Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

Junho 10, 2024

chamavioleta

Vírus Covid-19 ‘Vazou de Laboratório’ apoiado pelos EUA

The Epoch Times

Pôsto a 10 de junho de 2024

 

Para o The New York Times, que deu início a todo esse fiasco mortal a partir de 27 de fevereiro de 2020, com um podcast projetado para provocar o pânico da doença, tem sido uma admissão via gota, gota a gota de veracidade emergindo desde então. Há duas semanas, o jornal finalmente decidiu relatar os danos provocados pelas [Seguras e Eficazes] vacinas que a grande maioria nunca precisou e que não impedem a infecção nem a transmissão do vírus Covid.

Fonte: The Epoch Times

E agora, a partir de 3 de junho, temos um artigo tão decisivo quanto se pode imaginar que mostra que “um acidente de laboratório é a explicação mais parcimoniosa de como a pandemia começou”.

“Quer a pandemia tenha começado numa bancada de laboratório ou numa banca de mercado, é inegável que o financiamento federal dos EUA ajudou a construir uma coleção sem precedentes de vírus semelhantes ao SARS no instituto de Virologia de Wuhan, na China, bem como contribuiu para pesquisas que os melhoraram”, disse o relatório . 

“Os defensores e financiadores da investigação do instituto, incluindo o [Herr] Dr. Fauci, devem cooperar com a investigação para ajudar a identificar e colmatar as lacunas que permitiram a ocorrência de um trabalho tão perigoso. O mundo não deve continuar a suportar os riscos intoleráveis ​​da investigação com potencial para causar pandemias.”

A autora da análise é a cientista Alina Chan, do Instituto de Tecnologia de Massachusetts. Para fins de documentação, vamos analisar os pontos que ela aborda.

  • 1. O vírus semelhante ao SARS que causou a pandemia surgiu em Wuhan, província de Hubei, a cidade chinesa onde está localizado o principal laboratório de investigação mundial para vírus semelhantes ao SARS.
  • 2. No ano anterior ao surto, o Instituto de Virologia de Wuhan, em colaboração com parceiros dos EUA, propôs a criação de vírus com a característica definidora do SARS‑CoV‑2.
  • 3. O laboratório de Wuhan realizou este tipo de trabalho em condições de baixa biossegurança que não poderiam conter um vírus transmitido pelo ar tão infeccioso como o SARS-CoV-2.
  • 4. A hipótese de que a COVID-19 veio de um animal no Mercado de Frutos do Mar de Huanan, em Wuhan, não é apoiada por evidências fortes.
  • 5. Ainda faltam provas importantes que seriam esperadas se o vírus tivesse surgido do comércio de vida selvagem.

Tenha em mente que as pessoas que disseram exatamente isto desde o início da crise foram censuradas pelas redes sociais a mando das agências governamentais. Personalidades [as PRE$$TITUTA$] da mídia ridicularizaram essa visão. Foi chamada de teoria da conspiração selvagem, indigna de qualquer pessoa respeitável e responsável. Isso durou três anos, com resultados brutais. As pessoas perderam grandes canais e seguidores e contas nas redes sociais. Isso arruinou todos os seus meios de subsistência.

 

Agora, aqui estamos, quatro anos depois, e temos os documentos oficiais dispostos a admitir que isso sempre foi verdade.

Sim, isso é irritante.

Por que isso importa? Porque é o ponto de viragem na história da civilização moderna. Todas as principais e honestas autoridades de saúde pública suspeitaram disso desde o início. Sabemos disso pelos seus próprios escritos.

Em vez de abrir uma investigação clara e aberta, os responsáveis seguiram um caminho diferente: negando o vazamento, lançando o suposto antídoto (uma pseudo vacina), usando tecnologia experimental, isolando e mascarando a população mundial para impedir a propagação, para que a caríssima vacina recebesse o crédito de acabar com a pandemia de modo “seguro e eficaz”.

Esse é o resumo do que aconteceu, baseado em meus quatro anos de pesquisa sobre isso. Por outras palavras, para desviar a culpa, estas pessoas tramaram um plano audacioso para destruir direitos e liberdades em todo o mundo, numa tentativa fútil de proibir a exposição natural de pôr fim à onda patogênica (como sempre aconteceu antes). Em vez disso, fabricaram e utilizariam a crise para forçar a aprovação de uma tecnologia que nunca antes tinha recebido aprovação regulamentar.

Isto explica o menosprezo da imunidade natural, a ausência de testes de soroprevalência, a remoção do mercado de remédios genéricos baratos [ivermectina e hidroxicloroquina] que poderiam ter ajudado a curar as pessoas, o aumento da censura de quaisquer cientistas dissidentes e a completa ausência de qualquer investigação séria sobre a propagação precoce no último trimestre de 2019. É simplesmente um enredo surpreendente de imensa importância para todo o mundo, tudo decorrente de uma tentativa de encobrir um vazamento [proposital ?]de laboratório.

É por isso que o tema é importante. Este não é apenas um ponto técnico. É o primeiro capítulo de um romance selvagem e aparentemente ficcional de implicações apocalípticas. O subcomitê da Câmara que agora investiga a resposta de saúde pública mal está arranhando a superfície em público, mas nos bastidores, há muito conhecimento entre os investigadores de que houve e há muito mais acontecendo.

Aqui está o ponto chave. As PRE$$TITUTA$ da mídia nacional não quer que isso seja discutido. As agências não querem que isto seja investigado. As grandes empresas farmacêuticas {BIG PHARMA} que sempre censuraram as pessoas não querem que isso seja considerado. Os Democratas certamente não querem que este assunto seja levado adiante. Muitos republicanos não querem examinar isto em detalhe.

Há apenas uma força em ação que está impulsionando tudo isso: a opinião pública, que, por sua vez, é alimentada por um punhado de escritores, pesquisadores, cientistas, mães, “teóricos da conspiração” e muitas outras pessoas de base que corretamente se recusam a deixar isso sumir.

Esta é a única razão pela qual essas audiências estão acontecendo. É o único caminho para obter a verdade.

Disto estou plenamente convencida. Se pensarmos que o povo americano já perdeu a confiança na saúde pública e no governo, ainda não vimos nada. Quando toda a história for revelada e estivermos caminhando nessa direção, veremos um colapso sem precedentes.

A linha do tempo está indo muito devagar. Não há desculpa para que só estejamos a obter clareza total sobre os princípios básicos quatro anos mais tarde. Entretanto, não há absolutamente nenhuma base para aprovar mais financiamento para estas agências ou para a investigação em biodefesa e nenhuma base para aprovar quaisquer novos tratados ou acordos da Organização Mundial de Saúde (OMS).

Não esqueçamos que foi a OMS que pressionou fortemente para que o mundo copiasse o Partido Comunista Chinês nos seus métodos malucos de controle de vírus, violando os direitos humanos numa escala que nunca deveria ter sido tolerada no Ocidente. E, no entanto, com base nesse conselho, os Estados Unidos, o Reino Unido, a União Europeia e quase todas as nações do mundo adotaram estas políticas, em contradição com todas as leis e direitos humanos.

Do nada, a nossa Constituição e Declaração de Direitos foram substituídas por burocracias e imposição de tiranos sobre as quais a maioria dos americanos não sabia absolutamente nada.

É surpreendente que isto tenha acontecido, e ainda estamos pagando um preço flagrante em termos de inflação, perda de aprendizagem, excesso de mortes, colapso da saúde pública, expansão do governo, censura generalizada e muito mais.

Parecia uma lei marcial na época, e não está claro se isso algum dia desapareceu. É absolutamente necessário saber a verdade. Mais do que isso, precisamos de repudiar cada detalhe da resposta à COVID-19, incluindo os mandatos e a tirania para ser injetado por uma “vacina” experimental que, de facto, nunca foi provada ser segura ou eficaz.

Então, sim, é importante que este vírus provavelmente tenha vazado de um laboratório financiado pelos EUA. Esse foi o começo da história. Há muito mais do que isso. 
 
 

 
Transcrito por  http://achama.biz.ly  com agradecimentos a: 
 

As minhas notas:
Deus, a Fonte da vida é puro amor incondicional, não um deus zeloso de [algumas das] religiões dogmáticas.
O Google apagou meus antigos blogs rayviolet.blogspot.com e
rayviolet2.blogspot.com, sem aviso prévio e apenas 10 horas depois de eu postar o relatório de Benjamin Fulford de 6 de fevereiro de 2023, acusando-me de publicar pornografia infantil.
(Uma Grande Mentira)

Free counters!Visitor Map
 
 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub