, às vezes um local mortal. Por décadas, pesquisadores intrépidos mergulharam no labirinto de mistérios escondidos nas profundezas deste lugar, o mais enigmático na Terra.

Alguns especulam que as anomalias de tempo bizarras, desaparecimentos e fenômenos estranhos podem ser explicados por ocorrências naturais. Outros insistem que relíquias de uma cultura avançada e desconhecida (ATLÂNTIDA ?) deixou para trás fantástica tecnologia …

Tradução, edição e imagens: Thoth3126@gmail.com

por By Terrence Aym (Reporter)

Fonte: http://www.apparentlyapparel.com e http://beforeitsnews.com

Postado por Zach Royer | Editor Executivo

. . . Máquinas de geração de energia que literalmente deformam o espaço-tempo na região e abrem portais para outras realidades. Agora exploradores americanos e franceses fizeram uma descoberta monumental: uma imensa pirâmide de cristal, parcialmente translúcida, que se ergue desde o fundo do mar das Caraíbas – a sua origem, idade e propósito são completamente desconhecidos.



Estas estranhas estruturas subaquáticas em forma de pirâmides a uma profundidade de dois mil pés (610 metros) foram identificadas com a ajuda de um sonar de acordo com o oceanógrafo Dr. Verlag Meyer. Estudos de outras estruturas como às encontradas em Yonaguni no moderno Japão permitiram aos cientistas determinar que as duas pirâmides gigantes, aparentemente feitas de algo como a espessura de um cristal, são realmente impressionantes.

Cada uma deles é maior do que a pirâmide de Quéops, no Egito. Recentemente cientistas norte americanos e franceses, bem como de outros países que estão conduzindo pesquisas em áreas do leito do mar do Triângulo das Bermudas, afirmam ter encontrado uma pirâmide de pé no fundo do mar que nunca havia sido descoberta.

O comprimento da base dessa pirâmide atingiu os 300 metros, com cerca de 200 metros de altura, e à distância desde a base até a ponta da pirâmide é de cerca de 100 metros acima do fundo do mar. Resultados preliminares mostram que esta estrutura pode ser feita de vidro ou um material do tipo parecido com cristal, pois o mesmo é totalmente liso e parcialmente translúcido.



Quando se fala de tamanho, esta pirâmide recém descoberta é maior em escala do que as pirâmides do antigo Egito. No topo da pirâmide existem dois furos muito grandes, água do mar em movimento penetra a alta velocidade através do segundo orifício e, portanto, as ondas turbulentas rolam pela formação de um vórtice gigante que faz com que as águas em torno desta cause um aumento maciço nas ondas e névoa sobre a superfície do mar. Esta nova descoberta faz com que os cientistas se perguntem se esta pirâmide está tendo um efeito sobre a passagem de barcos e aviões e poderia ser a razão para todo o mistério que cerca a área.

Construídas sobre terra FIRME – Perdidas e soterradas pela água durante a última MUDANÇA dos Polos Magnéticos?

Existem vários estudiosos ocidentais que afirmam que a pirâmide no fundo do mar pode ter sido inicialmente ter sido feita no continente, depois um terremoto devastador atingiu e mudou a paisagem completamente. Outros cientistas argumentam que algumas centenas de anos atrás as águas da área do Triângulo das Bermudas pode ter sido área das atividades fundamentais do povo de Atlântida, as Pirâmides hoje no fundo do mar poderiam ter sido um armazém de abastecimento para eles (n.t. Que grande falta de imaginação… e de conhecimento verdadeiro). T

alvez ela esteja relacionada com a raça de humanóides descobertas debaixo d’água no Estado de Washington em 2004 – os chamados seres “aquatic apes”? (Ver último artigo intitulado (“Animal Planet: Marinha ENCOBRE descoberta de seres inteligentes encontrados no Oceano“)



Um estudo mais detalhado ao longo do tempo vai dar resultados que são difíceis de se imaginarem. Os cientistas processaram todos os dados e concluíram que a superfície da pirâmide é perfeitamente lisa para que se pareça como vidro ou gelo.

O tamanho das pirâmides são quase três vezes o tamanho das pirâmides de Quéops. Esta notícia foi sensacional, e foi discutido em uma conferência na Flórida, e mesmo relatada nos jornais locais da Flórida . Os jornalistas então presentes, tomaram um monte de fotos e dados computadorizadas de alta resolução, que mostram duas pirâmides tridimensionais perfeitamentes lisas, sem estarem cobertas e com sua superfície livre de detritos ou algas ou rachaduras.

Há também a suspeita de que o Triângulo das Bermudas e a área onde estas pirâmides foram supostamente localizadas pode ser algum tipo de “local com motivos sagrados” que está sendo protegido pelos atlantes das fábulas – e que tudo o que cruza o local é considerado uma oferta … Outras hipóteses de que a pirâmide pode atrair e recolher os raios cósmicos, a partir do “campo de energia”, assim chamada ou “vácuo quântico”, e que este poderia ter sido usado como uma fonte de energia para Atlântida (ou para quem estivesse por perto no momento).

Com o mistério que ainda envolve as pirâmides egípcias e o fato de que as estruturas piramidais parecem ser encontradas em quase todas as culturas antigas (e em todo o planeta) – nos parece que vai ser difícil dizer com certeza a origem dessas estruturas ou se elas (sua origem) realmente existe (ainda assim nós não fomos lá em baixo…).



Verdadeiro ou Falso?

“Isso não parece muito real para mim”, disse Calvin Jones da Divisão de Recursos Históricos do estado da Flórida. “Eu estou sempre de mente aberta, porque nós estamos sempre aprendendo coisas novas. Mas a ideia de uma estrutura piramidal, muito menos uma feita de vidro, sob mais de 600 metros de água – as chances são de uma em um milhão”.

Jones disse que se isso for uma genuína descoberta arqueológica, a pirâmide teria que ter sido construída entre 10.000 a.C. e 6.000 a.C., quando a plataforma continental não estava coberta pela água, disse Chisholm. Arqueólogos da Florida concordam com ele no intervalo de tempo, mas discordam com muitas outras reivindicações de seu grupo. O antropólogo da Florida State University, professor Glen Doran disse que no Oriente Próximo as pirâmides são datadas mais cedo, cerca de 4.000 a.C. e todas as pirâmides do Novo Mundo são datados a partir de 1 dC Portanto, essa mesma estrutura na costa da Flórida seria pelo menos 2.000 anos mais velha que todas as outras pirâmides conhecidas.

Outras Pirâmides submarinas são encontradas

Em 1977, uma descoberta misteriosa foi feita sobre o leito do Oceano Atlântico relativa a uma tecnologia desconhecida. A pirâmide de quase 200 metros foi misteriosamente iluminada, com água branca espumante em torno dela que se tornou verde profundo, um contraste chocante com as águas escuras e negras nessa profundidade. A descoberta foi fotografada pela expedição Cay Sal de Arl Marshall.

Outra grande pirâmide, sob 3.000 metros de água do Atlântico, foi relatado ter sido encontrada com um cristal vibrante em cima dela, pela expedição de Tony Benik. O grupo também encontrou um tablete de cristal opaco no mesmo local, e relataram que, quando uma luz foi transmitida através dele, inscrições misteriosas se tornaram visíveis.



Imagem: Jean Luc Bozzoli http://jeanlucbozzoli.com/

Mais pirâmides submarinas foram encontradas fora da América Central, no Yucatan (México), e Louisiana (EUA), onde cúpulas foram encontradas no Estreito da Flórida. Um edifício de mármore estilo grego foi encontrado entre a Flórida e Cuba. E que dizer sobre a coluna que irradiava energia que o Dr. Zink encontrou nas Bahamas, e o Dr Zink também trouxe outros artefatos de seus mergulhos ao longo do Oceano Atlântico, e ele foi entrevistado pelo agente da M.I.N.D. International, Steve Forsberg.

Outras pirâmides foram exploradas pelo Dr. Ray Brown no fundo do mar ao largo das Bahamas, em 1970. Brown foi acompanhado por 4 mergulhadores que também encontraram estradas, cúpulas, edifícios retangulares, instrumentos metálicos não identificados, e uma estátua segurando um cristal “misterioso”, contendo pirâmides em miniatura. Os dispositivos de metal e cristais foram levados para a Flórida para análise em uma universidade local. O que se descobriu foi que o cristal amplificava energia que passava através dele.Talvez esta seja a razão para a pirâmide do tipo de vidro!

Esfera de Cristal do Dr. Ray Brown

Em 1970, o Dr. Ray Brown, um médico naturopata de Mesa, Arizona, foi mergulhar com alguns amigos perto das Ilhas Bari, nas Bahamas, perto de uma popular área conhecida como a Língua do Oceano (Isto foi retratado no programa de TV “In Search Of – Atlantis”, originalmente feito em 1979. Ver vídeo acima. Durante um de seus mergulhos, Brown se separou de seus amigos e ao mesmo tempo procurando por eles, ele se assustou quando se deparou com uma estranha forma de pirâmide em silhueta contra a luz da água marinha.

Ao investigar mais, Brown foi surpreendido por quão suave e semelhante à um espelho era a superfície de pedra de toda a estrutura, com as juntas entre os blocos individuais quase indiscerníveis. Nadando em torno do topo, ele pensou que poderia ser feito de lápis-lazúli, ele descobriu uma entrada e decidiu explorar o interior. Passando ao longo de um estreito corredor, Brown finalmente chegou a uma pequena sala retangular com um teto em forma de pirâmide. Ele estava totalmente surpreso que essa sala não continha algas ou corais crescendo nas paredes internas.

Elas estavam (as paredes) completamente impecáveis! Além disso, embora Brown não tenha trazido nenhuma tocha com ele, poderia, no entanto, ver tudo naquela sala com sua visão normal. A sala estava bem iluminada, mas nenhuma fonte de luz direta era visível. A atenção de Brown foi atraída para uma haste metálica de bronze de três polegadas de diâmetro pendurada do ápice do centro da sala e tendo no final anexado uma pedra/joia vermelha multifacetada, que apontava para o ponto central abaixo.

Diretamente abaixo do bastão com a gema, localizado no centro da sala, havia um pilar de pedra esculpida encimado por um prato de pedra trabalhado nas bordas. No prato havia um par de mãos esculpidas em metal cor de bronze, em tamanho natural, que pareciam enegrecidas e queimadas, como se tivessem sido submetidas a um calor tremendo. Aninhada nessas mãos, situadas quatro metros diretamente abaixo do ponto do teto com a haste com a gema vermelha, estava uma esfera de cristal de quatro polegadas de diâmetro.



A esfera de cristal encontrada pelo Dr. Brown, com imagens de Pirâmides dentro.

Brown tentou soltar a vara do teto com a pedra preciosa vermelha, mas ela nem se mexeu. Voltando para a esfera de cristal, ele descobriu, para sua surpresa, que ela poderia ser facilmente separada das mãos de bronze que a seguravam e a pegou.

Em seguida, com a esfera de cristal na mão direita, ele tomou o caminho para fora da pirâmide. Quando ele partiu com a esfera, Brown sentiu uma presença invisível e ouviu uma voz dizendo-lhe para “nunca mais voltar ao local”!

Voltando aos Anos 5000

Dos chineses é dito que possuem alguns dos documentos mais velhos e mais antigos conhecidos pelo homem. Mestre Li Hongzhi no Zhuan Falun se diz ter uma explicação para a descoberta de uma civilização pré-histórica da seguinte forma:

“Na terra há os continentes da Ásia, Europa, América do Sul, América do Norte, Oceania, África e o continente da Antártica, que os cientistas em geologia, em geral chamam de ‘placas continentais’. Desde a formação das placas continentais até seakrang, já existem dezenas de milhões de anos de história. Pode se dizer também que muitas massas de terra emergiram do fundo do oceano ao seu topo, há também um monte de terra que afundou para o fundo do mar, uma vez que esta condição se tornou estável como a situação é agora, já decorreram muitas dezenas de milhões de anos. Mas em muitos locais no fundo do mar tem sido encontrado uma série de grandes e altas edifícações com requintadas esculturas, e que não são do patrimônio cultural da humanidade moderna, por isso certamente esses edifícios um dia foram construídos em terra antes de eles irem para o fundo do mar“.

Visto deste ângulo, o mistério das pirâmides no fundo do mar foi resolvido. Nós estamos simplesmente vendo os resultados de um evento cataclísmico em terra mudando o que resultou no nível do mar se elevando e muitas civilizações costeiras (e em ilhas) foram perdidas. Os cientistas sabem mais sobre a superfície da lua, do que eles nos fazem crer sobre as profundezas dos oceanos da Terra. Talvez devêssemos seguir o exemplo de James Cameron, e começar a fazer mais perguntas sobre o que realmente esta lá – talvez devêssemos até mesmo explorar por nós mesmos.

Ver o vídeo de James Cameron, criador do filme AVATAR e série TERMINATOR aqui: http://youtu.be/iGWuxFhZDGc

Até a próxima, e vamos continuar pesquisando, meus Amigos!

Zach Royer, Proprietário – Apparentlyapparel

Permissão concedida para postar este artigo com um link para Aparentemente Apparel.com , por favor e obrigado!



A descoberta é sensacional, e foi discutida em uma conferência na Flórida, e mesmo relatada nos jornais locais da Flórida

Update: Esta imagem foi localizado após este artigo ter sido publicado … graças a Abhie e TFD de Godlikeproductions.com Fórum .. uma grande discussão sobre este artigo pode ser encontrado em:

(http://www.godlikeproductions.com/forum1/ message1822222/pg1)


{n.t. Nos registros de um antiquíssimo Templo budista em Lhasa, no TIBET, há para ser visto uma antiga inscrição caldéia de cerca de 2.000 anos a.C. (ou mais antiga ainda…) onde se pode ler:

“Quando a estrela Baal caiu sobre o lugar onde agora é só mar e céu, as sete cidades com suas portas de ouro e seus templos transparentes tremeram e balançaram como as folhas de uma árvore na tempestade. E eis que um dilúvio de fogo e fumaça surgiu a partir dos palácios, a agonia e os gritos da multidão preencheram o ar. Eles procuraram refúgio em seus templos e cidadelas e o sábio Mu, o hierático sacerdote de Ra-Mu, se levantou e lhes disse:

“Será que eu não previ tudo isso”?

E as mulheres e os homens em suas roupas brilhantes e pedras preciosas se lamentavam:

“Mu, salve-nos.”

E Mu respondeu:

“Vocês morrerão junto com os seus escravos e suas riquezas materiais e de suas cinzas surgirão novas nações. E se eles também se esquecerem que são superiores, não por causa do que eles usam ou possuem, mas do ( bem e a Luz) que eles colocarem para fora de si mesmos, a mesma sorte vai cair sobre eles!”

As chamas e o fumo sufocaram as palavras de Mu. A terra das sete cidades e seus habitantes foram despedaçados e engolidos para as profundezas do oceano revolto em poucos dias”.}

Mais informações sobre ATLÂNTIDA em:
http://thoth3126.com.br/uma-vida-em-atlantida/
http://thoth3126.com.br/atlantida-e-os-deuses-da-antiguidade/
http://thoth3126.com.br/atlantida-restos-de-uma-imensa-cidade-encontrada-na-costa-de-cuba/
http://thoth3126.com.br/a-historia-secreta-do-planeta-terra/
http://thoth3126.com.br/atlantida-o-continente-perdido/
http://thoth3126.com.br/bimini-road-atlantida-misterios-nao-resolvidos-do-mundo/
http://thoth3126.com.br/as-piramides-de-gize-egito-e-de-teotihuacan-mexico/

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

Posted by Thoth3126 on 31/10/2014

www.thoth3126.com.br



Por favor, respeitem todos os créditos
Arquivos em português:

 Atualização diária
 


EN: VioletFlame * The Illuminati * Alternative Media *   North Atlantic Islands * Indian Ocean Islands * South Atlantic Ocean Islands  * Alternative Media * Creator's Map * ESU IMMANUEL * Exposing Media DesInformation * Galactic Federation Indians, Prophecies and UFOs * Illuminati, The * Infinite Being * Israel (!?) * Jews..., the Real ones! * Khazars Jews are converted, not jenuine * Meditation * Media News * NESARA (!?) * SCIENCE, SPIRIT, Free Energy!... * UFO CONTACTS * UFOs (MORE) * USA The 4th NAZI Reich!? * Zionism Lies and The Illuminati * Light a Candle for PEACE * The Red Pill * The True Shadow Government  
** by Steve Beckow: 9/11 Truth, Abundance Program, Accountability, Disclosure, end times, Extraterrestrials, financial crash, Golden Age, Illuminati, Mayan Predictions, NESARA, New Paradigm, Spiritual Hierarchy, Spiritual Teachers, UFO Cover-up, Wisdom Economy   
ES: LLAMA VIOLETA

Abril 03, 2015

chamavioleta

Atlântida e o Triângulo das Bermudas

Posted by Thoth3126 on 03/04/2015

Triângulo das Bermudas

Descobertas imensas PIRÂMIDES de CRISTAL submersas



O Triângulo das Bermudas: misterioso, irreal, às vezes um local mortal. Por décadas, pesquisadores intrépidos mergulharam no labirinto de mistérios escondidos nas profundezas deste lugar, o mais enigmático na Terra.

Alguns especulam que as anomalias de tempo bizarras, desaparecimentos e fenômenos estranhos podem ser explicados por ocorrências naturais. Outros insistem que relíquias de uma cultura avançada e desconhecida (ATLÂNTIDA ?) deixou para trás fantástica tecnologia …

Tradução, edição e imagens: Thoth3126@gmail.com

por By Terrence Aym (Reporter)

Fonte: http://www.apparentlyapparel.com e http://beforeitsnews.com

Postado por Zach Royer | Editor Executivo


. . . Máquinas de geração de energia que literalmente deformam o espaço-tempo na região e abrem portais para outras realidades. Agora exploradores americanos e franceses fizeram uma descoberta monumental: uma imensa pirâmide de cristal, parcialmente translúcida, que se ergue desde o fundo do mar das Caraíbas – a sua origem, idade e propósito são completamente desconhecidos.




Estas estranhas estruturas subaquáticas em forma de pirâmides a uma profundidade de dois mil pés (610 metros) foram identificadas com a ajuda de um sonar de acordo com o oceanógrafo Dr. Verlag Meyer. Estudos de outras estruturas como às encontradas em Yonaguni no moderno Japão permitiram aos cientistas determinar que as duas pirâmides gigantes, aparentemente feitas de algo como a espessura de um cristal, são realmente impressionantes.


Cada uma deles é maior do que a pirâmide de Quéops, no Egito. Recentemente cientistas norte americanos e franceses, bem como de outros países que estão conduzindo pesquisas em áreas do leito do mar do Triângulo das Bermudas, afirmam ter encontrado uma pirâmide de pé no fundo do mar que nunca havia sido descoberta.


O comprimento da base dessa pirâmide atingiu os 300 metros, com cerca de 200 metros de altura, e à distância desde a base até a ponta da pirâmide é de cerca de 100 metros acima do fundo do mar. Resultados preliminares mostram que esta estrutura pode ser feita de vidro ou um material do tipo parecido com cristal, pois o mesmo é totalmente liso e parcialmente translúcido.




Quando se fala de tamanho, esta pirâmide recém descoberta é maior em escala do que as pirâmides do antigo Egito. No topo da pirâmide existem dois furos muito grandes, água do mar em movimento penetra a alta velocidade através do segundo orifício e, portanto, as ondas turbulentas rolam pela formação de um vórtice gigante que faz com que as águas em torno desta cause um aumento maciço nas ondas e névoa sobre a superfície do mar. Esta nova descoberta faz com que os cientistas se perguntem se esta pirâmide está tendo um efeito sobre a passagem de barcos e aviões e poderia ser a razão para todo o mistério que cerca a área.

Construídas sobre terra FIRME – Perdidas e soterradas pela água durante a última MUDANÇA dos Polos Magnéticos?


Existem vários estudiosos ocidentais que afirmam que a pirâmide no fundo do mar pode ter sido inicialmente ter sido feita no continente, depois um terremoto devastador atingiu e mudou a paisagem completamente. Outros cientistas argumentam que algumas centenas de anos atrás as águas da área do Triângulo das Bermudas pode ter sido área das atividades fundamentais do povo de Atlântida, as Pirâmides hoje no fundo do mar poderiam ter sido um armazém de abastecimento para eles (n.t. Que grande falta de imaginação… e de conhecimento verdadeiro). Talvez ela esteja relacionada com a raça de humanóides descobertas debaixo d’água no Estado de Washington em 2004 – os chamados seres “aquatic apes”? (Ver último artigo intitulado (“Animal Planet: Marinha ENCOBRE descoberta de seres inteligentes encontrados no Oceano“)




Um estudo mais detalhado ao longo do tempo vai dar resultados que são difíceis de se imaginarem. Os cientistas processaram todos os dados e concluíram que a superfície da pirâmide é perfeitamente lisa para que se pareça como vidro ou gelo.


O tamanho das pirâmides são quase três vezes o tamanho das pirâmides de Quéops. Esta notícia foi sensacional, e foi discutido em uma conferência na Flórida, e mesmo relatada nos jornais locais da Flórida . Os jornalistas então presentes, tomaram um monte de fotos e dados computadorizadas de alta resolução, que mostram duas pirâmides tridimensionais perfeitamentes lisas, sem estarem cobertas e com sua superfície livre de detritos ou algas ou rachaduras.


Há também a suspeita de que o Triângulo das Bermudas e a área onde estas pirâmides foram supostamente localizadas pode ser algum tipo de “local com motivos sagrados” que está sendo protegido pelos atlantes das fábulas – e que tudo o que cruza o local é considerado uma oferta … Outras hipóteses de que a pirâmide pode atrair e recolher os raios cósmicos, a partir do “campo de energia”, assim chamada ou “vácuo quântico”, e que este poderia ter sido usado como uma fonte de energia para Atlântida (ou para quem estivesse por perto no momento).


Com o mistério que ainda envolve as pirâmides egípcias e o fato de que as estruturas piramidais parecem ser encontradas em quase todas as culturas antigas (e em todo o planeta) – nos parece que vai ser difícil dizer com certeza a origem dessas estruturas ou se elas (sua origem) realmente existe (ainda assim nós não fomos lá em baixo…).





Verdadeiro ou Falso?


“Isso não parece muito real para mim”, disse Calvin Jones da Divisão de Recursos Históricos do estado da Flórida. “Eu estou sempre de mente aberta, porque nós estamos sempre aprendendo coisas novas. Mas a ideia de uma estrutura piramidal, muito menos uma feita de vidro, sob mais de 600 metros de água – as chances são de uma em um milhão”.


Jones disse que se isso for uma genuína descoberta arqueológica, a pirâmide teria que ter sido construída entre 10.000 a.C. e 6.000 a.C., quando a plataforma continental não estava coberta pela água, disse Chisholm. Arqueólogos da Florida concordam com ele no intervalo de tempo, mas discordam com muitas outras reivindicações de seu grupo. O antropólogo da Florida State University, professor Glen Doran disse que no Oriente Próximo as pirâmides são datadas mais cedo, cerca de 4.000 a.C. e todas as pirâmides do Novo Mundo são datados a partir de 1 dC Portanto, essa mesma estrutura na costa da Flórida seria pelo menos 2.000 anos mais velha que todas as outras pirâmides conhecidas.


Outras Pirâmides submarinas são encontradas


Em 1977, uma descoberta misteriosa foi feita sobre o leito do Oceano Atlântico relativa a uma tecnologia desconhecida. A pirâmide de quase 200 metros foi misteriosamente iluminada, com água branca espumante em torno dela que se tornou verde profundo, um contraste chocante com as águas escuras e negras nessa profundidade. A descoberta foi fotografada pela expedição Cay Sal de Arl Marshall.


Outra grande pirâmide, sob 3.000 metros de água do Atlântico, foi relatado ter sido encontrada com um cristal vibrante em cima dela, pela expedição de Tony Benik. O grupo também encontrou um tablete de cristal opaco no mesmo local, e relataram que, quando uma luz foi transmitida através dele, inscrições misteriosas se tornaram visíveis.




Imagem: Jean Luc Bozzoli http://jeanlucbozzoli.com/


Mais pirâmides submarinas foram encontradas fora da América Central, no Yucatan (México), e Louisiana (EUA), onde cúpulas foram encontradas no Estreito da Flórida. Um edifício de mármore estilo grego foi encontrado entre a Flórida e Cuba. E que dizer sobre a coluna que irradiava energia que o Dr. Zink encontrou nas Bahamas, e o Dr Zink também trouxe outros artefatos de seus mergulhos ao longo do Oceano Atlântico, e ele foi entrevistado pelo agente da M.I.N.D. International, Steve Forsberg.


Outras pirâmides foram exploradas pelo Dr. Ray Brown no fundo do mar ao largo das Bahamas, em 1970. Brown foi acompanhado por 4 mergulhadores que também encontraram estradas, cúpulas, edifícios retangulares, instrumentos metálicos não identificados, e uma estátua segurando um cristal “misterioso”, contendo pirâmides em miniatura. Os dispositivos de metal e cristais foram levados para a Flórida para análise em uma universidade local. O que se descobriu foi que o cristal amplificava energia que passava através dele.Talvez esta seja a razão para a pirâmide do tipo de vidro!


http://www.youtube.com/embed/jCDD76JXLKk?feature=player_detailpage 
Esfera de Cristal do Dr. Ray Brown


Em 1970, o Dr. Ray Brown, um médico naturopata de Mesa, Arizona, foi mergulhar com alguns amigos perto das Ilhas Bari, nas Bahamas, perto de uma popular área conhecida como a Língua do Oceano (Isto foi retratado no programa de TV “In Search Of – Atlantis”, originalmente feito em 1979. Ver vídeo acima. Durante um de seus mergulhos, Brown se separou de seus amigos e ao mesmo tempo procurando por eles, ele se assustou quando se deparou com uma estranha forma de pirâmide em silhueta contra a luz da água marinha.


Ao investigar mais, Brown foi surpreendido por quão suave e semelhante à um espelho era a superfície de pedra de toda a estrutura, com as juntas entre os blocos individuais quase indiscerníveis. Nadando em torno do topo, ele pensou que poderia ser feito de lápis-lazúli, ele descobriu uma entrada e decidiu explorar o interior. Passando ao longo de um estreito corredor, Brown finalmente chegou a uma pequena sala retangular com um teto em forma de pirâmide. Ele estava totalmente surpreso que essa sala não continha algas ou corais crescendo nas paredes internas.


Elas estavam (as paredes) completamente impecáveis! Além disso, embora Brown não tenha trazido nenhuma tocha com ele, poderia, no entanto, ver tudo naquela sala com sua visão normal. A sala estava bem iluminada, mas nenhuma fonte de luz direta era visível. A atenção de Brown foi atraída para uma haste metálica de bronze de três polegadas de diâmetro pendurada do ápice do centro da sala e tendo no final anexado uma pedra/joia vermelha multifacetada, que apontava para o ponto central abaixo.


Diretamente abaixo do bastão com a gema, localizado no centro da sala, havia um pilar de pedra esculpida encimado por um prato de pedra trabalhado nas bordas. No prato havia um par de mãos esculpidas em metal cor de bronze, em tamanho natural, que pareciam enegrecidas e queimadas, como se tivessem sido submetidas a um calor tremendo. Aninhada nessas mãos, situadas quatro metros diretamente abaixo do ponto do teto com a haste com a gema vermelha, estava uma esfera de cristal de quatro polegadas de diâmetro.




A esfera de cristal encontrada pelo Dr. Brown, com imagens de Pirâmides dentro.


Brown tentou soltar a vara do teto com a pedra preciosa vermelha, mas ela nem se mexeu. Voltando para a esfera de cristal, ele descobriu, para sua surpresa, que ela poderia ser facilmente separada das mãos de bronze que a seguravam e a pegou.


Em seguida, com a esfera de cristal na mão direita, ele tomou o caminho para fora da pirâmide. Quando ele partiu com a esfera, Brown sentiu uma presença invisível e ouviu uma voz dizendo-lhe para “nunca mais voltar ao local”!


Voltando aos Anos 5000


Dos chineses é dito que possuem alguns dos documentos mais velhos e mais antigos conhecidos pelo homem. Mestre Li Hongzhi no Zhuan Falun se diz ter uma explicação para a descoberta de uma civilização pré-histórica da seguinte forma:


“Na terra há os continentes da Ásia, Europa, América do Sul, América do Norte, Oceania, África e o continente da Antártica, que os cientistas em geologia, em geral chamam de ‘placas continentais’. Desde a formação das placas continentais até seakrang, já existem dezenas de milhões de anos de história. Pode se dizer também que muitas massas de terra emergiram do fundo do oceano ao seu topo, há também um monte de terra que afundou para o fundo do mar, uma vez que esta condição se tornou estável como a situação é agora, já decorreram muitas dezenas de milhões de anos. Mas em muitos locais no fundo do mar tem sido encontrado uma série de grandes e altas edifícações com requintadas esculturas, e que não são do patrimônio cultural da humanidade moderna, por isso certamente esses edifícios um dia foram construídos em terra antes de eles irem para o fundo do mar“.


Visto deste ângulo, o mistério das pirâmides no fundo do mar foi resolvido. Nós estamos simplesmente vendo os resultados de um evento cataclísmico em terra mudando o que resultou no nível do mar se elevando e muitas civilizações costeiras (e em ilhas) foram perdidas. Os cientistas sabem mais sobre a superfície da lua, do que eles nos fazem crer sobre as profundezas dos oceanos da Terra. Talvez devêssemos seguir o exemplo de James Cameron, e começar a fazer mais perguntas sobre o que realmente esta lá – talvez devêssemos até mesmo explorar por nós mesmos.


Ver o vídeo de James Cameron, criador do filme AVATAR e série TERMINATOR aqui: http://youtu.be/iGWuxFhZDGc


Até a próxima, e vamos continuar pesquisando, meus Amigos!


Zach Royer, Proprietário – Apparentlyapparel


Permissão concedida para postar este artigo com um link para Aparentemente Apparel.com , por favor e obrigado!




A descoberta é sensacional, e foi discutida em uma conferência na Flórida, e mesmo relatada nos jornais locais da Flórida


Update: Esta imagem foi localizado após este artigo ter sido publicado … graças a Abhie e TFD de Godlikeproductions.com Fórum .. uma grande discussão sobre este artigo pode ser encontrado em:


(http://www.godlikeproductions.com/forum1/ message1822222/pg1)


{n.t. Nos registros de um antiquíssimo Templo budista em Lhasa, no TIBET, há para ser visto uma antiga inscrição caldéia de cerca de 2.000 anos a.C. (ou mais antiga ainda…) onde se pode ler:


“Quando a estrela Baal caiu sobre o lugar onde agora é só mar e céu, as sete cidades com suas portas de ouro e seus templos transparentes tremeram e balançaram como as folhas de uma árvore na tempestade. E eis que um dilúvio de fogo e fumaça surgiu a partir dos palácios, a agonia e os gritos da multidão preencheram o ar. Eles procuraram refúgio em seus templos e cidadelas e o sábio Mu, o hierático sacerdote de Ra-Mu, se levantou e lhes disse:


“Será que eu não previ tudo isso”?


E as mulheres e os homens em suas roupas brilhantes e pedras preciosas se lamentavam:


“Mu, salve-nos.”


E Mu respondeu:


“Vocês morrerão junto com os seus escravos e suas riquezas materiais e de suas cinzas surgirão novas nações. E se eles também se esquecerem que são superiores, não por causa do que eles usam ou possuem, mas do ( bem e a Luz) que eles colocarem para fora de si mesmos, a mesma sorte vai cair sobre eles!”


As chamas e o fumo sufocaram as palavras de Mu. A terra das sete cidades e seus habitantes foram despedaçados e engolidos para as profundezas do oceano revolto em poucos dias”.}
Mais informações sobre ATLÂNTIDA em:
  1. http://thoth3126.com.br/uma-vida-em-atlantida/
  2. http://thoth3126.com.br/atlantida-e-os-deuses-da-antiguidade/
  3. http://thoth3126.com.br/atlantida-restos-de-uma-imensa-cidade-encontrada-na-costa-de-cuba/
  4. http://thoth3126.com.br/a-historia-secreta-do-planeta-terra/
  5. http://thoth3126.com.br/atlantida-o-continente-perdido/
  6. http://thoth3126.com.br/bimini-road-atlantida-misterios-nao-resolvidos-do-mundo/
  7. http://thoth3126.com.br/as-piramides-de-gize-egito-e-de-teotihuacan-mexico/


Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.


www.thoth3126.com.br

Novembro 02, 2014

chamavioleta

Atlântida (ou partes) teriam sido encontradas!

Esfinges  e pirâmides  gigantes no fundo do oceano no Triângulo das Bermudas foram encontrados e fotografados

Posted by Thoth3126 on 02/11/2014

 


Talvez a descoberta de Atlântida venha a eclipsar as descobertas de Troia e a tumba do rei Tutancamom. Agora, dois ousados cientistas, Paul Weinzweig e Pauline Zalitzki, afirmam que encontraram Atlântida. Eles descobriram as ruínas submersas da antiga cidade na costa de Cuba. Tradução, edição e imagens: Thoth3126@gmail.com

Partes de Atlântida teriam sido encontradas na região do Triângulo das Bermudas. No passado distante, a região era terra seca (e conectada com a Península do Yucatan, no México), mas agora só a ilha de Cuba permanece acima da linha d’água.

http://beforeitsnews.com e http://www.utaot.com

A antiga cidade esta a 600 metros abaixo do oceano. A equipe de pesquisadores liderada por Weinzweig e Zalitzki estão convencidos de que é a lendária Atlantis/Atlântida (ou parte dela) – a cidade perdida há mais de 10.000 anos.




As ruínas encontradas seriam finalmente a perdida, mas nunca esquecida Atlântida? Parece que eles tomaram os dados de sonar e com sucesso reconstruída uma imagem 3D da estrutura existente no fundo do oceano ao largo de Cuba. Isto é completamente sólido e muito convincente.

Dois cientistas, Paul Weinzweig e Pauline Zalitzki, trabalhando na costa de Cuba e usando um submarino robô, confirmaram que ruínas de uma cidade gigantesca existe no fundo do oceano. O local da antiga cidade – que inclui várias esfinges e pelo menos quatro pirâmides gigantes, além de outras estruturas , surpreendentemente fica dentro dos limites do lendário “Triângulo das Bermudas”.

De acordo com um relatório da Arclein da Terra Forming Terra, denominado de Cuban Subsea Pyramid Complex , as evidências apontam para a cidade ter sido simultaneamente inundada com a subida das águas e pelo afundamento de terras sob o mar. Isso se correlaciona exatamente como relatado na lenda de Atlântida.

Abaixo: assista o filme Underwater City Off of Cuba Part 1 (The Discovery)

O desastre pode ter ocorrido no final da última Idade do Gelo. Como a calota do Ártico (Polo Norte) derreteu catastroficamente, o que causou para que o nível do mar subisse rapidamente em todo o mundo, afetando especialmente o Hemisfério Norte. Todas as linhas costeiras mudaram; terras foram perdidas; ilhas (continentes até insulares) desapareceram (n.t. mas novas terras também surgiram, como a maior parte da Europa).

 

O filósofo grego Platão escreveu sobre a perdida Atlântida No final da última Idade do gelo os níveis do mar eram cerca de 400 metros mais baixo do que os níveis atuais. Uma vez que as águas começaram a subir, elas se levantaram rapidamente. É concebível, sem tecnologia, então, ou mesmo agora, poder ter salvo a Atlântida de sua sepultura no oceano.

A evidência de que havia terra no que é agora o Mar do Caribe que também afundaram no mar ao mesmo tempo parece bastante certo. Arclein observa: “Na época porções erguidas das montanhas submarinas do Atlântico Médio diminuiram incluindo também a mítica Lyonese, dos contos do Rei Arthur (https://en.wikipedia.org) e as ilhas que a circundavam e a massa de terra ao redor dos Açores. Mesmo que isso não tivesse acontecido, este afundamento foi amplamente grande o suficiente.




A descoberta das ruínas submersas foi publicada pelo jornal Sunday Reader, da Flórida-EUA, em entrevista dada pelos dois cientistas Paul Weinzweig e Pauline Zalitzki

Atlantis, o Continente perdido:

“Isso teria produzido uma pressão ortogonal forçando subsidência a leste e a oeste. Desde que o topo da crista de montanhas submarinas entre Cuba e a Península do Yucatán é o ponto natural de fraqueza entre a bacia de subsidência do Golfo do México e da bacia de subsidência do Mar do Caribe, que naturalmente diminuiu profundamente.

O gatilho para tudo isso foram as mudanças hidrostáticas trazidas pela movimentação da crosta do planeta (deriva continental) de 12.900 anos atrás, que eu chamei de Não Conformidade do Pleistoceno e o soerguimento lento da Bacia do leito do rio Hudson provocada pelo fim da Idade do Gelo “.

Crise dos mísseis cubanos nos anos 60 pararam as pesquisas Segundo o jornalista Luis Mariano Fernandez a cidade foi descoberta décadas atrás, mas todos os acessos ao local da descoberta foi barrado durante e após a crise dos mísseis cubanos durante os anos de 1960.




Uma das pirâmides encontradas no local

“O governo dos EUA teria descoberto o lugar alegadamente durante a crise dos mísseis em Cuba, nos anos sessenta, os submarinos nucleares de cruzeiro no Golfo (em alto mar) encontraram estruturas piramidais. Eles imediatamente desligar o site e tomou o controle dele e dos objetos, a fim de que eles não caíssem nas mãos dos soviéticos russos. “ A equipe científica de especialistas de águas profundas do oceano, arqueólogos e oceanógrafos encontraram ruínas de edifícios antigos 600 metros abaixo do oceano. Eles dizem que a cidade é Atlantis/Atlântida. Olhe com cuidado, na água uma pirâmide gigante é visível .




No destaque o local das descobertas das ruínas submarinas ao largo da costa de Cuba, coordenadas 85º latitude Norte e 22º longitude Oeste.

Pirâmides e esfinges maiores que as do Egito

A prova de que a ilha de Cuba é o vestígio de uma cultura outrora poderosa é suportado pela descoberta de Zalitzki na ilha de símbolos extremamente antigos e pictogramas idênticos aos observados nas estruturas subaquáticas. Usando submersíveis de exploração, eles descobriram estruturas piramidais incrivelmente enormes e muito semelhantes (mas maiores do que) as pirâmides de Gizé, no Egito. Eles estimam que as pirâmides de Atlantis são construídas com pedras pesando centenas de toneladas.



Uma segunda pirâmide gigante foi fotografada pelo veículo R.O.V.

Incrivelmente a cidade antiga também tem esfinges magníficas e “pedras que estão dispostos como em Stonehenge, Inglaterra, e uma linguagem escrita gravada nas pedras”, relata Fernandez.

Pirâmide Atlante de Cristal também foi encontrada no Triângulo das Bermudas. Outra pirâmide gigante encimada com o que parece ser um cristal foi descoberto por mergulhadores no Triângulo das Bermudas [Ver: pirâmide gigante de cristal descoberta no Triângulo das Bermudas ]

A estrutura gigantesca, também, talvez maior do que a Grande Pirâmide de Quéops, no Egito, e inicialmente identificado por um médico na década de 1960, foi verificada independentemente por equipes de mergulho da França e dos EUA

Uma descoberta que reescreveria a história do mundo

Isso poderia ser visto como uma descoberta que provocaria mudança da história da Humanidade? Sim, poderia mudar tudo. Fernandez escreve : “Ele confirmou que as pedras foram cortadas, esculpidas e polidas para fazê-las se encaixarem e, assim, formar estruturas maiores. Sobre as estranhas inscrições, algumas delas semelhantes aos hieróglifos egípcios, muito pouco se sabe, exceto que elas são muito abundantes e encontradas em quase todas as partes do campo de pesquisa. Nele também apareceram símbolos e desenhos cujo significado ainda é desconhecido. “




Robotic Ocean Vehicle (ROV) utilizado nas filmagens.

A exploração da Atlântida, chamado Projeto Exploramar , está se expandindo para descobrir mais sobre os mistérios da mega-cidade encontrada. Falando com um cientista sobre a possibilidade de que as ruínas são realmente Atlantida, Fernandez relata que o perito respondeu: ” … nas culturas indígenas da península do Yucatan, hoje é possível encontrar o que ainda resta dos aborígenes desses lugares, talvez, dos olmecas ou alguma civilização muito primitiva da península do Yucatan, a parte norte da América Central – originada de acordo com suas lendas em uma ilha que afundou por um cataclismo.

Esta ilha é chamada de Atlanticú“. Isso também se encaixa as histórias sobre o súbito desaparecimento das maravilhas de Atlântida. O nome Atlanticú, Atlantis . Os nativos aborígenes ainda a chamam desse nome que é parte de sua história. Durante uma entrevista sobre a exploração do mega-cidade, Fernandez perguntou à cientista Pauline Zalitzki sobre o civiização que a construiu.

“Quando publicamos a primeira notícia desta descoberta”, disse ela, “a Universidade de Veracruz ficou interessada em nosso trabalho e nós haviamos gravado imagens destas estruturas no fundo do mar. Especificamente, o Instituto de Antropologia da Universidade das escavações me convidou. Eles estavam fazendo [estudos] em peças e ruínas da civilização olmeca.




Outra imagem de uma mega-estrutura Atlante [Imagem: LMF ]

“Quando eles viram estas imagens submarinas [eles] encontraram semelhanças e paralelos com as ruínas encontradas em escavações que o Instituto estava empreendendo. “Os olmecas e outros povos nativos têm morfologia primária marcando a sua chegada vindos deste continente. Isso significa vindo da direção de Cuba, e teve que ocorrer após um terremoto muito grande, quando sua terra afundou. A sua morfologia indica que eles pertencem a três famílias que foram salvas.

Uma dessas famílias vieram para a costa de Veracruz, que supostamente são os olmecas. Outros vieram para a América Central e viajaram para a costa do Pacífico, e essas famílias criaram a civilização das Américas como a conhecemos hoje, porque eles distribuíram todo o seu conhecimento. “Quando esses antropólogos viram imagens subaquáticas desta cidade , e viram alguns monólitos de pedra, alguns símbolos e inscrições, eles identificaram com motivos olmecas. Eles ficaram muito surpresos. “

Abaixo: Parte dois do filme Underwater City Off Cuba Part 2 (Atualizado)
Os olmecas eram autônomos dos sobreviventes da Atlântida, uma cultura muito superior que foi destruída por inundações no fim da Idade do Gelo . O mundo foi reformulado e uma super civilização foi destruída, sendo lembrada por milênios somente pelas lendas e uma referencia pelo filósofo Platão. Mas a Atlântida era real, é real: os cientistas Paul Weinzweig e Pauline Zalitzki alegam tê-la encontrado.

Mais informações sobre Atlântida em:
http://thoth3126.com.br/uma-vida-em-atlantida/
http://thoth3126.com.br/atlantida-e-os-deuses-da-antiguidade/
http://thoth3126.com.br/atlantida-triangulo-das-bermudas/
http://thoth3126.com.br/a-historia-secreta-do-planeta-terra/
http://thoth3126.com.br/atlantida-o-continente-perdido/
http://thoth3126.com.br/bimini-road-atlantida-misterios-nao-resolvidos-do-mundo/
http://thoth3126.com.br/atlantida-um-habitante-de-dois-planetas/
http://thoth3126.com.br/atlantida-um-habitante-de-dois-planetas-parte-2/

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.



www.thoth3126.com.br




Por favor, respeitem todos os créditos
Arquivos em português:

 Atualização diária
 


EN: VioletFlame * The Illuminati * Alternative Media *   North Atlantic Islands * Indian Ocean Islands * South Atlantic Ocean Islands  * Alternative Media * Creator's Map * ESU IMMANUEL * Exposing Media DesInformation * Galactic Federation Indians, Prophecies and UFOs * Illuminati, The * Infinite Being * Israel (!?) * Jews..., the Real ones! * Khazars Jews are converted, not jenuine * Meditation * Media News * NESARA (!?) * SCIENCE, SPIRIT, Free Energy!... * UFO CONTACTS * UFOs (MORE) * USA The 4th NAZI Reich!? * Zionism Lies and The Illuminati * Light a Candle for PEACE * The Red Pill * The True Shadow Government  
** by Steve Beckow: 9/11 Truth, Abundance Program, Accountability, Disclosure, end times, Extraterrestrials, financial crash, Golden Age, Illuminati, Mayan Predictions, NESARA, New Paradigm, Spiritual Hierarchy, Spiritual Teachers, UFO Cover-up, Wisdom Economy   
ES: LLAMA VIOLETA

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub