Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

(um Amigo) e a Fonte - Ramana Maharshi

Ramana Maharshi 

(um Amigo) e a Fonte 

(por au coeur de la dance) 

 9 de setembro de 2014 

 

Eusou um Amigo.
Euos convido, agora e já, a acolher a minha presença no Silêncio...

OsMelquisedeques juntam-se a mim, nessa Comunhão de Amor.

(Comunhão)

Ostempos que vocês vivem são um abrasamento total, total, de tudo o que vocêscreem, de tudo o que vocês criaram, por suas ilusões, por seus medos e suasprojeções.
Nadahá a culpar, nenhuma culpa a ter, apenas ver, tal uma criança que se deixalevar nos braços de sua mãe.
Oque se desenrola... que os leva ao que É, de toda a eternidade, que os reconduzà sua Eternidade.

Hoje,meu Irmão, minha Irmã, eu gostaria de dizer-lhe, renovando, assim, nosso pedidode Amor: No Silêncio, reconheça-se…

Veja,hoje, onde você está nisso, onde você se coloca e se há, ainda, desejos que aparecem,projeções, medos...
Olhe-oscom Amor, sem julgar-se...
Ofereça-osao Grande Oceano, à Vastidão, ao Amor que você É, de toda a Eternidade, e queAcolhe tudo...

Alivie-se,não por um trabalho, mas, sim, por uma observação clara e consciente do lugaronde você se coloca...

Sevocê o deseja, tome um momento, a partir de agora, para observar...

(silêncio)

Atéobservar a observação...

(silêncio)

Atédesaparecer…

(silêncio)

Olhebem, isso é simples, tão simples...
Nadahá a fazer, nenhum esforço, apenas observar e constatar o que está aí, a todomomento, para além do tempo e do espaço, nesse lugar imóvel, longe dos tumultose dos sobressaltos da Terra e de sua humanidade.

Oque é vivido, nesses tempos, meus queridos amigos, vocês sabem, é o tempo daRenovação.
Éo tempo do Renascimento...
Permitamque a Criação desenrole-se em vocês, deixando todas as suas máscaras, soltandotudo a que vocês ainda se prendem...
Étempo...

Olhe,tudo está aí...
Oque você é Está aí, e sempre esteve.
Epede a você apenas reconhecer-se...

Então,bem amado, eu imploro, olhe e reconheça-se.
Agora,a partir de agora, não espere, não espere mais, nada espere, porque nada há aesperar e você arriscaria a perder-se do que você é.

Estejana Paz...
Estejatranquilo...
APaz, o Amor está aí, de toda a Eternidade, e chama-o ao Grande Canto de Amor,esse grande canto de Amor que se eleva desde a aurora dos tempos, Aquele quesempre esteve aí e que espera seu retorno.
Eleo chama para a Dança.
ATerra respondeu.

Então,meu amigo, meu amado, o que você fará?
Vocêresponderá ao meu Apelo?
Vocêvoltará ao seu seio?

MeuAmigo, meu Amado, eu o chamei a isso há muitos meses, muitos anos.
Vocêouviu o meu Apelo?
Vocêrespondeu ao meu Amor?

Cabea você, hoje, dar o passo, esse passo que se realiza esquecendo-se, totalmente,aceitando morrer ao que você crê ser...
Esseé o meu pedido, querido filho...

OsMelquisedeques, como as Estrelas e tantos outros irmãos estão presentes, em seuCoração, em você, como ao redor do planeta, de sua Mãe, que é meu filho,igualmente.
Elescontemplam, com admiração, esse tempo da Libertação, que liberta esse mundodessas ilusões, desses pesadelos e desses sofrimentos.

Muitosde meus filhos acolhem o que eles sempre foram, cada vez mais...
Vocêé um deles?

Meufilho, meu Amigo, meu Amado, eu lhe pergunto, o que você faz hoje?
Vocêestá na ação ou, efetivamente, nessa Tranquilidade?

……………………………………..

Ondevocê está?

……………………………………..

Quemé você?

……………………………………..

Nãoveja, aí, qualquer punição de minha parte porque, se você ainda não sereconheceu, reencontrou-se, plenamente, é que o momento ainda não chegou paravocê e não há qualquer julgamento a ter.
Nósaceitamos todas as escolhas, tudo é respeitado, você sabe disso, porque nóssomos Amor.

OsMelquisedeques, as Estrelas, a Frota Intergaláctica dos Mundos Livres, os Anjosdo Senhor, em mim, em meu seio, chamam-no e esperam-no.

Nessamesma Dança, nesse mesmo Coração de Amor, nós o esperamos.
Vocêjá está nesse Coração de Amor...
Vocêvê isso?
Vocêvive isso?

Então,nós o convidamos a olhar, a observar, novamente, e constatar se você continuaprisioneiro de suas crenças, desse olhar distorcido, desse emaranhado decrenças que lhe vendam a Realidade ou, se você está Aí, Aqui, nela, na Vida,que É, em toda a consciência ou, efetivamente, na a-consciência...

Veja...e seja!
Reconheçaque há apenas isso a fazer, a olhar... nada mais.
Oresto é apenas perda de tempo, o resto é apenas infantilidade...

Permita-menão repreendê-lo, mas, sim, lembrá-lo que você É, desde sempre, o que Eu Sou...
Vocêé Graça, Felicidade, nada mais...

Nãoparticipe mais de fofocas, de julgamentos, de discussões sem futuro, semimportância, porque não há qualquer futuro, e isso o afasta de sua Verdade...

MeuAmigo, meu Amado, que a Graça que eu porto, em cada um de meus filhos, leve-o,por sua vez, nesse fluxo, nesse movimento que o anima e que você vive nessemomento...

Quea Felicidade seja, doravante, sua Morada, hoje e para sempre, se você aaceita...

Eulhe peço o Abandono o mais total…

Esqueça-sede tudo, a partir de agora, e deixe-me, meu Amigo, meu Amado, tomá-lo em meusbraços constelados de Alegria, que o preenche e que o leva a viver um êxtaseindizível, como você não pode imaginar...

Deixe-me,eu lhe peço, meu filho, se isso lhe agrada, e eu o chamo, para embalá-lo em meuAmor.
Porqueé um único e mesmo Amor.
Aqueledo Amor que se convida, que se fala a si mesmo, mas que convida o reflexo adesaparecer, para uma maior Verdade, para uma maior Autenticidade…

Venha,meu filho, e reconheça-se...

Euo Amo, para além do que você possa imaginar ou projetar.
Parede procurar-me no exterior, pare de procurar-me no interior, porque eu Sou vocêe eu Estou por toda a parte.

Simplesmenteaí, inteiro, sem limite, sem separação, sem medo e pleno de toda a nossaPresença que se Dança no Silêncio e que nada pede, que nada joga, e que nadaguarda e que nada dá.
Oque nós somos É, simplesmente...

Reencontreessa simplicidade, aquela da criança inocente que está em você.
Éo que você é...

Eulhe agradeço e rendo-lhe Graças.

Euo embalo em meu Amor, de meu Amor, porque há apenas Ele...

Euo Amo…

Atéjá, na Verdade de nossa Fonte, no fluido do Amor, nesse Oceano de Graça que serevela e que espera que você O deixe tomar os comandos...

Atéjá.
----------------------
Transmitidopor aucoeurdeladanse
Tradutor desconhecido. 


Por favor, respeitem todos os créditos.
Arquivos em português:

 Atualização diária
 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.